Energia grátis e moto-contínuo: Argentinos fazem motor magnético

Há um bom tempo eu postei aqui o caso do motor magnético. Se não me falha a memória, na primeira vez que falei dele aqui foi num artigo em que dizia que um proeminente pesquisador do MIT estava estudando um motor desenvolvido por um cidadão americano, que nas horas vagas fabricou, na própria garagem algo que a ciência tradicional sempre nos disse que era impossível: Um moto-contínuo.

O moto-contínuo é basicamente um motor que funciona para sempre, produzindo sua própria energia necessária para funcionar. De fato, este tipo de coisa vem sendo perseguida por muitos ao longo dos séculos, e ao que se sabe, até agora ninguém conseguiu fazer este sonho virar realidade. Os céticos troçam de todos os homens que em seu misto de sonho, idealismo, ambição e obviamente uma boa dose de inocência, se lançam em busca de obter seus próprios moto-c0ntínuos. Como se trata de algo que desafia completamente os preceitos mais básicos da lei da conservação de energia, é óbvio que muita gente -com razão – desconfia quando surgem os que dizem ter conseguido.

Um tempo depois que publiquei este post  sobre o cara do MIT e a tal maquina escalafobética, surgiu outro post onde uns cientistas (um deles é brasileiro inclusive) faz funcionar o motor inventado por um cientista turco, e ainda desmonta uma dessas maquinas na frente de uma junta de professores de Física, da Universidade de Delft na Holanda.

Logicamente houve quem torcesse o nariz para aquele video, supondo que seria uma fraude. Em vista da duvida (que tb foi minha) se era um video real ou uma farsa, eu pessoalmente, entrei em contato com o professor que demonstra a maquina. Precisei dar uma de detetive para achar o email dele, mas pra meu espanto, ele me respondeu e confirmou o video, a maquina, o experimento e ainda por cima que ela realmente gera energia grátis!

Comecei a levar mais fé quando isso aconteceu. Até o presente momento, eu devo confessar, ainda não estou seguro se realmente essas maquinas são moto-contínuos como seus inventores alegam ser, mas é preciso reconhecer que a ciência não é uma coisa morta. Ao contrário, ela é viva, feitas de novas duvidas e descobertas a cada dia. Se entubarmos a máxima de que “um moto contínuo não pode existir” porque ele desafia uma lei da Física, estamos nos inclinando perigosamente para que uma “lei” se torne um “dogma”. É possível que haja alguma propriedade ainda pouco conhecida do magnetismo operando ali? Eu penso que sim, mas há que duvide.

Minha opinião pessoal é a de quem já viu e fez em casa um objeto mais pesado que o ar levitar. Há séculos atrás isso seria considerado bruxaria, mas hoje sabe-se que um supercondutor levita porque uma propriedade magnética rara opera ali. Achar que nossa ciência atingiu o ponto final de seu conhecimento sobre toda a natureza é uma sonora estupidez que contradiz a máxima  socrática mais verdadeira quando se trata de ciência:

Só sei que nada sei.”

É claro que temos que dar a mão à palmatória no que concerne a hipótese desses engenhos serem simples motores de altíssimo aproveitamento. Ainda sim, é algo excepcional.

De qualquer forma, aqui está o motor magnético argentino. Veja ele funcionando com seus próprios olhos.

Tudo leva a crer que a experiência argentina seja compatível estruturalmente ao motor magnético exibido na Holanda. Em teoria, isso poderia indicar que realmente o negócio funciona e outro grupo de pesquisa independente conseguiu construir o mesmo motor.
Mas o que dizer de maquinas capazes de gerar energia elétrica do nada? Seriam os famosos geradores de estado sólido. Há quem pense que isso é coisa de Star Trek. Mas não é o que pensam e alegam caras como este aqui:

exibindocomponentes Energia grátis? Conheça o gerador de fluxo EER

Este aí em cima é um gerador de fluxo EER que retira energia do nada (ou de algum lugar que nem faço ideia de onde. Só sei que eles dizem que não é de baterias e nem da rede elétrica).

 

Se isso for mesmo verdade, temos aqui algo que poderia mudar a matriz energética planetária rapidamente… Ou não. Há gigantescos interesses em jogo aqui. Seria muita inocência acreditar que grupos enormes ligados a matriz energética vigente na atualidade iriam gostar de um motor que tira energia do nada ou sabe-se la de onde de forma grátis.

Pra quem vender o àlcool? E a Gasolina? E o Diesel? E pior, como garantir o leitinho dos filhos dos caras que trabalham na Light?
O sonho da energia grátis não é novo. Foi este sonho que contribuiu efetivamente para o gênio Nikola Tesla terminar sua vida na pobreza. O cara que inventou o radio, a corrente alternada, a luz fluorescente e mais um monte de coisas dizia que um dia a energia elétrica poderia ser grátis e acessível a todos que precisassem dela. Tesla foi um gênio no campo da energia elétrica, mas sua maior burrice foi dar as costas ao lado mais perverso do ser humano: A cobiça.
Seja isso verdade ou não, aqui está algo curioso para debater numa mesa de bar. Penso que manter o ceticismo é bom nessas horas de alegações extraordinárias. Há sempre a possibilidade de que tudo acabe se tratando de erros de interpretação ou meros engodos para obter dinheiro dos trouxas.

De qualquer forma, acho admirável que os argentinos tenham se juntado aos norte americanos, russos, japoneses, holandeses e até turcos na busca por um motor magnético. Enquanto isso, a gente segue vendo BBB, rebolando no carnaval e dançando com o Michel Teló.

Energia grátis e moto-contínuo: Argentinos fazem motor magnético
fonte

Related Post

101 comentários em “Energia grátis e moto-contínuo: Argentinos fazem motor magnético”

  1. UHAUHAAUHAUHAUHAUHAUH Essa imagem no final me assustou!

    Mas cara, será que no Brasil não tem ninguém penso nisso?As vezes eu penso que as empresas de energia, na verdade são fraudes, eles tiram energias de geradores EER e usam “eólica” e “termoeletrica” só como descupinha barata!

  2. Infelizmente no Brasil, só tem pessoas escrotas e ignorantes, muitas delas acomodadas com a boa vida e futilidade que nem abrem mais os olhos para novos horizontes como esse…

    Porém, ainda há quem pense nisso, que pense no melhor, mas, para isso precisaríamos juntar esse punhado de povos em prol de um ideal de futuro melhor não acha?

    • Discordo de você, Dark_seraphic. O Brasil ta repleto de caras inteligentes e geniais. Infelizmente a cada dia, perdemos muitos deles para outros países. Diversos amigos meus picaram a mula numa dessas. O problema aqui é que realmente tem uma massa lamentavelmente mantida num esquema de boiada, servindo para financiar certos interesses privados, enquanto que o dinheiro publico que poderia ser usado para educação, ciência, pesquisa e desenvolvimento, entra ano e sai ano acaba CONTINGENCIADO para fazer superavit primário, enquanto a cada ano o governo bate recordes sucessivos de arrecadação tributária.  Tendo em vista a miséria intelectual que está sendo produzida intencionalmente, era para o povo já estar se reunindo com tochas e facões para mudar isso, mas ao contrário, o povo brasileiro perdeu há muito sua capacidade de mobilização em prol de seus interesses. O Brasileiro espera um salvador que venha fazer isso pra ele. Um salvador que nunca virá, e enquanto espera, se mobiliza para sambar, para dançar atras do trio elétrico, para ver jogo de futebol… Isso porque lamentavelmente, o que resta para a massa, é a alienação. Eles não são os culpados, eles são as vítimas.

      •  concordo totalmente, Philipe. Cada palavra. Por isso que gosto do povo argentino, quando eles se enfurecem…. sai da frente. Nikola Tesla certa vez ofereceu à uma pessoa que lidava com energia elétrica a possibilidade de que cada pessoa no mundo pudesse fazer algo semelhante a fincar uma vara de metal no chão e ter energia de graça. a pessoa a quem ele disse isso perguntou: energia livre? sem possibilidades de controle do governo? E ele respondeu que sim. a pessoa apenas lhe disse: um dia nós te procuraremos. Nem precisa dizer que isso nunca aconteceu…. os grandes que comandam os setores de energia não aceitariam isso, iria ser um caos para eles. Não sei até onde esta história é verdade ou mentira, alguns chamam Tesla de exemplo de “doc brown” (cientista louco), mas eu acho a história dele muito interessante. Quando ao futebol e etc., olha, vou te contar uma coisa: nunca vi um bbb, detesto futebol e não tenho a menor idéia de quem seja michel teló. bbb eu já até disse no meu facebook, acho que é a maior bobagem já colocada na tela da televisão. tenho pena de quem vê, é pura perda de tempo que podia estar sendo empregado em algo produtivo. futebol, olha: nos anos 80 já fui ver muito o jogo do flamengo no maracanã mas sem muita noção de nada, levado na “onda” mesmo, indo com os colegas. Hoje em dia não vejo, para mim é outra bobagem ver 22 homens correndo atrás duma bola. primeiro porque eles ganham uma nota, e eu não ganho nada nem ganharei. segundo porque se fossem mulheres de fio dental até eu veria (risos) mas ver uma pá de machos, sai fora meu, que programa ridículo. eu gosto de ver é aquelas ginastas saradas da ginástica olímpica, aquilo sim que dá gosto de olhar, aquelas gatinhas lindas baixinhas e maravilhosas! futebol vejo chorando o brasil na copa do mundo, é algo mesmo que não me interessa, nunca interessou.  nada contra quem goste destas coisas. prefiro correr atrás e estudar para não terminar minha vida com uma mão na frente e outra atrás. o que vale é estudar e melhorar de vida,  aí sim, depois de “estar podendo”, curtir as delícias da vida e jogar o tempo fora. eu pessoalmente jogaria meu tempo fora conhecendo outras culturas, outros países. carnaval nem preciso falar mais do que já falo. o carnaval é feito pro povão esquecer que suas vidinhas são uma m……., e com isso, continuam como umas vaquinhas de presépio elegendo políticos salafrários que se perpetuam no poder graças a esse povinho burro e ignorante que vota em tiriricas da vida. e assim um gabinete de um deputado federa vai ganhando mais de 130 mil reais por mês e vai botando na rabeta deste povão que não se manca. os políticos brasileiros são os mais caros do planeta, já li algo do tipo na revista veja (ou isto é, não lembro). uma vergonha. mas deixa eu parar por aqui… valeu Philipe, seus posts continuam dez cara!

    • dark_seraphic voce tem toda razão, sempre falei e sempre vou falar o brasileiro tem a memoria muito, curta ,curta, curta, curda,curta demais……

      abração

  3. Por isto que os Argentinos são sempre representantes unitários na America do Sul em filmes americanos.

    Será que no futuro se conservarmos essa nova descoberta e aperfeiçoarmos essa nova tecnologia poderemos criar a tão famosa ”Nave Geracional ” e viajarmos pelo universo ? 

  4. fantástico!
    O bom de nossa época, é que diferente da época de Tesla, conseguimos divulgar nosso material ANTES de qualquer abordagem comercial, portanto já sabemos que existe, que é possível e que tem gente trabalhando no assunto. Agora é difundir para ver onde vai dar.

    •  Concordo, no entanto, eu penso que a difusão deste conhecimento deveria partir dos criadores da maquina. Eles dizem que desejam essa difusão do conhecimento, mas sem detalhar o projeto para que qualquer um possa fabricar em casa o seu, eles estão apenas querendo publicidade gratuita. Aparentemente, este é o estado permanente das inovações nesta áera. Pequenas e soturnas demonstrações, videos de youtube (que são altamente fraudáveis) e eternas alegações de que não podem liberar os projetos por questões de patentes, royalties, etc.
      Como sempre dizem os céticos, alegações sensacionais exigem comprovações igualmente sensacionais. Sem isso, o impacto de um negocio desses não vai muito além do depoimento de alguém que diz ter visto o “pé grande” ou “aliens cabeçudos no jardim”.

      • Concordo totalmente.
        Parece que não percebem, que se não fizerem como os pioneiros das grandes evoluções tecnológicas, vão morrer na praia. É muito egoismo.
        E não só egoismo por não liberar para as pessoas fazerem nas suas casas, egoismo de não mover palitos para que pelo menos seja vendido como produto. Por mais maravilhosa que seja essa fonte de energia, não irá ameaçar os mercados atuais de energia tão cedo. Será um processo longo.

      • E tem um outro porém nisso tudo: a verdade é que tem muita coisa revolucionária prontinha pra ser lançada ao grande público, mas as grandes empresas ao invés de lançar de uma vez e dar um salto tecnológico (e de repente, até mesmo social), preferem lançar produtos inferiores, para garantir uma boa quantidade de investimento dos consumidores por mais tempo.
        O pensamento dos big players é esse:
        “Pra que eu vou lançar um carro movido a energia se existe tanto a se explorar em carros movidos a petróleo?” OU “Por que vou cobrar 1 centavo por SMS como é feito no exterior se posso cobrar 50 centavos e as pessoas usam numa boa aqui no Brasil?”

  5. Escuta Felipe estou a muito tempo vendo seu site e eu queria ajudar nos contos vi que tem muitos contos mas e que eu já li todos e deu uma de ‘Quero mais ‘ e então eu queria te ajudar  o esquema e o seguinte : 

    Eu fasso o conto tipo ”Zumbi ” err  ”O caçador ” tal e mando pra ti você só posta se responder manda o Email 
     
    OBs: Veja que não fiz nenhum erro ortográfico 

    •  Faço é com “ç”.
      Agradeço sua iniciativa e interesse em ajudar com os contos, mas o blog não esta aberto a este grau de participação dos leitores ainda.

  6. Acho que por mais que a “mafia” dos combustíveis tente abafar a “energia grátis para todos”, um dia todo mundo terá uma impressora de prototipagem, e com algum conhecimento básico de eletrônica, qualquer um poderá construir um motor desses no quintal de casa.

    Eu acho que a internet está tão “indomada” quando se refere a transmissão de conhecimento, principalmente conhecimento que os “grandes” não querem que obtenhamos, como energia livre, falcatruas governamentais e até mesmo ovnis, que é por isso que está começando a pipocar PIPA pra lá, SOPA pra cá… e acredito que vem muito mais por aí.

    •  Eu sou meio pessimista com relação a essas possibilidades, mas acredito que em pouco tempo haverá fóruns dedicados a este assunto com plantas e projetos para interessados tentarem fazer os seus.

      • também acredito nisso. CrowdSourcing está aí para isso! Hoje algumas coisas bem interessantes já estão sendo feitas nesse sentido de “desenvolvimento em comunidade”. Uma hora alguns bons cientistas e pesquisadores independentes vão botar a pica na mesa e fazer coisas grandes. É possível fazer coisas grandes com extorso mútuo e focado (vide Anonimous), só falta mesmo a iniciativa individual (ou pensamento coletivo)

  7. Nossa acho que nunca li tanta bobagem na minha vida; Sem desrespeito com a opinião de ninguém por aqui, ainda mais por que eu gosto desse site, mas é ÓBVIO que não há como gerar energia do nada. Máquinas Moto-perpetuas não existiram e nunca existirão.

    Só para desbancar o segundo vídeo, que foi o que eu tive paciência de assistir, aos 2:50 min de filme ele claramente liga um interruptor na parte de trás da “máquina”. 

    Não estou falando que não tenham máquinas que “aparentemente” pegam energia do nada. Existem máquinas que pegam energia do vento, por reações químicas, mesmo reatores nucleares. Nenhuma delas nunca será Moto-perpétua. A energia do vento não é infinita, as reações químicas se esgotam e os átomos se acabam. Além disso, temos a ENTROPIA, que é toda a energia que é gasta de modos que nunca mais poderá ser utilizada. P.E.: Atrito, som;

    Só meus pensamentos. Não glorifiquem falsos cientistas; Dêem valor aos que temos aqui no Brasil, pois pelo menos não tentam essas fraudes.

    • Marcelo algumas pessoas já disseram com mais convicção que você que o homem jamais poderia fazer uma maquina capaz de voar. Olha aí o que temos hoje… Aviões, helicópteros, ultraleves e um sem numero de engenhos que fazem isso. De fato, como eu DISSE NO TEXTO, é possível que se tratem de equipamentos de alta eficiência e não de moto-contínuos.

      Outra coisa, o cara não ligou nenhum interruotor no segundo video, ele girou um elemento manualmente. A explicação para isso é que a maquina não inicia seu funcionamento passivamente. É necessário que os elementos do motor estejam girando para que o efeito eletromagnetico projetado possa ocorrer.
      Eu acho que você, antes de comentar, devia pelo menos ter visto todos os videos que me dei ao trabalho de postar, ja que no primeiro, os caras DESMONTAM a maquina na frente de doutores em física e nunguém aponta uma falha ou artimanha sequer. E como eu disse no texto, fui atras do cara, descobri quem ele é e falei com ele e não é um falso cientista, e pra completar, ele é daqui!

      • Philipe, tudo bem, podem ser equipamentos de alta eficiência, mas o segundo vídeo é uma fraude. Ele liga o interruptor com a outra mão, que a propósito ele nunca mostra aquele lado da máquina.Agora eu assisti o primeiro vídeo, e tem tanto espaço para bateria naquela máquina que sim, é claro que fico cético.

        Eu tenho a mente aberta, acredite; O homem já é capaz até de transportar átomos, quebrar átomos, descobriram o comportamento INCRÍVEL do elétrom (Cópia de Spins), e logo logo (Ainda no nosso tempo de vida) veremos processadores fazendo cálculos à base de LUZ. Realmente, tudo é possível. PORÉM, o que eu estou AFIRMANDO é que não há como existir máquinas MOTO-PERPÉTUAS, por definição.

        Temos que para ser moto-perpétuas, a máquina teria que se auto-sustentar. No caso de um motor elétrico, toda a energia gasta nos eletroímas teria que voltar à eles. Isso é IMPOSSÍVEL. Sempre haverá atrito, som, etc dissipando uma parte da energia, até que não sobre nada. Mesmo no vácuo, onde não haveria som, haveria atrito. Para qualquer tipo de máquina.

        Agora sobre o comportamento magnético, SUPONDO que a primeira máquina realmente está “gerando” energia, essa energia está vindo dos ímãs, e aos poucos acabando com as propriedades magnéticas deles. Simples.

        A propósito, parabéns pelo site. Ótimo trabalho que você faz aqui.

        •  Você parte do principio que é impossivel segundo leis fisicas pre-estabelecidas. Agora dizer que é impossivel vai até contra o principio cientifico de pesquisa. O primeiro passo rumo a descoberta, ao progresso é deixar o PRE-conceito de lado  é considerar possibilidades. Foi assim com diversos inventos. Basta ver o quanto a fisica quantica é absurda e tem evoluida, muitos poderiam considera-la como absurda e de pressupostos impossiveis. 

  8. A explicação do porquê essa máquina não funciona é simples: os ímãs se desmagnetizam e para recarregá-los gasta-se 25 vezes mais energia do que a produzida (para se obter hidrogênio da água gasta-se “apenas” 3 vezes a energia gerada). Se pesquisarmos no YouTube, existem experimentos que fazem essa máquina com um disco vinil velho e uns ímãs toscos. 
    Para criarmos um moto-perpétuo, os ímãs não devem produzir trabalho no mesmo sentido do movimento, conforme é explicado neste texto:
    http://bonow.blogspot.com/2012/02/para-que-existe-o-calor-latente.html
    As únicas máquinas viáveis que conheço, estão expostas nesta explanação. 

  9. eu sempre achei que o caminho para o moto-perpétuo seria o eletromagnetismo. o ser humano ainda vai chegar lá – se é que já não chegou. AH Philipe: eu tenho um livro sobre este assunto (moto-perpétuo), li achei legal. Comprei no site estantevirtual. Quando tiver uma chance, vou digitalizar se quiser e te repassar o link. Para terminar, queria dizer que suas respostas são ótimas Philipe, à altura dos posts interessantes que você coleta pela rede e outros meios e gentimente compartilha estas notícias e assuntos conosco. um abração – não esqueci do seu livro, gostaria muito de comprar seu livro assinado por você amigo. dia 20 devo receber uma grana e aí terei meu terceiro livro de amigo, já que guardo com cuidado livro de dois amigos escritores. abraços!

  10. Engraçado, eu tive uma idéia parecida com isso no meu curso de eletrônica, mas o professor disse que o aproveitamento da energia seria muito  baixo, entao acabei nem dando bola..

    O X dessa questão é que a prórpria gravidade ajuda a equilibrar a conta e gerar energia “infinita”..

    Imagine que você tenha 2 imas,  1 no chao e outro que fica subindo e descendo.. a força pra subir é feita pelo magnetismo dos polos (se vc tiver 2 positivos, por exemplo, em um super ima jogaria o outro longe) e a “queda” é feita com a inversão do polo + gravidade, entao vc teria esse movimento infinitamente…

    é +/- o q eles fazem ali, a diferença é q usa um rotor e um estator, mais imãs e movimento de torque em vez do “sobe e desce”.. bem bacana!

    []’s

  11. Uma coisa que nos é dito, é que os ímãs permanentes não pode fazer qualquer trabalho. Mentira! eles podem.
     
    Aqui vai:
     
    http://free-energy-info.co.uk/Chapter1.pdf
     
    http://free-energy-info.co.uk/Chapter2.pdf
     
    http://free-energy-info.co.uk/Chapter3.pdf
     
    http://free-energy-info.co.uk/Chapter5.pdf
     
    http://free-energy-info.co.uk/Chapter6.pdf
     
    http://free-energy-info.co.uk/Chapter7.pdf
     
    http://free-energy-info.co.uk/Chapter8.pdf
     
    http://free-energy-info.co.uk/Chapter9.pdf
     
    http://free-energy-info.co.uk/Chapter10.pdf
     
    http://free-energy-info.co.uk/Chapter11.pdf
     
    http://free-energy-info.co.uk/Chapter12.pdf
     
    http://free-energy-info.co.uk/Chapter13.pdf
     
    http://free-energy-info.co.uk/Chapter14.pdf
     
    http://free-energy-info.co.uk/Chapter15.pdf
     
    http://free-energy-info.co.uk/Chapter16.pdf
     

    Mais esquemas no site:  http://www.free-energy-info.com/
     
     
    REPASSEM!
     
     

  12. Philipe, a idéia do maglev é do seu pai, Eduardo David? Depois de 2009 toda a publicação sobre o tema some, isso é vergonhoso para o país. A COPPE estipulou que iria funcionar da cidade universitária até o aeroporto até 2010. Eu acompanho de longe e torço para que essa tecnologia que é pioneira no Brasil possa chegar a vida cotidiana da população brasileira. É ultrajante o que fazem com a população brasileira, que além de não ter alternativas de transporte, são tratados como criminosos (porque quem merece conviver com bomba de gás é tido como desordeiro). Abraço

  13. Sobre o equipamento que tira energia do “nada”, vi por aí uns que funcionam captando ondas eletromagnéticas, por exemplo ondas rádio. A potência não impressiona nada, mas sabe se lá como seria em grande escala.

    • Esse da caixinha amarela parece que é meio por aí, mas a potência é impressionante, ja que no video os caras ligam três refletores incandecentes na caixa. Quando o cara liga, o aparelho precisa primeiro pegar o “valor de frequencia da Terra”. Eu não tenho conhecimento para dizer se isso é verdade ou não. Até achei a explicação, mas confesso que não tendi quase nada além do fato de que o cara esta usando uma propriedade só recentemente descoberta em alguns materiais compósitos, onde sua frequência vibracional se dá num spin inverso. Para fazer a placa que esta dentro da caixa, ela precisa passar por um trabalhoso processo de construção com uma cobertura de folha de bismuto. É bem doido o bagulho. Mesmo que não pudesse ser usado para fabricar uma usina, seria bem maneiro ter algo assim para um acampamento.

  14. Adoro essas materias suas Felipe e também tenho a mesma opinião que não podemos ser dogmaticos. Dogmatismo é coisa de religião que não promove o livre pensamento e duvida, um cientista que se prese, que ame ciência jamais deveria ser dogmatico ou considerar algo como impossivel, tudo deve residir no campo das possibilidades, se certos genios não tivessem pensado assim, que não existe nada impossivel, não teriamos tantos inventos como temos hoje. E como vi numa resposta sua ai, pena que não há mais divulgação por parte desses cientistas, seria excelente ver isso sendo mais debatido.
    Agora alegações extraordinárias exigem provas extraordinárias então eles tem que fazer valer e não apenas fazer poucas demonstrações e ficar escondendo o jogo, perde eles, perde a humanidade com um invento fantásticos desses. E para aqueles que dizem que não se pode gerar energia do nada, saibam que em si, o proprio vácuo, vazio, sem nada, tem energia em potencial, onde energia, particulas, surgem do nada, algo impensável a 100, 200 anos atrás.

  15. Tem uma frase numa música da banda “Boato” que diz: “Só o impossível acontece. O possível apenas se repete”.

    E tem uma frase atribuída a Jean Cocteau: “Não sabendo que era impossível, foi lá e fez.” mas acho que é de outro cara. Mesmo assim a frase é ótima.

    Enfim, aproveito o papo sobre geração de energia “do nada” pra indicar um livro sensacional de Isaac Asimov chamado “Despertar dos Deuses” (The Gods Themselves). É meio difícil de encontrar, mas se achar em um sebo, compre sem pensar duas vezes!

  16. Apos ler o finalzinho do seu post eu só pude pensar: “incrivél mesmo seria se conseguissemos produzir energia gratis e limpa com “ai se eu te pego”!”

  17. interessante alguem dizer que quem inventou o motor magnético acreditava sinceramente que tinha descoberto o moto-contínuo (que não existe mesmo, pelo menos, segundo o que sabemos de física atualmente; acredito que nunca existirá tal coisa mas, não fico gastando meu tempo duvidando ou acreditando sem provas sem que eu mesmo refaça o experimento)… se o inventor disse, se enganou acerca de seu invento porque o motor magnético (por melhor que seja seu aproveitamento na conversão eletromagnetomecânica) perde com o tempo de operação seu potencial inicial de forma não renovável (entropia); nada que uma boa recarga por magnetização elétrica não consiga restaurar, aí vai ter que arranjar energia de algum lugar porque por mais que eu utilize a corrente circulante do no estator pra carregar uma bateria (o que alguns sonhadores desavisados ou simplesmente difamadores da invenção alheia poderiam chamar de motocontínuo) sempre existem perdas (entropia de novo) no processo de recarga, fora o que a corrente obrigatoriamente 
    retificada seria sempre decrescente com o passar do tempo; ninguém pode tomar o outro por burro só porque não entendeu a invenção alheia (neste caso, boa pra caramba e capaz de tirar-nos da escassez energética e da situação crítica de poluição ambiental pelos combustíveis fósseis); é como se eu, sendo cego, chamasse de burro alguém com visão normal que dissesse que enxerga sete cores uma vez que eu tentei imaginar o ponto de vista dele e só imaginei, no máximo, a existência do preto e do branco.

  18. Sim, tenho certeza, que podemos, transformar energia de footons da luz, sem qualquer ligação, com máquinas, que supostamente o homem construiu, eu tenho a disposição do planeta, uma tecnologia capaz de neutralizar as Radiações Eletromagnéticas não Ionizantes, geradas por qualquer tipo de  energia em movimento, em sistemas de combustão reduzir acima de 35% a geração dos gases GEE, posso realizar demonstração em qualquer lugar do plantes via Internet.   Valmeron BRCEM é o nome da tecnologia.

  19. Vivemos uma ditadura militar, declarada… Agora uma ditadura mascarada, a ditadura energética. É óbvio que esta tecnologia era para ser divulgada a muito tempo com as descobertas e princípios de Tesla… Mas o ser humano merece, por ser medíocre e somente pensar em si mesmo.

  20. Eu gostaria de saber como faz esse motor párar!!! Pq todo mundo tá achando o máximo, mas eu não vi como desliga….se é um moto continuo, ele nunca deveria párar, certo?…Desculpe a ignorancia, não entendo nada de fisica e nem engenharia….so tenho curiosidade

  21. eu pensei no motor-magnético há muito tempo, é tão simples e sou adolescente de 13 anos, só pode ter 3 explicações: o mundo inteiro não é muito inteligente ou o motor magnético tem algum erro ou as empresas de energia são uma farça.

  22. a diferença é que eles usam movimento de fluidos por alteração de polaridade magnética, vem sempre na terra retirar minério para uso próprio, mas quem acredita nisso? ja fui muito humilhado , chamado de mentiroso e louco, então quem quizer se divirta com meus comentários e quem quizer aprenda…

  23. O moto contínuo não só é possível como também já existem projetos sérios convergindo para isso, a grande indústria, nos quer dependentes de sua energia, remédios e circo. O povão, gado controlado pelo governo nem sabe, mas é abatido todo ano…

  24. SÓ SEI QUE NADA SEI!
    Adoro essa máxima. Existem, energias,forças, leis da física, ou como voce quiser chamá-lo(as) qua ainda são desconhecidos para nós mortais ou meros terráquios ai espalhados pelo universo a espera de algum descobridor, (mas que já estão sendo utilizados pelos”ETS’). AINDA VAI chegar a hora que o homem, até por necessidade de evitar alguma catóstrofe, vai aceitar fazer coisas sem vizar valores monetários. Esquemas gratuitos já existem para muitas coisas (ocultados é verdade) mas é SÓ UMA QUESTÃO DE TEMPO! HÁ MAIS MISTÉRIOS ENTRE O CÉU E A TERRA DO JULGA NOSSA VÃ FILOZOFIA!

  25. Não esqueçamos que a máxima da tecnologia é: “Tudo que o homem pensa ele pode construir”. Entendo que as pesquisas mundiais estão avançadas em captar energia no menor tempo possível e liberá-la (utilizá-la) no maior tempo e eficiência esperados. Isto é fato. Portanto, independente das leis da Física e Termodinâmica serem derrubadas com a possibilidade do “perpetuum mobile”, haverá de acontecer. Contudo, antes disto, veremos a fácil captação de energia, quem sabe ainda desconhecidas, com modelos viáveis, que suprirá a nossa demanda, a isto chamamos de “aprimoramento das descobertas” científicas. Lembremos que para Demócrito e posteriormente a ideia retomada por Dalton o átomo era considerado indivisível e hoje temos grandes descobertas e sabemos quão este é divisível e formado por diferentes partes. Cito também os avanços com aceleradores de partículas, o Grande Colisor de Hádrons LHC), de 2008 que comprovou a existência do bóson de Higgs, conhecida fora do meio científico por “Partícula de Deus” já predito primeiramente em 1964 pelo físico britânico Peter Higgs, trabalhando as ideias de Philip Anderson, demonstrando que muitas teorias serão apenas lembradas como iniciais e não mais “Leis” e definitivas. Não podemos ter uma visão míope da ciência.

  26. cara eu mesmo tenho minhas teorias de motores magneticos porem sei que todos pensam em ganhar dinheiro com o petróleo mas tudo é uma questão de ponto de vista pois quem vai substituir a força de um motor diesel por exemplo?
    o mais certo é que até surgir um motor desse nível q seja eficaz já não teremos mais ar pra respira ou oceanos azuis pois tudo gira em torno do motor a combustão hoje em dia e mesmo q a energia seja grátis ainda vai ter aqueles q prefiram gastar
    mas foi bom debater esse assunto pois e algo q se deve pensar hoje em dia

  27. http://super.abril.com.br/blogs/planeta/gravitylight-para-acender-a-lampada-basta-a-forca-da-gravidade/?fb_action_ids=423480851058841&fb_action_types=og.likes&fb_source=aggregation&fb_aggregation_id=246965925417366

  28. Para o guilherme A. Taborda; “PANIS ET CIRCUS’, NE? Concordo.
    Para o
    marcelo: voce é um idiota, vai estudar MAIS!
    Para o PHILIPE e leitores sérios, já estão desenvolvendo um outro método de captar energia eólica. Consiste em prender por um cabo bem comprido (por onde também se fará a transmissão da energia gerada), uma espécie de balão equipado com “aletas” giratórias como um “pedalinho” para sofrer a ação dos ventos mais fortes das alturas e assim gerar mais energia e em menor tempo.
    À título de curiosidade apenas, porque, claro, não
    e o caso aqui!

  29. Desculpe mas lí varios comentários e bastante interesantes por sinal, mas ninguem postou o principal que é um projeto mesmo caseiro por que eu venho observando os trabalhos em campos magnéticos a algum tempo e é basicamente muito simples o principio do moto-continuo trabalha na repulsão de campos magnéticos.
    Bom o que me encomoda e que se fala muito e se faz polco ou seja cade projetos publicados? Cade o pessoal que põe a mão na massa para por em prática? Bom eu comesei a fazer a minha parte em casa com uma roda e imãs de HD velhos girando um eixo com um alternador de carro 12V, alimentando um conjunto de baterias de 12 V e por sua vez alimentando um inversor de 1Kw que da para alimentar TV, radio, pc, lampadas, etc…
    A unica coisa que eu estou melhorando no projeto é o barulho e o aumento da rotação da roda de imãs pois tem algumas deficiencias nesta parte mas no que se trata de giro continuo isso e tranquilo e funcional, vou fazer algo usando chapas de polipropileno ou poliuretano pois não são condutores e de fácil manuseio em moldagem, furação do resto amigos pesso a vc´s que façam o mesmo vamos sair da teoria e partir para a execução e isso que falta em todos nós não adianta falar só das mazelas e sim cada um fazer a sua parte. Um grande abraço a todos.

    • Boa iniciativa Fabio L., desejo com muita sinceridade que você consiga desenvolver este protótipo. Aqui estamos trocando informações e certamente dentro destes comentários alguém pode ajustar suas idéias. Para seu conhecimento, talvez alguém deste debate esteja bem mais avançado que você imagina. Não consegui extrair do seu texto a criação do “perpetuum mobile”. A prática é fundamental, conforme você mesmo diz que está executando, porém sem base teórica e científica fica difícil quebrar as Teorias já existentes da Física, Termodinâmica e outras e de ilustres pesquisadores. Somente uma observação, o principio do moto-contínuo não é baseado somente na repulsão de campos magnéticos. Sucesso no seu projeto.

  30. Dizem ser simples, mostram na net os protótipos funcionando muito bem. Então gostaria que me respondessem por que se realmente é verdade não vendem esses kits de demostração???

  31. Tenho que a concepção das inversões magnéticas é, ou será o motor perpetuo. Acho que todos que estudam e ou tentam (incluindo eu), pensam sempre em captar parte da energia gerada para fora do sistema. Ok, mas eu me pergunto, poderá haver resistência dos xeiques do petróleo? imagino que o cara que conseguir separar a energia em um volume relevante, poderá amanhecer com a boca cheia de formigas… Os interesses financeiros são maiores para um produto sólido(palpável e controlável) que bilhões de moto contínuos na face do planeta gerando energia sem parar. Se o primeiro se concretiza, o que pode acontecer?

  32. Com certeza,eziste outro sistema de energia,mas o que vao fazer do petróleo,abraço a todos,silfredo.
    pois logicamente não há interesse,ficamos nessa velha poluição,por interesse de muitos,que nãroro estão nem um pouco preocupados,com população Terrestre,é só lucro pessoal,abraço.ate prossima,meus Amigos.

  33. Nossa!!!! que inteligente a colocação do Estevam e de mais um uns 90% de ignorantes e analfabetos funcionais que falaram muita M… aqui. ÓBVIO NÃO É que os governantes, máfia de petróleo, carros, máfia do escambau e outras nunca vão deixar estas tecnologias alternativas alavancarem. Sabe quando talvez isso aconteça? Segundo previsões plausíveis o petro deve acabar daqui a aprox 70 anos ( Estimativa para os ignorantes aqui) e ae meus amigos talvez estudo de novas tecnologias possam ser feitas e mesmo assim por causa de um declínio do petro. Eu acho que não estarei aqui para ver mas adoraria ver a humanidade passar por este colapso para aprender que a coletividade, novas ideias, preservação do meio ambiente não são de um e sim de todos. Especificadamente no Brasil somos escravos disfarçados, uma massa de ignorantes e estúpidos que alias é o principal projeto do governo a mais de 124 anos e vem fazendo com muita maestria rs. O que precisamos é de um golpe militar, guerra cívil, ressuscitar o buda ou algo parecido pq so um milagre para mudar a realidade patética do nosso país onde estamos cegos, aceitamos tudo calados, políticos corruptos mandam e roubam sem parar dia e noite. Chega de papinho furado e demagogia barata, precisamos de algo eficaz, uma solução a rápido e a curto prazo para resolver a questão do nosso país. Se tiver algum general ou se o país entrar em guerra ( guerra do exercito contra o proprio estado) acho que seria muito interessante a implantação de uma nova política com um civil na gestão pública e o exercito por tras para defende-lo alias se não quiserem eu me candidato ao cargo de ser esse civil rs. E tbm a possibilidade de o exercito americano tomar essa M…. por causa do petróleo e não seria nem um pouco difícil pra eles pois o nosso ilustre exercito todo defasado tem munição apenas para 1 hora de guerra ( nem vou entrar em detalhes pois é uma VERGONHA para nós brasileiros fora o risco eminente de uma invasão para daqui a uns 70 anos ou antes heim. ABRE O OLHO DILMA rs) que para os EUA ou outro país seria como tomar bala de uma criança. Se eu for falar de política aqui e o que podemos fazer para mudar daria um VADE MECUM então serei breve rs. Apoio totalmente estas novas ideias e invenções que beneficiem as pessoas. E para os ignorantes que aqui falam um monte de M…. a energia magnética existe sim e é funcional como outras só que como disse acima ÓBVIO MUITO ÓBVIO que não é interesse dos camisas de seda. Por isso meus amigos acordem para mudar realmente este país e que seja com atitudes efetivas pois movimentos, greves, protestos, discussões, votações e etc, nada disso vai mudar o país de verdade. Precisamos RESETAR o sistema. Me desculpem por alguns erros ortográficos mas não posso ficar aqui o dia todo por conta disso. Abraços

  34. Alguém ai já ouviu falar do inventor brasileiro Fran de Aquino que alega ter conseguido anular a atração gravitacional através do eletromagnetismo? John Searle da Inglaterra fez uma alegação parecida, O estadunidense Ottis Carr que alegou na década de 50 ter criado um disco voador baseado em capacitores giratórios, o Hauenebu nazista, Muamer Yildiz, o motor perendev russo, será que todos estão errados? eu sou advogado, fico abismado com a ganancia e a avidez por lucro da nossa civilização atual, eu pessoalmente não acredito que o petróleo é a palavra final em energia, acredito que este sistema baseado em exploração e coerção deve ruir, se todos os que sabem destes fatos se juntarem…

    • Já, um amigo meu é amigo e tradutor dele. Pelo que parece, o Fran de Aquilo descobriu a antigravidade porque ele tinha um antigo televisor de válvula, que quando ligava uma válvula pulava. Ele começou a achar aquilo estranho e viu que ela não estava soltando à toa, estava sofrendo algum efeito físico. Infelizmente, ele tenta explicar sua teoria e amigos meus que entendem mais de Matemática logica e física do que eu que estudaram o material dele dizem que ele cometem uns errões crassos e básicos.

  35. Gerar energia do nada isso é imposível mas se unirmos química, física(mecanica e eletronica)e Matemática veremos que é posível embora não pra grandes potencia mas pra projetos especiais de difíceis assesso à rede como das hidreletricas

  36. Eu observei o video do gerador Argentino e posso afirmar que realmente podemos coseguir uma réplica bem maior mas respeitando detemidos limites,porem a solução pra grandes potencias é uma sucessão dele, ou seja,montar muito deles pra um projeto grande,e um abraço pra todos da Ciência teclógica(DEUS É O MELHOR MESTRE.).R. Luciano em Joselândia-MA.

  37. Acho que cada um deve seguir sua vida como gosta, não vamos tirar os valores de A ou B. Nós precisamos sim estudar mais fazer algo de mais proveitoso para nossa melhora intelectual e financeira e aí sim, vamos dar a volta por cima sem precisar derrubar ninguém.

  38. Caro Luciano. Não se trata de "gerar energia do nada", mas simplesmente usar a repulsão magnética em um sistema fechado. A repulsão geraria um movimento mecânico que poderia acionar um gerador elétrico e, ai sim, gerando energia. Repulsão magnética = Movimento mecânico + gerador = eletricidade de graça. É como pegar um gerador eólico e, ao invés de usar o vento, se usa magnetismo. O conceito de "máquina perpétua" é falho, mas uma máquina moto contínua de forma alguma infringiria as leis da termodinâmica. Caso ainda lhe reste duvidas: https://www.youtube.com/watch?v=jiAhiu6UqXQ

  39. Olá a todos, não sou engenheiro ou estudioso, apenas curioso…sempre tive fascínio pelo magnetismo e a muitos anos venho tentando desenvolver um motor perpétuo por meio de imãs, sempre esbarrei no problema de isolar o magnetismo (claro assim seria fácil de fazer funcionar) utilizei todo tipo de material possível de água a diamante sintético e nada consegui…porém realmente sem querer descobri que minha falha estava em querer isolar o atração mas, é muito mas muito simples isolar a repulsão. Já estou fazendo pesquisas sobre patentes( outro grande problema) é um pouco caro, mas tudo bem o tempo é o maior problema.

  40. Como físico, tenho um certo fascínio não pela possibilidade da criação de um motor contínuo, mas pelo desenvolvimento de um motor de máxima eficiência. Esse sim, acho que seria possível… tenho alguns cálculos que me animaram, só falta um laboratório (e recursos) para fazer os testes.

  41. Em 1847 o físico alemão Hermann von Helmholtz (1821-1894) enunciou a Primeira Lei da Termodinâmica, que define que toda energia é conservada, nunca é criada ou destruída.
    Em outras palavras, é impossível tirar alguma coisa de coisa alguma.
    Simples assim.

  42. Todos os países desenvolvidos do mundo são altamente dependentes de energia importada. Pagam caro por ela. Por que será que não desenvolvem máquinas de moto contínuo? Sabem por que? Porque eles sabem que é impossível.

  43. Rua Chico Lemos, Fortaleza.
    O meu conceito de moto contínuo, exige que o invento funcione a qualquer tempo, sem precisar de um empurrãozinho como visto na demonstração feita, em que o operador dá uma giradinha pra começar a girar o invento. Assim não dá. Estou pretendendo até o final deste ano demonstrar o meu protótipo de moto contínuo. me aguarde!

  44. Aqui no Brasil existe um motocontínuo de verdade, funcionando, desenvolvido aqui mesmo. Capaz de gerar energia suficiente para manter uma residência completamente funcionando.
    Mas o governo brasileiro deu um jeitinho de fazer os inventores desistir do projeto e ficarem calados…..

    • Muito bom o teu blog. Continue postando. Sou fã de mistérios que desafiam a lógica e provocam a razão. No blog do Yet-Clerk também postei muita coisa interessante. Voltando ao tema. Observei nos comentários deste teu post que NENHUM dos “debatedores” são do meio acadêmico (leia-se: universidade). E já que é neste meio que reside o conhecimento humano, elaborado pelos melhores cérebros que a humanidade já teve, é mister esclarecer o quão necessário se deve respeitar isso. É desse conhecimento anterior que se precisa para emitir alguma opinião sobre qualquer assunto, sob o risco de ser considerado um “charlatão” ou “palpiteiro”, adjetivos nada abonadores, com os quais se carimba todo sujeito tolo e incauto, em vez do elegante “leigo” . Realmente, o homem em sua trajetória na Terra , sempre buscou uma fonte de “energia” (termo abstrato cunhado num passado não tão distante por um CIENTISTA) para a inevitável sobrevivência, desde a “descoberta” do fogo. Até hoje, não se “descobriu” uma fonte natural, porque simplesmente esta fonte sempre esteve lá, na frente de todos, mas que somente as mentes argutas e incansáveis as perceberam e trabalharam de forma SÉRIA e seguindo um método científico, num esforço para aproveita-las de uma forma razoável. E como todos já sabem, toda e qualquer “energia” tem o seu “custo” para ser obtida, seja ela de que espécie for. Se alguma mente, ainda nesta curta existência, conseguir gestar um sistema que solape as atuais tecnologias e reduza significativamente este “custo” para se aproveita-la, é utopista imaginar esta mente tão magnânima e empática, a ponto de “revelar” o segredo de tal, para que a humanidade desfrute desta singela “descoberta”, de forma “gratuita” e “democrática”. Quem pense ou imagine ser possível um cenário desses, também acredita que os “beneficiados” desta nobre “doação” NUNCA irão tirar proveito deste “presente” recebido, revendendo-o aos seus pares (vide o que estão fazendo com o LINUX) e até a “redistribuirão” de forma “gratuita”. E mesmo que surja um inventor leigo, que acidentalmente tope com uma “descoberta” ainda não visível aos olhos acadêmicos, ele precisará de conhecimentos de que não possui para ele mesmo entender o processo que criou. E o que ocorre então: Qual possuidor de tais conhecimentos acudirá o improvável inventor sem nenhum interesse? E onde há interesse SEMPRE há desejo de PODER! Oxalá um dia baixe na Terra um espírito elevado que nos esclareça! Até lá, PARA O MUNDO QUE QUERO DESCER! Páz e bem e feliz Páscoa para todos!

  45. Caso haja uma inovação científica realmente revolucionária, em qualquer campo, creio que haveria automaticamente investidores dispostos a financiá-la, justamente para dela auferir lucros. Dentre tais, os mesmos que lideram os seus respectivos setores, pois a concorrência é livre e os líderes de mercado sempre querem estar na dianteira.

    Espero que esse tipo de tecnologia esteja realmente em desenvolvimento e seus desenvolvedores possam apresentar resultados práticos aplicados em curto ou médio prazo, pois, num contexto político adequado, isso seria um grande avanço para a humanidade.

    Algo mais: não creio que se deva passar uma imagem genérica de um Brasil que não aplica em Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (P&D, I) e Ciência e Tecnologia (C&T). Os resultados do País têm crescido, dentro de suas possibilidades. Em termos de produção científica mundial, o Brasil encontrava-se na 13a. posição mundial em 2012. Além disso, esse posicionamento deve ser avaliado dentro do pertinente contexto histórico interno e externo de desenvolvimento da Nação, o que não é difícil de fazer, com isenção.

    CITO:

    “Em termos de participação na produção científica mundial, o Brasil
    ocupou, em 2012, a 13ª colocação, com melhor desempenho para área de
    biologia aplicada a ecologia, alcançando o 3ª no ranking.” ~ *Fábio Guedes Gomes, Dr.

    Artigo completo no Cada Minuto, de Maceió, AL: http://bit.ly/1JRlet4

    *Doutor em Administração com ênfase em Instituições e Políticas Públicas
    [NPGA/UFBA]. Mestre em Economia Regional e Graduado em Ciências
    Econômicas [UFPB]. Professor da Graduação e Pós-Graduação em Economia da
    FEAC [UFAL] e Tutor do Programa de Educação Tutorial em Economia
    [PET-Economia]. Membro Associado do Centro Internacional Celso Furtado
    de Políticas para o Desenvolvimento [Rio de Janeiro]. Diretor do
    Periódico Científico Revista Brasileira de Administração Política
    [Escola de Administração, UFBA/Editora HUCITEC, São Paulo]

  46. Ei ,esqueceram se de Nélio Nicolai inventor do bina(identificador de chamadas ), de Nelson Guilherme Bardini do cartão telefônico indutivo, e muitos outros que registraram patentes como eu “MU7801836 e MU7801787”.
    Mais temos muito mais, FRAN de AQUINO que tem mais de 3 mil páginas de publicações na área de física quântica.
    Pobre do brasileiro que acredita que pode produzir ( saber fazer).
    [email protected] Com

  47. Quando eu era garoto, na década de sessenta, e assistia jornada nas estrelas, e via o capitão Kirk pegar o seu
    comunicador da cintura e falar: capitão Kirk a Enterprise, eu dizia a meu pai: quando eu crescer eu quero ter um desse, e meu pai respondia, vai ter filho, vai ter. Pois é, meu primeiro aparelho celular era parecidíssimo com o do capitão Kirk. Salmo 8:3-6 Quando contemplo os teus céus, obra dos teus dedos, a lua e as estrelas que estabeleceste, que é o homem, para que te lembres dele? e o filho do homem, para que o visites? Contudo, pouco abaixo de Deus o fizeste; de glória e de honra o coroaste. DESTE-LHE DOMÍNIO SOBRE AS OBRAS DAS TUAS MÃOS; TUDO PUSESTE DEBAIXO DE SEUS PÉS: 115:16 Os céus são os céus do Senhor, mas a terra, deu-a ele aos filhos dos homens. Então, nada, aqui nesse chão, é impossível para o homem, que também
    destruirá tudo por causa da ganância.

  48. boa noite amigo gostaria de poder conversar melhor com você sobre esse assunto pois estou trabalhando num projeto semelhante ao do professor argentino lógico que o que me estimulou a começar com o projeto foi após ver o vidio dele mas já li muitas teses sobre esse assunto meu projeto ainda não esta pronto mas mesmo assim gostaria de trocar uma ideia com você se for possivél te mandei convite pelo face e comentei que e sobre esse assunto se voce poder me aceitar para conversarmos melhor eu ficarei muito grato abraço Alex Alves

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

shares