A saga pela carteira de trabalho

Hoje uma leitora chamada Renata me escreveu contando sua saga para tentar tirar uma carteira de trabalho. Aquele documento que é um DIREITO do cidadão, que PAGOU imposto para que pudesse ter, e a qual é indispensável para se obter um EMPREGO FORMAL, sobretudo em época de CRISE.

Os políticos, (todos) mas especialmente os que estão no poder, sempre gostam de vomitar na cara da gente seu demagógico empenho e ardor em gerar empregos, e em buscar oportunidades profissionais formais diuturnamente.

A aventura de Renata em busca de garantir seu direito, é só mais uma em milhares de desventuras no qual os brasileiros são vítimas de um sistema burocrático, obscuro, hermético e caótico, onde imperam a má vontade e a pura ignorância. Hoje tomei café da manhã vendo um sujeito comemorar que finalmente conseguiu agendar sua vistoria veicular obrigatória (manobra safada do Detran ladrão do Rio – o único estado que tem esta merda criada só para arrecadar dinheiro). Eram seis e meia da manhã, e a vistoria dele estava agendada para 14:00!

Nós estamos na unha do capeta nesse país. Se liga só no perrengue da Renata. Colado ipsis litteris do email que ela me mandou:

Oi, Felipe. Eu acompanho o seu blog há muitos anos, e eu sei que você faz diversos textos sobre opinião, inclusive para criticar várias escrotices que acontecem com todos nós; essa é a minha história escrota.

Há 3 meses eu estou tentando fazer um agendamento para emissão de carteira de trabalho. O site do Ministério do trabalho, porém, só faz agendamentos nos 5 dias seguintes ao atual; e nos 3 meses em que eu visitei este site diariamente, nenhum dia jamais estava disponível. Isso quando o site funcionava.

Enfim, pesquisando na Internet por uma alternativa eu me deparei com o site do Rio Poupa Tempo: http://www.rj.gov.br/web/poupatemporj/exibeconteudo
Ele dá as instruções sobre os documentos necessários, e um telefone para dúvidas. Descrente que não seria necessário agendamento para a emissão da carteira, uma vez que o site não menciona a necessidade em nenhum momento, eu liguei para o número fornecido. Que não funciona, e pelo jeito das reclamações em vários sites como o Reclama Aqui, não funciona há meses. Beleza.

Decidi tentar a sorte e me deslocar até a Central do Brasil, a filial do Rio Poupa Tempo mais próxima a mim. Chegando lá, quase não tinha ninguém – nem sequer tinha fila para as atendentes. “Ah que beleza, eu finalmente resolvo esse inferno hoje mesmo!”

Doce ilusão.

Após abordar uma das atendentes sobre a emissão da carteira, ela me informou de muita má vontade que eles só atendiam por… agendamento. Aquele, que o site deles não fornece e não menciona. Eu a informei que estava tentando fazer isso havia meses pelo site do governo mas nunca conseguia, e então ela me dá um papelzinho com um site alternativo (saaweb.mte.gov.br/saa) e um número de telefone. Perguntei se não poderia fazer o agendamento ali na hora, já que eu estava ali em pessoa. Claro que não.

Mas espere, tem mais!

O tal site só funciona as sexta-feiras; se você tentar acessá-lo em qualquer outro dia da semana, vai receber uma página branca de ‘Not Found’ na cara (isso se funcionar na sexta; ainda não verifiquei).

Mas de volta ao Rio Poupa Tempo; eu já estava lá, não tinha absolutamente ninguém, então eu resolvi ligar para o 158 do Ministério do Trabalho. Nessa altura do campeonato eu obviamente já estava irritada, mas decidida a tentar todas as alternativas. De repente o atendente ficava com pena de mim e me agendava para aquele dia mesmo, uma vez que, novamente – a filial estava mais deserta que o Saara (não o camelô).

Graças a Deus, um atendente muito simpático me atendeu e começou a fazer os procedimentos de agendamento; que são exatamente os mesmos para você fazer em casa pela Internet. Ou seja, ele estava impossibilitado de me agendar porque já estava tudo indisponível, uma vez que o site do governo só dispõe agendamentos de um em um dia e aparentemente há muita tecnologia envolvida em desenvolver um calendário que possibilite agendamento em qualquer outro dia do mês que não seja os cinco seguintes ao atual. De repente eles estão esperando o apocalipse zumbi e não querem contar com os ovos que a galinha ainda não pôs, não sei.

Depois de tentar o agendamento em todas as filiais do Rio de Janeiro e falhar, ele me deu um terceiro endereço alternativo: na rua Camaragibe, na Tijuca. Segundo ele, lá atendiam por senha e eu não precisaria agendar.

Toca para a Tijuca.

Chegando lá, não tinha muita gente; após uma fila desprezível, consegui falar com a atendente.

“Só atendemos por agendamento, e só vai estar disponível no dia primeiro de Setembro”.

Isso é o que a pessoa comum enfrenta todo o dia. Para conseguir adquirir um direito basilar do cidadão, é melhor estar preparado para insistir meses e enfrentar a completa falta de informação não só dos sites, mas dos próprios funcionários. E tem gente que ainda acha que você tem mais é que dar graças a Deus por isso. Porque aparentemente perder o seu dia, perder emprego por falta de documentação, perder dinheiro se locomovendo e de quebra ser tratado como idiota é um privilégio.

As calcinhas da Dilma são de sumária importância; a Época até fez uma matéria sobre a vida sexual dela. Ironicamente, o quão fodidos nós estamos ninguém quer saber.

 

Como diz meu amigo Rafael, o meu sonho é que todos os serviços do governo fossem tão eficientes quanto é a cobrança de impostos e o Imposto de Renda.

PS: Caso alguém tenha alguma dica de como ela pode conseguir logo o documento, dê pra Renata nos comentários.

Artigos relacionados

Comments

comments

27 comentários em “A saga pela carteira de trabalho”

  1. Ridículo, quando tirei a minha era na hora. sentava, tirava foto, levava o Rg e 2 dias depois estava pronto. Sem burocracia.. Será que até isso o governo está dificultando?
    Qual o motivo de se trabalhar apenas com agendamento? e quem não tem internet? se Fode?
    Que Ódio do meu avô, saiu da Alemanha pra vir pra essa merda! Deveria ter ido para os Eua.

    • Pois é, que nem o recadastramento biométrico, aqui na minha cidade Toledo-PR tem que agendar por Internet. É muita filha da p***isse. Veja, é aberto vagas de tempos em tempos, são poucas então quando abre, tem que estar ligado para conseguir agendar. Se não for dessa forma, pode ir pessoalmente e será atendido no caso de alguém que tenha agendado ter faltado, ou seja, poderá ficar o dia inteiro esperando e ainda não ser atendido. Quem não tem acesso a Internet, se ferra, porque tem multa para quem não fizer o recadastramento. Eu não encontrei o valor em nenhum site, mas me disseram que na tv passou que o valor passava dos 100 reais. Eu consegui um agendamento, pra mim foi beleza, se consegue agendar o negocio funciona e rápido. Mas achei muito ridículo pois eu acredito que a maioria da população não tem as mesmas condições para realizar o agendamento.

  2. Obviamente o governo deve estar dificultando a retirada de novas carteiras, para que as pessoas que querem trabalhar agora não entrem para as estatísticas de desemprego crescente.

    • Infelizmente tenho que concordar com o que falou.. Quando tirei minha carteira de trabalho, foi no meu 2º grau, em uma daquelas “feiras de ciências”. Tinha uma mesa e uma moça sentada, vc levava a foto 3/4 e em menos de 5min saía com a carteira em mãos.

  3. Mais ridículo ainda. Quando fiz a minha carteira de trabalho aos 14 anos em 1992 levei os documentos e foto e ficou pronta na mesma hora. Colocaram a tecnologia para facilitar e receber as culpas pela incompetência do serviço público. Sei lá qual o motivo, mas certamente é de revoltar mesmo. É tanta burocracia e pra roubar é uma barbada seja com arma em punho em ponto de ônibus ou lá no congresso. É muita desgraça em um país que teria tudo para dar certo.

  4. Se ela não conseguir pelos meios normais, a minha solução é ela pagar um destes posts pagos do Facebook e divulgar a história pra arrecadar likes e compartilhamentos ao máximo, assim, na cara dura, inclusive taggeando toda sorte de jornal e partido político.
    Não sei como anda ai no RJ e bandas, mas aqui no RS tem jornalista que adora ficar pescando estes causos por aí pra queimar o filme do governo; então, é uma solução paliativa ela jogar a merda no ventilador na esperança de ganhar voz de alguém e queimar todo mundo. Conheço algumas situações de pessoas que resolveram seus problemas fazendo barraco virtual.
    No nosso mundo moderno, a pior coisa pra alguns órgãos é essa queimação de filme gratuita.

    • Eu mandei essa história para a globonews, para as páginas do PV, PMDB, CBN, Jornal do Brasil, Veja, Estadão…. mas eu duvido que dê em alguma coisa.

      • Mandou genericamente? Assim ‘pelo canal’ é difícil mesmo, geralmente não publicam. O negócio é mandar via colunista, estes aí são ávidos por essas histórias. O problema é, realmente, achar o contato deles. Geralmente só tem um e-mail padrão no site do veículo que nunca funciona.

  5. Philipe, não cheguei a concretizar o agendamento, mas ao buscar pelo domínio que a Renata passou do saaweb cheguei ao endereço http://saaweb.mte.gov.br/inter/saa/pages/agendamento/main.seam que aparentemente funciona para todo o país filtrando o atendimento por estado. Espero que ajude! Forte abraço!

    • Oi, Rodrigo. Eu sou a Renata. 😀

      Esse aí é o site do Ministério do Trabalho, que eu mencionei no texto. No momento em que eu estou escrevendo esse post, vc recebe uma notificação de ‘falha em realizar a operação’ ao tentar o bendito agendamento. Quando não recebe essas tretas, acontece aquilo de só poder agendar para os 5 dias seguintes, e nunca conseguir é claro.

      • Renata, o link do Rodrigo não é o mesmo que está no post do Philipe não. Não ocorreu erro 404, mas em todas as agências, menos uma, ocorreu o problema que você mencionou dos 5 dias.
        Não sei se é muito fora de mão para você, mas no momento que te mando esta mensagem tem duas semanas abertas para agendamento.

        Superintendência Regional do Trabalho e do Emprego
        R. Augusto Franco, 89 – Alcantara, São Gonçalo – (21) 2614-3852

  6. Em Curitiba, a capital da Russia brasileira…temos as ruas da cidadania… umas ‘mini’ prefeituras em diversos terminais de onibus em que voce vai, pega a senha , aguarda uns minutos e faz o documento ( deixei meu primo de 16 anos, fui pra academia e 30 min depois tava pronta a bendita CT) e isso vale para MUITA coisa burocratica, como serviço de energia elétrica, agua… aah! e se for de busão, não precisa pagar outra passagem…. voce apresenta o comprovante que foi fazer os paranauês e pronto, volta pra casa de boa…. vem pra Russia!

      • Moro em Curitiba, realmente há algumas facilidades, mas nem é tanto assim pra ser uma “Russia”. Agora os ônibus, que tinham uma conexão muito boa e integrada, eles dificultaram, eu que moro na capital não posso pegar um ônibus metropolitano, com um cartão, tenho que pagar em dinheiro e mais caro. Quem trabalha em Curitiba mas mora em região metropolitana, precisa fazer uma volta maior até utilizar mais passagens que o necessário! Isso é uma das coisas que estão complicando aqui, acredito que no Brasil em geral, faltam pessoas que tenham propósito. Amo o nosso país, quando eu puder fazer algo farei! Pq hoje o objetivo da nossa administração/política, é o capitalismo quanto mais dinheiro melhor, e a parte humana? Influenciar e ajudar uma comunidade? trabalhar para o bem das pessoas? Isso falta!

        “Sabemos que toda a cidade é uma espécie de associação, e que toda a associação se forma almejando um bem, pois o homem trabalha somente pelo que ele considera um bem”. (ARISTÓTELES).

  7. Estranho, a minha eu tirei na mesma hora, e nem faz tanto tempo assim (só fui tirar a minha há cinco anos, mas não por ser vagabundo, trabalhava como autônomo até então). Será que varia de município pra município?

  8. Caraca. Aqui em Santa Catarina tu faz os trâmites e em cerca de uma semana pode passar lá de novo pra buscar a carteira pronta. Pensei que isso era fácil assim no Brasil todo…

  9. Que pena… Aqui em SP agenda-se pra fazer o serviço no poupatempo, pela internet… Caso nao consiga agendar pela internet, no poupatempo eles também agendam, ao chegar la na data agendada faz-se o serviço em menos de 10 minutos e o documento sai na hora… Coisa ridicula esse jogo de empurra!

  10. Que p***a sacanagem isso ai! Eu tirei minha carteira de trabalho em 2012 no Poupa Tempo de Ribeirão, e foi na hora, cheguei, sentei na cadeira e sai de lá 5 minutos depois. Quanto aos sites do governo… Nunca vi uma tecnologia tão mal usada! Tentei obter um certificado de quitação eleitoral e o site do TSE 99% das vezes tava off ou dava o tempo máximo de execução e fechava. Infelizmente é tudo uma piada aqui. E o mais estranho é a disparidade de operação do Poupa Tempo. Fui renovar os documentos do carro e em Ribeirão levava em torno de 30min… Fui renovar em outro ano em São Carlos e…. Eu tinha que agendar receber em casa ou ir retirar na próxima semana, 4 dias depois…. Realmente não faz sentido nada disso…

  11. Tirei a minha faz alguns anos no Poupatempo aqui em SP. O serviço até demorou um pouco (pelo o que eu me lembro), mas saiu no mesmo dia que fiz, assim como qualquer outro serviço que eu tenha feito ou no Poupatempo, ou no Detran, ou em qualquer órgão de documentação da prefeitura ou do governo. Demora? Sim, afinal de contas são milhares de pessoas precisando do serviço todos os dias, mas normalmente tudo é resolvido no mesmo dia. O que você tem a fazer é entrar em contato com a ouvidoria do Poupatempo (achei o telefone de lá sem maiores dificuldades) e/ou botar a boca no trombone. Tem tudo a ver com funcionários mal pagos, burocracia e, evidentemente, vão querer que você pague um “por fora” pro serviço realmente andar. Não estou muito ciente de como anda a situação do governo do RJ agora, mas já vi que não é das melhores. No mais, ainda estou tentando entender como a Dilma entra nesse assunto e ainda não consegui, mas enfim.

  12. Passei algo parecido pra ter minha carteira de trab. tambem, fui e voltei varias vezes no ministerio do trabalho da minha cidade na epoca, ate conseguir vaga, depois de muita paciencia, cha de cadeira e ma vontade dos funcionarios mais azedos possiveis consegui.
    O mais legal foi que tempo depois comentei o perregue com um conhecido, que ainda me falou que fui otario, ja que ele conseguiu a dele em 2 dias, entregou a documentacao para um funcionario fora de expediente, e so teve que sair de casa pra ir buscar o documento que segundo ele nem precisou esperar na fila.
    Realmente sou um otario, passei uma jornada pra tirar os documentos por meios legais porque provavelmente assim como esse cara, tambem existem varios primos, filhos, vizinho e tios de alguem que vao passar na sua frente e sobrecarregando o sistema.
    A outra merda é tirar carteira de identidade, tive que renovar a minha pra viajar, levei 2 meses, sai de casa varios dias as 5 da manha pra pegar uma das cento e poucas senhas de atendimento num desses centros de atendimentoem Manaus onde voce ja sai com o documento na mao no mesmo dia, algo como Poupa Tempo do Rio, jamais consegui, pois descobri tempo depois que as pessoas ali chegavam as 3 ou 4 da manha, e dormiam na fila pra pegar senha, e muitos nao conseguiam, o pior de tudo é ver que a maioria era claramente pobre, e estavam ali fazendo um enorme sacrificio pra se registrar e sair da indigencia, provalvemente pra arrumar um trabalho melhor ou terminar os estudos, quantos dali eram serventes de obra, vendedores ambulantes e diaristas obrigados a virar noites mendigando uma senha pra horas depois ter que ir pra sua jornada pesada de trabalho.
    So depois descobri que existe um caminho menos sofrido mas teria que esperar 2 meses pra receber, se eu for na policia federal no setor de registro que so funciona de 9 a 12:00 dia, sabe-se la porque, e pagar uma taxa de 30 reais, acabei preferindo esperar esse tempo.

  13. Nossa q merda de serviço. Por incrível que pareça aqui em sp nunca tive problemas para agendar ou tirar qlqr documento no poupatempo, aliás geralmente sou atendida até mais cedo do que o esperado. Será que é a administração do estado?

  14. Caros amigos, também já passei por uma história inusitada envolvendo o serviço público. Na época publiquei a história no meu facebook da seguinte forma.

    “O serviço público é mesmo surpreendente.

    Hoje pela manhã, no INSS, fui protocolar um pedido para que eu pudesse efetuar o recolhimento retroativo de uma determinada contribuição previdenciária.

    Chegando ao balcão de informações, como toda a documentação necessária, pergunto sobre o
    protocolo e sobre a senha necessária, caso houvesse necessidade da mesma (para quem nunca
    foi ao INSS, existem diversas classes de senhas).

    Feito o questionamento, a primeira funcionária não soube responder e tampouco a
    segunda que apareceu, que parecia ainda mais desinformada que a anterior.

    Ato contínuo – para minha enorme surpresa – chamaram o segurança (terceirizado,
    diga-se de passagem) para responder a pergunta e este prontamente se manifestou:

    Senhor, este serviço necessita da senha “I”. Volte às 13:45, pois esta senha só estará
    disponível a partir deste horário, no turno vespertino.

    Então eu descobri que realmente era mais seguro falar com o segurança.”

    Obs. Quando voltei pela tarde, o próprio segurança estava em um dos guichês de atendimento. Tirei até foto.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.