Ex-Ministro da Defesa do Canadá bota a boca no mundo: Discos voadores são reais!

Paul Hellyer é o ex-Ministro da Defesa do Canadá. Ele resolveu falar francamente sobre um assunto que costuma correr em conversas ao pé do ouvido dentro de gabinetes sisudos: O fenômeno Ufo e as questões de segurança nacional – e mundial.

Ex-Ministro da Defesa do Canadá bota a boca no mundo: Discos voadores são reais!

Evidentemente, que sendo um ex-ministro, e justamente Ministro da Defesa, com amplo acesso a dados militares sigilosos e relatórios daquele tipo de arrepiar os cabelinhos da nuca, um pronunciamento de alguém com o calibre deste cara é algo bem diferente do Zé Mané da esquina, que disse ter visto uma luz no céu.
Segundo um artigo da AOL News, Paul Hellyer diz que:

“…alguns OVNIs são veículos interplanetários trazendo alienígenas para a Terra.”

É uma frase de impacto, sem dúvida. Até porque vem de um cara que é muito mais que um polítoco-burocrata.
Como ministro canadense da Defesa Nacional, em 1963, Hellyer foi responsável por integrar e unificar a o Exército real canadense, a Marinha e a Força Aérea em uma única organização: as Forças Armadas Canadenses. Sem medo, Hellyer mete o dedo na ferida:

“Eu estou absolutamente convencido disso. Essas coisas não foram inventadas aqui. E eu acho que as pessoas têm que se acostumar a essa nova realidade”

Hoje interessado no assunto, quando Hellyer foi ministro da Defesa Nacional no Canadá, nunca discutiu sobre OVNIS outros funcionários de alto escalão.

“Eu recebia relatórios periódicos sobre os avistamentos e eu estudava-os casualmente. Observei que cerca de 80% deles eram fenômenos naturais de uma forma ou de outra, mas os outros 20% aproximadamente ficaram sem explicação e, portanto, não identificados.
[…] Você sabe, este é o tipo de coisa que às vezes eles não dizem para os políticos, e eu não tenho dúvida de que provavelmente havia pessoas no meu emprego que eram mais bem informados sobre isso do que eu era na época.”

Hellyer não dava a importância devida ao assunto até o dia em que viu um ufo.
Quando passava o feriado de Ação de Graças com a esposa em Toronto, o Ex-Ministro da Defesa do Canadá avistou um ufo que parecia uma estrela, mas que realizou manobras impossíveis para qualquer artefato de origem terrestre.

“Nós dois ficamos ali paralisados por 20 minutos, olhando para essa coisa se movendo em uma direção, e depois para outra. Pelo processo de eliminação, determinamos que não era uma estrela ou um satélite e também não era a estação espacial , então realmente não havia outra explicação para o que era, de fato, um OVNI “.

Desde a experiência, que o marcou profundamente, Hellyer passou a investigar o assunto e tem a certeza que o acobertamento governamental, sobretudo no que diz respeito aos Estados Unidos é uma realidade. Ele publicou um livro no qual expõe alguns fatos ligados ao acobertamento mundial, as relações políticas e exo-políticas nessa questão.

Aqui está um video em que ele discusa sobre o assunto durante uma conferência relacionada às pesquisas americanas relacionadas com armas de destruição em massa, aeronaves inconcebíveis, e à fábula de dinheiro destinado a pesquisas secretas que mantém bases como a famosa área 51, que oficialmente “não existe”:

Fonte

Acho interessante que uma pessoa que tenha assumido um cargo de tal envergadura venha a se expor ao falar abertamente e de maneira tão franca sobre este assunto, que por motivos diversos, não é tratado com a atenção que deveria. Nas últimas décadas, vários setores da Sociedade Civil em todo o mundo começaram a pressionar os governos e até realizaram manobras jurídicas para obrigar os seus governantes a expor a verdade sobre essa questão. Graças a isso, inúmeros documentos sigilosos relacionados ao tema vem sendo liberados aos poucos, causando estupefação em todos aqueles que até então acreditavam que “homenzinhos verdes” não existiam além dos filmes B das matinês cinematográficas dos anos 50.

Ex-Ministro da Defesa do Canadá bota a boca no mundo: Discos voadores são reais!
Tipo de documento secreto liberado através da FOIA -(Lei de Liberdade de Informação nos EUA)

Embora seja interessante, eu acredito que será preciso muito mais que o mero depoimento de um Ex-Ministro de Defesa Nacional para que o assunto venha a ser tratado com o cuidado que deveria. Já tivemos muitas situações em que autoridades constituídas vieram à público falar sobre o assunto, sendo a mais famosa daqui o caso conhecido como “A noite Oficial dos Ufos no Brasil”, ocorrida nos anos 80:

Related Post

34 comentários em “Ex-Ministro da Defesa do Canadá bota a boca no mundo: Discos voadores são reais!”

  1. Pois é, Philipe! Além da Noite Oficial, Brasil, houveram também outras polêmicas declarações oficiais em outros países, assim como no caso Bentwaters (Redlesham Forest), com dois militares de alto escalão envolvidos, Colares, Brasil, 1977, tivemos a famosa declaração do ex Astronauta da Apollo, Edgar Michell, entre outras. Há farto material por detrás dos confins governamentais.

    Boa matéria!

  2. Isso é uma preparação? Aqui e acolá temos visto da parte de muitos governos, a liberação de documentos sobre os discos. Não é “a liberação”, mas já é um pano de fundo pra uma coisa maior, mas que não chega, que emperra, seja na contrainformação, seja na burocracia. Agora, é uma pergunta indiscreta: só existe o governo americano no planeta inteiro? Por só temos notícias de contatos extraterrestres ditos “oficiais” com aqueles governos? Existem outros interesses por parte alien que nao sejam de ajuda? Não sabemos de contatos com outros governos, incluindo o brasileiro, de contatos mais chegados, que possam produzir algum benefício para os locais e globais. Isso é uma pulga atrás da orelha. Questão de militarismo? Questão nível de compreensão?

    • Concordo com teus questionamentos, as peças aumentam, mas o quebra-cabeça nao fecha.

      Alem disso, lembro uma observaçao feita pelo Relatorio Cometa (França): o fenomeno ovni é furtivo e eles mesmos parecem nao querer se mostrar.

      • Eu penso que eles tem a completa noção de que toda vez que duas sociedades em etapas de desenvolvimento tecnológico colidem, a mais primitiva vai pro saco. Isso foi praticamente uma regra em toda a história da humanidade. Eu penso que isso talvez explique em parte a questão do contato ser tão arredio e inconstante. Mas pela casuística, que é absolutamente rica e variada, não podemos tratar todas as questões da mesma forma. Aqui no Brasil mesmo tem casos de contatos que são verdadeiras histórias de terror, com naves jogando óleo quente nas pessoas e aterrorizando populações inteiras.

    • Cara eu duvido muito sempre que alguém especula esse lance de contatos “oficiais” com os caras do governo americano. Eles tem mais grana, tem uma equipe maior e gente pra só fazer isso. Mas daí a pensar que os aliens combinaram qualquer coisa com os Norte-Americanos eu acho exagero demais. Uma fonte ligada às forças armadas do Brasil me disse com toda as letras que aqui eles sabem tanto quanto ou menos que os ufólogos civis sobre essas coisas.Mas toda pesquisa e registro militar passa (por causa das nossas leis) por uma burocracia desgraçada para ser liberara ao público. E assuntos assim causam rebuliço, o fantástico fica querendo que o Brigadeiro fale na televisão, o Ratinho quer levar o Almirante no programa, e coisa e tal. E os militares prezam muito a discrição. E também tem o problema do cara ter que ir na TV pra assumir que recebe para controlar e assegurar a segurança do espaço aéreo e as naves entram, pintam os canecos aqui e saem sem que eles não possam fazer nada. Você gostaria de ir na Tv assumir que é incompetente? Acho que o problema está por aí. O Brasil já tem uma lei que obriga o envio de toda documentação que estava armazenada em órgãos oficiais como o Condabra para o Arquivo Nacional. Mas é com eu disse, um processo lento e trabalhoso. E claro, eu acho que só vão mandar pra lá a “carne de segunda”. Só vai pelanca. O filé mignon está guardado. E talvez ficará assim por um longo tempo.

  3. Não descarto a possibilidade de vida inteligente em outro planeta, mas sério, há muito sensacionalismo aí. Se uma raça extraterrestre tivesse tamanha tecnologia para se deslocarem de seu planeta para cá, sem serem vistos (ou disfarçando muito bem), significa que seriam phodas demais pra precisar da nossa ajuda ou fazer negociações terrenas, no máximo, se estivessem precisando de recursos, iriam dominar o planeta de uma vez, como nos filmes hollywoodianos mesmo.

    • Como eles chegam aqui é um dos maiores mistérios da Ufologia. Não se sabe nem de onde vem nem como chegam ou mesmo que tecnologia usam para tal. Sabemos apenas por base de relatos de testemunhas, foitos, filmagens e registros de radar, marcas no solo, e outras evidências frágeis que coisas estranhas ocorrem. POr que eles não nos dominam como Hollywood explora essa temática envolve a compreensão que de provavelmente eles estão sujeitos a certas regras, como toda sociedade que evolui muito estabelece regras de conduta. Talvez estejamos ainda num grau primitivo demais que impede um contato maior.
      Lembro a você que talvez para um alienígena, cuja relação e percepção da escala de tempo é outra, nós acabamos de sair da idade da pedra.
      Evidentemente que dentro do mar de ideias e especulações que permeia a ufologia, há ideias bastante estapafúrdias e teorias improváveis, como governos fazendo contratos e acordos com Ets. Mas essas especulações surgem diretamente do acobertamento. Sem dados concretos, a imaginação fértil de alguns decola com vontade.

  4. Não entendo o destaque que está sendo dado a esse vídeo. Hoje recebi o mesmo link de diversas pessoas. É um vídeo de quase 3 anos atrás e o cara não traz nenhum informação concreta. Só especula e reclama dos Estados Unidos. Pelo título do post, eu esperava grandes declarações. O cara foi Ministro da Defesa do Canadá e tudo que ele tem a dizer é que 20% dos relatórios sobre ovnis que passavam pela mão dele não tinham explicação. E daí? Realmente não entendo a euforia em cima disso…

    • Acho que o destaque dado é porque a alegação de que existem outras civilizações vindo ao nosso planeta parte de uma pessoa que estava do outro lado, alguém que teve contato com relatórios sigilosos, controlou as forças armadas de um país que é o segundo maior país do mundo em área total.
      É como eu disse no post, se fosse um desconhecido falando isso, seria apenas mais um. Mas neste caso é alguém de grande influência política que assume uma postura similar aos que até então eram alvos de chacota e risinhos amarelos. MAs se pararmos para ver a história do cara, ele mudou de postura quando viu o ufo com os próprios olhos. No Brasil, isso já aconteceu com o Fernando Henrique, que estava com amigos numa praia na companhia da dona Ruth Cardoso quando um ufo apareceu e fez evoluções. Infelizmente, no caso do chefe de estado Tupiniquim, a experiência não afetou o decorrer da história.

  5. Eu acho que estamos soh no começo da batalha. Quando (se) houver uma admissao “oficial”, ainda assim podem esconder muitas verdades, os riscos que corremos, se corremos.

    Sempre vai ter o que vai acreditar piamente no que o governo e as religioes dizem. Ao contrario do que muitos pensam, acho que é bem possivel as religioes se fortalecerem, justamente porque elas dao facilmente um no no pensamento logico, vao dar um jeito de explicar essa nova verdade segundo os velhos modelos. Alem disso, frente a uma situacao tao revolucionaria, as pessoas vao procurar lideres a quem se agarrar. Perigoso, porque como essas civilizacoes sao mais avançadas tecnologicamente, a voz da nossa Ciencia talvez perca força num primeiro momento (tipo vai baixar a auto-estima da Humanidade como um todo), a saida sera a religiao porque talvez consiga continuar convencendo que somos o centro da Criaçao (rs rs pobres de nos!).

    -talvez estejam tentando poupar nossa civilizacao de um choque e/ou da aculturacao.
    -talvez estejamos numa disputa entre os que querem nos manter ignorantes (pro bem, ou pro mal), e os que querem nos abrir pra verdade (pro bem ou pro mal).

    Dai a irregularidade e disparidade na forma de contato.

    Bom, viagens minhas.

    .

  6. É quase óbvio a existência de vida fora daqui.

    Certa vez o sogro do meu amigo estava voando em sua aeronave quando viu ao longe, tipo uns 3 km, um objeto em forma de pirâmide que estava parado no ar, e outras pequenas coisinhas voando ao redor. Ele tirou fotos de muito longe, e eu vi! Eram altênticas! Ele ficou afoito e percebeu quando os pequenos objetos sumiram por detrás da pirâmide, e ela simplesmente decolou a uma velocidade absurda. Praticamente desaparecendo do nada! (palavras dele).

    Lembro que na época vi no Ratinho um empresário de São Paulo que afirmou ter visto exatamente a mesma coisa. Era um empresário sério! Com um pouco de pesquisa, fui averiguando que “OVNIs” como este haviam sido vistos em alguns lugares diferentes no mundo. Sinistro!

    Não sei por que ainda existe pessoas que ignora o fato de haver vida em outro lugar além daqui! Talvez egocentrismo??? Ceticismo mesmo? Sei lá…

    • Isso é o ceticismo.

      Deve haver vida em outras planetas? Provavelmente. Temos evidências fortes disso? Ainda não.

      Sobre os discos voadores e UFOs em geral, o que se vê é que as pessoas “pulam” para a conclusão que são seres de outros planetas. Mas, ignorando os casos de fraudes, enganos e fenômenos ainda desconhecidos, quem garante que são extraterrestres, e não seres de outras dimensões, ou espíritos humanos, ou seres terrenos que vivem em uma realidade temporal distinta? Podem surgir N explicações, algumas mais outras menos prováveis. Mas todas carecem de evidências fortes, então a ciência despreza – por ora – a ideia que estamos sendo visitados por alienígenas.

      E finalmente, sobre o que as pessoas dizem, sejam oficiais ou não – o ceticismo tem que ser redobrado nesses casos. Pessoas mentem para chamar atenção, mentem para desviar o foco de um determinado assunto, mentem para parecerem superiores, para esconder as suas reais intenções, para obter algum tipo de vantagem. E mesmo as pessoas que não mentem, essas podem se enganar, podem ter alucinações, sonhos, falsas memórias. Então é preciso ter cuidado.

      O resto é wishful thinking, o famoso “eu quero acreditar”.

      • Só uma correção ao seu comentário: Evidências fortes disso tem, e de sobra! O que falta é uma prova incontestável.

        Acredito que a conclusão de que são de outro planeta advém do fato das naves realizarem feitos que são impossíveis com nossa tecnologia atual, como acelerações e freadas bruscas, curvas em cotovelo no céu, e decolagem vertical até sumir no firmamento. Como o padrão mais comum são as naves surgirem nas telas de radar do nada, a tendência é interpretar isso como se elas estivessem vindo de cima. Daí a conclusão que sejam de fora do planeta, mas você tem razão ao dizer que sem uma prova de onde de fato provém essas coisas, não podemos dizer que são extraterrestres, pois talvez eles estejam aqui mesmo, em algum lugar. E neste caso seriam tão terrestres quanto nós. (ou até mais, caso eles estivessem por aqui muito antes de evoluirmos)

      • Concordo com o Philipe: evidencias temos, mas nao temos a vontade dos meios “oficiais” (governo, comunidade cientifica) de reconhecerem as evidencias. Sem isso, poderemos ter os dados que forem, sera como nada. A maioria das pessoas precisa do reconhecimento de uma autoridade, ou da maioria, pra sustentar uma posicao ou ideia.

        Quantos casos em que a policia e até a justiça sabem que o réu é culpado (atraves das evidencias) mas nao consegue juntar as provas necessarias?

        Que uma coisa nao tenha sido provada nao quer dizer que nao exista.

        Mais ou menos o mesmo principio: quem ja nao teve um conhecido cujo companheiro ou filho enganava, e soh ele nao via? E tu te perguntando: o que mais precisa pra pessoa se dar por conta?

        Aih entram as questoes psicologicas, humanas. Certas questoes mexem muito com o ser humano, fica dificil de encarar.

        • Precisamos ver tudo sob a óptica da ciência moderna (os tais ditos “fatos”). Há algum tempo a gente achava que poderia existir planetas orbitando as estrelas, mas só quando criamos a tecnologia necessária para detectar as anomalias que eles causavam na rotação das mesmas, passamos a afirmar “existem outros planetas em outros lugares!”

          Não há dúvida nenhuma que existem um planeta por aí como o nosso, só falta um meio de detectar e permitir que outros façam o mesmo. Aí falaremos: “existem outras Terras”!

          O dia que o S.E.T.I. encontrar algo e apontar como extra-terreno, aí meio mundo vai aceitar o fato de que existem outras civilizações, mas eu ainda prefiro o bom e velho método da nave sobrevoando a Casa Branca, puxando uma enorme faixa: “agora vocês acreditam? :)” #naopresto

          Tirando a piadinha de lado, queria saber qual é o diabo do motivo de se ocultar a existência de ETs. Não tem lógica! (a não ser que esse pessoal que esconda esteja ganhando um por cima… ¬¬’)

          Um super abraço,

          tio .faso

    • Eu tenho a reportagem dessa nave em forma de pirâmide guardada até hoje. Foi um empresário do sul, né? Engraçado, ela parece uma nave chamada “Matanza” que algumas fontes apontam ter sido fabricada pelos nazistas, uma espécie de matadouro flutuante construído para beneficiar carne de gado. E, claro, ir raptando as reses pelos campos. Essa avistada no sul deve ser a original extraterrestre mesmo. E logo no sul, que é cheio de vaquinhas. Muita coinciência, não?

  7. Tenho certeza de que existe vida inteligente em outros planetas afinal por qual motivo nesse universo infinito existiria vida apenas em UM planeta? E com certeza alguns devem vir fazer visitinhas por aqui, sei lá eu o motivo.

    Eles não destruindo o mundo pra mim tá ótimo =p (Apesar que as vezes acho que a humanidade devia recomeçar porque olha… os humanos estão cada vez menos racionais)

  8. Olha, vou ser sincero: creio piamente que o planeta estará nos próximos anos sendo disputado por duas forças – os reptilianos, que mais ou menos já estão aqui há 2.000 anos, desde o tempo dos antigos hebreus que ofereciam sacrifício de sangue para eles porque pensavam que eles eram Deuses. Até hoje a luz das naves reptilianas é vista sobre o altar do sacrifício em Israel, já foi até filmado, você sabe disso.
    Os reptilianos estão exatamente 500 mil anos à nossa frente em tecnologia. Podem viajar a velocidade da luz, pois dominam uma técnica vibracional da matéria que a iguala a frequencia da luz. Assim viajam através do espaço,ou melhor, do tempo-espaço.
    Ocasionalmente saem de algum transe-temporal para busacar sangue e COLÁGENO para suas experiencias de rejuvenescimentoou clonagem genética, algumas vezes para alimentar-se.
    E a outra facção são alguns humanos do nosso provavel futuro, de alguma dimensão espaço-temporal que pode nos contatar antes que as coisas aconteçam. Eles são mestres de uma raça de greys também. Tanto as equipes de humanos do futuro como as de greys tem visitado a Terra em várias épocas, fazendo um upload de informações na mente de alguns humanos (contatados), para nos preparar para um evento próximo – a chegada em massa dos reptilianos.
    As equipes de humanos do futuro inserem informações na mente de pessoas simples e sem muita erudição, cerebros virgens que funcionam como servidores centrais, repassando essas informações em forma de onda que se comunica com os outros humanos. Por isso o mundo está se desenvolvendo tão rápido. Temos que evoluir rápido antes que os reptilianos tomem conta – trocando em miúdos é isso. Eu sou um contatado e minha obrigação é informar. A outra contatada de minha família já não pode fazer isso – ela chegou perto demais dos greys (quando ela me contou pensei que estava brincando com coisas que viu na tv), e MORREU. Causa mortis? Tumor cerebral causado por radiação. E ela nunca precisou ir a um dentista tirar raio X. Os dentes dela eram perfeitos.

  9. Sempre que alguém de tal envergadura social comenta o fato fico com o pé atrás, afinal, ele está ganhando dinheiro com esta história? recebendo por palestras, livros, alguma coisa assim?

  10. Boa Noite Philipe e galera que comenta os posts.
    Já tinha lido esse artigo sobre ovnis e verdades que os governos volta e meia deixamvazar.
    Tava de tempo hoje e entrei em uma comunidade do orkut sobre parapsicologia, para estudar e conhecer um pouco mais, de maneira meramente curiosa. E achei interessante, além dos relatos que volta e meia aparecem no fórum, sobre A confederação intergalática por ex., que de certo modo é bem criado e tem uma história com boa cronologia (mas o cara afirmar que é real e comprovável, me faz “trincar” de rir)
    http://www.orkut.com.br/Main#CommMsgs?cmm=29244&tid=5469340448787946068&start=1
    Agora a questão, é sobre um novo filme que está para ser publicado no mês de Abril, mais exatamente na próxima Páscoa, que defende Jesus com sendo de origem extraterrestre:
    http://www.youtube.com/watch?v=6NWHlXwDNQ0
    Acho que dava para escrever um post, sobre a polêmica que o filme anda causando, bem antes do seu lançamento, seja por cépticos ou por religiosos tradicionalistas .
    Fica a dica 😉
    P.s,Me faz lembrar a estréia de Código Da Vinci, e Paixão de Cristo onde umas 3 religiosas desmaiaram e não conseguiram assistir até o final a película.

    • Falar de religião sempre da uma polêmica danada. Isso porque as pessoas se sentem feridas em algo que é vital pra elas. Mas tem coisas que simplesmente não dá pra entender a polêmica. As viagens do codigo DaVinci em momento algum afetam o aspecto divino da questão jesuítica. Simplesmente não dá pra entender certas reações.
      Igual quando eu fiz um post chamado “Deus este eminente assassino”. Onde eu simplesmente listei as vezes em que Deus matou gente na Bíblia. Não fui eu que disse. Tá lá na Bíblia. Qualquer um abre e lê. Ele matou GERAL. Mas os caras ficaram, putos porque eu disse que Ele era assassino. Mas quem mata é o que? Criador?
      Os religisos podem ficar putos quando alguém diz que Jesus era extra-terrestre? NÃO! Por que? Porque é justamente ISSO que as religiões cristãs alegam, porra.
      Ele não nasceu da vontade de Deus? Ele não é terreno. Ele mesmo diz que o reino do pai dele é no céu, logo, fora da Terra. Jesus diz que não é deste mundo, e não pode-se dizer que ele é extra-terrestre? Como que pode?
      O problema é que as pessoas acham que extra-terrestre é alienígena, quando na verdade é apenas de fora do planeta.
      Eu acho engraçado essa discussão de cristo humano/divino/extraterrestre quando há uma outra discussão em que Jesus nem sequer existe pra muita gente.
      Mas é como eu digo, as pessoas devem ter o direito de acreditar no que mais lhes aprouver. Seja Jesus, Confucio, Tupã, Força Jedi, Rá, Buda ou o Monstro do espaguete.

  11. Só pra constar em relação ao comentário do Sananda lá em cima: ontem ouve um pequeno tremor de terra sentido em Caxias do Sul. E aí Sananda, pode dizer mais alguma coisa???

  12. O assunto é sério, pessoal!. E galera, gente fina daqui do blog. a verdade é que já estava na hora dos governantes assumir a seriedade do assunto publicamente e parar de ficar fazendo joguinho de conspiração, terrorismo disfarçado, etc. Ta na hora de encarar o assunto e discutir com as pessoas, até mesmo porque a hora que se fizer necessário vão ter que contar com apoio e a cooperação da humanidade de um mode geral, amplo e irrestrito! QUERO VER A HORA EM QUE O CIRCO PEGAR FOGO, NEGUINHO VIR PEDIR ARREGO PARA A POPULAÇÃO!

  13. Por que lá no fundo eles ficam explorando o povo, o tempo todo, quando fazem esses projetos mirabolantes. viagem na lua, expedição e envio de veiculo a marte. Porque então eles querem explorar o espaço? Gastando somas astronomicas?

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

shares