Pin It


Maconha – Liberar ou não?


cannabis spp leaf3 Maconha   Liberar ou não?   Curiosidades
Hoje eu li um post interessante lá no blog Tapa na cara sobre a marcha pela liberação da maconha, que ocorreu na praia de Copacabana no Rio neste domingo. Acabei tendo que emitir minha opnião.

Bem, eu não sou contra quem fuma maconha. Tenho muitos amigos que fumam. Amigos que defendem a liberação e tal. Mas tenho que confessar que eu não sou a favor da maconha. Liberara droga ou não é algo que todo mundo quer discutir. E muitos fazem isso comparando a maconha ao cigarro.
O problema é mais complicado do que parece à primeira vista. A maconha afeta o cérebro do usuário de maneira diferente do que faz o cigarro comum de tabaco.
Enquanto o cigarro (nicotina) é um estimulante, a maconha é depressor do sistema nervoso. Por isso quem fuma fica meio lesado.
A utilização da maconha também pode desencadear surtos psicóticos em pessoas borderline, que são pessoas aparentemente normais que estão perto da linha da loucura. VocÊ nunca sabe se está neste time. O único jeito de descobrir é quando você tem o primeiro surto, que pode ser desencadeado por medicamentos, febre, situações traumáticas e de forte estress, além do uso de drogas.

E uma vez desencadeado o primeiro surto psicótico, não há retorno para a condição inicial, e sim tratamento eterno.

Mas o cigarro e a bebida não são drogas?

O cigarro e o álcool só são drogas lícitas (liberadas) porque o poder público daqui e da maciça maioria dos países não conseguiu coibir o uso, uma vez que álcool e tabaco viciam muito mais rápido que a maconha.
Por exemplo, no Talibã. Os fanáticos levam a sério as proibições de Maomé e estão fuzilando os fumantes. Atualmente o numero de execuções passou a ser feito nos estádios tamanha a quantidade de fumantes. E nem assim eles largam o cigarro. Ou seja, o maluco aceita tomar teco de fuzil Ak47 a largar o cigarro. Haja vício.
Falar em proibição da maconha alegando a questão do vício é uma piada inocente e até cretina, uma vez que até a Coca-Cola usa alcalóides derivados da Coca para viciar os usuários. Um estudo recente nos Estados Unidos mostrou que 10% dos que experimentam maconha se tornam dependentes, 15% dos que experimentam álcool se tornam dependentes e 17% dos que experimentam cocaína se tornam dependentes. E 70% dos que dão uma tragadinha num Free ou Hollywood vão virar dependentes, alimentando os cofres da Souza Cruz pro resto de sua existência.
Assim, t
udo vicia. O problema com a maconha está para além do vício.
Se proibida, uma vez que ela é um dos elementos que alimenta o narcotráfico, liberada ela poderá alimentar ainda mais.
Imaginar que liberando a droga os traficantes irão sumir no ar é um delírio inocente. Eu gostaria que fosse mesmo assim, mas a verdade é que os traficantes continuarão acastelados, 90% nos morros e os figurões da droga nas mansões se alimentando do dinheiro da classe média e baixa por outras vias.
Está claro na história que quando uma droga ilícita é liberada, novas drogas ainda mais potentes assumem o posto da droga anterior. O viciado acostumado à ilegalidade acaba indo para a nova droga e o ciclo continua. Isso é assim porque há um prazer oculto no consumo da droga. O barato é apenas parte do sucesso destes produtos que afetam a mente das pessoas. O perigo, o senso de transgressão, o prazer do risco e a sensação de perverter o sistema, estar do outro lado da moeda e sair impune, é muito forte.
Muitos usuários usam a droga como uma alternativa de auto-afirmação de uma identidade social, identidade pessoal ou até mesmo como uma maneira para mostrar a si mesmo que ele é capaz de controlar o seu próprio destino.
Some-se a isso a questão do preço. As drogas que fazem maior sucesso no Brasil ainda são a maconha e a cocaína, sendo esta última um excitante e a maconha um relaxante. Saindo o relaxante do esquema de tráfico, um novo relaxante deverá surgir.
E entre as drogas disponíveis para ocupar este lugar estão o Haxixe e a heroína. Provavelmente será o Haxixe, que tem o mesmo princípio ativo e origem da maconha, porém numa dose muito mais elevada de THC.
A heroína ainda está em expansão inicial no país. Ela vem do ópio proveniente do oriente (curiosamente, o ópio, matéria prima da heroína é a fonte de renda do Talibã que mete bala nos fumantes) o que dificulta e encarece sua entrada nas Américas.
Mas é possível que a liberação da maconha faça a “fila andar” aumentando a importação de heroína, que é um opiáceo poderosíssimo, conhecida como a mais aditiva e perigosa droga recreativa em uso disseminado, além do crack, que é um excitante à base de cocaína mal fabricada, impura e barata.

Quem vai se ferrar com isso é a classe baixa, que se verá cada vez mais cercada de drogas baratas de alto poder viciante. Hoje 60% do consumo da maconha está nas classes baixas. Mais de 80% dos meninos de rua afirmaram usar maconha regularmente.
Os defensores da liberação da maconha como o Deputado federal Fernando Gabeira usam como argumento que a liberação da droga tem uma finalidade de aumentar a liberdade do cidadão e que através das campanhas de conscientização e esclarecimento as pessoas teriam poder de optar se iriam querer usar drogas ou não. Legal. Eu também gostaria de viver num país livre, como uma Suíça, uma Holanda…

Para tal evoca-se corriqueiramente o caso da Holanda, que liberou o consumo das drogas.
É, a Holanda é mesmo um país diferente. Pra começar, é uma monarquia constitucional com sistema parlamentar.
O IDH (índice de desenvolvimento humano) na Holanda é de 31,789.00, ou seja o décimo lugar no planeta. O IDH do Brasil está em sexagésimo nono lugar, abaixo da Líbia, Cuba e Costa Rica.
Lá o aborto é legalizado, bem como o casamento gay e a eutanásia também, o serviço militar é opcional, as prostitutas da Holanda pagam imposto e seus serviços são dedutíveis do imposto de renda, que vale até para bandido.
Mas a realidade brasileira é outra. O nosso país é absurdamente pobre culturalmente. É chocante a pobreza de educação e conscientização que se espalha na sociedade. E não só nas classes mais pobres, nas quais isso é mais evidente, mas também nas classes média e rica. Vejamos os exemplos de campanhas de conscientização. O Brasil tomou atitudes de repressão ao tabaco dignas de inveja de países mais desenvolvidos. Proibimos os comerciais, os eventos esportivos e tudo relacionando com a juventude e o cigarro. Colamos advertências nos rótulos e usamos fotos grotescas e chocantes de fetos com caras de jacaré e pessoas com expressão cadavérica. Curiosamente não vemos a indústria do cigarro reclamar, nem espernear. Mesmo o governo sobretaxando o imposto sobre o cigarro em 70%. O resultado?
O consumo de cigarro cresceu, e o aumento se deu justamente entre os jovens.
Por isso eles não estão reclamando. No Brasil de hoje, nas condições sanitárias e de saúde pública que oferecemos, liberar qualquer coisa é loucura.
Os problemas de sáude:
O dano causado pelo cigarro comum é em grande parte responsável pelo índice absurdos de infartes, doenças associadas a baixa imunidade, malformação fetal e câncer de faringe,boca e pulmão. A maconha gerará além destes problemas inerentes ao hábito de respirar fumaça, também vários problemas, mas de natureza cerebral.
Alguns usuários da maconha usam como desculpa a alegação de que é uma erva natural que não pode fazer mal. O problema é que todos os venenos mais poderosos do planeta são de origem natural. O cigarro de tabaco possui 4720 substâncias, sendo estas 60 últimas, cancerígenas e perigosas. A maconha oferece 400 componentes, sendo alguns também cancerígenos, como o alcatrão.
A maconha vendida hoje pelo seu “dealer” no fundo da sala da faculdade é bem diferente da maconha que o Gabeira fumou antes de sequestrar o embaixador dos EUA nos anos 60.
Acontece que nos últimos 40 anos, a presença do THC, que é o componente chave da maconha aumentou muito nos baseados. Na época do Gabeira, um cigarro da erva continha 0,5% de THC. Atualmente, estudos americanos apontam para níveis de até 5%. Há ainda o skank, a supermaconha desenvolvida em laboratório, com 20% de THC, chamada de maconha 2.0.
Por causa dessas altas taxas de princípio ativo, a maconha hoje vicia mais e inflige danos ainda maiores ao organismo.
A maconha no Brasil chega pelo polígono da maconha vindo uma pequena parte do norte-nordeste e uma parte bem maior do Paraguai e desembarca na região consumidora (sudeste e sul do país) em caminhões. Como é necessário secar a maconha para vender e o exército apertou o cerco para a venda de substâncias que participam do processo de refino da cocaína como a Amônia, que também é usada para secar as folhas da maconha e potencializar o THC, os traficantes ficam com um problema nas mãos. Com pouca amônia disponível, (ela é usada para o refino da cocaína, que rende mais) o uso para secar a maconha vai para segundo plano. Para isso, os traficantes resolvem a parada comprando Xixi.
É que a urina humana contem uma dose de amônia e este xixi que fica decantando ao sol em tambores é usado para lavar e secar as folhas de maconha. Resumindo, fumar maconha de traficante é fumar indiretamente xixi.
Os traficantes paraguaios usam também cal, gasolina e outros aditivos químicos para ativar o THC, o que deixa a maconha altamente impura.

Mas e a liberação? Afeta realmente alguma coisa?
O que acontece com a maconha é que sua liberação afetará em maior parte o achincalhe e a extorção policial, uma vez que na nossa sociedade em qualquer show já vemos jovens fumando. O prazer de um policial que encontra maconha no bolso ou na carteira de um adolescente durante uma “dura” só se comparam ao sorriso amarelo e o tapinha nas costas do infeliz que morreu em cem merréis e o relógio para não ser fichado na PD.
Nas praias, universidades, festas, eles estão fumando. Muitas pessoas também plantam sua maconha e fumam em casa. A maconha está na musica, na mídia, em vários lugares. Na minha opinião, a liberação ou proibição serão atitudes semi-inócuas em vista do que ocorre hoje no Brasil. Era muito mais útil legislar sobre a educação e a razão pelo qual tantas crianças estão cheirando cola de sapateiro em plena luz do dia, na porta da Polícia Federal aqui no centro do Rio.

Eu acho que quem deseja fumar, fume. Mas se tiver que fumar, que plante a própria maconha ao invés de comprar com traficantes.
Antes que me perguntem, eu nunca fumei nada. nem maconha nem cigarro. Sou muito cagão pra isso. Tenho medo de ser borderline, e se eu sonho coisas como esta aí no post de baixo, imagina se eu tenho um surto psicótico como ele seria!

 Maconha   Liberar ou não?   Curiosidades Category: Product #: Regular price:$ (Sale ends ) Available from: Condition: Good ! Order now!
Reviewed by on. Rating:


Designer, blogueiro, escritor e escultor. Seu passatempo preferido é procurar coisas interessantes e curiosas para colocar neste espaço aqui. Tem uma grande atração por assuntos que envolvam mistérios, desconhecido e tecnologia. Gosta de conversar sobre qualquer coisa e sempre tem um caso bizarro e engraçado para contar. Saiba mais...

138 Comments

  1. Cara!

    Muito legal o seu posicionamento. Não é fácil me convencer quando o assunto tratado é a legalização ou não das drogas.

    Aqui no Rio de Janeiro, a cidade está citiada pelo crime organizado. No bairro onde moro, parece que eu vivo a guerra no Iraque, pois escuto tiros a qualquer hora do dia, quase que ininterruptamente. Além da violência, todos os dias vemos na mídia alguma figura pública – políticos, policiais, empresários, etc – envolvidos com algum tipo de crime.
    Sem contar os problemas que o país enfrenta, como a fome, a miséria, a péssima educação, e por aí vai.
    Então, num belo domingo de sol, uma dezena de maconheiros resolve se juntar para fazer a “Marcha da Maconha”. Existe algum estudo que comprove que, ao fumar maconha, as pessoas fiquem burras? É a única explicação que eu aceitaria, porque, no meio de tantos problemas, com tantas coisas para serem discutidas e mudadas, o que leva essas pessoas a fazerem isso?
    É, simplesmente, inacreditável.
    Parabéns pelo post e um abraço!

    Reply
    • sspmacedo@hotmail.com'

      com certeza,concordo com vc acima,esse Brasil, é um pais de analfabetos e pessoas burras,onde ja se viu proibir o proximo de fumar maconha.natural , sendo q Deus deu o livre arbitrio e o homem imundo te proibe do uso da planta, que ainda a chamam de ” DROGA” droga é esse politicos filhos da puta que ficam criando leis banais.FAÇA TUDO Q QUISERES , ESTE É O TODO DA LEI.

      Reply
      • fernanda_suzi@hotmail.com'

        como assim?tem q proibir essa merda!ou as pessoas terem + noção,sabem qnts pessoas morrem por usa isso?sei q é 1 decisão dela+qnt – usarem – morreram,queria ve se a sua mãe ou irmã(o)(se vc tiver eles ou outros parentes)adrogados e morressem por esse motivo vc n iria falar isso.Ent cala a boca antes de colocar o nome de Deus no meu,é 1 dos mandamentos.
        N fale o nome de Deus Em vão!(algo asssim)

        Reply
        • paulinhomuru17@gmail.com'

          vc sabe quantas pessoas morrem por não ter campanhas educativas  quanto ao uso da maconha, vc sabe quantas pessas morrem por não terem um tratamento adequado,  isso só afeta a classe pobre, que não tem acesso a isso, a classe media tem o direito de escolher, pode fazer tratameto,  com a liberação teremos mas incetivos  a campanha educativas e a tratamentos, vamos legalizar somente uma coisa que já existe. nos precisamos de uma sociedade mais dinâmica do que o estado, lição ainda mal assimilada por alguns… Talvez cheguemos lá..quer dizer que só a classe media tem direito de usar drogas de escolher, só a classe media tem leberdade no Brasil. conforme argumeto acima

          Reply
          • Eu até concordaria com este argumento se aqui fosse um país sério. Lembra da CPMF que era um imposto cuja grana iria toda pra saúde? Foi? Não. Logo, é o que acontecerá com mais um imposto, o imposto da maconha. Vai ser contingenciado para fazer superávit. Este dindim será recolhido aos cofres públicos onde NÃO CABE MAIS DINHEIRO de tanto que eles arroxam (justamente a classe média, meu camarada, já que pobre não tem imposto de renda e os ricos tem 101 regalias) e tudo continuará a mesma merda que está, com o diferencial que a Souza Cruz vai vender maconha em tudo que é bar, e o traficante vai vender maconha pirata, mais barata na banca do camelô, além de ampliar o arsenal de opções deles com outras drogas, tipo haxixe para os remediados, crack para os duros, e meth para os riquinhos.

        • jhonatan_tuning@hotmail.com'

          ta sua burra, entaum me fala quantas pessoas vc ja ouviu fala q ja morreu por causa da maconha, por causa da cocaina, e as outras sim, mas a maconha nunca se ouviu dizer isso
          vai pesquisar um pouco e depois vc fala algo desçente valeu !!!

          Reply
          • vendasmicrogames@gmail.com'

            hum,,,, falou um maconheiro,,, quando for seu filho roubando sua grana para comprar de repente sua opinião muda.

        • t_rt_1@hotmail.com'

          kkkkkk…nao fale o nome de Deus em vao ( algo assim)..foi otimo..kkkkk

          Reply
        • com certeza Fernanda se libera o que sera do mundo o governo na esta dando conta de combate as drogas e esta querendo se junta a ela.que vergonha.   

          Reply
      • digorim@hotmail.com'

        Entaum a questaum da liberação da maconha num seria a venda dela discriminalizada e sim os usuarios poderem plantar oq for consumir diminuindo assim as idas nas “bocas” e levando a diminuição nas verbas dos criminozos, diminuindo a criminalidade.

        concordo com vc em ser contra o uso mas c num tem geito de fazer todos pararem de usar melhor dar uma forma de tirar pelomenos o lucro dos traficantes 

        Reply
  2. “”Para isso, os traficantes resolvem a parada comprando Xixi.
    É que a urina humana contem uma dose de amônia e este xixi que fica decantando ao sol em tambores é usado para lavar e secar as folhas de maconha.””

    -Sabe…. essa postagem me deu uma vontade incontrolável de mijar…. mas desta vez, mijarei em uma garrafa, e vou oferecer para algum “produtor” de baseados……

    Reply
    • paulo_muru17@hotmail.com'

      é só plantar maconha em casa!! sem xixi

      Reply
  3. SHOW!
    Ficou muito bem escrito o post, e muito esclarecedor.

    Voltarei sempre aqui para dar uma olhadinha, gostei muto do seu blog!

    um abração

    Reply
  4. Valeu mesmo.

    Reply
  5. Muito bom seu texto. Concordo com sua opinião e não sabia dessa parada de borderline. Ainda bem que nunca dei um “tapinha”…

    Reply
  6. e verdade, mto bom o post..

    tanto cigarro como maconha fazem mau.. mas que o cigarro faz mais mau ao organismo e mata muito mais.. isso é verdade..

    não fumo nenhum.. mas acho q se é pra liberar um tem q liberar tudo.. ou vice e versa.

    se o cara tem a “segurança” de comprar a pinga de cada dia na mercearia da esquina.. os viciados em outras substâncias tem o mesmo direito à essa “segurança”.

    Reply
  7. Nossa, você falou tudo. Antes de pensar em legalizar ou não é preciso se informar sobre as consequências. Parabéns pelo Post.

    Reply
  8. Salve Philipe

    Só não se pode confundir ‘tabaco’ e ‘cigarro’. Eu fumo cachimbo, faço parte de 2 confrarias sobre cachimbos, e existem estudos que comprovam que fumantes de cachimbo vivem MAIS do que NÃO FUMANTES.
    Mas a mídia não sabe essa diferença, acha que é o tabaco que faz mal, mas não é, é o tratamento do fumo específico pra se produzir cigarros.
    Se você tiver interesse sobre o tema, http://www.amigosdocachimbo.com.br (o site é bagunçado, mas lotado de informação).
    Se quiser conversar sobre o tema, um grupo de cachimbeiros (eu incluso) se encontram na tabacaria africana (na Praça XV)todo sábado de manhã.

    Abraço
    Ananias Garcia – RJ

    Reply
  9. Muito bom o post, com bastante conteudo, também nunca consumi nada, mas acredito que a maconha deveria ser legalizada uma vez que geraria impostsos que poderiam ser revertidos em programas de consientização e medidas de ‘controle de qualidade’ para evitar esse tipo de coisa como secar com xixi.

    Reply
  10. Oi Ananias. cara não é a Tabacaria Africana a loja mais antiga do Rio de Janeiro? Confirma aí pra mim?

    Bem, como eu já falei no post, não tem absolutamente NADA contra quem fuma, ou bebe, ou ainda toma qualquer tipo de droga. Mas eu preciso ter cuidado com o que sai escrito aqui, já que tenho leitores de todas as idades, muitos ainda jovens que por não formarem uma opnião ao respeito do fumo, podem se confundir. Aí é dose. Que o cara queira fumar tudo bem, mas tem que ser esclarecidamente. tem ter consciência do que acontece com ele. Não sou contra o fumo, mas sou contra o fumo ignorante, aquele onde o cara fuma porque acha maneiro ver os bonitões do Big Brother fumando o tempo todo. As meninas vêem modelos fumando para ficarem magras e fumam como uma alternativa a fazer um regime. Pra mim isso é um fumo ignorante.

    Essa questão dos estudos, cara… Existem estudos que mostram que o cigarro faz bem, cara. Se você vai ver, estes estudos são financiados pela indústria do tabaco como alternativa para confundir os juízes em disputas onde fumantes viciados e quase mortos querem arrancar uma nota preta das companhias que fazem cigarros, sobretudo nos EUA.
    Obviamente, quando você confronta os estudos desses pesquisadores financiados pela indústria tabagista com estudos feitos por entidades idôneas e apolíticas, como universidades federais em todo o mundo, vemos que a coisa é bem diferente do que se alega.

    Justamente uma das ilusões ligadas ao tabagismo entre as várias criadas para manter a indústria, é expressa, com frequência, quando um fumante de cachimbo ou charuto diz: “o meu fumo não faz mal, pois, eu não trago”, referindo-se ao fato de que os fumantes de cigarro sugam a fumaça para dentro dos pulmões, para, e só, assim sentirem-se satisfeitos, enquanto que eles, os que usam charutos e cachimbos, manteriam a fumaça “apenas” na boca.

    Claro que a fumaça no pulmão é uma merda a mais na vida do cara. Isso é óbvio. Só que a ilusão de que o ato de manter o tabaco na boca é mais saudável dá-se pelo fato de que, sendo a fumaça dos cigarros mais ácida, ela precisa ser aspirada até aos alvéolos para, então, entrar no sangue e, daí ao cérebro. O que acontece com a fumaça de cachimbos e charutos é que, por serem alcalinas, são absorvidas pela mucosa da boca, aí atingindo o trajeto sangue-cérebro, dispensando a ida até aos pulmões (alvéolos). Portanto, as substâncias tóxicas que afetam o organismo humano de forma tão grave, podem exercer este papel, não importando por qual via de acesso. Ou seja, você troca a enfisema e o câncer de pulmão pelo câncer de boca (Como foi o que matou o Sigmund Freud)
    Aliás, esta compreensão não poderia ser diferente, pois, se um indivíduo fuma para abastecer-se de nicotina, se um fumante de cachimbo ou charuto não a recebesse, certamente não continuaria a utilizá-los, afinal ninguém gosta de gastar grana atôa.

    A nicotina fumada chega ao cérebro em 8 segundos. Se fosse aplicada diretamente na veia levaria 14 segundos para chegar lá.

    Reply
  11. Salve Philipe

    Antes de mais nada, sim, a Africana é o estabelecimento comercial mais antigo do Rio. Ela funciona desde 1846, e até Dom Pedro II foi cliente. E possui um dos melhores cafés expressos da cidade.

    Sobre o cuidado com leitores de todas as idades: Você tem toda razão, jovens são altamente influenciáveis, o que aparece na confraria de rapaz de uns 15 ou 16 anos fascinado com a figura do cachimbo não está escrito. E nosso papel também é o de explicar e aconselhar a maioridade.

    Sobre os estudos: Essa história de estudos pagos por empresas tabagistas é velho, todo mundo sabe disso. Estou falando de estudos feitos em universidades, que mostram que sem ir ao pulmão, a fumaça (e consequentemente, nicotina) causa muito menos mal do que se imagina. Enquanto as toxinas encontradas no cigarro são por volta de 1.500, no tabaco de charuto e cachimbo ficam por volta de 45. Ou seja, os problemas de se fumar cachimbo é muito parecido de não fumantes que comem frango industrializado, açucar refinado e comida salgada todo dia. MAS seria complicado fazer campanhas alertando cada coisa separadamente, então joga-se tudo no mesmo balaio e proíbe-se o fumo em geral.
    Freud é um péssimo exemplo de se citar, pois o cara fumava de tudo, o tempo todo (lembrando que um fumante de cachimbo típico fuma 2x por dia) e até cocaína misturada em água ele bebia. Sua mucosa bucal era agredida o tempo todo. Daí vem a relação cachimbo (e charuto) com cancêr de boca. Pra acontecer você tem de judiar da sua boca mesmo, fumar o dia inteiro, fumar errôneamente, etc. Tanto que o “cancer de boca em fumantes de cachimbo” é muito citado, mas muito pouco visto.

    Sobre o vício: Os fumantes de cachimbo são tão viciados em nicotina quanto em chocolate ou coca-cola. Qualquer problema é desculpa pra não se fumar. Afta, resfriado, dor de garganta… Passar uma semana sem botar o cachimbo na boca é muito comum. Pois se com gripe você não sente direito o sabor das coisas, então pra que fumar aquele tabaco Inglês aromatizado de Vanilla que é seu habitual se não vai sentir gosto de po**a nenhuma?

    Então finalizando: O vilão é o cigarro, não o tabaco. Desculpe o texto tão longo, devia ter mandado isso por e-mail…

    Abraços
    Ananias Garcia

    Ps. Lembrei de um assunto ‘gump’ pra você abordar sobre os tabacos de cachimbo: Existe uma variedade de tabaco (muito apreciada por sinal) que é preparada defumando-se as folhas sobre fogueiras de esterco de camelo. O resultado é um tabaco com gosto frio, seco, assim como vinho, e o aroma lembra coisas velhas.

    Reply
  12. OI Ananias. Cara que legal quie é mesmo a loja mais antiga do Rio. Eu estou querendo ir lá faz um tempo para citá-la em um romance histórico que eu estou idealizando, ainda na fase embrionária. Acho que vou lá tomar um expresso com vocês.
    há anos que eu não sinto o cheiro de cachimbo e fumo inglês. meu pai fumava cachimbo e este é o cheiro da minha infância, sobretudo se misturado ao cheiro de lápis de cera. Outro dia eu estava trabalhando num desenho e comecei a cheirar os crayons. Aquele cheiro voi uma espécie de viagem no tempo. Imediatamente me lembrei de várias coisas da época do pré-escolar. Incrível como nossa memória se atrela a música, sabores e o olfato.

    Agradeço também pela dica do tabaco aromatizado em esterco de camelo. Fica anotado no caderninho aqui para um post futuro.
    Valeu.

    Reply
  13. Para comentar eu deveria redigir um texto que começaria com “Parabéns”, no meio teriam vários “parabéns” e finalizaria com “Parabéns”.
    Muito bom, “parabéns”

    Reply
  14. Obrigado cara.

    Reply
  15. OII
    POW AII FICOU MUITO BOM SEU BLOG , FALA SOBRE COOISAS MUITO IMPORTANTES SOBRE O DIA A DIA DE NOSSO PAIS …
    ADOREI
    NAO PARE DE FAZER ISO PQ TODOS NOS SE FAZEMOS UM POUQUINHO MUDAREMOS O MUNDOO…
    PARABENS

    Reply
  16. flomanhique@yahoo.com.br'

    A liberacao deve ser proibida porque as drogas causa efeitos colaterais

    Reply
  17. sohqvai@hotmail.com'

    10 pontos para se pensar!!!!

    1- o alcool tambem é um depressor do SNC (sistema nervoso central), com efeito nao muito diferente da maconha, acreditem (eu sei, eu uso), agora te pergunto: quantas pessoas bebadas nao matam?? ou se acidentam prejudicando muitas outras pessoas?? porque a maconha tem q ser ilegal?

    2- uma pessoa sob o efeito da maconha fica: em ksa sentada no sofa e comendo, extremamente calma, completamente inofensiva devido ao “cansaço” fisico. isso mostra que ao contrario do que acreditam um maconheiro nao é uma ameaça a sociedade.

    3- muito alcool = cirrose hepática, raciocinio + lento
    muito cigarro = cancer de pulmao, esofago, laringe, faringe, lingua entre outros problemas
    muita gordura = hipertensao, infarto, aumento do colesterol entre outros
    muito doce = hiperglicemia
    muita maconha = pessoa lesada, raciocinio + lento, cancer de pulmao (menos frequente que o cigarro)
    -> pergunta: o problema é de quem?? cada um escolhe seu caminho na vida.. vc pode estar ai sentado, obeso, prestes a morrer de infarto, e muitos maconheiros na rua tranquilos!!!

    4- a liberaçao diminuiria o trafico, nao acabaria com ele pois ainda existiriam outras drogas ilegais, mas grande parte dos usuarios de drogas sao usuarios de maconha, o que reduziria muito o financiamento do trafico, diminuindo o giro monetario dos traficantes, devido ao seu lucro ser 60% em cima da maconha.

    5- é comprovado cientificamente que o THC (principio ativo da maconha) nao causa dependencia quimica, fisica ou psiquica. e ao contrario do que acreditam, a maconha nao destroi as celulas cerebrais, o acumulo de THC deixa a pessoa um pouco mais lenta e tranquila, esse acumulo acontece devido alguns metabolitos do THC ficarem presente no sangue por alguns dias, porém com pouco tempo de recesso a pessoa volta 100% ao normal. eu disse 100%!!!

    6- vc ou alguma das pessoas que dizem que a maconha faz mal a saude jah provaram para saber?? ou será algo inventado pela sociedade dominante para que o uso da droga nao abra os olhos das pessoas para o que acontece ao redor??
    é comprovado cientificamente que uma pessoa sobre o efeito do THC tem seus sentidos aumentados 5X, alem de aumentar a capacidade de percepção.

    7- procure noticia sobre alguma pessoa sob o efeito da maconha, e procure noticias sobre pessoas alcoolizadas!! e veja o resultado

    8- vcs pagam impostos, as “autoridades” roubam na cara dura, muitas pessoas morrem de fome, outras fazem churrasco com dinheiro ao invez de carvao, pessoas matam e morrem por causa de comida, e vcs se preocupam com um kra que quer fumar maconha????? PQP!!!

    9- experimente, e vc vera a diferença, as pessoas tem medo de se “viciar” acreditam no que veem nos filmes, sao influenciadas pela sociedade, enchem a cara, fazem cagada, e a culpa cai em cima dos drogados, e a sociedade faz vc acreditar que os maconheiros estao no meio destes drogados.. eu vou te dizer.. um viciado em cocaina.. heroina.. crack.. esse sim é perigoso.. porque ele fica alucinado.. tudo pra ele pode apresentar perigo, ele fica descontrolado e perigoso.. mas nao um maconheiro!!!

    10- procurem se informar.. (nada pessoal) mas olhem o exemplo desta garota ai em cima.. q porra q ela falo?!?! “A liberacao deve ser proibida porque as drogas causa efeitos colaterais”
    -pra começar.. pensem bem nesta frase!! “A LIBERAÇAO DEVE SER PROIBIDA!!” muito beemmm.. vc acabo de matar 50.000 pessoas por causa desta “inginorançia”
    -“porque as drogas causam efeitos colaterais”
    NOOOOOSSSAAAAA… que bom.. descobriu a america.. pra começar ate um AAS (acido acetilsalicilico, Aspirina pra vc) causa efeitos colaterais.. sabia que vc pode ter ulcera gastrica por causa das suas dores de cabeça curadas com AAS.. ou ate uma hemorragia por causa do mesmo comprimido de AAS!!!!

    OBS: por favor pessoal.. se informem antes de falarem algo deste tipo.. olha q vergonha q essa garota passo gente!!!
    com certeza ela nao uso nenhum tipo de droga.. e olha ai a burrice dessa garota!!!! fala merda sem se informar…
    desculpa.. mas eu odeio ignorancia..

    —> mais uma coisa que nao posso deixar passar!!! XIXI.. nao é usado pra secar maconha.. isso o sol mesmo faz..
    xixi.. é usado pra conservar maconha.. pra nao embolorar e estragar todo o carregamento.. devido a umidade!!!

    –> philipe.. disculpa kra.. mas depende muito.. a nicotina fumada pode chegar em 8 segundos no cerebro.. mais aí entra dois problemas…
    – qual a diferença entre 8 ou 14 segundos, vai chega do mesmo jeito.. o que leva a mais um problema
    – tudo depende.. se vc aplicar na veia.. demora mesmo pra chegar no cerebro.. mas se vc aplicar na arteria vai em menos de 1 segundo.. intao.. isso nao tem nada a ve!!!.. vc viajo nessa!!!

    —> borderline.. cara qq eh isso?.. até um chute na bunda pode levar uma pessoa a loucura se ela tiver algum problema psicotico.. isso se trata com medicamentos.. hoje em dia existem medicamentos para isso sabia???

    PARA TODOS… MACONHA NAO DEIXA NINGUEM BURRO.. ACHO MUITO CERTO FAZEREM A MARCHA PARA A LEGALIZAÇAO DA MACONHA E VOU DIZER O PORQUE!!!
    EM MEIO A TANTA VIOLENCIA, TRAGEDIAS, ESCANDALOS RIDICULOS ENVOLVENDO PESSOAS PUBLICAS, PORQUE UM POLICIAL PEGA UM MACONHEIRO.. BATE NO KRA.. FAZ ELE ENGOLIR A MACONHA DELE.. E TRATA O KRA COMO UM ANIMAL SÓ POR ESTAR FUMANDO UMA ERVA NATURAL.. ME DIZ O PORQUE???

    UMA PESSOA QUE FUMA MACONHA DENTRO DO QUINTAL DE CASA É O PROBLEMA DA POPULAÇAO???

    SE VC BATER NELE.. UMILHAR ELE.. O BRASIL VAI MELHORAR??

    PENSE BEM NISSO..

    IMAGINE VC NA SUA CASA.. BEBENDO UMA CAIPIRINHA.. UM POLICIAL ENTRA NA SUA KSA E TE ESPANCA.. SOH PQ VC TA BEBADO NO FIM DE SEMANA DENTRO DA SUA PROPRIA CASA!!! ISSO É UM ABSURDO…

    ====================================
    LEGALIZAR PODE NAO SER A SOULUÇAO!!!
    MAS A MACONHA NAO É O PROBLEMA!!!!!!
    ====================================

    Reply
  18. Pensando sobre o que o Back4Ever (ê nick bandeira esse) falou:

    [quote post="826"]1- o alcool tambem é um depressor do SNC (sistema nervoso central), com efeito nao muito diferente da maconha, acreditem (eu sei, eu uso), agora te pergunto: quantas pessoas bebadas nao matam?? ou se acidentam prejudicando muitas outras pessoas?? porque a maconha tem q ser ilegal?[/quote]

    Isso é verdade. O àlcool é o maior problema de sáude pública de todos os tempos. Ele sozinho causa mais problemas para a sociedade do que todas as drogas ilicitas juntas. Só que um questão deve ser levada em conta. Ela é de ordem farmacológica e diz respeito a potencialidade toxicomanógena ( capacidade de provocar dependência ) do álcool e sua comparação com as outras drogas do grupo.
    Assim, se pusermos em números redondos e em uma escala crescente algumas das principais drogas que provocam dependência, teríamos, em princípio, a seguinte seqüência:
    Álcool: 10; maconha: 20; cocaína: 50; nicotina: 80; crack: 90; heroína: 95.
    Deste modo, se dermos a 100 pessoas essas drogas à vontade, dez podem se tornar dependentes do álcool (alcoólatras), enquanto que com a maconha a possibilidade é o dobro, a cocaína cinco vezes mais e o crack e a heroína ( a mais toxicomanógena de todas as drogas) somente 10 e 5 respectivamente, escapariam à dependência.

    Isso deve bastar para responder a sua questão numero um. Mas se quiser, eu desenho.

    [quote post="826"]2- uma pessoa sob o efeito da maconha fica: em ksa sentada no sofa e comendo, extremamente calma, completamente inofensiva devido ao “cansaço” fisico. isso mostra que ao contrario do que acreditam um maconheiro nao é uma ameaça a sociedade.[/quote]

    Beleza doidão. Só que o problema para a socieddae não é o pela-saco ficar comendo no sofá todo viajandão. Isso é o de menos. O problema é o prego que sobe o morro para comprar. Ele alimenta o NARCOTRAFICO que alimenta a violência. O merdinha fumando em casa é só a ponta final de uma corda que tem atrás dele um monte de gente morta, crianças baleadas, roubo de carros, exploração sexual e 1001 crimes. A maconha que ele fuma vai pro bolso do dono da boca, que compra um fuzil de um PM safado. Este fuzil vai balear um pai de família. Isso serve também para a cocaína que a dondoca cheira na festinha de ricaços na praia de Copacabana. (Ai que loucura!) Ela sorri, inebriada pela drigam sem se dar conta que crianças estão sem os pais porque ambos viraram viciados e agora trabalham numa boca. A familia desestruturada vai gerar mais um pivete, que depois vai assaltar pessoas honestas que estão trabalhando e cuidado da vida delas.
    Só por isso.

    [quote post="826"]3- muito alcool = cirrose hepática, raciocinio + lento
    muito cigarro = cancer de pulmao, esofago, laringe, faringe, lingua entre outros problemas
    muita gordura = hipertensao, infarto, aumento do colesterol entre outros
    muito doce = hiperglicemia
    muita maconha = pessoa lesada, raciocinio + lento, cancer de pulmao (menos frequente que o cigarro)
    -> pergunta: o problema é de quem?? cada um escolhe seu caminho na vida.. vc pode estar ai sentado, obeso, prestes a morrer de infarto, e muitos maconheiros na rua tranquilos!!![/quote]

    Cada um morre como quer. Você não fuma maconha? Então, caralho? Tá reclamando do quÊ? A maconha não chega pra você e para seus amiguinhos chapados? Liberar só vai gerar mais merda. A maconha hoje é praticamente liberada de um modo não-oficial. Isso significa que quem realmente quer fumar essa merda, consegue. Agora, ainda é crime vender droga e isso ainda limita o consumo da maconha por muitos jovens. A maconha, como é barata e muito consumida, leva menos dinheiro ao narcotrafico do que vai levar a outra droga que ocupar o lugar dela quando (e se) a maconha for liberada.

    [quote post="826"]a liberaçao diminuiria o trafico, nao acabaria com ele pois ainda existiriam outras drogas ilegais, mas grande parte dos usuarios de drogas sao usuarios de maconha, o que reduziria muito o financiamento do trafico, diminuindo o giro monetario dos traficantes, devido ao seu lucro ser 60% em cima da maconha.[/quote]

    Se vc leu meu texto inteiro e não apenas as primeiras palavras dos parágrafos, deve ter visto que o trafico não é burro e que outra droga ocupará o lugar da maconha. Então como isso ta explicado no texto pouparei meus dedos de repetir isso. Se não leu, leia. (ou leia quando estiver sóbrio)

    [quote post="826"]- é comprovado cientificamente que o THC (principio ativo da maconha) nao causa dependencia quimica, fisica ou psiquica. e ao contrario do que acreditam, a maconha nao destroi as celulas cerebrais, o acumulo de THC deixa a pessoa um pouco mais lenta e tranquila, esse acumulo acontece devido alguns metabolitos do THC ficarem presente no sangue por alguns dias, porém com pouco tempo de recesso a pessoa volta 100% ao normal. eu disse 100%!!![/quote]

    Provado científicamente por quem? Quando? Publicado na Nature? Qual edição?
    Não fala merda não, Back4Ever. A maconha vicia sim! Ela é uma droga importante porque muita gente não fica viciada, mas mais ou menos 10% de usuários contínuos acabam tendo dependência. É, sim, uma síndrome de abstinência menor, mas a maconha vicia. É só perguntar para qualquer um que tenha um consultório ou clinica de tratamento de viciados. Mas vc não vai fazer isso, porque afinal, “você todo dia, a 30 anos e até hoje não ficou viciado”, hahaha. Cara aquela coroa do “tapa na pantera” parece você.
    Eu sei que ninguém gosta de admitir que está viciado, pois isso significa estar submetido à droga. O viciado sempre quer parecer o fodão. Quer ter a sensação de que está no controle. Não importa a freqüência; se a pessoa não resiste passar sem a droga e foi dominada pelo desejo de consumi-la, já está viciada. É claro que quanto mais freqüente for o uso e mais pesada for a droga, mais grave é o vício. Porém, para continuar alimentando a vaidade pessoal e a auto-estima. Você diz, “eu paro quando eu quiser”. Mentira – Isso é mentira que o viciado diz para si mesmo e para os outros, porque geralmente todos os viciados querem parar com o vício, mas poucos conseguem. São os que não conseguem parar que usam o argumento de que maconha não vicia.
    Sobre a questão da dependência, a Medicina já comprovou que a maconha produz uma dependência psicológica. Sua dependência física é que não está absolutamente comprovada. Mas basta ir a uma clínica de dependentes químicos que você verá que muitos deles apresentam a síndrome de abstinência. E se sofrem disso, está clara a existência de certa dependência física.

    [quote post="826"]vc ou alguma das pessoas que dizem que a maconha faz mal a saude jah provaram para saber?? ou será algo inventado pela sociedade dominante para que o uso da droga nao abra os olhos das pessoas para o que acontece ao redor??
    é comprovado cientificamente que uma pessoa sobre o efeito do THC tem seus sentidos aumentados 5X, alem de aumentar a capacidade de percepção.[/quote]

    Cara esta sua frase é emblemática. Você acredita mesmo que eu tenho que usar uma droga, o que em tese me tiraria do meu estado normal para poder julgar melhor se a droga deve ser liberada ou não? Cara, você é dodói! Quando você vai fazer uma prova que exige precisão você fuma maconha? Sentidos aumentados 5X com uma droga é é depressora do sistema nervoso? PUTAQUIPARIU! Se você alegasse que tomando anfetamina tinha uma sensação de ampliação dos sentidos eu até entenderia. Agora, nessa aí, você mandou muito mal. Volta pra escola. E sem o back! Uma coisa é o cara viajar ACHANDO que a maconha aumenta sua força física e etc. Outra é isso ser provado.
    E larga esse delírio conspiratório. Eu defendo a proibição pq ela faz mal e será mais prejudicial liberada do que semi-proibida como é hoje.
    A maconha foi proibida por influências comerciais dos EUA e interesses de comunidades religiosas, realmente. Mas isso é uma coisa do passado. Hoje ela ainda é “proibida” ou seja, é uma droga ilícita porque faz mal a saúde, embora em certos casos ela tenha seu uso garantido como forma de tratamento.O THC é um principio ativo usado em muitos medicamentos. O problema com a maconha é que ela está intimamente associada ao rendimento do narcotrafico. Liberá-la apenas abre a porta para outra droga ocupar seu lugar.

    [quote post="826"]7- procure noticia sobre alguma pessoa sob o efeito da maconha, e procure noticias sobre pessoas alcoolizadas!! e veja o resultado[/quote]

    Obviamente você vai concordar comigo que uma droga Lícita como o álcool tem mais adeptos que a maconha. Logo, tem mais casos de problemas associados. Isso não quer dizer absolutamente, rocambolescamente, porra nenhuma. Tem mais caso envolvendo o álcool do que pessoas de decepam a própria cabeça com uma serra elétrica também. E o que você acha que é pior para o sujeito?

    [quote post="826"]8- vcs pagam impostos, as “autoridades” roubam na cara dura, muitas pessoas morrem de fome, outras fazem churrasco com dinheiro ao invez de carvao, pessoas matam e morrem por causa de comida, e vcs se preocupam com um kra que quer fumar maconha????? PQP!!![/quote]
    Não. Eu não me preocupo com o cara que quer fumar maconha. Esse tá lá, largadão no sofá fumando o back dele, relax. Eu me preocupo com políticos que usam a bandeira da maconha legalizada para obter votos dos TROUXAS. Me preocupo com pessoas que são viciadas e escondem seu vicio alegando que “uma erva natural não pode te prejudicar”. Me preocupo com a destruição de lares provocado pelo vício. Me preocupo com idéias retardadas sobre a liberação da droga e o utópico fim do narcotráfico. Só isso. Com o usuário eu não me preocupo. Quem tem que se preocupar é ele. Por mim acada um seria livre para fazer o que quisesse. O problema é que hoje o maconheiro padrão, o que compra o bagulho que vem do polígono da maconha, é o patrocinador que paga a bala que vai matar um inocente. Bom seria se ele pudesse plantar em casa seu bagulho, mas isso raramente acontece.

    [quote post="826"]9- experimente, e vc vera a diferença, as pessoas tem medo de se “viciar” acreditam no que veem nos filmes, sao influenciadas pela sociedade, enchem a cara, fazem cagada, e a culpa cai em cima dos drogados, e a sociedade faz vc acreditar que os maconheiros estao no meio destes drogados.. eu vou te dizer.. um viciado em cocaina.. heroina.. crack.. esse sim é perigoso.. porque ele fica alucinado.. tudo pra ele pode apresentar perigo, ele fica descontrolado e perigoso.. mas nao um maconheiro!!![/quote]

    Ué. Experimentar a droga vai me fazer mudar de idéia por que?
    Cara entenda uma coisa, EU não digo que a droga deve ser proibida. Ela É proibida. Eu digo que ela não deve ser LIBERADA. E é isso que muita gente defende. Há uma diferença conceitual nisso. Para a droga ser liberada deve ter um bom motivo. E isso não há. Usar a droga como você inocentemente sugere, não vai fazer este motivo surgir do nada.

    [quote post="826"]10- procurem se informar.. (nada pessoal) mas olhem o exemplo desta garota ai em cima.. q porra q ela falo?!?! “A liberacao deve ser proibida porque as drogas causa efeitos colaterais”
    -pra começar.. pensem bem nesta frase!! “A LIBERAÇAO DEVE SER PROIBIDA!!” muito beemmm.. vc acabo de matar 50.000 pessoas por causa desta “inginorançia”…[/quote]
    Zoar a menina que se expressou mal não te faz mais inteligente do que ela. Seus argumentos são um pouco melhor escritos, mas não passam de um monte de baboseira de um defensor do maconhão do qual é viciado e finge não ser. Além do mais as escorregadas de que “A maconha aumenta sua capacidade de percepção” é uma jumentice tamanha que eu no seu lugar, teria vergonha e não zoaria a garota.

    [quote post="826"]mais uma coisa que nao posso deixar passar!!! XIXI.. nao é usado pra secar maconha.. isso o sol mesmo faz..
    xixi.. é usado pra conservar maconha.. pra nao embolorar e estragar todo o carregamento.. devido a umidade!!![/quote]

    Ah, que bom. Quer dizer então que é para conservar? Legal. Mas isso não muda o fato de que a galera tá fumando mijo. Muda?

    [quote post="826"]philipe.. disculpa kra.. mas depende muito.. a nicotina fumada pode chegar em 8 segundos no cerebro.. mais aí entra dois problemas…
    – qual a diferença entre 8 ou 14 segundos, vai chega do mesmo jeito.. o que leva a mais um problema
    – tudo depende.. se vc aplicar na veia.. demora mesmo pra chegar no cerebro.. mas se vc aplicar na arteria vai em menos de 1 segundo.. intao.. isso nao tem nada a ve!!!.. vc viajo nessa!!![/quote]
    Ok, isso não está no meu texto, e sim numa resposta ao Ananias que você descontextualizou. Mas eu te explico. Eu queria dizer com isso que fumar tragando ou sem tragar dá o mesmo resultado pratico. Seja por ingestão, inalação, injeção, como for, a droga chega onde quer chegar, que é no seu cérebro. Em alguns casos isso é mais rápido, como o Crack, que é a cocaína inalável. O Crack tem um efeito que se inicia rapido e termina rapido também;

    [quote post="826"]> borderline.. cara qq eh isso?.. até um chute na bunda pode levar uma pessoa a loucura se ela tiver algum problema psicotico.. isso se trata com medicamentos.. hoje em dia existem medicamentos para isso sabia???[/quote]

    Trata mas não cura, mané. Medicamento trem, eu mais que você sei bem disso. Mas medicamento tem até pra dor de dente. Tem medicamento pra tudo. Mas CURA QUE É BOM, NÃO TEM. Uma vez desencadeado o surto psicótico já era. Ele pode ser uma crise passageira, ele pode ser para sempre. Algumas pessoas manifestam a doença sem uso de drogas ou medicamentos. Outras seriam normais e produtivas, se não fosse um amiguinho da faculdade surgir com um “baguio do Dêmo!” Como não há maneira de saber se o cara está ou não no grupo de risco dos que podem surtar, é uma roleta russa. O cara entra se quiser. Mas se não quiser ele não pode ser taxado de “babaca careta” pelo viciado. Até porque quem me parece babaca é o sujeito que sobe o morro apar dar dinheiro pro traficante, que vai pagar a pistola que depois será usada para assaltá-lo no asfalto dias depois.

    [quote post="826"]EM MEIO A TANTA VIOLENCIA, TRAGEDIAS, ESCANDALOS RIDICULOS ENVOLVENDO PESSOAS PUBLICAS, PORQUE UM POLICIAL PEGA UM MACONHEIRO.. BATE NO KRA.. FAZ ELE ENGOLIR A MACONHA DELE.. E TRATA O KRA COMO UM ANIMAL SÓ POR ESTAR FUMANDO UMA ERVA NATURAL.. ME DIZ O PORQUE???[/quote]
    Eu digo. Porque ele viu o colega dele, pai de familia, tomar um tiro na cara dado pelos malucos que compraram o trabuco para defender a boca de fumo que caras “espertos” como VOCÊ patrocinam. Porque ele vê diariamente pessoas que perdem a vida e os bens por causa dos filhos que se viciaram na droga. POrque ele vê o choro de uma mãe segurando o filho morto por algum desses comandos que infectam os morros colocando a população honesta que mora lá sob permanente risco de vida. POrque ele é mal pago e mal treinado para entrar naquela merda, sem equipamento decente, enfrentando tiro de armamento de uso militar como metralhadoras antiaéreas para garantir o acesso ao morro. POrque ele vê pessoas sendo expulsas de suas comunidades porque não concordam com o regime de medo e silêncio imposto pelo tráfico. POrque ele sabe que os traficantes entram na casa de pessoas idosas e doentes e fazem dessas casas paióis para guardar droga e munição. E Ai de quem reclama.

    Por isso.

    Se eu bebo uma caipirinha na minha casa, eu corro o mesmo risco que qualquer um corre se fumar maconha dentro da própria casa. Nenhum.

    Reply
    • joaopedro_99@live.com.pt'

      Li tudo o que você disse, tem razão em algumas coisas mas discordo completamente de outras!
      Essa do tráfico não ser burro e se liberalização fosse para frente que iria outra droga substituir a maconha é completamente falsidade.
      Na semana passada a ONU divulgou os resultados da lista dos países mais desenvoldidos de 2011 e a Holanda aparece no top 3 na lista de países com mais progressos na Saúde, Educação e Rendimento, e lá não houve nenhuma droga de substituição da maconha quando a lei de lá liberou. Aliás o trafico caiu 85%, e não houve aumento do consumo de heroína  e cocaína. Só quem nunca visitou a Holanda é que pode dizer que a ideia é má! São dos países mais avançados do Mundo, e a população não é VICIADA como você chamou ao cara ai de cima! Você tem que aprender a respeitar os outros, pois com certeza você bebe, e até apostava que já esteve embriagado mais de uma vez, e não é por isso que as pessoas têm o direito de lhe chamar viciado! Se você fumasse uma erva você era mais tranquilo e menos presunçoso!

      Reply
      • Estude mais e descobrirá que a Holanda está voltando atrás na política de liberação e está restringindo o consumo, porque houve SIM um aumento espantoso de outras drogas, principalmente heroína e metanfetamina.

        Reply
    • bruna_milioli@hotmail.com'

      Achei que seria um post interessante, mas quando li a primeira linha, parei! Jamais justifique a liberalização da maconha porque outras drogas estão disponíveis! Ninguém disse que álcool é bom! Não compare algo ruim com outro pior!!

      Reply
  19. zinllin@yahoo.com.br'

    Oi,Philipe, tudo bem?
    Gostei dos seus posts, parabéns. Vejo tanta gente glamourizando a maconha que compreendo que temos de ser ríspidos muitas vezes.
    Apenas queria complementar o que você disse sobre a Holanda. Se você procurar atualidades, verá o quanto esse país está revendo sua política tolerante. Só para citar poucos exemplos, coffe-shops próximas a escolas estão sendo fechadas; proibiu-se a venda de maconha e álcool no mesmo estabelecimento; o aumento do consumo aumentou principalmente entre os jovens; o tráfico internacional se instalou por lá, o que era inexistente há 20 anos; a Holanda é o pólo exportador das drogas sintéticas e os jovens de lá têm seríssimos problemas com vários tipos de drogas (nível Christiane F., sabe?!

    Abraço,

    Ana

    Reply
  20. guare_skt@hotmail.com'

    “Colamos advertências nos rótulos e usamos fotos grotescas e chocantes de fetos com caras de jacaré e pessoas com expressão cadavérica.” Bem que isso lembra algum post do Mundo Gump, em especial a criança com cara de jacaré. Este post foi esclarecedor no sentido de que a solução para o Brasil reside mesmo no aeroporto, e agora, para os maconheiros também.

    Reply
  21. Então, tem horas que eu fico meio puto, mas eu não sou contra quem fuma. Tenho um porradão de amigos meus que fumam. Eu não fumo mas fico junto batendo papo. Quem me conhece costuma dizer que eu já nasci maconhado então não preciso. Mas o lance é que vejo pessoas usado a bandeura de uma liberação como plataforma política. Não acho que droga nenhuma deve ser plataforma política. Exigir liberação para algo que é liberado extraoficialmente não faz muito sentido. O que eu acho que seria o ideal é que as pessoas se conscientizassem sobre a contribuição que elas dão ao narcotrafico, e começassem a plantar sua própria erva. O problema é que a maconha do trafico é geneticamente alterada e ela é bem mais forte do que uma maconha caseira.
    Sei lá. Eu acho que a situação é: Ruim com a maconha proibida, pior com a maconha liberada.
    Eu vejo que muitas pessoas que defendem a liberação da droga evocam a Holanda como exemplo. Mas eu não poso dizer que o exemplo da Holanda foi dos melhores. A Holanda é um país avançado em termos de legislação política, sem dúvida. Mas a liberação do consumo provou ser ineficaz para conter o grau de dependência química dos holandeses.

    Esse problema da maconha é muito complexo, porque envolve questões sociais, culturais e políticas. Eu acho uma sacanagem bárbara um PM escrotizar um cidadão porque achou maconha com ele. Isso acontece porque os PMS são absurdamente mal pagos, mal treinados e de um modo geral não são adequadamente qualificados para operar segurança em nenhum nível. Quem deveria lutar para melhorar as condições trabalhistas dessa classe – que afeta as vidas de todos, mas principalmente dos pobres e miseráveis – não está nem aí. Estão pensando na compra de carros novinhos pra eles, auxílio paletó, auxílio combustível, verba de gabinete, etc.

    Reply
    • pedro@hotmal.com.br'

      Ô AMigo, tudo bem ??? Você está errado na sua citação. Hoje a maconha do Brasil, contem cerca de 0.5 % de THC, ela vem toda do Paraguay, ela não é colida na hroa certa, e também é polinizada, o que reduz a 25% de sua droga, além de vir o pé macho com o pé fêmea,s endo que o macho não contém droga, além de misturada com inumeras coisas, ( grama, galhos, côco, tudo que você pensar ), veja bem. A maconha mais forte do mundo, era uma nossa, vinda de Pernanbuco, ela era muito mais forte que qualquer maconha da Holanda, já qeu seu ciclo de maturação durava mais que um ano, ela está estinta, o culpado disso foi o Fernandinho Beira Mar, que  levou todo comércio apra o Paraguay. Você imagina, qeu THC, CBD, CBN, são poucas substâncias estudadas da Erva, e só com uma, o THC, já tem mais de 15 remédios, e erva tem mais de 100 substâncias aidna nãoe studadas, ou seja, estiguiram até cosias que nucna estudaram. A maconha da Europa, tem cerca de 18 % de THC,  é forte, más não é forte porque foi alterada, eles alteraram ela para sua resist~encia ao clima, e apra seu maturamento. Lembre, tem paises da Asia que a cultivam e fazem o melhroamento com grãos, como foi feito no milho, no arroz, a milênios. O primeiro relato da nossa civilização, sobre remédio, era ela mesmo, a maldita, a 5 mil antes de cristo na china, remédio apra mulehres com cólica, da china ela foi apra o mundo, datado de 3 mil anos um cachimbo achado na Alemanhã, com restos de THC, e prá acabar, cá prá nós, Jesus fumava né, afinal naquela época todo mundo ali fumava, até a roupa dele era da erva. Achoq eu todos vocês antes de falarem algo, deviam se informar, antes de falar algo. E eu aprender a escrever português antes de escrever kkkkkkkk. Poque se não amigo, fica igual esses policiais aí, falando que estam fumando macumba, e não é, é maconha. KKKKKK Valeu

      Reply
  22. renan_fx@hotmail.com'

    CONCORDO EM NUMERO E GRAU COM VC, PHILIPE.

    IA SER BOM SE TODOS PUDESSEM PLANTAR, MAS INFELIZMENTE O TRAFICO SUPERA… VAI CONTINUAR MATANDO GENTE, CAUSANDO ESTRAGO.

    ENTAO NÃO É A LEGALIZAÇÃO QUE VAI MUDAR ALGUMA COISA

    O QUE TEM QUE MUDAR É O PENSAMENTO DA SOCIEDADE BRASILEIRA.

    Reply
  23. joaiqundossantoa@hotmail.com'

    :sly: :) :] ;] :worry: :wow: :meh: O_o :ohhyeahh: D: :omg: :raisebrow: :P :( 0_0 :shocked: :argh: :| :$ :B :cool: :*( :curious: x_x :gasp: =D :happy: :/ :D :injured: :lol: :lol2: :love: :X :D

    Reply
  24. marciarocha15@hotmail.com'

    Oi, Philipe!!!

    Sou mãe de 04 filhos, sou psicóloga, professora (ou seja, não tão desinformada) e AMEI TD QUE VC ESCREVEU!
    Estava pesquisando p/ argumentar c/ um pcte adulto, defensor da liberação, e eis que me deparo c/ sua bravíssima explicação!! E a 2ª resposta pro “sabe-tudo-de-maconha” foi melhor ainda!!
    Gostei tb da resposta defendendo a menina que deu sua LIVRE opinião! Se você não fizesse eu iria fazer, porque a deselegância dele para com ela é, na verdade, orgulho imbutido, por achar que alguém com pouco estudo não é capaz de analisar os fatos da vida melhor do que ele, que provavelmente estudou muuuuuuuuuito!
    Se vê que estudou… mas a questão é “aprendeu?”
    Beijo grande e PARABÉNS!!!

    Parabéns, Philipe!

    Reply
  25. Valeu Márcia.

    Reply
  26. neto28.0@hotmail.com'

    Aos caras que informaram acima que o sujeito fica em casa assistindo televisão e comendo (deve ser ele!?!?!?!?)
    Bem, o negocio é o seguinte, sou policial e to cansado de atender ocorrencia em que o maconheiro quebra toda a casa e depois quer quebrar toda a familia na porrada, aí, alguem pode dizer “o cara tava com outra droga na cabeça!!”, negativo, o proprio cidadão confessa que foi só um cigarrinho!!!! tinha que aproveitar e pegar todos esses maconheiros e sentar o sarrafo!!!
    Se o cara ja rouba pra comprar enquanto é ilicita, imagina quando for legalizada!!! Tem vagabundo que rouba pra comprar cachaça!!

    Reply
  27. [quote comment="36186"]Eu falei que não ia comentar o texto mas não consegui…

    “Para isso, os traficantes resolvem a parada comprando Xixi.
    É que a urina humana contem uma dose de amônia e este xixi que fica decantando ao sol em tambores é usado para lavar e secar as folhas de maconha. Resumindo, fumar maconha de traficante é fumar indiretamente xixi.
    Os traficantes paraguaios usam também cal, gasolina e outros aditivos químicos para ativar o THC, o que deixa a maconha altamente impura.”

    É assim mesmo, Philipe…

    Traficante: Ou me manda 5 litros de xixi !
    Traficante de urina: O loco, assim pelo telefone não, os hômi tão em cima cara !

    Fumar maconha de traficante é fumar indiretamente xixi, esse é seu argumento contra maconha ? Outros aditivos quimicos para ativar o THC ? É inacreditavel como o tema de drogas faz as pessoas ficarem ignorantes ! Você realmente acredita que o THC é ativado com aditivos quimicos ? Ao menos tenha a vergonha de pesquisar como o THC age no organismo humano, antes de sair escrevendo tamanhas baboseiras !
    E por essas e outras razões que não da nem pra discutir com caretas do seu tipo … :

    – Maconha faz mal !

    – Já fumou ?

    – Não, nunca fumei, não gosto e nunca vou fumar !

    Escravos da rede globo e de um governo manipulador, simples papagaios, ignorantes que só sabe dar opinião em tudo !
    Ao final só fico triste por vocês, por aceitarem tudo o quê lhe es dito !
    Libertem-se desse Matrix ![/quote]

    Ah ta. Todo argumento valido é o dos maconheiros né? Foi mal. Criticar você critica, agora pode contraargumentar? Tenta aí. Veja se tem neurônio para tal. Prego.

    Reply
  28. rogerpvasques@hotmail.com'

    Droga é droga , e todas sem exceção deveriam ser banidas ! Alcoól , tabaco, maconha , cocaína , lsd, heroína , ópio, ecstasy, crack, etc. O pior são os pregos que vem até aqui defender o uso da maconha , cambada de lesados é o que são ! Quem usa droga é doente e merece tratamento , e quem vende , fabrica e distribui merece cadeia !

    Reply
  29. rogerpvasques@hotmail.com'

    Philipe , você tinha que ter deixado os comentários dos maconheiros , era para que outros tivessem a oportunidade de lerem tanta idiotice que eles escreveram !

    Reply
  30. Pois é, o problema é que o pela-saco ficou com raivinha e sem argumentos sólidos, epalou para fazer spam no blog escrevendo merda em um monte de posts, foi marcado como spam e aí já era.

    Reply
  31. Phillipe,

    Já que você não curte a maconha, faça um tópico assim:
    Álcool: Proibir ou não?

    Sem ofensas, mas, vê se não fala do que não entende. A maconha não vai te dar um surto psicótico. Maconha não é alucinógena.

    A única coisa que a cannabis vai te fazer é se sentir de bem com a vida. Algumas pessoas conseguem isso com a maconha, outras sem a maconha. Esta é a realidade.

    As pessoas abominam os maconheiros e pensam que os mesmos são vagabundos/marginais, mas o fato é que muitas pessoas em todas as esferas da sociedade estão utilizando a erva e, por esse fato, nós não subimos o morro para comprar maconha.

    Você acha que o Fernando Gabeira sobe o morro pra comprar?

    O bom maconheiro, como você mesmo disse, é aquele que planta, assim, não está prejudicando a ninguém.

    Aliás, procure se informar primeiro o porquê da maconha ter sido proibida na maioria dos países. Não tem nada a ver com os danos que ela causa, e sim com restrições políticas/burocráticas.

    Fique na paz.

    Reply
  32. [quote comment="64713"]Phillipe,

    Já que você não curte a maconha, faça um tópico assim:
    Álcool: Proibir ou não?

    Sem ofensas, mas, vê se não fala do que não entende. A maconha não vai te dar um surto psicótico. Maconha não é alucinógena.

    A única coisa que a cannabis vai te fazer é se sentir de bem com a vida. Algumas pessoas conseguem isso com a maconha, outras sem a maconha. Esta é a realidade.

    As pessoas abominam os maconheiros e pensam que os mesmos são vagabundos/marginais, mas o fato é que muitas pessoas em todas as esferas da sociedade estão utilizando a erva e, por esse fato, nós não subimos o morro para comprar maconha.

    Você acha que o Fernando Gabeira sobe o morro pra comprar?

    O bom maconheiro, como você mesmo disse, é aquele que planta, assim, não está prejudicando a ninguém.

    Aliás, procure se informar primeiro o porquê da maconha ter sido proibida na maioria dos países. Não tem nada a ver com os danos que ela causa, e sim com restrições políticas/burocráticas.

    Fique na paz.[/quote]

    William, inúmeros países já tentaram proibir o álcool e o cigarro. Não conseguiram.
    As pessoas que cultuam a maconha ficam com raiva de mim quando eu digo que não acho que ela deva ser liberada. Mas este é o meu ponto de vista. Ponto de vista é igual a bunda. Cada um tem a sua.
    É como você mesmo diz, se o Gabeira fuma a maconha e ele não sobe o morro, ou ele planta a própria erva ou alguém compra a maconha pra ele. Se compra, compra de quem?
    Como ela não se materializa do nada, o cara só pode comprar de um TRAFICANTE que compra de um PLANTADOR, que com grande chance está vivendo miseravelmente no polígono da maconha. Este traficante provavelmente comprou de um dealer, um aviãozinho, cuja grana que recebe alimenta o mercado de drogas mais pesadas como a cocaína, o crack e etc. A grana do Gabeira passou de mão em mão e vai terminar inexoravelmente dividida para estas linhas:
    Compra de mais droga, ou seja, financiamento do narcotráfico, compra de armas, manutenção do padrão de vida dos barões das drogas, aliciamento de jovens para serem soldados do tráfico.
    Mas o fato real é que se não fosse um bom negócio, os traficantes não plantariam, processariam, prensariam, transportariam e distribuiriam a maconha para vender por aí.
    E só é um bom negócio porque as pessoas não planatam sua propria erva, preferem a comodidade de comprar a mesma daquele amigo doidão. É mais fácil encurtar o raciocínio para não pensar de onde a droga vem e assim usar numa boa sem sentir a responsabilidade pelas conseqüências do seu consumo.
    A negação é o mecanismo de defesa mais banal que tem.

    Mas note: Até agora nego fuma numa boa, desde a alta sociedade, passando pela classe política, até os pobres, ela está rolando solta. Pra quem proibir algo que já acontece? Simples: Porque as grandes corporações querem explorar este mercado.
    E se isso acontecer, os traficantes vão buscar outra solução para repor aquela grana que entrava via maconha. É possível que apelem para o crack – que em último caso, será um belo tiro no pé, pois reduz a vida útil de consumo do dependente e o lucro a longo prazo da boca. E pra sociedade é uma merda fenomenal, porque aumenta absurdamente a violência, já que o crack gera nóia e um viciado em frenesi é capaz de matar a propria mãe pra comprar mais uma pedra.

    Agora, não é porque eu não fumo que eu não “entendo” deste assunto. Eu não fumo porque eu não preciso, eu não tenho necessidade. Eu tenho mais ou menos uns 500 amigos que usam e isso não é um problema nem pra mim e pelo que sei, nem pra eles.
    Eu nunca fumei maconha talvez pelo mesmo motivo de que eu nunca bebi uma gota de cachaça sequer na minha vida.
    Cada pessoa tem suas características curiosas. A primeira dama, por exemplo, nunca comeu morango.

    Reply
  33. Tem que liberar pra nós “pitá até cagá na carça”…
    Causa dependência? Conflitos na memória rescente?
    Foda-se, quem “quisé” fumar, fuma, quem não quiser,
    vai jogar amarelinha com o “Tio Adolfinho”…
    Abraço.

    Reply
  34. dig.diegomm@gmail.com'

    deixei um comentario aqui ontem e nao apareceu que que aconteceu

    Reply
  35. r.borda@hotmail.com'

    Falo pouco, mais falou bonito. Fuma até cagar, beber até vomitar, cheirar até morrer… Foda-se, Cada um sabe o que quer (se não sabe, deveria saber). Faço o que tiver com vontade desde que não invada o espaço do outro…
    E quem não gostar do que encontar no blog, não fique nervoso, pode sair e procurar outra diversão, vc esta livre na net. Não precisar se revoltar com um blog ou blogueiro…. Bebe, fuma, fude, caga são as leis da natureza ninguém vai poder mudar…

    Reply
  36. Hahahaha. POde crer! Só faltou o “durmi”!

    Reply
  37. r.borda@hotmail.com'

    [quote comment="69671"]Hahahaha. POde crer! Só faltou o “durmi”![/quote]
    Mais é que durmi agente deixa pra depois desses afazeres… kkkkkkk

    Reply
  38. obeesouza@hotmail.com'

    libera logo a galera num deicha de uzar mesmo, libera cobra inposto ai todo mundo fica felis po

    Reply
  39. guisurvival@yahoo.com.br'

    Se a maconha for liberada, pessoas que vendem maconha nao vao ser mais consideradas traficantes.
    Os supermercados, bares, vendas, tabacarias.. etc, vendem drogas certo? Sim, cigarro e alcool sao drogas. Sao liberadas, mas soh por isso nao quer dizer que nao sao mais drogas. E os donos desses estabelecimentos nao sao considerados traficantes certo?
    E quando acontece um roubo ou um cliente nao quer pagar pela bebida ou cigarro que comprou o “traficante” (dono do estabelecimento) pode recorrer a uma solucao legal, chamando a policia!
    Se a maconha for liberada, o mesmo acontecera com ela.
    Entao traficantes nao vao mais matar as pessoas que compram maconha e nao pagam. = Menos violencia associada a maconha.
    Nao precisa ser cientista nem genio para entender isso, soh nao intende quem nao quer.
    E pra quem nao quer entender! Vai toma….naquele lugar

    Reply
    • Guilherme, os traficantes deixam de ser traficantes de maconha se ela for liberada. Passam na hora a serem traficantes de crack, mescalina, LSD, cocô de camelo, cocaína, enfim. Eles só vão mudar o produto e passar a vender drogas realmente mais prejudiciais às pessoas. Sob este ponto de vista, eu penso que é melhor deixar os traficantes vendendo maconha mesmo.

      Reply
  40. gui_frizzi@hotmail.com'

    tipo seria tudo uma questão de planejamento por exemplo quando ouve a abolição da escravidão oq aconteceu??os senhores de escravos jogaram eles na rua e falaram se virem …..se tivessem feito um projeto para introduzir o ex-escravo na sociedade possivelmente não teríamos maioridade de pessoas negras na classe baixa que como não conseguem emprego ou tem falta de profissionalização acabam se agregando ao trafico….se abrissem por exemplo uma ”MACONHARIA” o dinheiro gasto não iria para patrocinar traficantes….iria gerar empregos…diretos e indiretos e o dinheiro seria soh pra um mero empresário como outro qualquer…

    Reply
  41. destinonegro11@hotmail.com'

    Pessoal, a maconha faz bem ao estado de espírito do ser humano, só é proibida por problemas sociais para obter mais lucro, entendam isso, é uma pena que só os super inteligentes conseguem ver isso!!!!

    Estudem!!!!

    Reply
  42. bruna_c_ribeiro@yahoo.com.br'

    Olá a todos.
    Gostaria de falar prncipalmente com o Philipe.
    Acho que seus argumentos são bem fundamentados com relação a substituição no caso da liberação da maconha.É claro que haveria uma outra droga que se popularizaria.
    A questão é a seguinte: percebo que vc é uma pessoa bem esclarecida e culta , e assim sendo não acho que deva existir pré conceitos com relação as pessoas que fumam maconha, como vc mesmo disse que tem amigos que a usam deve saber como são pessoas inteligentes e bem sucedidas.
    Com relação a maconha vendida nas bocas de fumo são a de pior qualidade, as cultivadas em casa são muito melhores em todos os sentidos.
    Não sou a favor da legalizãção pelo mesmo motivo que vc, e na verdade para mim não faria a menor diferença pois fumo na minha casa ou na casa do meu namorado sem prejudicar ninguém.
    Não cultivo maconha em casa , mas sempre que consigo é com algum amigo que o faz.
    Não fumo todos os dias, na verdade é de vez em quando, mas gosto da sensação de paz e tranquilidade proporcionada.
    Não é verdade que o maconheiro fica completamente lesado, na verdade é óbvio que causa uma sensação diferente ,mas não como a taxada pelos leigos.
    As pessoas que eu convivo usam a maconha de uma forma consciente, mas conheço muitas pessoas que o fazem justamente por ser algo proibido e causar alguma adrenalina.
    O risco maior na minha opinião é que a maconha é uma porta de abertura para outras drogas , principalmente para os adolescentes que não tem maturidade para saberem o que estão fazendo.
    De qualquer forma não sou a favor a legalização mas também não sou a favor da marginalização dos maconheiros,porque o que faz uma pessoa é a indole e não o que ela usa.(é claro que a drogas pesadas isso não se aplica).
    Essa é minha opinião e respeito a dos demais, porque o que eu acho que fará um Brasil melhor é o respeito e a educação!!!
    Bjuss a todos e até a próxima.

    Reply
    • Concordo totalmente. Eu acho que o problema nunca esteve na maconha em si. Mas no mau uso que alguns fazem da mesma.
      Pessoalmente eu não curto, mas não recrimino quem goste. O que eu acho problemático é que hoje a maconha serve apenas para o policial troglodita achacar o usuário. E a culpa dessa situação é da falta de uma legislação que seja centrada o suficiente para separar o que é um mecanismo jurídico de uma medida eleitoreira-populista. O fato real é: O trafico é um negócio, e negócio não acaba com concorrência. Muito pelo contrário. A concorrência faz muitos negócios prosperarem. Assim, caso a Souza Cruz (que é quem realmente vai faturar com uma potencial liberação da maconha) entre no mercado, os traficantes irão buscar algo que seja mais potente e mais viciante para fazer frente a ela. O mais provável hoje é que o crack que agora chegou de forma acintosa ao Rio, ocupe esta posição. E o crack é devastador demais comparado à maconha.
      É uma equação complicada. Não sei qual seria o melhor mecanismo para descriminalizar o uso, mantendo o trafico do produto como ação criminosa.
      O que todos nós temos que ter em mente é que ninguém é melhor e nem pior por fumar maconha. Pessoalmente eu entendo que as pessoas deviam ser livres para fazerem o que bem entendessem, desde que isso não causasse prejuízos a terceiros. Mas há muitos problemas no nosso país, a começar pelos investimentos em segurança, fronteiras, combate ao trafico ao crime organizado e treinamento policial. Liberar maconha ou não é uma questão bastante secundária, no meu ponto de vista, tendo em mente os demais problemas que deveriam estar sendo solucionado, tendo em vista o que eles nos cobram de impostos e contribuições.

      Reply
  43. pato_asado@hotmail.com'

    primeiro, parabéns pro post ta muito bem detalhado
    mas como eu so a favor do desse direito de escolha la vai cacetada

    “Para tal evoca-se corriqueiramente o caso da Holanda, que liberou o consumo das drogas.
    É, a Holanda é mesmo um país diferente. Pra começar, é uma monarquia constitucional com sistema parlamentar.
    O IDH (índice de desenvolvimento humano) na Holanda é de 31,789.00, ou seja o décimo lugar no planeta. O IDH do Brasil está em sexagésimo nono lugar, abaixo da Líbia, Cuba e Costa Rica.
    Lá o aborto é legalizado, bem como o casamento gay e a eutanásia também, o serviço militar é opcional, as prostitutas da Holanda pagam imposto e seus serviços são dedutíveis do imposto de renda, que vale até para bandido.
    Mas a realidade brasileira é outra. O nosso país é absurdamente pobre culturalmente.”

    po… so pq o brasileiro é pobre não quer dizer que é burro, ta mais que provada a capacidade do brasileiro em aprender e se adaptar…não discrimine socialmente…

    “Quem vai se ferrar com isso é a classe baixa, que se verá cada vez mais cercada de drogas baratas de alto poder viciante. Hoje 60% do consumo da maconha está nas classes baixas. Mais de 80% dos meninos de rua afirmaram usar maconha regularmente.
    Os defensores da liberação da maconha como o Deputado federal Fernando Gabeira usam como argumento que a liberação da droga tem uma finalidade de aumentar a liberdade do cidadão e que através das campanhas de conscientização e esclarecimento as pessoas teriam poder de optar se iriam querer usar drogas ou não. Legal. Eu também gostaria de viver num país livre, como uma Suíça, uma Holanda…”

    como sempre a falta de capacidade de acreditar na capacidade no cidadão brasileiro vindo de “quem acha que sabe tudo e os outros são burros sem capacidade” que fez (somada a influencia norte americana) com que o governo brasileiro substitua medidas de prevenção por medidas de proibição que não chegam nem perto da raiz do problema e quem mais perde com isso é a classe baixa…
    e isso não quer dizer q os meninos de rua seriam mais felizes se não usassem maconha, porra eles vivem na rua!!

    “Assim, tudo vicia. O problema com a maconha está para além do vício.
    Se proibida, uma vez que ela é um dos elementos que alimenta o narcotráfico, liberada ela poderá alimentar ainda mais.
    Imaginar que liberando a droga os traficantes irão sumir no ar é um delírio inocente. Eu gostaria que fosse mesmo assim, mas a verdade é que os traficantes continuarão acastelados, 90% nos morros e os figurões da droga nas mansões se alimentando do dinheiro da classe média e baixa por outras vias.
    Está claro na história que quando uma droga ilícita é liberada, novas drogas ainda mais potentes assumem o posto da droga anterior. O viciado acostumado à ilegalidade acaba indo para a nova droga e o ciclo continua. Isso é assim porque há um prazer oculto no consumo da droga. O barato é apenas parte do sucesso destes produtos que afetam a mente das pessoas. O perigo, o senso de transgressão, o prazer do risco e a sensação de perverter o sistema, estar do outro lado da moeda e sair impune, é muito forte.
    Muitos usuários usam a droga como uma alternativa de auto-afirmação de uma identidade social, identidade pessoal ou até mesmo como uma maneira para mostrar a si mesmo que ele é capaz de controlar o seu próprio destino.
    Some-se a isso a questão do preço. As drogas que fazem maior sucesso no Brasil ainda são a maconha e a cocaína, sendo esta última um excitante e a maconha um relaxante. Saindo o relaxante do esquema de tráfico, um novo relaxante deverá surgir.
    E entre as drogas disponíveis para ocupar este lugar estão o Haxixe e a heroína. Provavelmente será o Haxixe, que tem o mesmo princípio ativo e origem da maconha, porém numa dose muito mais elevada de THC.
    A heroína ainda está em expansão inicial no país. Ela vem do ópio proveniente do oriente (curiosamente, o ópio, matéria prima da heroína é a fonte de renda do Talibã que mete bala nos fumantes) o que dificulta e encarece sua entrada nas Américas.
    Mas é possível que a liberação da maconha faça a “fila andar” aumentando a importação de heroína, que é um opiáceo poderosíssimo, conhecida como a mais aditiva e perigosa droga recreativa em uso disseminado, além do crack, que é um excitante à base de cocaína mal fabricada, impura e barata.”

    tem razão… tudo vicia, eu confesso, sou viciado em masturbação(sério), mas dizer que quem fuma maconha na sua maioria fuma por causa do perigo??? então porque fazem passeatas a favor da liberação???
    alem do mais tudo pode ser usado como trampolim para algo mais “pesado” ateh a tal da punheta… quem sabe amanha eu não transo com um traveco ne????

    “liberada ela poderá alimentar ainda mais.”
    como?? mais especulação sem fundamento??? pra quem tem um ponto de vista neutro vc deve estar cego pelo ponto de vista…
    as previsões são justamente opostas, ja que o controle e a venda passaria para a legalidade, ou seja maior controle do governo e das autoridades, já que tornaria inviável a concorrência traficante x produtor legal para o traficante.

    “É que a urina humana contem uma dose de amônia e este xixi que fica decantando ao sol em tambores é usado para lavar e secar as folhas de maconha. Resumindo, fumar maconha de traficante é fumar indiretamente xixi.
    Os traficantes paraguaios usam também cal, gasolina e outros aditivos químicos para ativar o THC, o que deixa a maconha altamente impura.”

    mais um motivo para a liberação da erva, a qualidade ia aumentar e os malefícios do uso iriam diminuir muito

    “Mas a realidade brasileira é outra. O nosso país é absurdamente pobre culturalmente. É chocante a pobreza de educação e conscientização que se espalha na sociedade. E não só nas classes mais pobres, nas quais isso é mais evidente, mas também nas classes média e rica. Vejamos os exemplos de campanhas de conscientização. O Brasil tomou atitudes de repressão ao tabaco dignas de inveja de países mais desenvolvidos. Proibimos os comerciais, os eventos esportivos e tudo relacionando com a juventude e o cigarro. Colamos advertências nos rótulos e usamos fotos grotescas e chocantes de fetos com caras de jacaré e pessoas com expressão cadavérica. Curiosamente não vemos a indústria do cigarro reclamar, nem espernear. Mesmo o governo sobretaxando o imposto sobre o cigarro em 70%. O resultado?”

    sim, certíssimo, mas a qualidade de vida do brasileiro vem aumentando, e as pessoas so aprendem a nadar quando a agua bate na bunda o que ainda está para demorar um pouco; não foi a falta de conscientização ou a capacidade de aprender do brasileiro, a diferença no Brasil é que os malefícios do fumo ainda não são tão vsíveis para a maioria dos brasileiros que em outros países, alem de trazer o cigarro culturalmente de maneira massiva.
    e vale afirmar o seguinte, que nem de perta se fuma a mesma quantidade de maconha do que cigarro
    um maconheiro inverterado da 3 tapinhas por dia??? um fumante de cigarro fuma 2 maços…
    e há os usuários moderados, muito mais difícil que com o cigarro, que dão um tapinha ou 2 fim d semana para relaxar…

    há sim cequelas na memória se em uso exagerado, eu sei, eu usei muito…
    mas e o direito de dar um tapinha fim de semana?? eu quero esse direito, pois tenho certeza não me fará mal algum…

    tenho quase certeza que o crime não vai diminuir como se sabe ainda existem muitas outras drogas ilegais…

    e é legal usar essa idéia de que há variações da maconha(skunk;maconha hidroponica) muito mais fortes , de laboratórios, mas será que essa habilidade(híbridos) também nao poderia ser usado a favor de um controle mais moderado nos níveis de thc???

    Reply
  44. pato_asado@hotmail.com'

    ae Philipe
    “Não fala merda não, Back4Ever. A maconha vicia sim! Ela é uma droga importante porque muita gente não fica viciada, mas mais ou menos 10% de usuários contínuos acabam tendo dependência. É, sim, uma síndrome de abstinência menor, mas a maconha vicia. É só perguntar para qualquer um que tenha um consultório ou clinica de tratamento de viciados. Mas vc não vai fazer isso, porque afinal, “você todo dia, a 30 anos e até hoje não ficou viciado”, hahaha. Cara aquela coroa do “tapa na pantera” parece você.
    Eu sei que ninguém gosta de admitir que está viciado, pois isso significa estar submetido à droga. O viciado sempre quer parecer o fodão. Quer ter a sensação de que está no controle. Não importa a freqüência; se a pessoa não resiste passar sem a droga e foi dominada pelo desejo de consumi-la, já está viciada. É claro que quanto mais freqüente for o uso e mais pesada for a droga, mais grave é o vício. Porém, para continuar alimentando a vaidade pessoal e a auto-estima. Você diz, “eu paro quando eu quiser”. Mentira – Isso é mentira que o viciado diz para si mesmo e para os outros, porque geralmente todos os viciados querem parar com o vício, mas poucos conseguem. São os que não conseguem parar que usam o argumento de que maconha não vicia.
    Sobre a questão da dependência, a Medicina já comprovou que a maconha produz uma dependência psicológica. Sua dependência física é que não está absolutamente comprovada. Mas basta ir a uma clínica de dependentes químicos que você verá que muitos deles apresentam a síndrome de abstinência. E se sofrem disso, está clara a existência de certa dependência física.”

    como eu disse né, até punheta vicia, o que difere é a dependência química, e na maconha não há; vício é uma coisa , dependencia é outra meirmao.como eu disse até punheta pode viciar.

    “Isso é verdade. O àlcool é o maior problema de sáude pública de todos os tempos. Ele sozinho causa mais problemas para a sociedade do que todas as drogas ilicitas juntas. Só que um questão deve ser levada em conta. Ela é de ordem farmacológica e diz respeito a potencialidade toxicomanógena ( capacidade de provocar dependência ) do álcool e sua comparação com as outras drogas do grupo.
    Assim, se pusermos em números redondos e em uma escala crescente algumas das principais drogas que provocam dependência, teríamos, em princípio, a seguinte seqüência:
    Álcool: 10; maconha: 20; cocaína: 50; nicotina: 80; crack: 90; heroína: 95.
    Deste modo, se dermos a 100 pessoas essas drogas à vontade, dez podem se tornar dependentes do álcool (alcoólatras), enquanto que com a maconha a possibilidade é o dobro, a cocaína cinco vezes mais e o crack e a heroína ( a mais toxicomanógena de todas as drogas) somente 10 e 5 respectivamente, escapariam à dependência.”

    provavelmente pq o cara q bebe alcohol vai sempre passa mal e o q fuma maconha nao =/, e há longo prazo tenho certeza q o alcohol vicia muito +(pois tb há a dependência química), vc tem um pai que se embebeda toda noite pra dormir??? eu tenho… faz alguns meses que não fumo… e ae??? quem eh quem??? asuehuase
    e não sei d ond vc tirou essa escala crescente ae =/, pq quase todo mundo que eu conheço bebe alcohol d vez ou outra, e poucos amigos comparados aos que já fumaram maconha continuam com o habito ocasionalmente. a vida é a maior prova e não esses dados tirados ao acaso.
    fumei por meses e já to a meses sem fumar, ainda estou esperando a tal da dependência física =/

    “Cada um morre como quer. Você não fuma maconha? Então, caralho? Tá reclamando do quÊ? A maconha não chega pra você e para seus amiguinhos chapados? Liberar só vai gerar mais merda. A maconha hoje é praticamente liberada de um modo não-oficial. Isso significa que quem realmente quer fumar essa merda, consegue. Agora, ainda é crime vender droga e isso ainda limita o consumo da maconha por muitos jovens. A maconha, como é barata e muito consumida, leva menos dinheiro ao narcotrafico do que vai levar a outra droga que ocupar o lugar dela quando (e se) a maconha for liberada.”

    meu caro, um dos grandes problemas é a driscriminação causada pela criminalização
    discriminação significa isso + ou menos “A maconha não chega pra você e para seus amiguinhos chapados?”
    entende??

    “Cara esta sua frase é emblemática. Você acredita mesmo que eu tenho que usar uma droga, o que em tese me tiraria do meu estado normal para poder julgar melhor se a droga deve ser liberada ou não? Cara, você é dodói! Quando você vai fazer uma prova que exige precisão você fuma maconha? Sentidos aumentados 5X com uma droga é é depressora do sistema nervoso? PUTAQUIPARIU! Se você alegasse que tomando anfetamina tinha uma sensação de ampliação dos sentidos eu até entenderia. Agora, nessa aí, você mandou muito mal. Volta pra escola. E sem o back! Uma coisa é o cara viajar ACHANDO que a maconha aumenta sua força física e etc. Outra é isso ser provado.
    E larga esse delírio conspiratório. Eu defendo a proibição pq ela faz mal e será mais prejudicial liberada do que semi-proibida como é hoje.
    A maconha foi proibida por influências comerciais dos EUA e interesses de comunidades religiosas, realmente. Mas isso é uma coisa do passado. Hoje ela ainda é “proibida” ou seja, é uma droga ilícita porque faz mal a saúde, embora em certos casos ela tenha seu uso garantido como forma de tratamento.O THC é um principio ativo usado em muitos medicamentos. O problema com a maconha é que ela está intimamente associada ao rendimento do narcotrafico. Liberá-la apenas abre a porta para outra droga ocupar seu lugar.”

    simplesmente porque é uma experiência única que se somaria a sua capacidade de ver as coisas, abrindo sua caixola

    “Ué. Experimentar a droga vai me fazer mudar de idéia por que?
    Cara entenda uma coisa, EU não digo que a droga deve ser proibida. Ela É proibida. Eu digo que ela não deve ser LIBERADA. E é isso que muita gente defende. Há uma diferença conceitual nisso. Para a droga ser liberada deve ter um bom motivo. E isso não há. Usar a droga como você inocentemente sugere, não vai fazer este motivo surgir do nada.”

    o único motivo é meu direito de escolha, que talvez não signifique muito para vc, mas pra mim tem muito valor (já que não taria fazendo mal pra ninguem, se tivesse no maximo pra mim mesmo, um direito meu)

    “Trata mas não cura, mané. Medicamento trem, eu mais que você sei bem disso. Mas medicamento tem até pra dor de dente. Tem medicamento pra tudo. Mas CURA QUE É BOM, NÃO TEM. Uma vez desencadeado o surto psicótico já era. Ele pode ser uma crise passageira, ele pode ser para sempre. Algumas pessoas manifestam a doença sem uso de drogas ou medicamentos. Outras seriam normais e produtivas, se não fosse um amiguinho da faculdade surgir com um “baguio do Dêmo!” Como não há maneira de saber se o cara está ou não no grupo de risco dos que podem surtar, é uma roleta russa. O cara entra se quiser. Mas se não quiser ele não pode ser taxado de “babaca careta” pelo viciado. Até porque quem me parece babaca é o sujeito que sobe o morro apar dar dinheiro pro traficante, que vai pagar a pistola que depois será usada para assaltá-lo no asfalto dias depois.”

    pode dizer q a culpa é da maconha, mas há pessoas que fumam e são muito produtivas e há aqueles que fumam e não fazem nada, vai dizer o q??? em algumas profissões como design pode até aumentar a produção dando um pico na criatividade(experiência própria ok?)
    e eu nunca vi esse tipo de pressão”babaca careta” não na cidade onde vivo, até hj estou para ver, se alguem não respeita o seu direito de escolha de fumar ou não aí ele não é seu amigo e babaca foi o q entrou na dele. se vc é tão influenciável pelos seus amiguinhos “viciados” vc nao deveria sair de casa sem a mamãe ok
    e pistola pra assaltar pra comprar maconha??? maconha é barata q nem capim, nunca vi isso robar pra compar maconha usaheuase.
    pede 1 real na rua q em 5 min vc ja vai t maconha pra uma semana.

    liberando a maconha vai continuar o trafico de drogas mais pesadas e o crime, então libera logo, fica elas por elas.
    ou será que não justificaria uma ação mais rigorosa da policia em relação as drogas?
    ou vai ou racha, chega de bang bang nas favelas pelo amor de deus

    e maconha não é so fumo não saca???
    é uma nova indústria para surgir com a ultilização da planta e seus derivados
    um montante enorme de grana(se for corretamente estimulada esta industria) para a prevenção da população e o combate a outras drogas, ou vc acha q vai ficar so na florzinha?

    Reply
    • Quando eu mje refiro aos “amguinhos chapados do back4ever” não estou discrimando eles. O cara fuma maconha para ficar chapado. Nunca vi alguém que fumasse para ficar sóbrio. Eu não chamei os amiguinhos do Back4ever de ladrões, canalhas, safados, filhos da puta. Eu chamei eles de chapados. Logo, estou apenas chamando quem fuma maconha de chapado, o que é uma coisa óbvia.

      Sobre a questão do seu direito de fumar, pra começar, você só tem direito de fumar se a lei aprovar. Senão, vc está violando a lei. Direito é algo que consta na constituição. Não sou advogado e nem meu papel aqui é defender a lei, que vc a esta hora já viu, sou também contra a forma da lei atual. Na prática eu não acho que maconha seja tão ruim. Pra mim ela não tem vantagem nenhuma. Ok, que alguns queiram “abrira mente”, “turbinar as idéias”, e etc. Eu pessoalmente acho que isso é cheating. É como usar código no videogame pro seu personagem ficar mais poderoso. Mas cada um é cada um.
      Prefiro lutar com uma criatividade própria do que turbinar a cabeça para ampliar o potencial.
      Outro aspecto que eu acho escroto da maconha é que é inalar fumaça. Cedo ou tarde, isso vai cobrar seu preço. Seu pulmão ficará fodido e não adianta dizer que ainda assim é melhor do que um fumante de cigarro. Lógico que é, pois no cigarro tem bem mais substâncias cancerígenas. Mas a comparação deveria ser com um não fumante, não com quem fuma.
      Sobre a questão da arma, acho que vc leu mal, cara. Eu disse que a grana da venda da droga no morro vai alimentar a compra de armas. Lógico que não é com um cigarro. É com milhares de cigarros.
      Pensar que o governo liberando a maconha isso vai acabar é enfiar a cabeça no chão feito avestruz. A souza cruz vai faturar muita grana com a maconha liberada e o traficante vai vender mais crack para não perder a grana que ganhava com a maconha e passará a não ganhar. Logo, a liberação da maconha implica no aumento direto do uso do crack. Isso é fato. Pergunte a qualquer especialista em criminalidade que eles irão confirmar.
      Então, o que eu penso é que na pratica a maconha é pseudo-liberada no Brasil. Em qualquer show que vc vá tem gente fumando. Na praia, tem gente fumando, nas festas em casas de amigos, tem gente fumando.
      Não sou contra quem fume. Mas sou contra o discurso de que liberar a maconha reduz o poder da criminalidade e contra a hipocrisia de dizer que só liberando as pessoas poderão consumir. Hoje consome quem quer.
      O que eu luto é para que quem consuma use a própria cabeça e pense em seus argumentos. Tenha a coragem de assumir que luta para usar algo que faz mal a saúde, que de fato causa dependência e que alimenta o crime organizado em algum grau. Assim talvez essas pessoas se conscientizem e passem a plantar a própria erva.

      Reply
  45. pato_asado@hotmail.com'

    me rerferi ao tom irônico da frase e nao do ato de fumar maconha

    pra mim eu tenho direito de fazer o que bem entender comigo mesmo desde q não influencie negativamente nos outros e nenhum papel vai me dizer o contrário

    concordo que usar maconha não é o melhor meio de crescer, mas comparar maconha com cheating enquanto os próprios políticos roubam do povo usando a constituição como ferramenta é foda…
    tem gente que bebe leite pra dormir, o cara eh cheater ne??

    sim faz muito mal inalar fumaça, mas a quantidade fumaça inalada para um usuário de maconha se sentir “saciado” é dezenas de vezes menor do que um fumante de cigarro

    e eu não disse que a criminalidade e o trafico de drogas vai desaparecer, so disse que ng precisa roubar pra comprar maconha pq é mto barata e liberando a maconha a hipocrisia diminui e muito, ja que ela é como câncer

    dizer que uma coisa faz mal é facil, mas quer saber???
    tudo faz mal, pra quem não sabe moderar
    tenho certeza que seu uso moderdo poderia ser até benéfico

    mas beleza kra nao precisa liberar
    vo fumar essa erva cheio de semente e mijo aqui escondido de todo mundo como um criminoso
    ou vou plantar, gastar mais 150 reais por mes pra alugar uma casa com um quarto a mais, vou gastar uns 30 conto num ventilador, mais uns 80 nas sementes pela internet, mais a lampada, mais vejamos… uns 4 meses de lampada acesa+ ventilador(ja q uns 8 meses para colheita né)
    um filtro pro cheiro não sair pro vizinho
    me da mil reais ai??? ai eu planto na minha casa blz???

    mais uma pergunta, vc ja sofreu discriminação???

    Reply
    • Vc diz discriminação por não fumar? Já. Curioso isso nem me lembrava mais do caso até vc me perguntar. Eu saí certa vez com uma galera que fumava e eu era o único careta lá. Me senti um et. Mas não fumei, até porque eu não me importava em ser o mais estranho de todos. A galera dizia que eu já nasci maconhado, porque eu sempre contava essas doideiras aqui do blog (antes de sonhar em fazer o blog).
      Mas com relação ao seu direito de fazer o que bem entender com vc desde que não cause problemas ara terceiros, eu concordo. Acho que a lei devia conter algo assim. Até tinha dito isso acho que dois comentários atrás.
      Sobre te dar mil pratas para vc ser um plantador de maconha, infelizmente eu não posso. Posso te dizer como ganhar mil pratas ou até mais, e vc decide como quer investir a grana. Quer a dica? Trabalhando.
      Certamente que uma maconha plantada pelo próprio usuário será melhor que a maconha industrializada e cheia de remédio que a souza cruz quer te vender. (é assim com o tabaco. Certamente será com a maconha, caso algum dia a venda do produto seja liberada)

      Reply
  46. pato_asado@hotmail.com'

    a ta formulei mal a pergunta
    é q eu já sofri discriminação por fumar maconha

    o problema maior pra não é plantar, é plantar escondido,a lei fazer me sentir mal em fazer algo que por mim não há mal algum

    e eu acredito q não tem essa de qualidade, pq maconha dá facil , o contrario de tabaco uma semente de maconha se fosse liberado era so o dedo 1 cm no seu jardim ou vaso taca agua e pronto, é uma planta mto resistente, se eu não gostar do vendido so fazer isso e terei maconha organica xD
    tem até aquela musica “meu vizinho jogou, uma semente no meu quintal, de repente brotou…” asuehuashe
    af meu gato ta se afogando no banheiro , regards xD

    Reply
  47. linkespirit@hotmail.com'

    Se a Mídia de hoje quiser liberar a maconha como um “Remédio” natural para as pessoas, ela libera. Da mesma forma que ela manipula toda e qualquer informação que podemos ter.

    Quem sabe algumas dessas ai que você disse não podem ter sido manipuladas.

    Reply
  48. marcel@terra.com.br'

    Nunca usei maconha mas sou a favor da liberação. Quem vc acha que mata mais a maconha ou a falta de saúde nesse pais?. Deve ser liberado sim e cobrado altos impostos para ve se melhora um pouco a saúde no pais para todos.

    Reply
    • Eu acho que a maconha em si nem mata. Não creio que a decisão sobre a liberação se dê pelo que seja pior, uma vez que mesmo liberando, a qualidade da saúde pública no Brasil continuará a se equiparar com a de países mais pobres da África.
      Se houver uma justificativa coerente para a liberação, eu gostaria de debatê-la. Até hoje não vi uma justificativa realmente coerente para a liberação da maconha além do desejo dos usuários. Mas desejo por desejo, fico com o meu, que é o governo reduzir seus impostos proporcionalmente para os mesmos patamares dos EUA.

      Reply
  49. kah.zornoff@bol.com.br'

    Olha, realmente, o texto todo está otimo.
    E concordo com a maioria sobre o que disse.
    Porém, a maconha tem seu lado ruim, como tudo tem.
    Não é justo, usuarios de maconha ser chamados de marginais, por simplesmente fumar uma erva.
    Sobre o surtos psicologicos, pode acontecer sim, tenho ate uma amiga que é assim, é so ela fumar que ela entra em “badtrip”, mas esses surtos psicologicos causados pela maconha, nao vao matar alguem, e nem forçar alguem a cometer um assasinato.
    Porém, é patetico nos usuarios ter que ir no morro buscar um cházinho. Corremos perigos por uma coisa que nao faz nada.
    Eu nao sei ao certo se deveriam legalizar, porem…
    “Trabalho oito horas sete dias por semana só por fumar uma erva eu vou entrar em cana?
    Deputados cheiram e bebem e não vão para prisão porque é ilegal?
    Eles que lesam a pátria e sou eu o marginal
    Desde pequeno você é induzido a fumar induzido a beber e vendo a TV falar
    Digam não as drogas, use camisinha e para de brigar
    Mas beba muito álcool até a sua barriga inchar
    Eu fumo a minha erva e não faço mal a ninguém, quem?
    Militares torturam e não foram pra prisão
    Eu fumo minha erva e me chamam de ladrão
    Os negros já fumavam erva antes da África deixar
    Crianças crescem nas ruas não confiam em ninguém escondem nossa cultura referência ninguém
    O País ta uma merda e a culpa é de quem?
    A culpa é de quem?
    Eles roubam do planalto e não pensam em ninguém
    Manipulam as leis e vêm com um papo furado
    Tudo que incomoda a eles, eles dizem está errado quem é o marginal?
    Crianças morrem por sua culpa e eu vivo ilegal
    Tenho que me esconder por uma coisa natural enquanto eles metem a mão na maior cara de pau
    Não vou ficar calado porque está tudo errado
    Políticos cruzam os braços e o país está uma merda
    Trabalho pra caralho e fumo minha erva e aí eu pergunto,
    A culpa é de quem?””

    Reply
  50. raulvero@bol.com.br'

    Philipe,
    Você questinou o Back 4 Ever says pelo seu comentário em relação a Florinda e você o tratou da mesma forma, com mais agessividade inclusive. Se fosse vc pediria desculpa a ele, muito coisa que ele falou tem razão de ser, depende do contexto que se queira analisar. O debate aqui se limita muito na utilização da maconha nos centros urbanos, depois de uma semana de trabalho, na criação em alguns trabalhos ou até mesmo no uso com outros entorpecentes. Precisámos levar em consideração outros aspectos da maconha, como um elemento enteógena, isto é, “um mergulho no seu eu”. A cannabis possui esse poder desconhecido por muitos. No momento que se utiliza é para silenciar mesmo! refletir sobre a vida, sobre a familia, sobre o mundo, entre outras coisas positivas, acontece que fazer isso é contrário à lógica capitalista, da velocidade, da pressão, do tempo. Isso nã quer dizer que eu esteja sendo oposto ao sistema. Não, pelo contrário, usar a cannabis nesse sentido enteógeno é saber seu papel na sociedade, saber quem é, e não negar a realidade, como muitos pensam quando se trata da utilização da maconha. Estamos passando um momento de caos na sociedade, principalmente em relaçã a muitas doenças sem cura e vamos precisar das medicina da floresta para solucionar tal problema e a maconha vai ser uma dessas plantas de poder. Você Philipe ainda vai ouvir falar muito nisso.
    Quando alguns falaram aqui para você utilizar a cannabis , tenho certeza que seria para seu bem, pois se utilizar pode vir uma verdade à tona! Sério! Não se preocupe,você não vai virar um drogado!Entendeu? Outra coisa, sou a favor também que para se falar de algo tem que conhecer, pois se não conhece de nada vale falar. Já falei como você, pois não conhecia. Posso te dizer que como existe droga para fazer mal, existe droga medicinal. Parabéns pelo blog.

    Reply
  51. octavio.rb@hotmail.com'

    o seu viadinho vc já provo para falar merda eu fumo desde criança v se eu to lerdo porra ce libera eu vou fuma na sua cara e vou sai fumando e quero q c foda o mundo deus disse babaca
    “E disse Deus: Eis que vos tenho dado toda a erva que dê semente, que está sobre a face de toda a terra; e toda a árvore, em que há fruto que dê semente, ser-vos-á para mantimento.” entao como isso nao liberado pow!!!1

    Reply
    • Hahahaha. Vai fumando, Raimundo! Deus mandou cê fumá? Então fuma, porra! Agoram vc não leu direito a passagem, mermão: Olha novamente: “ser-vos-á pra mantimento”. Véio, Deus não quer que vc fume. Ele mandou você COMER a maconha! Como ele não especificou qual era a erva, coma também “Comigo ninguém pode”. Se der algum problema, reclame com Deus.

      Reply
  52. quemestiverlendoissoamaetahdando@hotmail.com'

    :cool: tiene ques liberar la macoña pah nois fumar

    Reply
  53. raulvero@bol.com.br'

    Pessoal segue um texto abaixo de pesquisadores Neurocientistas que tratam da cannabis. Leiam!

    Um grupo de neurocientistas que estão entre os mais renomados do país escreveu uma carta pública para defender a liberalização da maconha não só para uso medicinal, mas para “consumo próprio”, informa Eduardo Geraque em reportagem publicada na edição desta quarta-feira da Folha.

    A motivação do documento foi a prisão do músico Pedro Caetano, baixista da banda de reggae Ponto de Equilíbrio, que ganhou repercussão na internet. Ele está preso desde o dia 1º sob acusação de tráfico por cultivar dez pés de maconha e oito mudas da planta em casa, em Niterói (RJ). Segundo o advogado do músico, ele planta a erva para consumo próprio.
    Os cientistas falam em nome da SBNeC (Sociedade Brasileira de Neurociências e Comportamento) , que representa 1.500 pesquisadores. De acordo com os membros da sociedade, existe conhecimento científico suficiente para, pelo menos, a liberalização do uso medicinal da maconha no Brasil.
    Veja a íntegra da carta:
    “A planta Cannabis sativa, popularmente conhecida como maconha, é utilizada de forma recreativa, religiosa e medicinal há séculos mas só há poucos anos a ciência começou a explicar seus mecanismos de ação.
    Na década de 1990, pesquisadores identificaram receptores capazes de responder ao tetrahidrocanabinol (THC), princípio ativo da maconha, na superfície das células do cérebro. Essa descoberta revelou que substâncias muito semelhantes existem naturalmente em nosso organismo, permitiu avaliar em detalhes seus efeitos terapêuticos e abriu perspectivas para o tratamento da obesidade, esclerose múltipla, doença de Parkinson, ansiedade, depressão, dor crônica, alcoolismo, epilepsia, dependência de nicotina etc. A importância dos canabinóides para a sobrevivência de células-tronco foi descrita recentemente pela equipe de um dos signatários, sugerindo sua utilização também em terapia celular.
    Em virtude dos avanços da ciência que descrevem os efeitos da maconha no corpo humano e o entendimento de que a política proibicionista é mais deletéria que o consumo da substância, vários países alteraram, ou estão revendo, suas legislações no sentido de liberar o uso medicinal e recreativo da maconha. Em época de desfecho da Copa do Mundo, é oportuno mencionar que os dois países finalistas, Espanha e Holanda, permitem em seus territórios o consumo e cultivo da maconha para uso próprio.
    Ainda que sem realizar uma descriminalizaçã o franca do uso e do cultivo, como nestes países, o Brasil, através do artigo 28 da lei 11.343 de 2006, veta a prisão pelo cultivo de maconha para consumo pessoal, e impõe apenas sanções de caráter socializante e educativo.
    Infelizmente interpretações variadas sobre esta lei ainda existem. Um exemplo disto está no equívoco da prisão do músico Pedro Caetano, integrante da banda carioca Ponto de Equilíbrio. Pedro está há uma semana numa cela comum acusado de tráfico de drogas. O enquadramento incorreto como traficante impede a obtenção de um habeas corpus para que o músico possa responder ao processo em liberdade. A discussão ampla do tema é necessária e urgente para evitar a prisão daqueles usuários que, ao cultivarem a maconha para uso próprio, optam por não mais alimentar o poderio dos traficantes de drogas.
    A Sociedade Brasileira de Neurociências e Comportamento (SBNeC) irá contribuir na discussão deste tema ainda desconhecido da população brasileira. Em seu congresso, em setembro próximo, um painel de discussões a respeito da influência da maconha sobre a aprendizagem e memória e também sobre as políticas públicas para os usuários será realizado sob o ponto de vista da neurociência. É preciso rapidamente encontrar um novo ponto de equilíbrio.”
    Cecília Hedin-Pereira (UFRJ, diretora da SBNeC)
    João Menezes (UFRJ)
    Stevens Rehen (UFRJ, diretor da SBNeC)
    Sidarta Ribeiro (UFRN, diretor da SBNeC)

    Reply
  54. dryca11_@hotmail.com'

    pô veei , muito bom , bom mesmo seu post ‘
    bom nem mora aê no Rio , sou aque do Acre longe né ? kkkk ..
    mais como em todos os lugares exitem essa maldita maconha , e eu acho assim se for que legalisar ,legalisa tuudo *–* .
    parabéns pelo post , passei horas lendo me enteressei mesmo
    abraço !

    Reply
  55. fasd@fs.com'

    que BOSTA de texto do caralho!!! por isso essa merda de Brasil não vai pra frente… voto obrigatório, maconha proibida e cigarro e alcool consumidos ate dentro de hospitais.. VÃO PRA PUTA QUE OS PARIU!!! lombra… eu quero é lombra!!!

    Reply
  56. sonacrika@ig.com.br'

    Bando de babacas, otários, frouxos, sem noção e fracos de princípios práticos, isso é o que são todos os usuários e simpatizantes da liberação da maconha. Com tanta campanha e vitórias encima do uso prejudicial do cigarro comum, vem essa camabada de intectualóides metidos a besta agora LUTAR pela liberação da maconha, acusando o povo de “falta de informação”….. Os chapados agora lêem artigos na internet e se julgam brilhantemente “informados”, se julgam “estudados”, mas jamais pisaram numa biblioteca de verdade pra ler o que é idôneo. Tem que ser fera prá colocar o que preste nas obras oficiais de valor cientifico reconhecido, e a internet tá um lixo prá informação científica, já foi um bom veículo de consulta. hoje qualquer marginal ou babaca coloca o que quiser na web, basta ver os sites de pedofilia , sites de incentivo ao crime, tráfico de drogas, etc..etc..
    Que se fodam os graduados acadêmicos e seus questionamentos surrealistas, já perceberam como os “simpatizantes” usuários de formação superior sempre são de ciencias humanas (advogados, economistas, administradores, professores, etc…) nunca são de ciencias exatas ou ciencias médicas..? sabem porque ? esses caras tascam maconha no rabo e adoram polemizar, impressionar distorcer e confundir, tipo advogado que faz boi virar vaca; o pior é que conseguem convencer, os coitados dos drogados chapados se impressionam com palavras a favor do que estão fazendo….
    Ninguém dá ponto sem nó, quem defende o uso e liberação é quem usou, gostou e tá dando uma de moralista prá liberar o objeto de sua luxúria …
    Haja estomago prá ler argumento de maconhado …

    Reply
    • roxydiones@hotmail.com'

      Vc fala de idoneidade como se fosse um puritano. Sáiba que nesta vida ninguem é idôneo de verdade, faz parte da natuneza humana errar. Procure pensar nas suas ações do dia a dia antes de condenar quem pratica este ou aquele ato!!!!

      Reply
      • sonacrika@ig.com'

        Impossível a perfeição, mas que hajam pelo menos tolerâncias positivas praticadas com regras e procedimentos.. se não existissem regras para os medicamentos controlados, o festival seria insuportável … e desprezar a idoneidade não alivia ninguém, só mostra culpa no cartório …

        Reply
  57. fasd@fs.com'

    cala a boca, se não curte a erva, fecha a matraca!!!

    Reply
  58. estevanjacks@terra.com.br'

    Muito bom o texto, parabéns!

    Não costumo comentar em nenhum blog, mas depois de ler tantos comentários, tantos argumentos, tantas opinões e até brigas desnecessárias, só quis lembrar a todos que a coisa mais importante nesse mundo é saber conviver com o próximo… isso envolve amor, respeito e compreensão. Sentimentos que hoje em dia são ignorados por tanta gente que tem o poder de fazer a diferença…

    Quem conseguir viver sozinho e feliz a vida toda, meus parabéns! Você é único!
    Mas como 99,9% da população depende de outras pessoas pra serem felizes, então porque não se esforçar mais pra todos compartilharem de um mundo melhor??

    Não adianta de nada alguem que nao fuma brigar com quem fuma, um tentar convencer o outro de que tá certo… Cada um tem seu destino, sua vida, sua história!

    Talvez eu seja um caso raro, mas sou usuário de maconha a muitos anos e mesmo assim sou contra a liberação dela no brasil… o país não tá preparado pra isso ainda… Quem sabe um dia todos possam desfrutar de suas manias e vícios em paz!

    No mais era isso…
    Paz e amor a todos!

    Reply
    • Sabias palavras Estevan

      Reply
  59. mariana-lourencini@bol.com.br'

    libera logo essa porrah manoô

    eu sou totalmente a favor cara

    vc tao tudo de ramelagem tem q liberar logo

    eu uso de vez em quanto é mto da hora

    com tantas drogas no brasil pq so a MACONHA é proibida???

    LIBERE JAAH

    Reply
  60. sonacrika@ig.com.br'

    “..Fuma até cagar, beber até vomitar, cheirar até morrer… ”
    Comentário típico de quem é veado, impotente ou estéril, desses que acha que o futuro é final de semana ou feriado próximo …
    Pelo jeito, responsabilidade tá pagando imposto or aqui…

    Reply
  61. drum-09@hotmail.com'

    ignorância e hipocrisia são as duas palavras que definem a liberação da maconha. Quem disse que o tráfico vai acabar com a liberação da maconha? por acaso existe só maconha sendo traficada? ah, acho que esqueceram do crack, cocaina, heroina e por aí vai. E sim, a maconha é uma das fontes de renda que financiam o trafico, compra de armas, munição, bombas e tudo o mais que faz parte do arsenal das quadrilhas. Segundo ponto, quem disse qe com a liberação ela nao mais vai ser vendida pelos traficantes? Vai continuar sendo vendida, numa quantidade muito maior, e vai acabar sendo uma fonte maior de renda do que já é para esses bandidos.
    Terceiro ponto, o cigarro é liberado e nao deixa de ser uma droga, mas por acaso não existe contrabando ilegal de cigarro? ou vocês acham que os traficantes vão comprar uma fazenda e registrar a sua plantação e produção para vendê-la legalmente pagando impostos?
    é muito fácil mauricinho que fuma na rodinha de playboy na salinha do apartamento, metido a alternativo dizer que vai diminuir a criminalidade, que maconha não vicia e todo esse blablabla de argumentos sem fundamentação. Mas vai ver se ele conhece a realidade como ela é, no submundo da criminalidade. Vai ver se não vão aumentar o numero de crianças se envolvendo com drogas cada vez mais cedo, afinal, cigarro e alcool são proibidos pra menores de 18, mas e quem disse que essa lei é cumprida de fato?
    A única maneira de acabar com o tráfico é com uma política pesada de segurança, leis mais rígidas, fiscalização efetiva das fronteiras e a conscientização desse bando de hipócritas que são os principais patrocinadores dessa merda!

    Reply
  62. icaro.jmc@gmail.com'

    Gostei muito do seu post cara, estava argumentando com uns amigos meus esses dias sobre o assunto, mas nunca tive muito interesse em correr atrás e fiquei meio por fora, mas aparentemente as coisas estão mudando por aqui.
    Sua opinião bate bem com a minha, em basicamente tudo. Estava pesquisando a fundo, tive alguns contatos com a bendita, nunca nem tentei, não por causa da coisa em si, mas por não saber desses detalhes mesmo. Mas sinceramente, depois de ler vario sites contra e a favor, nenhum me convenceu tão bem quanto o seu. Parabéns por ter ido buscar informações, correr e tentar explicar um pouco disso para o pessoal, sem ideologismo e essas coisas.
    Estou com você, sinto um pouco mal pelas pessoas não virem esse lado do trafico, ou não se importarem, mas a vida é delas, que usem a droga que bem entenderem. Bom seria se ninguém sofresse.

    Reply
  63. ericdpe_kim@hotmail.com'

    eu acho que deviam libera sim pra diminuir o trafico no brasil

    Reply
    • Erick ou André. Decida quem você é, cara.

      Reply
      • robson22arquejada@hotmail.com'

        kra enquanto vcs discutem eu fumo meu baseado e vou te falar to chapadão vendo um bando de gente que nunca sentil a marola e ta falando merda kda um sabe o que faiz dentro do seu mundo, e aquilo seu direito akba do quando começa o do outro e mais ou menos isso, LIGALAIZE.

        Reply
  64. ad_usgatos@yahoo.com.br'

    Aqui no brasil deviam liberar a maconha, ia diminui o trafico de drogas mortes etc….
    maconha e natural

    Reply
  65. fernanda_suzi@hotmail.com'

    iria diminuir?qnt + usarem + mortes,to vendo q vcs n tem nem idéia do q vcs falam!
    Maconha Mata!Droga Mata!

    Reply
    • roxydiones@hotmail.com'

      mata meu pau!!! num fala merda

      Reply
  66. no brasil isso jamais ia dar certo, alem de q brasileiro naum sabe aproveitar de liberdades, isso so faz mal pra quem fuma, mas o pior é q quem naum fuma tem q aguentar. E o Brasil tem infraestrutura pra isso? Querem fude com tudo

    Reply
  67. favitapassos@hotmail.com'

     Deveriam liberar … Cigarros matam mais … Tudo mata! o mundo  mata!

    Reply
  68. estacao_rock@hotmail.com'

     tem que liberar ninguén tem direito de falar de quen é maconheiro
    alcólatra tabagista nao podem dizer nada um baseadinho 
    nao mata e se incomoda o proximo aprende a respeitar como respeitao o alcool e o cigarro
    tem que fuma memo maconha fica daworao baguio é bom
    é isso memo fumo mesmo e tem que liberar essa erva danada de boa

    Reply
  69. Você tem meu total apoio a sua opinião, e eu abertamente sou contra a legalização!
    por essas razões que você citou, e por outras !
    Sou contra!

    Reply
  70. vvd, liberdade para aqueles que querem ser felizes ou aqueles que dependem para certos tipos de tratamentos…..

    Faz bem pra saúde, tanto pra dormir, comer e refletir sobre os seres………

    Reply
    • Cara, calamaí. A maconha não faz bem pra saúde. Ela mata células cerebrais. Logo isso é: MAL pra saúde. Mas ela tem aplicações médicas sim, como no caso do glaucoma e outras doenças. O uso médico é da maconha como droga, mas isso não faz dela boa para a saúde de uma forma geral. Pessoas que precisam da droga para poder refletir sobre os seres ou para dormir, tem sérios problemas, já que é perfeitamente possível fazer isso sem usar nada.

      Reply
  71. rafa.sds1212@hotmail.com'

    ” Agora, não é porque eu não fumo que eu não “entendo” deste assunto. Eu não fumo porque eu não preciso, eu não tenho necessidade. Eu tenho mais ou menos uns 500 amigos que usam e isso não é um problema nem pra mim e pelo que sei, nem pra eles.”,   Como assim Philipe, não é problema nem pra ti nem pra eles. Você acabou de postar bons argumentos contra a descriminação da maconha, mas eu pergunto porque?, se você tem aproximadamente 500 amigos que consomem a droga, sendo que você não faz uso de drogas, e ainda o consumo de drogas não é visto como um problema por você, subentende-se então que não lhe afete, porém ao contrario do restante da humanidade, como você mencionou acima o usuário é apenas o topo da ponta do iceberg, uma vez que por traz de um simples “baseado” ocorrem inúmeros fatos, desde corrupção (políticos, policiais, grandes empresários “de bem”, crianças e adolescentes), assaltos, mortes, destruição de lares e dizimação de vidas inocentes. É esse o comportamento do ser humano, egoísta, egocêntrico, quando eu acabar de escrever aqui, de enaltecer o meu ego, de contrariar ou favorecer os demais amigos em suas opiniões, eu vou desligar meu computador e deitar na minha cama quentinha, e amanhã será outro dia em que a máquina chamada sistema indiferente hipócrita social vai funcionar normalmente e eu nem mais me lembrarei do que acabei de ler e escrever, simplesmente imaginarei eu que meu dever foi cumprido quando atirei algumas belas frases  neste fórum, aí esta o nosso problema meus queridos amigos, e quando digo nosso, com certeza eu me coloco junto a vocês, em nossa sociedade muito se fala, muito se teoriza sobre todos os assuntos alheios e pouco se faz de concreto para modificar realmente as coisas ao nosso redor, e mais, só a fazemos quando estas estiverem nos afetando diretamente, caso contrario lavamos nossas mãos, quando muito jogamos algumas palavras ao vento e nos enaltecemos por isso, eu afirmo a todos: O problema em debate e todas as suas conseqüências, em minha modesta opinião se convertem tão somente em negativas e ilustram perfeitamente nossa sociedade atual, nossos padrões impossíveis, nossa ambição inefável e inconseqüente, nosso  egoísmo, orgulho… e acima de tudo nossa falta de AMOR INCONDICIONAL AO PRÓXIMO, por isso eu pergunto a mim mesmo: o que fiz eu de concreto e positivo por alguém no dia de hoje?, começando pelos meus queridos, respeitei meus familiares, abracei-os?, disse-lhes o quanto eu os amo?, em caso afirmativo isso foi um bom começo, porém não é tudo: e aos meus vizinhos, em que lhes fui útil?, ajudei algum pobre, emprestei minha atenção a alguém necessitado? infelizmente na maioria dos dias Não nos resta tempo, mas quando resta pouco me esforço eu. O mais importante não é fazer tudo o que deveria, mas fazer tudo o que posso.TEORIAS NÃO SIGNIFICAM ABSOLUTAMENTE NADA, ATITUDES CONCRETAS MAS SEM TEORIA RESULTAM EM APRENDIZADO, MESMO QUE ÁRDUO E AINDA, TEORIA ALIADA A ATITUDES CONSCIENTES EQUIVALEM A RESULTADOS CERTOS.Eu pergunto se alguém aqui tem algum dependente químico na família, ou melhor, se já fez alguma coisa concreta para ajudar algum?Eu sou contra as drogas, em nada elas podem nos ajudar, a menos que nosso propósito seja mergulhar na inconsciência ao invés de agirmos para amenizar nossas inquietudes internas, no fim todos descobrimos que não há maneira de nos refugiarmos de nos mesmos. Todos os recursos, me refiro  não somente a materiais, mas também, morais, filosóficos, sociais, familiares etc… despendidos em favor ou meios de continuarmos a nos drogar confortavelmente, sermos aceitos como autômatos drogados pela “sociedade”, resultam inquestionávelmente em puro disperdício de todos os tipos de energias imagináveis e inimagináveis que poderiam ser direcionadas em favor da própria e verdadeira vida.Digo a todos os que os que defendem ou que se opõe a liberação da maconha, que de forma alguma eu me expresso contra os mesmos, pelo contrário, admiro a todos pela coragem de exporem suas idéias, Algum tempo atrás já fui a favor, hoje sou contra, ou indiferente, pois tudo o que sinto e expresso é relativo a minhas experiências com drogas, sou dependente químico, tenho alergia a drogas, pra mim não existe droga forte, nem fraca, menos ainda leve ou pesada, cada um é livre para tirar suas próprias conclusões, mas falando de mim, tive overdoses, interações (várias),  desestruturação familiar e o mais triste de tudo: conheci morte espiritual, não queiram estar lá, não da pra voltar atrás, nas drogas somente se pode parar onde esta ou seguir em frente até o triste fim: prisão, instituições e morte, não necessariamente nesta ordem, porém a recuperação espiritual é possível para qualquer um que tenha o desejo de parar. (existe ajuda em uma Irmandade de recuperação bem conhecida).  Abraços a todos, muito obrigado pelo espaço. que Deus os abençõe todos os irmãos.

    Reply
  72. brunomerchandisng@hotmail.com'

    A  MACONHA  TEM  QUE LIBERAR  QUERENDO OU NÃO OS PAISE  DO PRIMEIRO MUNDO JA LIBERO  SO VAI  FUMAR  QUEM  GOSTA  DE FUMAR  MACONHA MESMO  FUMAR FOLHA  E CRIME ?

    Reply
    • Cara isso é o que o traficante quer que você pense. Mas existem fatos que contradizem justamente essa tese aí.

      A Holanda hoje está se fodendo de marré de si graças ao uso de drogas “liberado” em seu território, que fez explodir como nunca visto antes a quantidade de dependentes de drogas pesadas. A Holanda começou recentemente um enxugamento dos coffes shops progressivo que vai acabar na cidade de Amsterdã.

      A Suécia, que tinha liberado a droga numa política liberal vanguardista no início da década de 60 voltou atrás também e endureceu a legislação, impondo penas não só a traficantes como a usuários. O resultado da política linha-dura da Suécia é que hoje a Suécia tem um terço da média européia de usuários de droga.

      A Suíça não ficou atrás. Nos anos 80, eles estavam numa de “liberar geral”. Havia até os parques da seringa, áreas onde você podia consumir drogas avontê sem ninguém encher o saco. A política liberal Suíça também foi um retumbante fracasso. O consumo de drogas cada vez mais destruidoras explodiu e sobrecarregou os serviços de saúde do país.

      O consumo de drogas nos EUA vinha caindo progressivamente por uma década, mas voltou a subir rapidamente quando a Califórnia e outros estados liberaram o consumo da maconha para “fins medicinais” – o que na pratica significa criar uma rede de médicos traficantes que ganham fábulas de dinheiro pra receitar drogas a qualquer um que queira.

      Se fumar uma planta deve ser crime ou não, é uma questão que não me cabe decidir, mas lidando com os fatos e não com a “mitologia cannábica”, esse lance que o Brasil tem que liberar a maconha porque os países de primeiro mundo já liberaram é uma falácia completa. O que eles estão fazendo é voltando atrás nas políticas porque viram que não funcionou. Nesse contexto, o exemplo funciona justamente par dizer que o Brasil não pode liberar nada.

      Sobre a droga ser uma plantinha inocente, este é um argumento tosco que escuto o tempo todo. Tá cheio de plantinha venenosa que mata inocentemente. Se duvida, coma uma folha de “comigo ninguém pode” para ver o poder da inocência vegetal de te mandar para a UTI! A maior parte dos venenos que existem, são provenientes da natureza, logo, também são coisas naturais. Quem gosta de tomar veneno?

      Reply
  73. v826373@bol.com.br'

    Leiam essa noticia e reparem esse trecho, “a dupla teve a ideia de realizar o crime na universidade enquanto fumava maconha na favela San Remo.”

    http://noticias.terra.com.br/brasil/noticias/0,,OI5191241-EI5030,00-Suspeito+de+participar+de+crime+contra+aluno+da+USP+e+preso.html

    Sera que ainda vao continuar com essa ideia??? assim como outras que estao destruindo com os valores familiares???

    Reply
    • Vandre, eu acho que este tipo de argumento é da mesma qualidade do que alega que as pessoas “estavam jogando RPG e então fizeram pacto com o diabo e mataram uma jovem inocente”

      Nem o jogo, nem a maconha são geradores de criminalidade. Muitas vezes, o enfoque jornalístico torce a história para achar um bode expiatório para uma maldade gratuita, que parece ser sem explicação.
      O fato é que os seres humanos são uma merda em sua ampla maioria. No meio dessa merda estão os mentecaptos, os inúteis, os imprestáveis, os parasitas e também os desajustados sociais, que cometem crimes bárbaros. Não é a maconha que faz um cara desses cometer crime. Ele comete crime e fuma maconha, mas ele também bebe cachaça, ele joga futebol, ele vê luta de MMA no bar, ele lê jornal, ele pega sol na praia, etc. Mas nada disso é mensionado. Só o fato de que estava fumando maconha quando teve a ideia de cometer um crime.

      A maconha entra pra levar uma culpa que aos olhos da ciência ela nem merece, já que o THC, princípio ativo da maconha, depressor do sistema nervoso central. Se eles tivessem fumado mais deixariam para cometer o crime outro dia.

      Reply
  74. denilsonpereiraneves@globomail.com'

    o brasil ja ta um caos sem liberar a maconha ,agora imagine se liberar ! imagine no transito entao………..e nos hospitais ja pensou se um medico chega no hospital ja fumado pra te atender.. e o policial entao……………..meu que merda seria essa ! pocha sera que tem algum responsavel ou algum cara ciente de seus ato no peder publico ………………………………………………………………………………………………………………………que loucura

    Reply
    • O que está por trás de liberar a maconha é: GRANA.

      Não há muito o que a sociedade possa fazer quando os interesses financeiros de grupos entranhados no poder falam mais alto.

      Reply
  75. bruno.paulo@hotmail.com'

    NAAAAAOOOO DE JEITO NENHUM BABY!!! OLHA SO COMO o brasil esta

    Reply
  76. claudia.pascoal@yahoo.com.br'

    Olá Philipe, muito bom seus comentários, certo que concordo com muitas coisas ditas e outras não sou a favor, mais em geral vc mandou muito bem. O que mais me chamou a atenção nas suas sabias palavras, foi a questão da saude pública no Brasil , com a liberação, principalmente em um pais que não há uma boa educação cultural, o uso em excesso da maconha também podem desencandear surtos pisicoticos em pessoas berdeline causando serios problemas de saúde.  Realmente eles não estão em condições alguma em liberar qualquer coisa. Mas se querem liberar poderiam começar melhorando a saude pública que é uma merda.  Abraços

    Reply
    • Realmente, o Brasil ainda precisa investir muito, em muitos setores para querer se bancar no nível de um país europeu na questão das liberalidades. Achar que apenas criando o imposto da maconha a coisa vai se resolver, é uma utopia sem tamanho. Incrível como algumas pessoas adotam esta idéia sem a minima reflexão se seria mesmo factível ou não.
      A CPMF foi uma dura e importante lição pra nós.

      Reply
  77. rodriguesdearaujogilmar@gmail.com'

        E NO MINIMO IPOCRESIA!EM UM PAIS QUE VEM LUTANDO PARA DIMINUIR O CONSUMO DE TABACO EM NOME DE UMA MELHOR SAUDE PARA NOSSOS JOVENS, AGORA DEPARA COM UM PEQUENO GRUPO E UM ENTERECE ENORME EM LIBERAR DROGAS PROIBIDAS.                                          _CHEGA SER IRONICO.                

    Reply
  78. soy_ninho@hotmail.com'

    Tem que legalizar mesmo, quem não quiser não fume!

    Reply
  79. brunadea.machado@gmail.com'

    é isso falou tudo! tanto coisa boa pros governantes se preocuparem,tanta gente com fome e querem liberar mais um vício como se já não bastasse o álcool e o cigarro.Milhares de pessoas ficam doentes por causa do álcool e do cigarro,câncer,sirose etc.Agora mais a maconha q causa até demência tudo isso pro governo pagar com o sus ou melhor pra nós trabalhares pagarem através dos impostos,enquanto para a educação ninguém investe.Ninguém faz uma marcha pra novas universidades mais para drogas todo mundo faz.Por favor ne gente se toquem.

    Reply
  80. charline_almeida@hotmail.com'

    Você é fera!   

    Reply
  81. roffellus@gmail.com'

    E uma vez desencadeado o primeiro surto psicótico, não há retorno para a condição inicial, e sim tratamento eterno. isso segundo a psicanalize certo?

    Reply
    • Na verdade o que eu acho branda a visão psicanalítica do quadro da psicose. Estou mais para uma visão neurobiológica/genética aqui.
      Mas “retorno a condição inicial” é o que? Uma cura? Cura não tem. Há sempre o risco de um retorno à crise. Até o momento, só temos remédios que produzem alívio dos sintomas. Tratamento, isso tem. O cara pode ficar controlado, mas no meu ponto de vista, um cara controlado não é o mesmo que um cara curado.
      Mas sob alguns aspectos, é a mesma coisa. Tem casos de cura que duram décadas, e por um longo período o cara leva uma vida normal, enquanto outros casos os pacientes ficam tendo crises seguidas. É uma doençazinha foda.

      Reply
  82. roffellus@gmail.com'

    pois é, concordo em quase tudo, quando vc se refere a questao estrutural/politica/economica do Brasil para a legalização ou discriminalização..

    Reply
  83. pedro@hotmail.com.br'

    Olá apra todos. Esperoq ue estejam bem. Bom acho importante falar, que ninguém soube de nenhum caso de alguém que tenha morrido por fumar maconha, e que dos vários remédios hoje feitos dela, as patentes são todas registradas nos Estados Unidos. A Holanda não liberou as drogas, liebrou a maconha, e engraçado, ter ganhado vários anos consecutivos o melhro luagr para se viver da Europa. Lá, eles tratam viciados pesados em químicos com a Maconha, ao liebrar a maconha, teve realmente resultados positivos na diminuição de outras substâncias, falar que a Maconha vicia, é algo complicado, já que o vício dela é psicológico, ao contrário do alcool e do cigarro, que é físico, como das outras drogas. Até aí tudo bem. Más o pior probelma da maconha sem dúvida, é  a grana que ela gera, fico pensnado o que ia fazer so traficantes do rio, para ocmrpar suas armas se a droga fosse liebrada. O engraçado é eu me privar de andar a notie em certos luagres, com medo da violência, então está errado isso. Como você proíbe algo que eu possa fazer a mim mesmo, se nem liberdade eu tenho apra caminahr na rua, devido a violência que a droga trás. Sou completamente a favor da liberação. E acho mesmo que todo mudno devia fazer um passeio na Holanda, para ver que o problema ( Maconha ), não é assim. E não só é lá não, no Canadá, na Alemanha, vários países de primeiro mundo já descartaram esse preconceito, que foi criado pelos EUA para controlar seus remédios, agora nesses países, voê não sai ebbendo na rua, e faendo arruaçãs não. Porque cá prá nós, oq ue é a maconha comparada a bebida, nada né, más a bebida, o governo ganha dinehiro, e a maconha no nosso país, naõ teria como eles ganahrem, já que aqui, todos teriam em vasos. E tenho pena de quem tem glaucoma e outras doenças, que precisma do THC como princípio ativo, tem qeu pagar caro apra ter seu remédio.  Acho que precisamso dismistificar esse preconceito. Todo dia vemos na tv gente bêbada matando os outros aí no trânsito, nunca vemso alguémq ue fumou fazendo isso, e outra coisa, a teoria da escadinha é pura besteira, e cá prá nos, quem é do crak ou da cocaína, não suporta maconha né, são ondas diferentes . Bom é siso, desculpe o português, estou com pressa para trabalahr. ABrçaso a todos. 

    Reply
  84. pedro@yahoo.com.br'

    O que eu acho triste, são as pessoas naõ conseguirem dialogar sem ofender uns aos outros. Acho qeu esse povo bravo aí, precisa fuamr memso , para conseguir conversar. valeu

    Reply
  85. raulboapinta38@ig.com.br'

    Fumo maconha, gosto de pitar uma maconhazinha. Também tomo daime, as vezes no leo artese, as vezes em outro lugar. Daime e maconha são drogas, não te diferença. Mas o fato é que a caminhada contra a maconha ganhou muita força. Entrei no site http://www.pelavida.org e assisti um convite intimidador dentro da assembleia legislativa de são paulo. O escritor Gideão disse que o FHC defende a maconha por que é USUÁRIO DE DROGAS, que é MACONHEIRO. Isto foi televisionado, foi público a afirmação do escritor. Aprendi a respeitar as afirmações do Gideão, mesmo não gostando dele. Quando fala, ele prova. Entrando no site deles é o primeiro vídeo que aparece. Também chamou o FHC de mentiroso e que a holanda jamais liberou a maconha como afirmou o Fernando Henrique. Disse que nenhum país do mundo liberou a maconha. O pior de tudo isto é que o escritor Gideão está certo. Faz tempo que sabia disso. Percebi que o FHC estava dsando um tiro no pé quando sitou no fantástico que na holanda era liberado a maconha. O FHC não vai aparecer para a audiência pública de 18 de novembro. Percebo que Gideão conta que ele apareça para destroçar em público o FHC, e fará se tiver oportunidade.

    Reply
  86. negrusco_87@hotmail.com'

    Nosso realmente assunto que gera muita polemica, assim decidi expressar minha manifestação sobre tal assunto bom vamos lá.
     
    No meu ponto de vista acredito que TODAS AS DROGAS DEVERIAM SER LEGALIZADAS.
    Pq assim é uma maneira de acabar com o trafico, assim sendo todas as drogas deveriam ter local próprio para o uso, terem embalagem, código de barra, fabricante e tals, como todo produtos comercializado hoje em dia vendidos nos mercados.
    Agora vem o X da questão, detalhe isso que vou escrever agora já deveria estar em prática a todos os produtos já comercializados, por exemplo, todos os envolvidos que lucram deve ser responsável pelos custos a sociedade e aos usuários de seus produtos, como internação aos hospitais após terem doenças ou acidentes de veículos, todos os outros custos gerado pelo uso do mesmo. Não adianta, por exemplo, obrigar a Souza cruz estampar fotos do que pode vir a acontecer devido ao uso ou escrever e garrafas e comercias “Se beber não dirija”, para com isso neh!
     No meu ponto de vista, essas atitudes não isentam os responsáveis por toda a distribuição desses produtos da culpa e desgraceiras quem ocorrendo por causa do uso desses.
    Ou seja, tipo Japão, se o preso é condenado a pena de morte e ele não tem dinheiro para pagar a bala a ser usada em sua execução quem paga é família, família Souza Cruz, família Ambev ( Skol e mais), família Vompar (Coca-Cola aqui no Sul) e assim por diante, digo isso não apenas para essas empresas mais sim para TODAS eletrodomésticos, Alimentícios, Automobilística e por ai vai.
    Sabe por que digo isso, pois essa é a única maneira de quem produz e fabrica a fazer com qualidade de verdade visando apenas o bom uso e a saúde dos usuários, o todos somos, usuários de algo, viciados em algo, muito fácil sair julgando os usuários de maconha, cocaína, sem levar em conta que todos somos USUARIOS.

    Ai descupa os erros e se ofendi alguém. Abraços

    Reply
  87. gilmar155@hotmail.com.br'

    sou o das torres ,e sim fim dos tempos imagine so ,liberar a maconha sabemos nos ,que a pessoas que começam maconha ,acho eu que  mais da metade dos usuários da maconha ,não fica so na m. e logo já quer passar a conhecer outrasdroga por curiosidade ou prazer maior ,como a cocaína  ou o crack ,meu filho começou c a m. hoje e viciado na cocaína ele sö tem 16 anos vendeu quase toda roupa e os objetos peq. p usar o maldito po bco  , ele começou c um basiadinho  ,minha opinião e bem radical tem que cortar a cabeça de que   aprovar essa lei ,muitas pessoas não terão o controlesobre as drogas e logo vam querer usar outro tipo de drogas,vamos para as ruas dizer não e que deus abençoe todas as pessoas de bom senso ,vamos nos unir e dizer jaaaaaaaaaaaaamais  liberação de qualquer tipo de drogas

    Reply
  88. vocês acha se libera a maconha não vai vira bagunça.muitos estão comentando que maconha não faz mau.
    mais vocês acha que muitos só ussa maconha? vocês não fica idi guinado de ver uma criança de 8 anos fumando um cigarro de maconha ou vocês acha bonito.e esse fosse seu filho ou sua filha. vocês não acha que o governo esta querendo tampa o sol com a pineira.que eles não estão dando conta de combater. esse mundo esta uma vergonha.em quanto isso estão e aumentando o salario dos vereadores. 

    Reply
  89. pescadorbeirario@hotmail.com'

    A maconha vicia mas a cocaína e os derivados como o crack escravizam o usuario o que é de fato muito diferente, entenda que é possível degustar uma maconha!

    Reply
  90. hesleytom@yahoo.ca'

    Gostaria de acrescentar primeiramente que a maconha, diferentemente do cigarro, afeta a capacidade de julgamento, o que impede a pessoa de tomar decisões racionais, portanto de trabalhar, dirigir, etc. Segundo, como a maconha deixa o usuário desligado da realidade, este fica em transe (bolado). O organismo começa então a apresentar defesas, reduzindo seu efeito ao longo do tempo. Por isso, a maconha acaba se tornando a porta de entrada para drogas mais fortes, pois o usuário, em busca do estado de transe que não acontece mais com a mesma intensidade do início do uso da maconha, busca esse estado em drogas como a cocaina, o crack, etc.

    Reply
  91. ntn_vl157@hotmail.com'

    CARA CIGARRO EH A PIOR DROGA QUE EXISTE TINHA Q SER PROIBIDOO ELE AFETA O PULMAO QUE PODE MATAR . MA SEFODA.. DA NADA… NAO EH PROIBIDO.. TRAGICO… EU FUMAVA MACONHA .MAIS NAO SEI OQUE DEU QUE ENJUEIII . NAO CONSIGOO NEM SENTIR O XEIRO QUE ME DA VONTADE DE VUMITAR . .. O BOM SE ACONTECE-SE ISSO COM O CIGARRO .

    Reply
  92. richard.borba@hotmail.com'

    quantas cabeças de dinossauro, pessoas que nunca fumaram um cigarro vem escrever um monte de merda, isso deve ser falta de capacidade, coragem, ser feliz, fazer oq tem realmente vontade….. simples quem fuma… fuma…. quem nao fuma cala a boca ou vai ajudar que precisa

    Reply
  93. kakaroto911@live.com'

    GOGOGO POWER RANGER, AIBIGODO RANGER, lololo , gogo ieluuuu, agagagagaloooo, uoluiamanoooo, sagaliuoputiadaaaaaa, gogo power RANGEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEER, ABUGOSOOOOOOSOOOOOO, liluliuuygagdd GOGOGO POWER RAGER

    Reply
  94. gosto muito de maconha si libera ai nos que fumamos nao vamos ter medo de apanha da pulicia

    Reply
  95. so nao gosta de maconha quem nunca fumou ou depois de ter fumado muito tempo virou evangelico

    Reply
  96. eu agora vou ver porque nao libera se como vcs mesmo dis faz mal pra quem fuma quero morrer fumando uma verdina

    Reply
  97. tem gente que tem medo de mostra o rosto isso nao e vergonha nao e como coca cola tem gente viciada em cafe em bom bom
    em dormi em mentir e vc qual e o seu o meu todo mundo vai saber eu amor maconha que pena que nao e liberada ainda porque
    eu quero que libere logo si nao fica dificil blz quem nunca fumou nao espere libera porque vai demora um pouco mais vai libera pra gente fuma

    Reply
  98. que liberacao que nada toma vergonha nacara vai libera

    Reply
  99. Sthefani Souza cara volta pra escola ae manow libera maconha sim

    Reply

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

x
Clique em CURTIR para receber as melhores histórias da web!