O mendigo malandro que volta pra casa em carro de luxo que vale 230.000 reais

Não é o primeiro caso de malandros desse naipe. Me lembro de já ter visto pelo menos dois casos semelhantes de pessoas que são o que em muitos países seriam consideradas RICAS e vivem de mendigar esmolas nas ruas, se aproveitando a boa fé alheia.  Por que essas pessoas se prestam a tal papelão, é o grande desfio à compreensão. Se liga só:

Audi-beggar-600x400

Matthew Brinton, é um mendigo em Cornwall County na Inglaterra. recentemente um video dele despertou a ira dos moradores depois que ele foi flagrado entrando em um Audi TT em um estacionamento perto de Bank Street. Matthew Brinton é um rosto familiar na área, porque vive de esmolas há vários anos. Assim, quando circularam as imagens dele entrando no carro de luxo de $ 70.000 (no brasil o bólido custa 230.000 reais) e a notícia caiu no Facebook, Brinton passou a receber até ameaças de morte das pessoas indignadas com a malandragem do maluco.

O mendigo de 35 anos de idade, que vive com um amigo, afirma ter recebido o carro como “herança de sua avó”. Mas pouca gente acreditou nessa versão, até porque o cara já meteu outros caôs. Ele também já disse que o Audi já foi roubado, e que agora ele está temendo por sua vida.

O vídeo, que foi postado no Facebook em 18 de fevereiro, recebeu efetivamente muitos comentários de indignação e ódio ao mendigo malandrão, principalmente de pessoas que ajudaram ao cara, doando dinheiro para que ele pudesse comer uma refeição.

“Eu trouxe-lhe comida quente e uma bebida quente, mas ele foi muito rude e ingrato na frente dos meus filhos que eram 8 e 12 anos na época”, escreveu uma pessoa. “Eu disse a ele que a maioria das pessoas sem-teto eram gratos”.

A polícia local não acredita muito nas histórias do mendigo. Ele disse à imprensa que ele acaba de receber “um monte de dinheiro de um parente perdido há muito tempo”, mas que rapidamente torrou toda a grana. A polícia confirmou que ele já não está em posse do carro ou de dinheiro mais.

“Ele recebeu algumas ameaças, com pessoas fazendo comentários estúpidos nas redes sociais”, disse o inspetor Dave Meredith, autoridade policial do Newquay. “Nós lhe dissemos:” Você precisa ter cuidado, porque com o vídeo no Facebook, tem muita gente irada com você.”

“É um caso triste, realmente,” o inspetor acrescentou. “Eu o conheço há muitos anos, mas ele não se ajuda mesmo.”

De fato, as pessoas estão tão indignadas que alguém quebrou o vidro do carro, sem saber que o mendigo espertão já tinha vendido.
Audi-beggar3-600x404
fonte

Como eu disse, não é o único caso.
Recentemente um homem foi flagrado se passando por mendigo em Brasilia:
http://g1.globo.com/jornal-hoje/videos/t/edicoes/v/veja-no-jh-homem-e-flagrado-fingindo-ser-mendigo-e-pedindo-esmolas-nas-ruas-de-brasilia/2225314/

Outro mendigo falso ficou conhecido em porto Alegre:

Imagens mostram o mesmo homem com roupas diferentes
Imagens mostram o mesmo homem com roupas diferentes

Outro caso incrível de 171 é o mendigo americano deficiente físico e mental. Era um espertão que faturava cerca de 100.000 dólares por ano se passado por mendigo. Acabou preso quando por vaidade confessou aos jornais que não era deficiente e que ganhava grana fácil dos otários. Não deixe de ver ele se passando por um dodói:

Quando eu ia pra escola, lá pelos anos 90, eu sempre pegava um ônibus que entrava um sujeito que vendia balas em nome da Apae. Ele era todo tortinho, e falava tipo esse cara aí do video acima. Eu ficava com pena e cheguei a comprar para ajudar o cara algumas vezes, mas um dia eu fiquei furioso. Um dia, eu matei aula e em vez de ir pra escola fui para o Shopping ver um filme no cinema (na sétima série eu matei quase 25% das aulas do ano, porque era repetente e já sabia aquela merda toda). A sessão da tarde era completamente vazia, e eis que estou sentado esperando o filme começar quando quem chega, abraçadão com uma mulher gata e falando NORMALMENTE, ainda com a camiseta da Apae que eu via no ônibus? Esse mesmo! Minha vontade foi de esmurrar o vagabundo.

Outro caso de mendiga malandra descoberta pela polícia é esta senhora deficiente aqui:

Essa dá raiva. Após um dia inteiro mendigando na porta da Gucci, em Nova York ela pega um busum, e desce num local distante, ali entra entra numa minivan e de dentro do carro sai uma outra mulher, nada de deficiência ou roupas sujas. Nada de corcunda, sai uma mulher bonita e arrumada que vai ao shopping fazer compras!

Os mendigos fakes não são comuns apenas aqui e nos EUA, Inglaterra e etc. Até na China tem desses malandrões.
china-fake-crippled-beggar-03

Esse espertão aqui em cima se fingia de aleijado, esfregando seu corpo dolorosamente contra o chão e implorando para que lhe ajudassem a comprar uma cadeira de rodas. Como ele ja vinha sendo seguido antes, logo que notou a câmera do repórter ele abandonou sua estratégia e fugiu, em pé, correndo no meio da multidão, certamente com medo de que estava prestes a ser preso.

china-fake-crippled-beggar-08

china-fake-crippled-beggar-02

china-fake-crippled-beggar-03

Quando ele vê a cãmera:

china-fake-crippled-beggar-04

Milagrosamente ele se levanta, recolhe a caixa de esmolas e dá no pé:

china-fake-crippled-beggar-13

china-fake-crippled-beggar-05

china-fake-crippled-beggar-07

china-fake-crippled-beggar-17
china-fake-crippled-beggar-18

Embora existam muitos golpistas que usam a boa fé das pessoas para benefício próprio, nem todo mendigo fake é do mal. Não sei se você conhece o caso do mendigo mais rico de Nova York. Essa é gump!

O mendigo mais rico de Nova York

article-0-0E5BAE0400000578-693_306x387

Imagine um mendigo de 97 anos que vaga pela Big Apple em busca de uns trocados para poder comer, mas que mora numa casa avaliada em nada menos que 3,5 milhões de dólares?
mendigo_milionario_Irwin_Corey_01
Ao longo de sua vida, Corey trabalhou como comediante e ator e foi um atuante ativista de esquerda. Só que os últimos 17 anos, por vontade própria, caminha auxiliado por um andador pela rua 35 do leste de Manhattan, pedindo esmolas.

mendigo_milionario_Irwin_Corey_02

Muitos se perguntarão por que Irwin realiza esta atividade se não precisa. A resposta é simples: ajuda a combater a solidão e a passar o tempo desde que sua esposa morreu.

O “professor” desfrutou de uma longa e frutífera vida com uma importante incursão como comediante na televisão e no teatro. Agora, aos 97 anos, tudo o que consegue de esmola, às vezes até 250 dólares em um dia, é doado a uma organização de beneficência que compra medicamentos para crianças em Cuba. Ademais, tem sua própria fundação de ajuda humanitária.
fonte

Related Post

8 comentários em “O mendigo malandro que volta pra casa em carro de luxo que vale 230.000 reais”

  1. Uma vez eu estava na fila do caixa eletronico e um cara com a mao torta se aproximou de mim e pediu dinheiro para tirar xerox de curriculos.
    Eu pensei:”curriculos, ok.” E dei dois reais pro cara.
    Voltando para casa quem eu vejo na rua tomando cachaca? Megan Fox? Nao antes fosse… o cara de mao torta.
    Senti muita raiva mas deixei de lado.
    Exstamente uma semana depois no mesmo caixa alguem bate no meu ombro, tiro meu fone e viro pra ver quem era. Sim, o mesmo cara.
    A hora da vinganca chegara.
    Deixei ele fazer o seu discurso e como eu era o ultimo da fila (como na semana anterior) falei bem alto pra todos ouvirem: xerox? Vc vai comprar cachaca e eu sei disse porque semana passada vc veio com esse mesmo papo de curriculo e eu dei dinheiro.
    Toda a fila olhou pra ele com raiva, imagino que algumas pessoas o ajudaram tb. O cara simplesmente saiu correndo e eu estraguei o lucro dele esse dia.
    Como e boa a vinganca…

  2. sei nao cara,na minha cidade tinha um cara, que fingia ter um braco atrofiado pra pedir esmola, eles fazia isso a anos era bem conhecido em varias regioes da cidade, tempo desse ele aparceu andando de bicicleta com as duas maos normais num video pela internet, o pessoal jogou o cara no facebook e comecaram a xingar, mas ai eu penso, apesar da situacao é claramente uma pessoa marginalizada, sempre foi magro rosto sofrido, sujo e com feridas pelo corpo, ele faz isso por que precisa, quem sou eu pra xingar esse coitado sentado no meu pc com banda larga e sala com ar condicionado com a geladeira cheia de comida, o que isso vai mudar na minha vida, tem gente que faz isso porque é a unica opcao alem de morrer de fome numa sargeta.
    esse caso do carro realmente é absurdo extremo, mas que prejuizo esse cara traria pra mim? eu teria dado pra ele um trocado michuruca que eu usaria pra comprar um chocolate ou qualquer besteira irrelevante, so porque eu trabalho todo dia e o cara me tira umas moedas e vive com um carro mais caro que minha casa eu sentiria raiva dele?
    nao sei de verdade o que lado tomar, mas esses caras nao me trariam prejuizo na vida, alem do meu desconforto causado com um sentimento de inveja e injustica.

    • Eu imagino que a inveja seja um aditivo na história do cara do carro que não podemos desprezar. Talvez ela seja o catalizador do ódio, realmente. Mas há um outro fator que é a pessoa se sentir sendo passada para trás por alguem que pede dinheiro para comer e tem grana para comprar um carro. Não creio que seja pelo valor material da doação, mas por ser passado para trás. Há também a questão de que quem ajudou este cara que em tese não precisava, deixou de ajudar outro que realmente necessitava. è uma injustiça de segundo grau operando na parada.

  3. kkkkkkkk é inacreditável pensar que pessoas se disponham a fazer esse tipo de coisa. Isso me lembra até um conto do Sherlock Holmes chamado The Man with the Twisted Lip o que me faz pensar que esse tipo de picaretagem é coisa antiga.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

shares