Sobre Philipe Kling David

Designer, blogueiro, escritor e escultor. Seu passatempo preferido é procurar coisas interessantes e curiosas para colocar neste espaço aqui. Tem uma grande atração por assuntos que envolvam mistérios, desconhecido e tecnologia. Gosta de conversar sobre qualquer coisa e sempre tem um caso bizarro e engraçado para contar.
Saiba mais...

19 Comentários

  1. Sacerdotiza Kikyou

    Muito interessante, realmente os cientistas deveriam investir em clonar passaros grandes ou extintos isso sim seria um beneficio enorme para países pobres.

    Responder
  2. Rafael Silva Ramos

    Voce  acredita que eu vi o mesmo anuncio que voce viu? vi ontem… o cara vendia o galo, e vendia os ovos para gerar galos… kkkkkkkkk

    Responder
  3. Matheus

    então tinha que volta essas galinhas gigantes ai mesmo , volta o mamute tipo nada a ver…

    Responder
  4. Stanley Lima

    Me lembrei daquele bicho que o Luke monta no Imperio Contra Ataca, pra salvar o Han Solo no meio da Neve, …me esqueci o nome….

    Responder
  5. Leandro263

    Mais alguns cruzamentos destes e a gente acaba com um velocirraptor funcional! o/  Mas falando de galinhas que tomaram porrada na cabeça, isso me lembrou a história do galo que sobreviveu mais de um ano sem a dele. Foi aqui no Blog que eu vi isso?

    Responder
  6. Callori

    Muito triste ver que nós humanos colocamos fim a espécies como estas. Mas hein gump, a  foto que você colocou como do grande Auk na verdade é do Elephant bird, o great Auk não é tão grande assim, pelo que li no artigo que você colocou ele chegava a 75cm de altura e parecia com um pinguim gigante.

    Responder
  7. Muca

    Philipe, faltou falar sobre o Argentavis Magnificens, que foi na verdade a maior ave carnívora do mundo. Muito interessante.

    Responder
  8. Philipe3d

    Ops, falha nossa. Essa é o elefant bird mesmo. Vou mudar a foto assim que eu achar a do auk.

    Responder

  9. Faltou falar do pássaro dodo,que tambem foi extinto pelo bicho homem.
    Crio o galo indio gigante,e quando era piá eu criava o galo combatente prá ganhar uma grana.Um fato curioso que eu escutei de um criador de galos de rinha é que se não fosse pelo fato da briga de galo,as aves não teriam saido da asia para o mundo,pois a única finalidade era o espetáculo da briga,carne e ovos eram os motivos secundários ,ora se então temos frango, foi devido a briga de galos oriundos da asia,outrosim o homem teria domesticado outra espécie de ave.Já está se domesticando o avestruz e a ema ,e o perú está sendo modificado através de seleção genética para obtençaõ de uma raça exclusiva de carne da mesma forma como aconteceu com a espécie gallus gallus.

    Responder
  10. Douglas Maquete Eletrônica

    Eu crio aqui no meu quintal. O maior tá com 88 cm da última vez que medi, pouco mais de um mês. Ele nem tem 8 meses ainda. A galinha que não cresceu muito. Está até grande, mas não pro padrão da raça, eu acho. Mas li umas matérias que dizem que eles possuem crescimento mais lento, conforme vão ficando adultos. Fico impressionado com a precocidade do bicho: peso elevado mesmo com pouca idade, aos 5 meses começam a cruzar e crescimento exagerado entre o 2º mês até os 6 meses.

    Responder
  11. jorge luiz

    gostaria de saber até que idade o galo índio gigante cresce pois cada um fala uma coisa . abraços

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>