Sobre Philipe Kling David

Designer, blogueiro, escritor e escultor. Seu passatempo preferido é procurar coisas interessantes e curiosas para colocar neste espaço aqui. Tem uma grande atração por assuntos que envolvam mistérios, desconhecido e tecnologia. Gosta de conversar sobre qualquer coisa e sempre tem um caso bizarro e engraçado para contar.
Saiba mais...

3 Comentários

  1. raquelanubis

    eu também nunca entendi como uma boneca magricela pode fazer tanto sucesso! lembro que minhas colegas de infancia adoravam a Barbie, e minhas primas tinham acessórios que nem cabiam numa mala, mas eu olhava para aquilo e pensava: prefiro um carrinho de rolimã! o mesmo para aqueles brinquedos de limpar casinha, eu nunca achei graça naquilo. podia achar divertido a primeira hora, mas depois logo virava alguma maluquice infantil que não tinha mais a ver com ‘o mundo encantado da vida doméstica’. acho que por eu ser tão estranha e diferente das outras meninas, eu sempre tive mais amigos, para trocar coleções de bolinhas de gude, haha! mas sério, deve dar medo viver rodeada de bonecas…

    Responder
  2. Daria Fateeva

    Gosteri do seu site, Filipe! eu sempre entro pra ler os artigo, muito interessantes!!

    Eu tambem coleciono barbies e outras bonecas, ja chegues em minha colecao em 500 e pouco, quem tem ou conheca quem tem bonecas pra doar entre em contato no meu e-mail:
    daria_fateeva@yahoo.com.
    Eu moro em Sao Paulo capital.

    Responder

    1. AAh que pena que não vi seu comentario antes,Tenho 12 anos e eu ia doar minhas bonecas que colecionava des de pequena ,Já as doei para uma moçinha (rs) que mora numa fazenda!! desculpa que pena!!!tinha umas 200 + ou – era mtmtmtm msm !! bjs qualquer assunto de barbies fala cmg vou colecionar barbies esse ano rsrs
      Meu G-mail: brunna009@gmail.com <—entre em contato por favor!!des de já,agradeço

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>