Homem sobrevive ao ataque de urso feroz com um pedaço de pau

Um homem que passeava no campo da Columbia Britânica, no Canadá junto com seus cães se viu nos piores momentos de sua vida ao perceber que havia virado o alvo de um enorme urso preto.  O urso preto é um dos ursos mais perigosos da América do Norte.

O sujeito, chamado Jim West de 45 anos, disse ao jornal que só escutou um forte rugido e foi atacado pela criatura.

O enorme animal avançou para cima do cara. Jim se virou e -vendo que estava ferrado – tentou chutar a criatura na cara. O urso agarrou e jogou Jim no chão.Ele virou-se de bruços e tentou proteger o pescoço com as mãos. A criatura mordeu violentamente o crânio de Jim, e seguiu atacando-o para a parte esquerda do corpo, onde mordeu-lhe as costelas e no braço esquerdo.

O ataque do urso deixou grandes cortes na cabeça de Jim

Jim achou que ia morrer e decidiu que não iria se entregar sem luta. Foi quando ele percebeu um pedaço de pau ao lado de onde estava e usou o porrete para acertar a cabeça da criatura.

Logo que tomou a primeira paulada o urso já saiu meio de lado, tonto, Jim conseguiu se levantar e deu outra porretada na cara no bicho. O animal cambaleou e Jim continuou a desferir-lhe pauladas com toda sua força até que só parou quando o urso já estava morto.

Jim estava fraco e seriamente ferido, mas conseguiu caminhar por uma milha no meio da floresta até conseguir ajuda numa estalagem, onde o levaram às pressas para um hospital.

Os guardas florestais da região ficaram surpresos ao descobrir que um humano havia conseguido dar cabo de um urso preto adulto. Tristemente, descobriram que o urso era uma fêmea que deixou dois filhotes órfãos. O urso preto é territorialista por natureza e quando se trata de fêmas com filhotes pequenos, elas se tornam terrívelmente agressivas.

Infelizmente para a mamãe urso, naquele dia ela encontrou um oponente que não estava disposto a se entregar. Por sorte ele não acabou assim.

Segundo a Wikipedia, vinte pessoas morreram vítimas de ataques de ursos na América do Norte desde o ano 2000.

Fonte

Artigos relacionados

15 Comentários

Compartilhe suas ideias