Fotos de ufos obtidas de aviões

Esbarrei sem querer em duas interessantes fotos de ufos obtidas em vôos comerciais. Curiosamente, uma delas foi feita nos céus aqui do Rio! Segundo consta, a foto foi feita por um  passageiro do vôo que testemunhou o ovni que passou perto do avião. Alguns passageiros que viram o objeto se assustaram, pois o objeto, que segundo algumas testemunhas era uma bola de luz e segundo outras teria uma forma de bola de futebol americano (esta forma é relativamente curiosa para ufos, e foi descrita e ilustrada por investigadores militares da Operação Prato) em alguns momentos chegou perto demais do avião. O misterioso objeto adentrou as nuvens, e desapareceu, mas segundo os relatos, ele teria seguido o vôo por cerca de dois minutos. fonte
rjd1small

rjd2small

3753110869_f21d94c0e2

Se isso não é uma fraude, uma possibilidade ao qual nunca podemos dar as costas, seja qual caso ufológico for, é interessante na medida que é mais um caso para juntar com outros casos em que ufos acompanham aeronaves comerciais. Eu mesmo já conversei com um controlador de trafego aéreo que confirmou que não é raro pilotos de carreira se deparando com ufos nos céus. O controlador civil em questão era do aeroporto Santos Dumont, e estava me dando uma carona sem saber que eu era ufólogo e abriu o verbo. Ele me contou pelo menos uns nove casos sensacionais. Um desses casos era o que ele ouviu de um outro amigo controlador, que havia passado pela situação incomum de ver um piloto experiente literalmente chorar como criança na cabine. A situação toda se deu através do radio.

O cara estava pensando que ia morrer, pois havia um enorme ufo vindo em rota de colisão com o avião dele. O cara me disse que o piloto fez de tudo para evitar o choque, mas o suposto “piloto do Ufo” queria realmente ver o cara mijar nas calças, e colocava a nave sempre a nave em direção ao bico do Boeing.  Se não me falha a memória, ele falou que a situação se deu no interior de São Paulo, e o avião era da extinta Vasp.

A nave teria desviado do choque no último segundo, provocando uma violentíssima turbulência, que sacudiu o avião.

Na hora que o cara me contou isso, eu me lembrei do comportamento do “carro fantasma”. Mas se aproximar em atitudes agressivas de outra aeronave, sempre me pareceu um comportamento incomum para ufos.

Quer dizer, quando pensamos nessas aeronaves que desafiam tudo que sabemos sobre a Física Clássica, pensamos em inteligencias superiores. É estranho pensar em alienígenas comportando-se como playboys abordo de carros esportivos querendo aparecer. Talvez quisessem compreender o potencial de manobrabilidade das nossas aeronaves. As suposições que este tipo de comportamento levanta são tão estranhas quanto o caso em si.

O meu pai estava certa vez num jatinho, e ficou batendo papo com o piloto que o trazia de Maringá para o Rio. O piloto contou ao meu pai que antes de trabalhar para executivos era piloto de grupos de garimpeiros. Ele voava na Amazônia, levando mantimentos e etc.

Num desses vôos, ele testemunhou um ufo amarelo seguindo um monomotor.

Realmente, casos de ufos seguindo aeronaves comerciais não são incomuns. O mais famoso caso de ufos seguindo aviões nos céus do Brasil, é o Vôo  169 da Vasp.
Este caso ocorreu no dia 8 de fevereiro de 1982, durante a madrugada, com o piloto Maciel de Britto, em um Boeing 727, saindo de Fortaleza, fazendo algumas paradas e indo até São Paulo. Quando o avião estava próximo da cidade de Petrolina, a ocorrência anômala começou a se tornar presente. Um OVNI foi avistado pelos pilotos e pelos passageiros. leia mais sobre o caso 169 aqui

Mas voltando a questão das fotos, elas foram obtidas dia 31 de julho com um celular Nokia, 3120 Classic.
Puco tempo antes, no mês de maio, uma outra aeronave misteriosa foi registrada por um passageiro que ia de Portugal para o Reino Unido num vôo da RyanAir.

Esta è uma forma bastante esquisita.
rjd3
De ambos os casos há muito pouca informação disponível.
rdj4
fonte

Há também outros casos de estranhas areonaves nas proximidades de vôos comerciais sobre o Reino Unido. Um caso emblemático ocorreu em 03 de fevereiro de 1999:

Neste dia,  a tripulação de um avião comercial da empresa Debonair viu um óvni quando passavam sobre o Mar do Norte, próximo à Dinamarca. O avião ia para Humberside, Inglaterra, quando a tripulação avistou uma luz forte sob a aeronave. Segundo o piloto a cabine ficou iluminada. Ele relatou uma estranha luz abaixo da sua aeronave quando estava à 28.000 pés de altitude. A área abaixo dele foi toda iluminada por 10 segundos por uma luz muito forte. O controle de tráfico aéreo informou que não haviam outras aeronaves pela área.O diretor da companhia foi informado que uma estranha luz vermelha foi observada por um dos seus aviões. O jornal The Daily Mirror publicou que um longo objeto cinzento cilíndrico, do tamanho de um navio de guerra voou ao lado do avião. O piloto inglês ficou chocado quando viu o que pareciam ser de janelas no óvni antes dele desaparecer a uma incrível velocidade. O avistamento também foi informado ao Departamento de Avião Civil e ao
Ministério de Defesa (MoD) pelos radares da RAF e por outros 3 aviões.

O radar em Yorkshire detectou o objeto depois que ele entrou no espaço aéreo inglês. Entretanto, de acordo com o jornal Daily Mail, o DAC inglês e o MoD confirmaram que foram informados sobre os avistamentos mas não iriam fazer investigações sobre o fato.

Algumas vezes a manobra evasiva dá errado.

No dia 26 de setembro de 1997, várias agências internacionais de notícias publicaram nota sobre um encontro insólito nos céus a cerca de 16 quilômetros de Nova Iorque. No dia 9 de agosto desse ano, um Boeing 747 da empresa suíça Swissair, com destino a Zurique, quase colidiu com um objeto voador não identificado. O vôo 127 da rota Filadélfia-Boston levava 34 passageiros, 17 tripulantes e estava a 7 mil metros de altitude quando o objeto passou a perigosos 50 metros do avião. Segundo a descrição do piloto, tratava-se de um artefato “alongado, branco e sem asas”, enquanto o co-piloto o descreveu como “redondo”.Segundo notícia veiculada pela rádio RSR, da Suíça, o piloto e o co-piloto encolheram- se em seus assentos e aguardaram sem ação certos de que a colisão seria inevitável. A associação do fato a um míssil foi cogitada pela rádio devido à forma branca e alongada descrita pela tripulação, além da vertiginosa velocidade.

 

Fotos de ufos obtidas de aviões
Seria o objeto visto pelos pilotos um ufo similar a este, registrado em Nova York em 20 de março de 1950?

Essa não é a primeira vez que um míssil é apontado como causa de um incidente aéreo na região. Em junho de 1996, na explosão em pleno vôo de um Jumbo da empresa TWA, as investigações também levaram em consideração essa possibilidade. Naquele acidente, 230 pessoas morreram.

No entanto, Jean-Claude Donzel, porta voz da companhia Swissair, descartou a hipótese de um míssil, confirmando a gravidade do incidente e revelando que ainda não são conhecidos os resultados do inquérito que está apurando o caso.
Logo após relatarem a ocorrência, piloto e co-piloto foram entrevistados pela FAA (Administração Federal de Aviação), pelo NTSB (Quadro Nacional de Transporte Seguro) e pelo FBI (Birô Federal de Investigação), nos Estados Unidos.
As autoridades americanas trataram de apresentar sua versão para o ocorrido. Para elas, tudo não passou de um susto com uma sonda meteorológica. Interrogado pela rádio suíça sobre essa possibilidade, o piloto considerou a hipótese da sonda “totalmente inadmissível”, dada a velocidade do artefato.

Acidentes com aviões envolvendo misteriosos objetos voadores estão se tornando perigosamente frequentes. No dia 19 de dezembro de 1996, a 9600 metros de altitude, um objeto descrito pela tripulação como uma esfera de luz verde colidiu com a cabine de um Boeing 757-200 que fazia um vôo de Beijing para Wuhan, capital da província de Hubei, na China.

O avião foi forçado a fazer uma aterrissagem de emergência no Aeroporto Internacional de Beijing, depois que a colisão quebrou o vidro da cabine.

Related Post

14 comentários em “Fotos de ufos obtidas de aviões”

    • Em muitas situações, sim, Marcio. Mas em milhares de outras situações não tem como ter ligação, porque por exemplo, nesses casos em que ufos seguem aviões, eles operam em áreas mais baixas do que as órbitas dos satélites, logo, qualquer lixo espacial que caia no planeta, queima na reentrada e vai direto pro chão. Não faz manobras, não segue aviões.
      Porém, muitos objetos queimando na reentrada, sobretudo em ângulos baixos, são confundidos com ufos. E também os meteoritos, as tais “estrelas cadentes” etc.

  1. CARA, ESSE NEGÓCIO DE OVNI ME DEIXA MUITO VIDRADO E MUITO MAIS AINDA CONFUSO, EXATAMENTE POR NÃO SABERMOS O QUE É REALMENTE!!!
    ESTAVA LENDO O POST QUE FALAVA DO BOIÚNA, CABEÇA-FANTASMA, CARRO-FANTASMA E ESSAS COISAS DOIDAS, E ME LEMBREI DE UMA HISTÓRIA QUE MINHA MÃE CONTAVA DE QUANDO ELA ERA PEQUENA NO INTERIOR DO CEARÁ. ELA CONTA QUE AS PESSOAS, PRINCIPALMENTE CRIANÇAS, ERAM LEVADAS DO MATO POR UMA ESPÉCIE DE MAQUINA QUE SUGAVA O SANGUE E DEPOIS SUMIA, ERA UMA MISTURA DE CHUPA-CABRA COM SONDA ÁLIEN. EU SEI QUE ERA SÓ UMA HISTORIA PRA CONTAR PERTO DA FOGUEIRA NUM ACAMPAMENTO,MAS PARTINDO DA IDÉIA DE QUE TODO FOLCLORE É A EXPLICAÇÃO QUE O POVO ENCONTRA PRA AQUILO QUE NÃO CONSEGUE ENTENDER… GOSTARIA DE VER ALGO À RESPEITO DISSO.

  2. essa história de Et é coisa inventada pela midia dos EUA para nos fazer consumir as traquitanas ufologicas que eles produzem. Desde filmes a bonecos de plastico, se liga, vai trabalhar e mudar o Brasil que dá mais lucro!

    • Eu até poderia pensar seriamente na sua hipótese, se não conhecesse pessoas que viram o lance ao vivo e à cores. E nesse caso, elas estariam mentindo. E nesse caso, tantas pessoas no mundo mentindo a mesma mentira há tantos anos seria algo mais bizarro que aliens voando em discos voadores.

  3. Gostaria de indicar duas coisas pra você ver Philipe.

    Uma é um quadro antigo pintado sobre um fato que aconteceu na época, uma guerra de ufos em pleno céu, e várias das naves tinham o formato cilindrico, esse evendo aconteceu em Nuremberg, no dia 14 de abril de 1561.

    e um documentário chamado Alienigenas Ancestrais, que conta os argumentos para a teoria de que Deus é um astronauta, alias, é uma série de documentários sobre o assunto.

    Esse é o link para o doc e também a pintura.
    http://destruidordedogmas.wordpress.com/2010/09/11/documentario-alienigenas-ancestrais-close-episodio-4/

    abraços

    as duas dicas podem ser vistas no meu blog caso interesse.

  4. Olha só: eu sempre me interessei por UFO e sempre acreditei que “A verdade está lá fora”. Contudo, eu sou bastante crítico quanto as fotos e aparições da maioria dos UFOs que eu vejo.

    Nesse caso específico, será que estes pequenos pontos simplemente não são defeitos que estão no vidro duplo que é tipicamente usado em aviões? Se estou errado, por favor me corrijam. Eu não entendi se as primeiras fotos apresentadas mostram uma mesma e única foto ou são duas delas tiradas em sequência. Aparentemente, a distância entre o ponto e a asa é praticamente a mesma. Tudo bem, não quer dizer muita coisa, mas é um indício.

    Na outra foto, também parece só uma sujeira. As fotos foram obtidas com uma camêra de celular. O foco típico destas câmeras não é no infinito? Se sim, e tivéssemos esse vidro duplo, a sensação que teríamos na foto não seira de um objeto “voando” junto com o avião. Um vídeo poderia esclarecer isso…

    Bom, só algumas elocubrações… Espero ter semeado a discórdia! hehehehe. :B

    Abração!

    • Sim, é uma boa sacada, cara. Pode mesmo se tratar de erros de interpretação, embora este tipo de problema com a foto costume ser acompanhada de uma descrição típica que consiste em: “não tinha nada lá quando eu bati a foto e na hora que revelei apareceu”.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

shares