O cara que faz água com ar

O cara que faz água com ar
Tá com sede? Eu resolvo!

Este sujeito aí de cima, chama-se Terry LeBleu e vive em Granite Shoals, Texas.

Terry se diz pouco preocupado com a questão tão difundida de que “a água está se tornando um bem cada vez mais escasso e não vai ter pra todo mundo”. Isso porque ele é o inventor de uma curiosa geringonça que pega a água que está invisível no ar, condensa, purifica e até refrigera. Genial, né? O nome do invento dele é Drought Master. Ao mesmo tempo em que extrai a água do ar, o equipmaneto dele purifica o ar no processo.
De fato, a sacada de Terry é que existem oceanos e mais oceanos de água flutuando livremente pelo ar. A maior parte dessa água a gente não consegue ver. Só vemos uma ínfima parte, quando chove, neva, ou cai granizo.
Quando se diz que “a água vai acabar”, estamos falando da água potável. Sempre que olharmos para o alto e virmos uma nuvem, trata-se de água pura, que dá pra beber. Basta conseguir capturar e condensar esta água que flutua pela atmosfera. A chuva nada mais é que esta água, que sob condições atmosféricas específicas, precipita e cai pela superfície do planeta.

“Faz água pura!” – Disse Terry LeBleu.

Texas man makes H2O out of air: wthitv.com

Tudo que é necessário para que a maquina de Terry gere água pronta para o consumo é ligar o treco numa tomada. O restante é todo automatizado. Segundo Terry, sua maquina de fazer água com o ar pode gerar de 5 a sete galões ao dia, consumindo (esta é a parte boa) ridículos 4 cents de energia elétrica por galão. No custo-benefício a maquina dele se torna mais vantajosa que comprar água no mercado. As análises necessárias para obter a licença de venda do produto já foram obtidas e sua água proveniente do ar está em conformidade com as legislações internacionais, o que atesta seu grau de pureza. Aliás, a água produzida com moléculas do ar é tão pura, que especialistas que as examinaram se surpreenderam pelo fato de não haver nenhuma contaminação metálica na água, coisa comum nas águas mais puras encontradas na natureza.
A maquina custa cerca de 500 dólares, é fabricada em 27 estilos diferentes e pode ser uma aquisição de grande potencial para embarcações, que precisam constantemente de água pura. Há aplicações industriais e de grande porte para o equipamento, que geraria milhões de dólares em economia, e poderia ajudar a melhorar a vida de milhões de pessoas pobres em países assolados pela seca. fonte

Como o processo de evaporação é constante no planeta, a água que é retirada do ar retorna a ele praticamente imediatamente, de modo que o sistema de Terry é considerado ambientalmente correto.
Acredito que a maquina de fazer água poderia ser miniaturizada e acoplada a um gerador solar, para constar como item obrigatório em equipamentos de sobrevivência.

Em tempo: Não sei se ele patenteou isso, já que sistemas de geração de água a partir do ar não são novidade. Qualquer aparelho de ar condicionado (sobretudo os velhos) faz isso. Creio que a vantagem do sistema dele está muito mais na questão da otimização energética. Aqui temos outros equipamentos similares:

Related Post

19 comentários em “O cara que faz água com ar”

  1. Muito bom! Lendo a matéria lembrei-me de uma outra há alguns meses, que falava de um equipamento que produzia água potável a partir do ar ambiente. Este equipamento foi instalado numa escola de uma comunidade de um município do Norte de Minas Gerais. Aqui tem um link http://br4.in/vbivp, para a matéria sobre uma empresa mineira que fabrica equipamento semelhante ao do americano Terry LeBleu. 

  2. O problema da água destilada é que ela é desmineralizada… então acho que ela pode ser usada para casos em que sua vida depende de um copo dágua, mas não para o dia a dia… A menos que role um Centrum 🙂

    • A água destilada é utilizada por fisioculturistas e outros praticantes de atletismo de elite, como tri-atleta, levantamento de peso, corredores, etc. Antes de competições eles fazem o uso para não reterem líquido, por conta dos minerais com o uso de esteróides.

      Será que a água do Terry não seria assim, Philipe?

  3. sempre tem um Einstein por aí..
    Philipe, sem querer ser chata, acompanho seu blog há uma cara.. e não consegui encontrar aquele post com um site de adivinhações, lembra? a gente pensava em uma pessoa, ia dando as coordenadas e ele adivinhava?? queria muito brincar um pouco, ta fácil aí pra tu encontrar??
    se der, obrigada!! 

  4. Essa agua nao e como uma agua mineral, sabendo-se que a agua esta sendo capiturada do ar,que nosso ar esta constituido de 70%de agua,esta maquina nao produz uma agua 100%natural , imagine esta mauina capturando agua em Sao Paulo perto do rio tiete e com uma grande poluocao que os caros deixao no ar tudo sera absorvido pela maquina assim nao purificando 100% a agua!!!!!!!!!

    • O ar é condensado, gerando a água. A água não vai direto pro reservatório. Ela passa por um processo de filtragem antes, que elimina as impurezas que podem estar em suspensão na atmosfera. Se não fosse limpa, as amostras obtidas não seriam aprovadas pelos institutos de verificação.

  5. Essa água do ar que é mencionado trata-se da “umidade relativa do ar” que varia de regiao para região. Dai podemos concluir que a capacidade de produção dessa máquina também vai ser relativa.
    Agora já pensou, milhões de máquinas como essa funcionando ao mesmo tempo?
    Tire suas próprias conclusões!

    • É verdade. O ar condicionado funciona removendo a umidade do ar, resfriando o mesmo numa serpentina de gás e soltando ele. Basicamente, da pra criar uma parada mais ou menos parecida usando o sistema do ar condicionado, com algumas alterações.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

shares