O homem que casou com o cadáver

O título do post parece até nome de livro da coleção vaga-lume, mas é verdade mesmo! Um tailandês casou em circunstâncias altamente gumpescas quando sua noiva morreu e ele resolveu levar o casório em frente, unindo-se “até que a morte os separe” com um defunto.

Parece algo somente mórbido, mas eu achei uma coisa bem triste isso.

Chadil Deffy e Ann estavam com casamento marcado quando no dia do Reveillon, Ann morreu num acidente de trânsito. Mesmo sabendo que a sua noiva estava morta, ele não mudou nada nos planos do casamento e casou com o cadáver dela. A união de Chadil Deffy e Ann, que foi vestida de noiva, aconteceu na província de Surin, em cerimônia budista. “Nosso amor foi algo muito grande, mas por lástima não podemos viajar ao passado e mudá-lo. A vida é curta, e hoje realizo meu desejo”, disse o namorado.

O jovem de 28 anos enviou um convite a todos seus conhecidos através de sua página no Facebook para o evento, que foi celebrado quatro dias depois do acidente, ocorrido na noite de Réveillon.

Para Chadil, o melhor presente de casamento será ver cumprido seu desejo de reencontrar a amada em sua próxima vida.

As imagens do casamento foram transmitidas pela televisão tailandesa, enquanto quase 30 mil pessoas as viram pelo Facebook. Aqui está o noticiário local falando do casório:

Será que teve lua-de-mel?
fonte

Artigos relacionados

42 Comentários

Compartilhe suas ideias