“Menino lobo” é encontrado na Russia

A polícia russa está caçando o “menino lobisomem” -que rosna e morde como um cão – após ele escapar de uma clinica em Moscou um dia depois de ser resgatado no meio da floresta.

Ao que tudo indica, esta é uma história similar a do Tarzã.

Os médicos que atenderam o menino disseram chocados que ele foi encontrado vivendo em uma alcatéia nas remotas florestas de Kalunga – região central da Russia.

O porta-voz da polícia afirmou que “ele é claramente perigoso para outras pessoas”. Segundo o porta-voz, o menino “tem hábitos exatamente iguais aos dos lobos com os quais convive, porque ele tem dentes longos e afiados e pode dilacerar uma pessoa com dentadas”.

Acredita-se que o menino tenha aproximadamente dez anos de idade, mas segundo os testes que foram feitos no dia de sua captura indicam que ele tenha bem mais. O menino parecia ser inteligente, mas não sabe falar russo nem outra linguagem qualquer. Isso levou os pesquisadores a suporem que ele esteve vagando pelas florestas vivendo como um animal por muitos anos.

Casos deste tipo não são incomuns. Na própria Russia existem casos de crianças “mowgli” abandonadas por seus pais que são adotadas como filhotes por lobas e passam a integrar a alcatéia.

O menino se movia com as pernas flexionadas (de 4). De acordo com Tvoi Den “ele estava correndo de 4 com os animais e procurando por comida”.

Os moradores de vilarejos do interior nas proximidades do local encontaram a ” criatura selvagem” em um abrigo feito de folhas e gravetos num local com temperaturas congelantes. Eles disseram a policia que o garoto se chama Lyokha, mas este é um nome que eles deram para o garoto e não seu nome real, que ainda é desconhecido.

“Ele estava sujo, com fome e parecia ter tido um dia bem duro” disse o porta-voz da polícia. “Por isso o trouxemos para a clínica em Moscou”.
“Foi simplesmente inacreditável. Ele não reagia quando nós o chamávamos”. Os médicos deram-lhe roupas e disseram que ele abaixou-se de 4 e passeou pelo seu quarto, saltando sobre seu alimento, e devorando tudo com sofreguidão, tal qual um animal.

Suas unhas em seus pés pareciam-se com garras.

Após 24 horas, o menino lobo enganou a segurança da clínica e escapou. Ele está agora a sendo caçado na região de Moscou.

“Nós nem sequer conseguimos completar os exames médicos. Nós só conseguimos dar-lhe um banho, cortamos suas unhas e tiramos um pouco de sangue para outros testes”, disse um médico.

“É bem possível que ele seja perigoso por seus problemas psicológicos, mas também é uma fonte potencial de vírus e infecções.”

Fonte: Dalily mail

Incrível este tipo de coisa. Na faculdade eu estudei sobre este tipo de caso em que o ser humano regride a uma situação primal. Existem muitos casos assim, como Amala e Kamala, que foram criadas por lobos nas selvas da índia, e recentemente aquela menina que foi encontrada vivendo como um animal nas selvas do Kamboja. Ela não se adaptou a vida humana e também escapou de seus semelhantes, retornando à floresta.

58 Comentários

Compartilhe suas ideias