Antigravidade feita em casa parte 2

Agora é pra todo mundo. Quem quer testar uma maquina de antigravidade feita em casa sem gastar grana com ímãs caros ou maquinas elétricas complicadas e perigosas, pode tentar com isso aqui, que ao que parece, realmente dá certo.
Você vai precisar de:

Um rolo de fita adesiva
Uma carta velha de baralho
Quatro pilhas pequenas ( ACHO QUE TEM QUE SER CARREGADA)
Uma latinha de refrigerante vazia
Um Cd
Uma moeda.
Um celular, de preferência um daqueles mais antigos, com antena

Acredite se quiser, isso tudo arrumado da maneira certa, (segundo o video) levita!
Veja o video e faça aí na sua casa.

—Editado —–
Eu postei isso lá do INT pra não perder o link. O que eu queria era testar antes de postar, mas achei que algum leitor pudesse testar isso também.
Eu acabei de tentar fazer isso aqui. Eu estou sem baterias AA, então tentei reduzir a escala do experimento, usando baterias AAA. Mas comigo não deu certo.
Talvez o video seja fake. Eu procurei mais dados sobre isso na net, e pelo que vi outras pessoas tentaram e conseguiram.
Vi um video que sacaneia com todos os que tentam fazer, chamando-os de idiotas. Este video diz que o cara usa fios finos de meia calça ligados na carta para que ela levite.
Mas vi em outros sites pessoas dizendo que deu certo.

O sucesso no experimento, segundo um dos caras que alega ter conseguido, está na frequência do celular. Ele diz que os modelos da Nokia antigos são mais eficazes. Ele tentou durante 3 dias até fazer funcionar. Outra coisa que ele diz afetar o resultado é a pilha. Tem que ser Duracell e tem que estar totalmente carregada. E a moeda não é qualquer uma. As de cobre são mais complicadas.
Isso pode tratar-se de uma grande brincadeira boba. Mas ciência não é feita de alegações. Pra provar que funciona ela tem que levitar aqui na minha frente. Eu vou tentar, porque não é feio tentar. Se não funcionar, não funcionou.
O que me intriga é o que faria todos este mecanismo operar. Vento iônico também?

Related Post

27 comentários em “Antigravidade feita em casa parte 2”

  1. Gustavo, o Lifter é provado científicamente que funciona.
    Isso aí é um video apenas com uma explicação lacônica de um processo. Se eu tivesse que bancar, bancaria o lifter que é mais garantido. Mas levando em conta que este aí é feito com sucata, vale uma tentativa.

    Anônimo, até o Colombo mostrar como que colocava o ovo em pé, todo mundo duvidava.

    Durva, com mágica dá pra fazer o quarto do cara todo levitar. Eu quero saber se isso é uma propriedade de radiofrequencia ou não.
    Eu li num site que isso é uma variação do Efeito Hutchinson, que por sua vez é uma evolução dos estudos de altas frequencias que o Tesla tava fazendo antes de morrer. Os videos do efeito Hutchinson são bem bizarros.
    Claro que pode se tratar de uma fraude. Mas o que eu tenho a perder? Se precisasse comprar um reator de dois mil reais, eu não tentaria…

    Em todo caso, prometo a vocês que se isso for mesmo fake, eu mesmo vou fazer um video em que eu mostro que consigo fazer uma placa levitar sem ser por campo elétrico, nem mágica e nem supercondutores resfriados. Pura ciência.

  2. Parece fake. Quando a carta cai na metade do video ela fica fora de centro sobre as pilhas mas não cai. E os movimentos da lata são de mesmo deslocamento da carta, mesma distância.
    Não faz o menor sentido.

  3. Philipe, pra mim isso aí é o seguinte: há dois fios de meia calça presos na lata e naquilo que parecer ser um porta CD ao fundo, formando uma ponte, sobre a qual é colocada a carta. A medida que afasta a lata, os fios esticam e a carta é suspensa. Note que, ao girar a lata, um dos fios se estica mais do que o outro, fazendo uma parte da carta levitar mais do que a outra. O celular, o CD e as pilhas é só pra confundir. Nem seria necessário para esse truque. Aliás, aqui no centro de SP esse truque é vendido na forma de um bonequinho de isopor e papel que fica pulando e dançando.

  4. Quase certesa que é uma fraude, mas ñ podemos ignorar as forças eletromagneticas e de ionização. Para provar isso, ele deveria colocar fumaça p/ ver se ah deslocamento de ar.
    a ionização do ar, provoca um leve deslocamento de ar (contante), dependendo diretamente da energia aplicada. tambem devemos levar em consideração que a rigidez dieletrica do ar é de 1KV/1mm.
    isso se da em um capacitor assimétrico.

  5. Se o site não for tipo oficial nem levar a sério.
    Qualquer um pode dizer que faz qualquer coisa diferente e forjar de mil maneiras.
    Teve aquele faquir que “levitou” e aposto que milhares de ota acreditaram.
    Eu mesmo já banquei o paranormal na Internet: fiz um vídeo quebrando um prato com a força da mente – só que o chumbinho que meu sobrinho atirou com um estilingue no prato ficou meio aparecendo então retirei o vídeo.
    Se soubesse algum truque de edição para melhorar o vídeo teria aparecido até na televisão, e a esta hora estaria com a vida mansa, com algum negócio tipo Igreja Universal, quem sabe vendendo o céu ou dando entrevista nos EUA.

  6. [quote comment=""]Se o site não for tipo oficial nem levar a sério.
    Qualquer um pode dizer que faz qualquer coisa diferente e forjar de mil maneiras.
    Teve aquele faquir que “levitou” e aposto que milhares de ota acreditaram.
    Eu mesmo já banquei o paranormal na Internet: fiz um vídeo quebrando um prato com a força da mente – só que o chumbinho que meu sobrinho atirou com um estilingue no prato ficou meio aparecendo então retirei o vídeo.
    Se soubesse algum truque de edição para melhorar o vídeo teria aparecido até na televisão, e a esta hora estaria com a vida mansa, com algum negócio tipo Igreja Universal, quem sabe vendendo o céu ou dando entrevista nos EUA.[/quote]

  7. Vou tentar fazer o experimento. Obs: se quizermos que no futuro exista as maquinas antigravitacionais, teremos que acreditar que iremos construir um dia. Exp. Thomas Edson acreditou que um dia ele iria conceguir fazer a lâmpada parar de pegar fogo, e após milhares de fracaços, finalmente concegui! se funcionar ou não postarei no site em breve.

    • Eu tenho um amigo que está trabalhando sério ( com investimento de uma multinacional) num sistema anti G. Chama-se célula anti G. Em tese, parece que vai ser só colocar esta peça num carro para ele virar uma espécie de “Ufo”. Bizarro, hein? O cara é piloto, Dr. em engenharia aeroespacial e estuda uma física tão escalafobética que nem ele me explicando detalhadamente eu não entendo porra nenhuma daquelas equações.

  8. Amigo Philipe! vou torcer para que o projeto do seu amigo de tudo certo, a conquista da antigravidade e sonho de todos nós se alguem finalmente conceguir já é uma vitória. Eu estudo o assunto a tempos e cheguei a uma conclusão que (Antigravidade não existe) o que existe de fato é uma interação de campos de força elétromagnéticos, do objeto eo ambiente onde ele se encontra exp. (Supercondutores,imãs,Lifter,etc…), e existe várias maneiras de vazer isso. Precisamos apenas descobrir qual a melhor e mais fácil de controlar, e menos perigosa. fui…

  9. Já estou com o material para o teste, agora só falta um tempinho para testar e ver se realmente funciona em breve reponderei aqui no site se deu certo ou não ate+.

  10. Cientistas!
    Não percam tempo procurando a Anti-gravidade! Ela não existe!
     http://informaridendo.blogspot.com/2012/03/cientistas-nao-percam-tempo-procurando.html#links

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

shares