Sobre Philipe Kling David

Designer, blogueiro, escritor e escultor. Seu passatempo preferido é procurar coisas interessantes e curiosas para colocar neste espaço aqui. Tem uma grande atração por assuntos que envolvam mistérios, desconhecido e tecnologia. Gosta de conversar sobre qualquer coisa e sempre tem um caso bizarro e engraçado para contar.
Saiba mais...

5 Comentários

  1. lucas marinho

    vc olhou a minha historia,philipe?
    ei e sse bicho ai parece uma raça de milipede…
    ou alguma larva,mas em todo caso, parce algo pre-historico,pois vc vê algumas caracteristicas antigas…

    Responder
  2. Capitão Kirk

    Esse bicho realmente se assemelha muito com uma espécie de centopéia aqui da amazônia, que costuma subir paredes e se esconder em coberturas de palhas de casas rústicas dos povos da floresta. Ela também é vista na cidade de Belém. As casas antigas que possuem piso de tacos, quando os mesmos apodrecem, favorecem a chegada desse bicho que causam verdadeiro pânico pela sua aparência e agilidade , uma ferrada dela é de lascar mesmo. A centopéia daqui que eu já vi media cerca de 30 cm aproximadamente e não consegui capturá-la.Acredito também que essa centopéia chegue a um tamanho bem maior do que descrevi.

    Responder
  3. Felipe Dutra

    Não tem nada de misterioso, sobrenatural ou pré-histórico nesse animal rs
    É apenas uma larva de uma espécie de besouro da família Iycidade
    No vídeo dá para ver muito bem que ele possui 3 pares de patas articuladas, sendo portanto um inseto, e não um milípide, que possui vários seguimentos ao longo do corpo, e um par de patas por seguimento (Chilopoda) ou dois pares por seguimento (Diplopoda).

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>