Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu

Hoje resolvi fazer um post sobre escultura. Mas como estou com uns trabalhos para fazer agora, não posso esculpir, e por conta disso resolvi elencar aqui dez artistas fenomenais que me inspiram a modelar.

(obs: Como eu conheço um pancadão de escultores de todos os tipos, não vou incluir os caras da escultura digital nesta. Vou limitar aos mestres da massa do mundo real, porque os caras do 3d merecem um post só pra eles)

Se você também gosta de esculturas, certamente conhece alguns desses caras, ou até mesmo todos eles. Caso não conheça, aqui está uma excelente oportunidade de conhecer o trabalho desses artistas geniais. Nem preciso avisar que este post está repleto de imagens, né? Pegue o seu babador!

1- Philippe Faraut
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu

Philipppe Faraut é um professor de escultura que tem uma habilidade fora do comum em modelar retratos. Ele transita com a maior facilidade entre massa, pedra, resina, mármore e bronze. O cara é sinistro mesmo. Philippe Faraut é considerado um grande mestre por muitos escultores profissionais.

Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu

Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu

Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu

Os trabalhos dele são excepcionais, mas realmente o que é impressionante é vê-lo esculpindo. Chega a parecer fácil? (tenta pra ver!)

2- Adam Beane

Adam Beane ficou famoso por sua habilidade de representar pessoas conhecidas em pequena escala. Ele é primoroso na arte do “look alike”, e ainda trabalha numa escala muito reduzida, o que acentua sua fantástica habilidade. Ele geralmente usa uma cera especial chamada CX5 para fazer seus trabalhos. Ele tambpem foi escultor da McFarlane Toys.

Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu

Neste video, podemos ver Adam Beane fazendo uma escultura do ator Matt Damon. BABA AÍ:

3- Mark Newman
Mark Newman é uma espécie de unanimidade em todas as listas de “escultores que influenciam seu trabalho” quando se trata de garage kits e etc. Ele é autor de esculturas antológicas nas quais se destaca sua imensa habilidade em retratar tanto cenas cálidas, retratos, seres imaginários e cenas de ação. O cara também trabalha com clays, resina epoxi e até bronze. O trabalho dele vai do realismo à caricatura. Tudo isso sem descer do salto. Quando eu crescer eu quero ser igual a ele.
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu

4- Jordu Schell
Talvez eu esteja exagerando quando digo que Jordu Schell está para os efeitos especiais, criadores de mascaras, monstros, maquiadores e toda sorte de caras que o senso comum rotula de “malucos” como João Paulo II está para a Igreja Católica. Mas na opinião de muitos caras da área, é bem por aí mesmo. Jordu é um desenhista conceitual que também esculpe. E como esculpe, meu! O cara é fera e sua grande felicidade é poder criar monstros, aliens e coisas estranhas. Confira só o visual do trabalho deste cara, que influenciou e continua influenciando muita gente de Hollywood e do mundo todo.
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu

Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu

Ver Jordu Schell esculpindo é um grande prazer. Neste video ele faz uma demonstração ao vivo para os caras da Dreamworks:

 

5-Martin Canale
Martin Canale é um escultor argentino de inacreditável talento. Ele esteve à frente do famoso Gore Group, que fazia matrizes de garage kits e colecionáveis diversos. O cara é peso-pesado da escultura. Mais um que faz a gente ficar desidratado de tanto babar. Como se não bastasse ser mestre, ele ainda é um cara super gente fina, ao ponto de abrigar na casa dele por quase um mês o “Diogo-que-Diogo”, um amigão meu que queria aprender a modelar com ele.

Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu

Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu

Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu

Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu

6-Ron Muek

Ron Muek é outro cara que podemos dizer que é um “ninja”. Ele esculpe peças de tamanhos bastante variados, e se tornou muito conhecido por suas representações absolutamete realistas do ser humano em diversas escalas. Seu trabalho vai da miniatura a peças gigantescas como o menino retratado abaixo. Suas peças são feitas num trabalhoso (suuuuper trabalhoso) processo de esculturam, moldagem replicação, aplicação de silicone, corantes, inserção de pêlos, criação de roupas em escala, etc. Como já falamos do Ron Muek aqui diversas vezes, vou deixar o lero-lero e mostrar o que o cara faz:

Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu

Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu

Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu

Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu

Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu

Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu

7-Alex Oliver

Alex Oliver é um escultor brasileiro que ganhou fama internacional com seus monstros e estátuas. Além de esculpir na massa, Alex também esculpe digitalmente.Ele é um grande fera da escultura e ministra cursos de modelagem física e virtual, no Brasil e no exterior. Ele já deu palestras na Gonomon, fez trabalhos para a Blizzard e seu prestígio vem crescendo a cada ano. Alex tem uma produção vastíssima de peças, quase sempre em plastilina.
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu

8-Cícero Dávila

Cícero Dávila é outro escultor brasileiro de absoluto e indiscutível talento. Ele consegue esculpir em argila e em, mármore com imensa habilidade. Seus trabalhos são muito legais e em diversas escalas. Algumas monumentais. Ele também ministra cursos de modelagem em clay e mármore. Eu considero o Cícero um dos grandes escultores brasileiros de todos os tempos.

Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu

Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu

9-Richard McDonald

Richard McDonald é um mestre na representação corporal. Suas esculturas oscilam entre a fantasia, temas mitológicos e de esporte, dança e circo. As poses são perfeitas, os músculos meticulosamente panejados, as proporções irretocáveis. Richard McDonald é um daqueles caras tão Joselitos que a gente diz que ele deu IDDQD e modela em god mode. Seu trabalho é quase sempre em bronze. Mas eventualmente ele também trabalha em mármore. Delicie-se aí:
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu

10-Kojun

Este coreano deve ter feito pacto com o capiroto para modelar tão bem assim! É Kojun um dos artistas por trás de grandes sucessos na arte dos Hot Toys. Ele usa super sculpey firm, epoxi e também cera. Na verdade, ele faz a escultura de pessoas famosas tão maravilhosamente bem que chega a dar medo. Olha só:
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu

11- Steve Wang (Bônus)

Steve Wang é um daqueles caras que literalmente meteram o dedo em muitos dos monstros famosos do cinema. Do alien ao predador, dos monstros do Hellboy ao vampiro de Underworld, Steve Wang está em todas. Ele desenha, faz maquiagem, escultura, mascara, props, elementos de cena, totens promocionais para filmes… O cara não tem sossego! E tudo sai com uma sensacional aparência de realismo. Isso porque ele trabalhava com efeitos especiais. Mas o que deixou Steve Wang realmente famoso são suas esculturas gigantes em tamanho real de personagens de games. O cara faz verdadeiros dioramas em escala real, para estupefação e delírio da comunidade Gamer.

Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu
Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu

Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu

 

Sem duvida, muitos artistas maravilhosos ficaram de fora desta lista. É muito difícil elencar apenas dez. Mas esses caras aí mandam muito. Eu também limitei bastante o estilo de escultores que iria elencar. Isso não significa que eu não goste ou não considere as esculturas abstratas. Mas preferi direcionar o post aos caras que influenciam o meu trabalho diretamente.

fonte fonte fonte fonte fonte fonte fonte fonte fonte fonte

Related Post

74 comentários em “Dez escultores para os quais eu tiro meu chapéu”

  1. Philipe, meu caro, não deixo de pensar que a obra do Steve Wang na primeira foto, esse fantástico Predador, ficaria MUITO BEM fazendo par com o seu não menos fantástico Alien, recém esculpido! 😉 Parabéns mesmo pelo trabalho.

  2. cara, gostei muito do post, principalmente as do Martin Canale(pela temática abordada), Philipe sabe onde é possivel comprar as esculturas dele? 
    Deve ser caro, mas acho que vale a pena ter pelo menos uma daquelas ali, a do Venom é irada

    • Sei sim, cara. O Martin Canale faz peças para a side show colectibles. Tem ALTAS peças dele vendendo lá. É caro, mas nada absurdo. Tipo uns 200 a 400 dolares. As peças são numeradas vem com certificado. Convém dar uma olhada. Eventualmente rola da sideshow colocar algumas peças em promoção.

  3. Rapaz, 

    Confesso que não conhecia nenhum, mas já tinha visto o trabalho deles e os amaldiçoados por esse incrível trabalho! (risos)

    O que me deixou surpreso foi o Cícero! Nunca na minha vida achei que iria ver um escultor do nível (ou até mais) do Michelângelo! Bom saber que a arte moderna ainda conta com bons representantes (chega de quadro abstrato e instalações estranhas!!!)

    Um super abraço,

    tio .faso

    • Cara se eu pudesse focar dois anos em Sampa eu estudaria escultura em mármore com o Cícero. Sempre tive uma vontade incontrolável em esculpir em mármore. Lembro claramente de ter esta vontade desde muito pequeno. Deve ser coisa de vida passada, hahaha.

  4. Nem todos os artistas vendem diretamente seu trabalho, estou certo? Até porque as dimensões de muitos são proibitivas para “uso doméstico”. Fiquei tentadíssimo a ter um faraut ou um mcdonald, será que consigo??
    Abração, excelente post, by the way…

    • OI Bruno. Valeu. Cara me parece que o trabalho do Faraut é mais em conta que o do Richard McDonald. O público-alvo do trabalho do MacDonald é focado nos milionários americanos. Dá pra perceber isso porque ele expõe nas galerias dos grandes cassinos, para atingir clientes como Michael Jackson.

  5. Muito bom os caras.
    Mas vem cá, você que é um dos que estariam no meu top 10, me tira umas duvidas:
    1 – Como se modela em Bronze e Marmore?
    2 – Mark Newman, o seu numero 3 da lista, faz umas texturas muito boas, com o casaco de pele da mulher, sem contar os cabelos fodasticos de alguns trabalhos dele. No caso, como ele faz aquino no casaco da mulher? Você manja da tecnica?

    • Aqui vão as respostas:
      1- MOdelar em bronze envolve fazer uma peça matriz, que pode ser de barro ou de cera. geralmente fazem de cera, porque poupa uma etapa. Se não fizerem direto na cera o cara tem que fazer uma forma de gesso e copiar a peça em cera. Esta peça de cera será o master-perdido. Sobre ela é moldada uma forma de material refratário, que é um tipo de gesso especial. Este material é levado então a um forno quentíssimo, onde a cera volatiza, deixando só um buraco. Ali dentro é derramado o bronze fundido. Depois que seca, a forma é aberta e a peça removida e segue para os diversos acabamentos possíveis e necessários.

      No marmore, o cara faz uma escultura geralmente em massa, que chamam de maquete. A partir desta escultura, uma série de instrumentos permitem traçar um ponto específico no espaço em perteita coordenação com a maquete. O escultor vai usando diversas ferramentas para remover da pedra tudo que não é a escultura. Como não há muito espaço para erros na escultura em mármore, ela é considerada uma técnica bem difícil.

      2- O processo de criação de textura é um dos pontos forte do trabalho do Newman. geralmente se faz com um estilete afiado, fazendo pequenos cortes e modelando assim os fiapos no ângulo desejado. Já a parte interna do casaco do piloto, é feita com um instrumento parecido com umas agulhas, que ele espeta a massa continuamente. Da mesma forma ele faz os cabelos dos negros que modela, mas neste caso, como no da moça sentada no tronco da árvore, ele alterna tr~es ferramentas de calibres diferentes, para brincar com os volumes.

  6. O ateliê do Cícero é bem perto da minha casa. Eu já fui lá conhecer e comprovar que o cara é fera mesmo! Só não fiz o curso ainda por falta de tempo.

  7. Tô sem palavras. Já fiz questão de compartilhar.

    E uma pergunta:
    Você tem algum link/fonte interessante sobre essas “clays”? Fiquei curioso e gostaria de saber mais.

  8. aê Philipe, conhece a Susan Clinard? Maravilhosa escultora, além de muito gata.  Caso não conheça, e queira saber mais, procure um trabalho dela em homenagem à Martha Graham. Abraço, e obrigado por dividir conhecimento

  9. trabalhos fantásticos….
    é possível o autoditada conseguir bons resultados tbm?
    aqui na Região de Americana-Campinas – SP não tem cursos e nem nada…
    ACHO FANTÁSTICO…

    adoraria ganhar a vida com isso :/
    tenho bons dotes para desenhar e trabalhos artesanais mas ainda não tentei a modelagem.
    Parabéns

  10. Um amigo me passou o link e ainda estou estupefado. A única coisa que me vem à mente é o agradecimento por você me apresentar a esses fantásticos artistas.

    Muito obrigado e um abraço.

  11. Philipe…parabéns…adorei o post…cara, é demais, estou desenvolvendo um projeto que estou modelando (ainda vai levar um tempo para concluir) mas depois vou mandar aqui para você postar…quem sabe um dia fico entre os dez (uhauhauha). Você sabe qual o material que o Steve Wang usa para fazer as peças nessas escalas de 1:1?

  12. Olá,meu nome é Luciomar,sou escultor e ilustrador.Gostaria de estabelecer redes de contatos.Caso queiram ver meus trabalhos,digitem no google luciomar escultor ou Luciomar S Jesus.Abraços,Luciomar escultor.

  13. philipe, como faço a textura de pele, como no rosto da primeira escultura de Adam Beane, é suave não é grosseira com faz com casca de laranja, a clay que uso é a base de oleo. e qual o silicone ideal para fazer esculturas como a de Rom muek?

    • Cara pelo menos, na cera, o que eu ouvi falar é que os caras usam uma escova de aço de cerdas finas aquecida levemente. Essas pontas marcam a superfície da massa e depois com uma tocha eles “alisam” um pouco, (tb dá pra alisar usando solventes) deixando com uma aparência mais suave. Teoricamente a tecnica pode ser replicada em diversas outras massas, como polyclay e oil clay. No caso do oil clay, tudo depende da escala. Se for 1:1, a galera faz usando esponjas e dlimonene. O silicone que serve para esculturas como as do Ron Muek é o silicone de platina. (caríssimo)

  14. Excelente lista porém devo dizer que faltou o Trevor Grove. O cara faz trabalhos excelentes pra galera da SideShow. Aqui o portfolio dele: http://trevorgrove.deviantart.com/gallery/

  15. Bem , nem sei como agradecer ! So sei que esta nessa lista ao lado de grandes mestres e inspiracoes nao tem palavras.
    Cicero DaVila ,Ron Muek,Steve Wang,Mark Newman ,Jordu Schell sao alguns dos que me influenciaram e vao influenciar por toda a vida . Obrigado ,mesmo achando que ainda falta pra ser merecedor de estar nessa lista.

  16. Bom Dia:

    Sem sombra de dúvida essa metéria é muito boa parabéns a todos da equipe.
    Estava assistindo o vídeo do Adam Beane e observei que ele utiliza uma espécie de estaca aquecida parece até um pirógrafo, alguém saberia o nome correto?
    Achei muito interessante para fazer detalhes, e no site dele tem uma imagem que tem um aquecedor de Clay tmb queria saber o nome do produto e se tem no Brasil para vender.
    segue a imagem pra melhor entendimento http://instagram.com/p/Y4N9pvzJeW/

    Desde ja Agradeça a atenção de todos

    • Oi Ricardo. Primeiramente obrigado, a equipe sou eu.
      O equipamento que te deixou curioso se chama waxpen e vende no brasil sim, pela http://www.dimclay.com
      Esse material é usado para trabalhar com tow wax que é um tipo de cera especialmente formulada para peças de alto grau de detalhamento.

  17. Show de bola!!! Sou fã de todos! Sou escultor iniciante! A unica coisa é o video embaixo dos trabalhos do philippe faraut é do Jordu Schell, de uma demonstração que ele fez pra Dreamworks!

  18. Philipe, parabéns por esta sua apresentação! Sou estudante de artes visuais, e estou querendo fazer uma pesquisa sobre algum escultor que seja estrangeiro(já falamos sobre artistas brasileiros nesta matéria de história da arte cotemporanea…) e sobre quem eu possa encontrar material bibliográfico. Vou precisar ter acesso a material de pesquisa que não seja on-line, então preciso pensar bem sobre quem vou pesquisar. Muito obrigado mesmo por ter feito este trabalho, está muito bom! Já me ajudou a encontrar algumas direções. Parabéns!

  19. Fantástica matéria, Philipe! Valeu mesmo, muito inspirador. Queria ter tempo para ficar enfurnado nos ateliers desses caras estudando até dar calo no zóe. Abraço e obrigado. Lendas… lendas…

  20. Não tenho palavras para expressar a minha admiração; tanto pelos Escultores
    como pelos seus trabalhos – verdadeiras Obras de Arte!
    Desconhecia estes exímios artífices contemporâneos.
    – Muito obrigado ao autor deste post.

  21. Parabéns Phillipe, adorei rever alguns que já conhecia e mais ainda ficar conhecendo mais escultores geniais ( e eu que pensei que sabia fazer escultura rsrsrs)
    Abraço e continue a nos enviar esses belíssimos e esculturais trabalhos trabalhos. Fui aluna do Alex Oliver com muito orgulho.

  22. O estilo realista apresentado neste artigo é um dos meus preferidos.

    Só acho uma pena que muitas dos sites parecem deixar de lado o fato de que ainda existe criação artística original de qualidade no Brasil.

    As esculturas brasileiras de Chico Niedzielski são um exemplo disso. Seja no SESC ou no SENAC, além de prédios privados como o Instituto Cultural Itaú.

    Uma coisa que me agrada muito é que as obras de Chico Niedzielski apresentam uma maturidade dos artistas brasileiros, não focando apenas em temáticas nacionais ou cotidianas. A Geometria sagrada é uma referência nova e atemporal dentro dos padrões costumeiros das esculturas brasileiras.

  23. Seu trabalho é bárbaro.
    Você faz por encomenda?
    Gostaria de evoluir com o assunto.
    Tem uma pessoa querida que no seu aniversário gostaria de lhe presentear com uma pequena escultura.
    E aí, o que me diz?
    Abraço.

  24. Oi,Faltou nesse acervo o Stephen Pong,Confira você mesmo essa pequenina escultura do Elvis Presley com 11cm, esculpida por ele:
    https://www.youtube.com/watch?v=n24qHKcArjU

  25. Olá

    Estou fazendo um trabalho para faculdade e preciso escolher um escultor es falar sobre ele. uma pequena biografia, as características principais do seu trabalho e me interessei pelo Richard MacDonald. Você poderia me dar uma orientação de onde posso encontrar algo a respeito dele? Estou fazendo pesquisas na internet, tem muito material, mas como não conheço o trabalho não sei exatamente por onde devo seguir.

    obrigada

  26. Acho estranho quando usam o termo ESCULTURA quando se trata de MODELAGEM em massa ou argila.. não se “esculpi” a argila em seu estado natural!!!!

  27. Oi, Philipe Kling David

    Tudo bem? Gostaria de saber se você (ou se você sabe alguém aqui no Brasil) poderia fazer remodelagens em miniaturas utilizando resina (poliepóxido) como material. Coleciono miniaturas de futebol (aqueles “minicraques”, sabe?) e queria ter um boneco com o meu rosto ou remodelar algum outro para formar alguém do meu interesse (nesse último caso, eu poderia fornecer uma miniatura de feição similar para servir de base para a remodelagem, se ajudar). Essas miniaturas são em torno de 7cm, e o rosto delas, são em torno de 3cm.

    Conheço alguns profissionais excelentes no exterior que já fizeram para mim serviços assim, mas gostaria de encontrar esses profissionais no Brasil.

    Se puder me ajudar podendo fazer ou com alguma sugestão, que seja, ficarei imensamente grato!

    Muito obrigado!

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

shares