Insônia: Conheça o sujeito que está sem dormir a noite toda a 37 anos!

Ele não tem histórico de insônia na família. Ele nunca foi uma criança ansiosa. Mas de alguma estranha maneira, sem nenhuma explicação para o fato, Neil Epstein não é capaz de dormir uma noite inteira há tanto tempo, que ele diz que não se lembra a última vez em que dormiu.

Insônia: Conheça o sujeito que está sem dormir a noite toda a 37 anos!

O cara sofre de um quadro gravíssimo de insônia. Ele dorme 4, 5 minutos e acorda em intervalos sucessivos durante toda a noite. Isso vem piorando desde que ele tinha uns 7 anos. Neil já esteve tão desesperado para dormir que batia a cabeça na parede tentando desmaiar quando era jovem.
Em função de suas péssimas condições de sono, ele precisou construir dois quartos separados, um para ele e outro para a esposa. O mínimo barulho, o vento, qualquer diminuto ruído, qualquer coisa que seja já é capaz de acordá-lo ou impedí-lo de dormir. Se a mulher dele se vira na cama ele acorda e não dorme mais.
Neil está vivendo meio zumbificado desde criança. Ele não tem muita paciência com as coisas e vive irritadiço e cansado.

Muitos médicos já estudaram o caso de Neil, e ele tentou uma quantidade enorme de medicamentos, terapias, tratamentos diversos mas nada conseguiu levar o cara a nocaute.

Fonte

Entre 16% e 40% das pessoas têm algum problema que prejudica o sono. “Os insones trabalham pior, não conseguem desempenhar as atividades cotidianas e podem ter problemas de saúde sérios, que vão da depressão ao diabetes. Isso consome uma quantidade imensa de recursos”, alerta Flávio Aloé, coordenador do Centro Interdepartamental de Estudos do Sono do Hospital das Clínicas.

Talvez você também sofra de insônia. A insônia ocorre em homens e mulheres de todas as idades, porém parece ser mais comum no sexo feminino (especialmente depois da menopausa) e em idosos. A capacidade de dormir, e não a necessidade de sono, parece diminuir com a idade. Como todas as pessoas normais eventualmente acabam passando por períodos de ansiedade e estresse, é comum levar para a cama problemas do dia-a-dia e aí a insônia é uma desgraça. Pensando nisso aqui estão algumas dicas para lidar com este mal.


Como superar a Insônia?

A insônia é a percepção ou queixa de sono inadequado, ou de baixa qualidade, por causa das seguintes razões:

  • Dificuldade em cair no sono

  • Levantar freqüentemente durante a noite com dificuldade de voltar a dormir

  • Acordar muito cedo

  • Sono não restaurador

A insônia pode ser classificada como transiente (curto-prazo), intermitente (vem e vai), e crônica (constante). Insônia que dura desde uma noite até algumas semanas é classificada como transiente. Caso os episódios de insônia transiente ocorram de tempos em tempos, classifica-se como intermitente. A insônia é considerada crônica se ocorre na maioria das noites e dura mais de um mês.
Para se livrar da insônia, evite ao máximo expectativa e preocupação de ter dificuldade para dormir. Não beba café nem refrigerantes que contenham cafeína. Nem chá nem (óbvio) redbull. Além disso não consuma álcool antes do horário de dormir nem fume cigarro antes do horário de dormir. Tirar uma soneca excessiva de manhã ou de tarde reduz a sua capacidade de dormir a noite (a menos que isso seja um hábito cultural antigo e seu corpo já estará adaptado). Evite também os horários de dormir/acordar irregulares ou continuamente alterados. Isso é comum em pessoas que tem escalas de trabalho complicadas como aeromoças e pilotos de avião, o chamado “jet lag”.

Além dessas dicas: 
– Evite refeições pesadas antes de dormir
– Faça exercícios físicos, de preferência pela manhã
– Tome um banho morno pouco antes de dormir
– Faça uma refeição leve (por exemplo, leite ou derivados), pouco antes de dormir
– Evite TV ligada, relógio, luz, barulho e qualquer tipo de distração dentro do quarto
– Se não conseguir dormir após 20 a 30 minutos, não fique tentando, saia do quarto e se distraia, lendo, por exemplo (minha dica pessoal é tentar assistir “…E o vento levou” ou “2001 – Uma odisséia no espaço”)
– Resolva seus problemas ao longo do dia. Levá-los para a cama não muda nada além de te prejudicar.

Como tratar a insônia?

A insônia transiente e intermitente podem não requerer tratamento, uma vez que os episódios duram apenas alguns dias. Por exemplo, se a insônia for decorrente de mudanças de horários como conseqüência de “jet lag”, o relógio biológico da pessoa geralmente voltará ao normal por si mesmo. Porém, para algumas pessoas que vivenciam sonolência durante o dia e têm performance afetada como resultado de insônia transiente, a utilização de comprimidos para dormir de curta ação pode melhorar o sono e atenção no dia seguinte. Como todos os medicamentos, há efeitos colaterais potenciais.

O uso de remédios para insônia sem prescrição médica não é recomendado.

Já o tratamento para insônia crônica se inicia com o diagnostico e tratamento dos problemas médicos ou psicológicos que possam estar ocasionando a insônia. O médico irá ainda ajudar o paciente a identificar comportamentos que podem piorar a insônia e interrompê-los ou reduzi-los. É possível que ele receite alguns remédios para dormir, embora a utilização a longo prazo seja condenada e controversa.

Um paciente usando qualquer remédio para dormir deve estar sob a supervisão de um médico que avaliará de perto a eficiência e minimizará os efeitos colaterais. Em geral, esses medicamentos são prescritos na dose mínima e no menor período de tempo necessário para aliviar os sintomas relacionados à falta de sono. Para alguns desses remédios, a dose deve ser gradualmente diminuída, uma vez que uma parada abrupta poderia ocasionar a volta da insônia por uma noite ou duas. Além disso, o paciente poderá experimentar técnicas comportamentais para melhorar o sono, como terapia de relaxamento, terapia de restrição de sono e recondicionamento. Vejamos:

Terapia de relaxamento. São técnicas específicas e efetivas que podem reduzir ou eliminar a tensão corporal e ansiedade. Como resultado, a mente da pessoa é capaz de ficar quieta, os músculos podem relaxar e pode ocorrer o sono repousante. Geralmente é preciso muita prática para aprender essas técnicas e alcançar a relaxação efetiva.

Restrição de sono. Algumas pessoas sofrendo de insônia gastam muito tempo na cama tentando sem sucesso dormir. Essas pessoas podem se beneficiar de um programa de restrição de sono que primeiramente permite apenas algumas horas de sono durante a noite. Gradualmente o tempo é aumentado até que seja alcançada um noite normal de sono.

Recondicionamento. Um outro tratamento que pode ajudar algumas pessoas com insônia é recondicioná-las para associar a cama e o horário de dormir com o sono. Para a maioria das pessoas, isso significa não usar sua cama para nenhuma outra atividade além de sexo e dormir. Como parte do processo de recondicionamento, a pessoa é geralmente aconselhada para ir para a cama somente quando estiver com sono. Se não for capaz de dormir, a pessoa é orientada a levantar e só voltar para a cama quando estiver com sono. A pessoa também deve evitar sonecas. Eventualmente, o corpo será condicionado a associar a cama e horário de dormir com o sono.

Related Post

9 comentários em “Insônia: Conheça o sujeito que está sem dormir a noite toda a 37 anos!”

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

shares