Estranhas mutações e imagens grotescas

Eu queria que todo mundo fosse normal fisicamente. Mas isso não é possível. Aqui no Mundo Gump já vimos pessoas peludas, pessoas azuis, animais com sete pernas e com duas ou mais cabeças.
O ser humano não está fora deste grupo.

Para começar bem o dia aqui está uma notícia com video embutido mostrando a pessoa com o maior tumor na cara que se tem notícia.
Não recomendo para pessoas fracas e sujeitas a desmaios.
Trata-se da história de um homem chinês que tinha um tumor com mais de 20 kg na face.

A segunda notícia grotesca do dia é a do cara que tem a maior mão do mundo.
Curiosamente, ele também é chinês. A doença é rara e se chama macrodactilia. Lui Hua é o nome do cara que tem o dedo tão gigantesco que necessitou de um mutirão de 20 cirurgiões plásticos numa cirurgia histórica que levou sete horas ininterruptas para reduzir a mão do cara a proporções mais aceitáveis. A cirurgia só foi possível porque nos últimos anos o crescimento dos dedos de Lui estabilizou. Já está marcada uma nova cirurgia-mutirão para dar continuidade ao trabalho.
fonte

Mais uma da China. A menina que tem o maior pé do mundo é Shen XiaoJing. Olha só o naipe do pezinho da garota.

O pé direito de Shen mede 32 centímetros de comprimento por 12 centímetros de largura. Nem a Vovó Mafalda calça um sapato assim.
O esquerdo mede 30 por 11 cm. O dedão é respeitável, com 11 centímetros de largura.
Por toda sua vida, Shen usou sapatos feitos sob medida pela sua mãe. Agora que está na idade de casar o problema da garota está em achar alguém, já que todos os caras fogem correndo quando vêem o pézinho gigante da garota.
Ela devia tentar arrumar um cara no japão. Como diz o ditado, lá “sempre tem um bizarro velho para um pé mutante”.
Fonte

Adivinha da onde vem o bebê com três braços? Isso mesmo, da China. Lá nasceu Jie-Jie. Um piá com três braços. Um deles não parece funcionar direito. O bebê chora quando este braço é tocado. O bebê nasceu sem um dos rins. Os médicos planejam retirar o braço estepe do garoto numa cirurgia.

Pra não dizerem que eu estou de marcação com os Chineses, aqui está o bebê mais estranho do mundo, que nasceu no nepal. Ele é tão estranho que suspeitou-se de ser um cruzamento extraterreno-humano.O bebê chamado apenas de “bebê bizarro” nasceu em Charikot com 2k de peso! A cabeça saindo direto dos ombros e com uma cara que mais parece de sapo do que de gente. Isso era ressaltado pelos gigantes globos oculares. Ele nasceu do casal Nir Bahadur Karki e Suntali Karki no Hospital Gaurishnkar. O bebê morreu após meia hora de nascido. A notícia do bebê semi-alien correu pelo nepal, levando a uma enorme multidão de curiosos cercar o hospital. A polícia foi chamada para tentar conter a multidão.
Fonte

O bebê cíclope, como foi chamado nasceu na ìndia. Ele é portador de uma doença cromossomial rara chamada ciclopia.
Os médicos suspeitam que o bebê tenha nascido assim em função do uso de um medicamento para conter o câncer que a mãe teria tomado na gravidez.
Fonte

De um ponto de vista otimista, nascer com um olho só ainda é melhor que nascer sem nenhum, como aconteceu com este vietnamita. Há fortes suspeitas que a contaminação por agente laranja tenha gerado milhares de deformações e defeitos congênitos de todos os tipos no Vietnã.

No Brasil também surgem casos sinistros envolvendo nascimento com má formação fetal. Um dos mais estranhos que se tem notícia foi do bebê que nasceu numa calçada. Ao realizar o parto de emergência numa indígena, os dois policiais não estavam preparados para dar de cara com um bebê sem nariz e com uma tromba na testa. Onde deveriam estar os olhos havia apenas um buraco. Numa das mãos do bebê havia sete dedos.
Fonte

De fato, existem doenças dos mais variados tipos. Algumas érias, outras nem tanto. Uma bem rara e estranha é a “Síndrome do boneco da Michelin”. Acredite ou não, este é mesmo o nome popular da doença, que gera um efeito parecido com aquele da racça de cães sharpei, onde a criança com suas dobrinhas naturais vem de fábrica com MUITAS dobrinhas extras.
Leia mais sobre esta doença tão rara que até hoje só dois casos foram descobertos.

Artigos relacionados

75 Comentários

Compartilhe suas ideias