Finalmente encontrei

Depois de muito procurar por uma música que não fazia a menor idéia do nome, encontrei. Não é fácil. Meu gosto musical – tenho que adimitir- é tão normal quanto este blog. Ouço musica classica intercalada com rocks pesados, musica gregoriana com Charles Aznavour, Edith Piaf, Sinatra, Chico Buarque, cantores desconhecidos, bandas que não existem mais, e trilhas de filmes, desenhos, seriados.
Falando sério, eu coleciono trilhas de desenhos animados e séries antigas, como Spectreman. Coleciono e OUÇO! Por isso muitas vezes algumas musicas são bem difíceis de encontrar. A que eu procurava é aquela trilha de piano triste pra cacete que tocava no fim dos episódios da série do Incrível Hulk, enquanto David Banner ia embora por uma estrada, pedindo carona…
Achei e o nome da obra prima bem adequado: é The Lonely Man do compositor Joe Harnell, falecido no ano passado. Ele também compôs trilhas fantásticas para outros seriados, entre eles V- A batalha final.
O problema é que essa música tinha que vir acompanhada de uma caixinha de Prozac. Uma deprê de se matar! Mas é linda.

Related Post

2 comentários em “Finalmente encontrei”

  1. Realmente este negócio de catar música que agente não conhece é uma história…..
    Assistindo ao programa sobre bandas covers do Marcos Mion na MTV ouvi uma música gravada pelo ANGRA que gostei muito, mas não fazia idéia do nome. Sabia porém que a música não era do ANGRA e sim de uma mulher da década de 70 que cantava uns agudos incríveis…resolvi então seguir meu “instinto jedi” e procurá-la pelo título dito no programa do Mion, algo parecido com “Wondering why ou high” alguma coisa assim…
    Infelizmente a minha busca resultou em mais espera, pois até as possíveis variações da escrita deram em nada. Cansei do resultado da busca ser = 0.
    Final de semana passado, ouvindo um cd de músicas dos anos 70 e 80 com uma amiga, resolvi contar-lhe sobre a minha encucação com esta música e qual foi a minha surpresa ela sabia o nome da dita cantora esganiçada: Kate Bush e o nome da música era “Wuthering Heights”. Realmente ….fui traída pela fonética, fazer o que ?
    Agora, de posse da música, me sinto reconfortada…um sentimento que só quem possui esta busca frenética dentro de si poderia compartilhar !
    Beijos
    Elaine Lobo

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

shares