A bizarra árvore que usa casaco

Compartilhe

Veja só que coisa estranha esta árvore de Yellow Springs, Ohio, USA.

1208373085i3imrrn241 A bizarra árvore que usa casaco

Ela usa um casaco de crochê. Um trabalho insano de ficar dando voltas ao redor de cada parte da árvore até cobri-la quase que totalmente com um tipo de casaco de lã. Ela só tem um único espaço sem o casaco, que fica na base, de modo que os cães possam fazer xixi sem molhar “a roupa” dela.

A idéia é de duas amigas: Nancy Mellon e Corrine Bayraktaroglu. Começou com uma brincadeira e rapidamente atraiu muita atenção e se expandiu rapidamente para outros itens urbanos.

E sabe o que é mais estranho? Ela não é a única. Existem outras árvores com casaco no mundo.
Fonte

Artigos relacionados

5 comentários em “A bizarra árvore que usa casaco”

  1. a ideia é engraçada, mas desnecessária. Tem tanta gente que precisa de um casaco pra se aquecer do frio, enquanto pessoas fazem casaco para arvores..

    enfim.. vai entender as pessoas :/

  2. Ô sociedade fútil!! Por isso o povo de lá atira nas pessoas, pra ter um pouco de emoção nas vidas… Sabia que nos EUA tem uma associação de amantes das nuvens? Eles se dedicam a deitar nos gramados verdejantes e adivinhar com o que as nuvens se parecem mais. AFFF!!

  3. Most art could be called unnecessary, and most of the supplies we use as multi-media aritsts could be put to better use I am sure. It is not my job as an artist to supply coats from my art supplies, I donate clothes, and donate my time to worthy causes outside my activities as an artist. As for unnecessary, keep in mind that this knit knot tree (by the way that is the wrong photo, that is carol hummels work) has been a source of great enjoyment to the community and especially to children. It has also given the local economy a boost.
    For more info on our project please visit. http://www.jafagirlart.com
    regards Corrine B. aka Jafabrit.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.