Sobre Philipe Kling David

Designer, blogueiro, escritor e escultor. Seu passatempo preferido é procurar coisas interessantes e curiosas para colocar neste espaço aqui. Tem uma grande atração por assuntos que envolvam mistérios, desconhecido e tecnologia. Gosta de conversar sobre qualquer coisa e sempre tem um caso bizarro e engraçado para contar.
Saiba mais...

36 Comentários

  1. Ygor

    dizem q os cabelos de anjo podem estar relacionados aos chemtrails(trilhas quimicas)tem uma doença bem estranha chamada doença de mongellons.

    Responder
  2. vitor

    OK, se aquela da vaca for verdade, esses pilotos e tripulantes da nave ou sei lá, são bem idiotas, porque…. É UMA VACA. Só por um churrasco? UM CHURRASCO? Imagina um churrasquinho dentro da nave, um pagode, sei lá… uma piscina inflável. Enfim… O cabelo de anjo não conhecia, ótimo conhecer para um curioso que quer saber mais sobre extra-terrestres. Se for verdade, como esses ETs são bem espertalhões.

    Responder
    1. Wtprado5

      Normal matar uma vaca para um churrasco… antigamente se fazia muito, eu e minha familia já fizemos quando moravamos na fazenda.

      Responder
      1. Philipe3d

        Difícil é fazer churrasco com a vaca viva. Eu já estive em fazendas que eles mataram vaca pra churrasco, mas geralmente é feito com muita antecedência, pra poder tirar o sangue, senão dá gosto ruim na carne.

        Responder
  3. vitor

    OK, se aquela da vaca for verdade, esses pilotos e tripulantes da nave ou sei lá, são bem idiotas, porque…. É UMA VACA. Só por um churrasco? UM CHURRASCO? Imagina um churrasquinho dentro da nave, um pagode, sei lá… uma piscina inflável. Enfim… O cabelo de anjo não conhecia, ótimo conhecer para um curioso que quer saber mais sobre extra-terrestres. Se for verdade, como esses ETs são bem espertalhões.

    Responder
  4. vitor

    Epa desculpa o double é que eu escrevi nave ao invés de avião… desculpem, depois falam que os tripulantes eram ETs…

    Responder
  5. vitor

    Epa desculpa o double é que eu escrevi nave ao invés de avião… desculpem, depois falam que os tripulantes eram ETs…

    Responder
  6. Lucasbmo

    já li sobre os “cabelos de anjo” antes em um livro chamado Os 100 Maiores Mistérios Da Humanidade.Enquanto lia esse livro sempre me lembrava: Aposto que o Philipe ia gostar 😉

    Abraços

    Responder
  7. Giulia

    fiquei surpresa ao ler o item 7 sobre os tais cabelos de anjo… Certa vez, há uns 6 anos, na chácara da minha família aqui no interior de São Paulo aconteceu algo bizarro assim. Coisas que pareciam teias de aranha muito compridas começaram a cair do céu, que estava limpíssimo, sem nenhuma nuvem. Não conseguimos enxergar de onde vinham as tais ‘teias’. Elas eram muito finas, e era impossível ‘pegá-las’. O fenômeno durou algumas horas, e ninguém conseguiu explicar o ocorrido. Eu também nunca procurei informações a respeito… mas agora fiquei intrigada, hehehe. Ótimo post 😀

    Responder
  8. nandi

    Lembro da fibralvina ter caído também em Laguna – SC, em 1984 ou 85. O dia estava bem claro e ensolarado.
    Abraços!

    Responder
  9. Tiagocrc666

    Me lembro desses cabelos de anjo terem caido 2 vezes ja aqui onde moro, se me lembro foi no ano passado. Eu pensei que eram teias de aranha que tivessem se soltado e viajado com o vento.

    Responder
  10. Daniela BH

    No texto sobre a chuva de carne, corrige o ano lá. Está “19776”. Adorei o post!

    Responder
    1. Philipe3d

      Jeffer a imagem é do filme sim, cara. Óbvio que é porque não existe foto do caso da vaca, então eu precisava ilustrar com alguma coisa.

      Responder
  11. Maria

    Reparem que o maior número de vezes que caiu a “fibralvina” num local foi na Cova da Iria, em Fátima, onde aconteceu a aparição de Nossa Senhora aos três pastorinhos. Na maioria das vezes no dia 13, sendo que no dia 13 de maio de 1917 foi o dia da aparição. Pra quem é católico ou não, pra quem acredita ou não, é muito intrigante.

    Responder
  12. ninnjaa

    adorei o post mas onde morro em 2004 caiu umas coisas amarelas brilhantes bizarras especialistas chamaram de ufilina

    Responder
  13. FFernandes

    Devemos estar passando por um final cíclico , onde as associações a diversidades de fatores extra físico estão sendo interpretados como intestino grosso de modo grosseiro ..kkkkkkkkkkkkk

    Responder
  14. Jean

    Meu que dó da vaquinha!!! Pensa tadinha se movendo toda no ar e… meu que dó mesmo. Sou vegetariano! :)
    Que crueldade que fizeram com a coitada, devia era ter caído aquele avião com aqueles merdas lá!

    Mas é estranho, como eles jogaram a vaca? Tem que abrir a porta né, mas se abrir a porta não muda a pressão e o avião cai? ou eu to viajando mesmo!

    Pensa, você vai viajar com seu filho, e ele fica incomodando durante o voo. Aí você pede para os tripulantes se você pode jogar seu filho pela janela, porque ele incomoda???

    São muito cruéis esses FDPs!

    Responder
  15. Felipe Ehlert

    esta caindo essa tal de fibra alvina aqui, parecem teias de aranha, os antigos chamam de baba de boy, tava pesquisando aqui a origem disso e nao achei nada, e achei esse site, bem curioso isso, moro em pelotas RS quinta feira 9 de maio 2013.

    Responder
  16. BEZALEL

    Agora fiquei sabendo de onde tiraram aquela ideia de fazer uma vaca ser levantado por um vendaval no filme Twister! kkkk!

    Responder
  17. Rodrigo

    Muito estranho, parece que algo está acontecendo e nao sabemos de nada, Será que essas coisas caem de naves extraterrestres?.

    Responder

  18. Já andei pesquisando sobre objetos que caem do céu e a explicação mais convincente que já ouvi está contida num livro de David Wilcock chamado “The source field investigations”. A explicação é um pouco extensa e tem a ver com tecnologia de torção (campos eletromagnéticos tão fortes que torcem o espaço-tempo). Isso também explica os casos de sapos (vivos!!) encontrados dentro de pedregulhos.

    Responder
  19. Ruan

    imagine um pedaço de cocô com 11 kg caindo do céu… acho que vou ficar em casa por um bom tempo!

    Responder

  20. Conviria esclarecer que o termo "fibralvina" – usado para definir a substância branca caída do céu e associada a casos de observação de objetos voadores não identificados – foi criado pelo doutor Raul Berenguel, em 1978, quando do estudo promovido a propósito do conhecido caso de Évora, de Novembro de 1957, que foi tratado na série documental "Encontros Imediatos", emitido pela RTP2, em Portugal. Cumprimentos.

    Responder
  21. erica

    ahahah!!
    Também onde eu vivo já choveu folha de eucalipto
    Mas isso era por estar a ocorrer um fogo, os eucaliptos estavam tão altos (mais de 3 m) que também comessou a cheirar a queimado

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>