O maior purgante da paróquia

Sharing is caring!

O maior purgante da paróquia

Fala sério. Você já tomou isso? Eu já. Vou te contar, é a pior, mais nauseabunda, absolutamente horripilante nojeira que eu já experimentei desde o dia em que com fome gratinei queijo ralado mofado de saquinho com banana preta sobre pão dormido e comi. (comi um vomitei dois)

Eu só comprei porque achei que era guaraná comum. Sim, eu cometi o pecado contra a santa Coca-Cola e agora pago por meu delito.
Estou tentando parar e largar o maldito vício. Mas tá brabo. Se eu não tomo acabo ficando com vontade de comer pilhas. ( e da duracel, porque rayovac tb é outra merda)
Comprei esta gororoba líquida porque queria botar uma foto do guaraná no meu blog.

Não porque a cor combine, mas porque é uma das mais incríveis barbeiragens que eu já vi no setor de embalagem. Fazer um refrigerante com uma embalagem igualzinha a de água sanitária é duro. Devem ter contratado o Mister Magoo pra trabalhar lá, só pode.

Mal sabia eu que a barbeiragem maior estava por vir. Enchi o copão. Joguei um gelinho dentro e virei guela abaixo. Logo que peguei o copo pensei por uma fração de segundo que o cara que bota o corante devia ter exagerado, pois o refri tava cor de rosa. O pânico tomou conta de mim tão logo as mensagens de alerta vermelho das minhas papilas gustativas chegaram no setor responsável por “ejetar e iniciar autodestruição do núcleo” lá no meu cérebro.

Não quero que você tome. Então vou descrever: É como misturar listerine sabor morango com água tônica. Pinga três gotinhas de limpol morango, bota meio saquinho de Kisuco com pó de gelatina Royal também de morango e pra dar a liga, meio copinho de baygon. (aquele de licor) depois dê uma mijada dentro. Não coloque nada de guaraná.
Porque de guaraná só tem no rótulo. Aliás, o rótulo é um episódio à parte. Feio, sem graça, óbvio e o mais importante, esconde sob letras miúdas a frase assassina:
“SABOR DE FRUTAS”

Sempre achei que fruta fosse alguma coisa boa. Mas ultimamente tudo que vejo que tem escrito “sabor de frutas” eu posso perfeitamente interpretar como “vomitante”, “purgativo”, “Sacrifício humano”, “Vai com Deus”, “sabor masoquista” e etc…

Está aí a dica. Achei pertinente comentar aqui porque como é que pode uma empresa gigante de funcionários, faturamento, pesquisadores e o escambau a quatro lançar tamanha merda no mercado? É um aborto da natureza.
Previna-se e evite o famigerado Guaraná Seleção! Mais útil seria se a Ambev mandasse o estoque todo lá pros times que vão jogar contra o Brasil.

Ufos,mistérios,curiosidades e muito mais
Luminária Ufo

1 comentário em “O maior purgante da paróquia”

  1. NOSSA!!!!!!!!!!!!!!!! O bicho é ruim mesmo!! Eu tive a infelicidade de provar e detestar logo no primeiro gole. Eu não sei onde o meu maridíssimo estava com a cabeça quando resolveu comprar um guaraná por causa da embalagem horrorosa (concorrente da embalagem de água sanitária)! Desde o momento em que ele pegou a famigerada garrafa no supermercado o meu instinto feminino me dizia que não era bom negócio!
    Eu não sou devota da “santa” Coca-cola, mas prefiro um trilhão de vezes encarar o líquido preto com gás que pensar na concorrente da água sanitária.
    Vixe! É muito horrível!! Não comprem, não tomem e divulguem para os seus amigos que o troço é ruim demais da conta!
    Precisava fazer esse comentário para reforçar o esculacho do meu digníssimo ao produto pífio da Antártica.
    Pela pentelésima vez: NÃO EXPERIMENTEM!!! Fica a dica, quem quiser se aventurar… meus pêsames!

    Responder

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O maior purgante da paróquia

Apoie este projeto

Criar este website não é uma tarefa fácil. Mais de 5000 artigos, mais de 100.000 comentários e conteúdo próprio, demandam muito trabalho. Saiba como você pode ajudar a manter o Mundo Gump cada vez melhor e evitar que ESTE SITE ACABE
Ajuda aí?
MUNDO GUMP – © 2006 – 2020 – Todos os direitos reservados.