Face a face com a lombriga

Caraca, que nojo. Alguém pegou um daqueles equipamentos de colonoscopia e deu de cara com uma bela duma lombriga, que gravada em video, virou celebridade no You Tube.

Não sei o que é pior:

  1. Saber que isso existe.
  2. Saber que pessoas podem ter tantas minhocas assim na barriga que tem convulsões de vermes (onde ejetam milhares de lombrigas por todos os orifícios do corpo!AhhhhhhhhhH!!!! (pense 10 vezes antes de clicar nestes links) EEK)
  3. Ver uma merda dessa ao vivo.
  4. Saber que ninguém está livre de ter isso aí na barriga. Nem eu, nem você, nem ele:

Uma recente pesquisa mostrou que a infestação de ascaridíase atingia 50% das crianças de uma favela.

A ascaridíase é causada pelo Ascaris lumbricoides, verme nematelminte (asquelminte), vulgarmente denominado lombriga, cujo corpo é alongado e cilíndrico, com as extremidades afiladas. O comprimento varia entre 15 e 35 centímetros. Os machos apresentam a cauda enrolada e são menores que as fêmeas. A dimensão do corpo destes vermes varia de acordo com o seu número e intensidade do parasitismo. O número pode chegar a 600 exemplares num mesmo hospedeiro.
Sua cutícula é lisa, brilhante, de coloração branco-amarela. Na porção anterior, fica a boca ladeada por três grandes lábios.
A transmissão desta verminose dá-se por ingestão de ovos embrionados, através de mãos sujas de terra, por alimentos ou água contaminados. (isso inclui a maçaneta do banheiro, o teclado da lan house, o corrimão, o botão do elevador, o podrão da rua, etc)

Olha só a desgraça: Cada fêmea põe mais de 200 mil ovos por dia. Sendo assim, se considerarmos o grande número de pessoas portadoras da verminose e, principalmente, as condições precárias de higiene e saneamento no Brasil, é fácil perceber a facilidade de se contrair essas minhoquinhas aí.

Ao evacuar no solo e ao ingerir alimentos e água contaminados, as crianças expõem-se com maior facilidade, desrespeitando, assim, as mais elementares regras de higiene. São consideradas, portanto, o grupo mais parasitado por este verme.

Triste né?

Para dar uma animada neste post que poderia até ser patrocinado por uma fábrica de saquinhos de vômito para avião, aqui vai o repost do gumpcast da solitária:

O dia em que eu descobri que tinha uma solitária:

 

Artigos relacionados

27 Comentários

Compartilhe suas ideias