A sobrevivente

Compartilhe

Eu li no blog do meu amigo Francisco – Os Deuses devem estar Loucos – uma história sensacional sobre uma cadelinha que caiu no mar durante uma tempestade.

O que seria o fim da linha para a grande maioria dos animais domésticos (tirando peixes de água salgada, :lol2: ) mostrou-se apenas um desafio para Sophie Tucker, esta cachorrinha aí:

sophie1499x3741777405 A sobrevivente

Ela caiu no mar durante uma tempestade, que a derrubou do barco num passeio da família na costa da Austrália. Sophie é um cão doméstico, acostumada a comer ração e viver dentro de casa, com todo o conforto. Mas quando caiu na água um tipo de instinto de sobrevivência falou mais alto.

Ela nadou do local do incidente até a ilha de St. Bees, ou seja, nove quilômetros no mar! Veja no gráfico do Francisco o percurso que a valente animal fez:

sophiemap1665813 A sobrevivente

Chegando na ilha, a cadela sobreviveu por seus próprios méritos por 4 longos meses. Durante este tempo ela precisou caçar roedores e outros animais pequenos para sobreviver. Depois de quatro meses sozinha na ilha, Sophie foi encontrada por guardas florestais que patrulhavam a área. A família Griffith estava triste de ter perdido um membro da família e ficaram um pouco apreensivos quando souberam que um cão havia sido encontrado numa ilha. Mas eles mesmos não acreditavam muito que pudesse ser Sophie, dada a grande distância do acidente à ilha.

Em todo caso, foram até lá. Chegando no posto eles viram que era mesmo Sphie, que teve um ataque de felicidade quando viu seus donos. Ela começou a golpear a jaula e gemer. Quando os guardas abriram a jaula onde ela estava ela correu e pulou sobre eles, super feliz.

Os donos levaram Sphie de volta para casa e todos ficaram felizes. Uma aventura e tanto. Isso dá até filme da Disney.

Artigos relacionados

5 comentários em “A sobrevivente”

  1. Este cachorro é da raça Pastor Australiano. O bicho é forte como um urso. Não me surpreeenda que ela tenha sobrevivido, apesar de ser surpreendente ter chegado ate a ilha, acho que ela deve ter pego alguma corrente maritima bem forte, que deve ter auxiliado o percurso dela.

    Eu tirei foto com um cachorro dessa raça num hotel fazenda que eu visitei. Veja.

  2. E QUE FILME!
    E seria uma dessas história clássicas como muitas que existem por aí, com assuntos parecidos. Mas sem dívida seria um sucesso.
    Lembra do filme “perdido no deserto” em que um gorotinho e seu avô(?) faziam uma viagem de avião (provavelmente até alguma propriedade da familia). No meio do trajeto, aparentemente distante eles aterrisam em uma local no deserto para fazer refeição. Resumindo , acontece um acidente e o idoso morre. o garotinho fica vagando no deserto somente com o seu (CACHORRINHO), vivendo uma série de aventuras, quando finalmente é encontrado.
    Muito bom!.Filme com animais sempre são muito bacanas e com cachorros melhores ainda.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.