A bactéria comedora de gente ataca no Sri Lanka


AVISO: ESTE POST CONTÉM IMAGENS CHOCANTES. PASSE BATIDO.

AVISO 2: LEIA O AVISO 1 E OBEDEÇA.

 

Se você é persistente e quer mesmo ver este post, faça por sua conta e não venha encher o saco depois.  O post está aqui em baixo:

0 8804e caee829f XL A bactéria comedora de gente ataca no Sri Lanka   Curiosidades

Essa senhora tinha 59 anos de idade e trabalhava como lavradora no Sri Lanka. Ela resolveu se unir aos filhos para construir uma casa própria num terreno que havia comprado. Durante a obra, a senhora acabou se cortando no rosto. Era apenas um arranhão, mas ele infeccionou. Ela esperou que a infecção melhorasse sozinha, mas a infecção só piorava. Gradualmente, sua carne foi apodrecendo ao redor do pequeno corte até que ele se tornou uma valeta purulenta. A dor era excruciante.  Só aí ela procurou ajuda médica.

Chegando no hospital, os medicos fizeram o procedimento padrão. Limparam a ferida e extirparam a carne necrosada. Ela teve alta e voltou para casa. Os dias se passaram e ao invés de melhorar, a ferida abriu mais ainda. Ela tornou a voltar no hospital, e o procedimento se repetiu. Agora a laceração já atingia seus músculos faciais. A senhora era tratada com altas doses de antibióticos, mas os antibióticos já não faziam nem cosquinha na bactéria.
Eu acho que há uma grande chance de que ela estava infectada com uma rara cepa de bactéria para o qual NÃO EXISTE CURA e que está COMENDO GENTE NO MUNDO TODO, inclusive aqui no Brasil, mas os órgãos de imprensa evitam divulgar. Li especulações em foruns underground que isso esta acontecendo para não gerar pânico desnecessário. É provável que eles estejam temendo o sensacionalismo desnecessário. Pode ser tabém que a bactéria comedora de carne não seja tão voraz quanto pintam por aí. Na duvida, eu não gostaria de ser cobaia perto deste bichinho.

Dizem que essa bactéria é mortal e nada consegue parar seu avanço. Quanto mais tempo demora, mais ela se expande, destruindo todo tipo de tecido mole. A única esperança de sobrevivência está em cortar o membro afetado o mais rapido possível. Ex: Se o cara pega isso no dedo, o mais garantido é cortar o braço fora!

No caso dela, a bactéria estava comendo seu rosto com enorme voracidade. Eu creio que já não haja esperanças de sobrevivência para ela.

Aqui estão as fotos.

[toggle style="closed" title="A Bactéria comedora de gente ataca novamente"]

0 88050 da5e4e0a XL A bactéria comedora de gente ataca no Sri Lanka   Curiosidades

0 88051 e361205b XL A bactéria comedora de gente ataca no Sri Lanka   Curiosidades

0 88052 3f30931a XL A bactéria comedora de gente ataca no Sri Lanka   Curiosidades

0 88053 7735f2 XL A bactéria comedora de gente ataca no Sri Lanka   Curiosidades

0 88054 29cfbdf4 XL A bactéria comedora de gente ataca no Sri Lanka   Curiosidades

 

 

0 88057 18bc4876 XL A bactéria comedora de gente ataca no Sri Lanka   Curiosidades

Aqui está o video:

 

[/toggle]

Obs: Seguindo a tradução do site russo, este caso se deve ao o vírus da dengue, mas pelo relato, parece um problema de tradução, e julgo ser uma bactéria que começou a comer seu rosto por uma ferida. Isso é compatível com fasciite necrosante, o caso da famigerada “bactéria assassina”. Eu nunca ouvi falar de dengue comendo carne humana, mas é importante dizer que em termos de doenças tropicais, isso não é totalmente impossível, porque esses patógenos sofrem mutações.

Há na internet diversos sites mencionando outros casos assustadores de bactérias assassinas. Não sei dizer se todos os casos se devam a uma só cepa bacteriana, (provavelmente não) mas os resultados das fotos são assustadores. É muito provável que seja um caso de fasciite necrosante, aquele tipo de doença que a gente só costuma ver em filme de zumbi. A fasciite necrosante tem diversas bacterias causadoras, e é conhecida desde o século XIX, mas seus casos vem aumentando, segundo estudos. O nosso leitor Rodrigulliver Andrade disse no Facebook:

Cara, sou funcionário público da saúde e já vi mais de 1 caso bizarro desses aqui no Rio de Janeiro. Um foi no hospital da Lagoa. Um médico amigo meu mostrou as fotos do coitado. Fasciite necrótica geralmente é causada por Clostridium ou Estreptococos. Se não tiver diagnóstico rápido, tem que amputar e o índice de morbidade é altíssimo.

Segundo o artigo dobre Fasciite necrosante da Wikipedia: Muitos tipos de bactérias podem causar fasciite necrosante (ex. Estreptococos do Grupo A de Lancefield, Vibrio vulnificus, Clostridium perfringens, Bacteroides fragilis) do qual o estreptococo do grupo A (também conhecido como Streptococcus pyogenes) é a causa mais comum.

Talvez isso explique porque dizem que ela é tão letal que mata duas a cada três pessoas que entram em contato com ela, e inteiro ninguém sai. Tirando os exageros comuns em foruns de conspiração e assuntos underground correlatos, a parada não é brincadeira. Segundo o artigo científico linkado no fim do post:

O tratamento deve ser iniciado o mais cedo possível, já que o atraso de poucas horas pode ser crítico.

Por que estou postando isso? Porque a cada dia que passa mais e mais casos de fascite necrosante surgem nos hospitais do Brasil. Coincidência ou surto? Difícil de dizer. É bom lembrar que nós somos coniventes com isso ao jogarmos nosso esgoto IN NATURA nas praias, lagoas, rios e cursos d´água, onde as bactérias que causam a doença podem a se concentrar. Uma correta assepsia de ferimentos e lesões cutâneas reduz o risco. Os médicos dizem que a melhor coisa a fazer é: Se cortou na praia, nadando no rio, na cachoeira, no mato, no jardim, lave com água e sabão no mesmo dia! E nunca espere seu ferimento ficar podre para procurar um médico.

Aqui esta um artigo científico falando do problema.
fonte



Escreva o que achou deste post. (Apreciaremos sua educação)
  1. Lucas disse:

    Impressionante oque simples e minusculas bactérias podem fazer com o corpo humano, não sei porque, mas as fotos dessa mulher lembra muito o Duas-Caras do Batman, realmente é assustador…

    Responder
  2. Raul disse:

    Eu lembro da época em que li sobre a fasciite necrosante pela primeira vez. Foi um bom tempo tentando ao máximo não esbarrar em quinas de mesa, lâminas de facas e afins. Realmente muito tenso se imaginar numa situação dessas!!

    Responder
  3. Felipe disse:

    Carvalho…!!! O_O

    Responder
  4. É o primeiro post que eu não tive coragem de ver as imagens. PQP. Acho que a única coisa nesse mundo que eu temo mais do que a morte.

    Responder
  5. Rafael Trilhadovento disse:

    Caraio…. eu me MATAVA. O.O

    Responder
  6. Reinaldo Augusto Bocchi disse:

    me lembrou as fotos da galera que usa aquela droga krokodil hahahaha

    Responder
  7. Pedrão disse:

    Acho que rolou um photoshop na foto

    Responder
    • Raul disse:

      Não cara, não rolou. E pare de achar que tudo é mentira porque isso da raiva! O mundo não é um castelinho cor de rosa! hsiuahsaiuhsiua

      Responder
      • Philipe disse:

        Raul, eu acho que desconfiar é certo, meu. O mundo é bem loucão mesmo, isso é inegável, mas tem muito hoax pra caralho lá fora. A gente tem que ter sempre um pé atrás com tudo, ainda mais certas coisas que parecem excessivamente sensacionais.

        Responder
        • R disse:

          Concordo, realmente existe muito conteúdo falso, principalmente se tratando de ufologia, paranormalidade e acidentes. Mas nesse caso não vejo o porque da desconfiança. Uma passeada pela deepweb você encontra coisas horríveis como essa todo dia. Só acho que no caso o amigo se impressionou com algo fora da sua realidade e logo acusou o conteúdo de fake. Mas está certo, cada um pensa o que quiser.

          Responder
  8. Bruno Felipe disse:

    Philipe, me registrei no fórum ArtMakers, porém só depois de registrar que vi o post falando dos bots, e pedindo o campo justificativa. Você poderia liberar meu uso lá ? brunoFelipeSilva é o nome do usuário. O email é o mesmo do comentário.

    Muito Grato
    Bruno

    Responder
  9. Forrest disse:

    http://drauziovarella.com.br/doencas-e-sintomas/infeccao-hospitalar/

    http://www.minhavida.com.br/saude/materias/12492-kpc-continua-assustando-muitas-pessoas-desinformadas

    http://www.thesun.co.uk/sol/homepage/features/4088086/Flesh-eating-bug-nearly-killed-me-Kate-Whites-arm-was-ravaged-by-killer-condition-necrotising-fasciitis.html

    Nesse último link, do The Sun, fala de um inseto, não de uma bactéria. De qualquer forma, em nenhum dos seus links é citado nada específico sobre a bactéria. Não temos o nome científico, não temos fontes confiáveis.

    Viral absurdo. Eu esperava que você fizesse uma pesquisa (pesquisei por 5 minutos) antes de postar coisas sem fundamento. E se diz ufólogo, ainda por cima…

    Responder
    • Philipe disse:

      Primeiro que se você quer que seu comentário seja levado a sério, precisa a aprender a ser mais educado.
      Em segundo lugar, é totalmente possível que eu esteja errado. Não sou o dono da verdade e aqui o leitor é encorajado a buscar permanentemente suas próprias opiniões. Não trato meus leitores como burros-cabeças-ocas como outros veículos e dou a eles o espaço para que usem seu próprio discernimento. (veja nos termos de uso)
      Voltando ao seu comentário, o tal link do the sun que você cita CORROBORA O MEU POST.
      De acordo com o link do The sun:

      It was then medics discovered the necrotising fasciitis, a bacterial infection that destroys skin and the soft tissues beneath it, including fat and the tissue covering the muscles.
      The condition is often referred to as the ‘flesh-eating bug’ because bacteria spreads through the soft tissue, releasing toxins that destroy the tissues as it spreads.
      Surgeons spent four days cutting away at the infected flesh around Kate’s arm in an attempt to stop the bug.

      Pode ser que o inseto seja apenas o VETOR da bactéria da fasciite, ou a mordida do inseto foi apenas a porta de entrada para a bactéria (uma das) que compõe a Fasciite. O post esta com as referências dos artigos citados, contribuições de leitores da área médica, da wikipedia e pelo menos um artigo científico repleto de outras referências. O segundo link que vc cita não se contrapõe ao meu artigo, e sim ao artigo citado no post que fala de uma outra bactéria super resistente que vem se espalhando. E ele se refere a ela como uma bactéria de pneumonia.
      Em todo caso, eu não vi nenhuma contribuição efetiva no seu comentário que justifique sua forma hostil de se posicionar, o que seria esperado de uma pessoa imatura. Seja como for, você é livre para pensar o que quiser com base em, nas suas próprias palavras, “pesquisa de 5 minutos”.

      Responder
  10. Marcelo disse:

    Que dó da senhorinha! No Google tem muitas fotos horrorosas, algumas de genitálias afetadas. Sobre o comentário mal educado aí em cima, acho muito legal vc ler e ainda dedicar tempo analisar e responder, mesmo se tratando de um pela saco desses. Abraço!

    Responder
    • Philipe disse:

      É minha obrigação ler e responder os comentários dos leitores, por pior que eles sejam. Em muitos casos de críticas, 90% se bobear, ela está certa. Eu erro muito, e como lido com todo tipo de assunto aqui, tem vez que não tenho como aprofundar o suficiente a pesquisa sem interferir na media global de postagens. Nem sempre dá pra fazer o melhor, mas eu tento sempre fazer o melhor que dá. Sozinho, tendo que dar conta da minha empresa, com neném no colo chorando, cliente ligando, e etc, é foda, meu. Mas a gente vai levando.

      Responder
  11. André luis disse:

    coitada dessa senhora, alem de viver num país subdesenvolvido,levar uma vida pauperrima e passar por dificuldades sem fim, a hora que resolve e consegue melhorar um pouco a vida ja sofrida construindo uma casinha melhor, contrai uma merda de uma doença feladaputa como essa. é verdade, philipe, existem muitas doenças incuraveis nesse mundo, tem aquela superbacteria que se conrtai em hospitais, até a filha adotiva do beto barbosa faleceu apos contrair essa bacteria. é o Que venho falando sempre: NÓIS TAMO TUDO FUDIDO!
    RSRSRSRS. MAS FALANDO EM COISAS INFINITAMENTE MAIS AGRADAVEIS, como vai o herdeiro gump? tá dando trabalho?kkkkk ele já fez um mes, né? muitas felicidades a vc,sua esposa e essa linda criança. que ele cresça forte e sadio. ainda quero ler aqui muitos posts das peripecias do pequeno gump nesse enorme mundo doido. VIVA O DAVI!

    Responder
    • Philipe disse:

      Valeu mesmo, André. O Davi ta super bem crescendo mega-rapido. Já perdeu um monte de roupinhas. Ele tá é sacaneando a gente direto, porque deu pra mamar de hora em hora, agora. Isso vai assim sem intervalo, dia e noite. A Nivea ta igual um zumbi, hehehe. Vou te falar, o lance não é mole não. Não vejo a hora de estabilizar esse sono dele. O interessante do Davi é que ele vem apresentando um desenvolvimento cognitivo muito acima do esperado para a idade dele, ta fazendo coisa que eu evito até contar, pq só vendo para acreditar. Como ele adiantou 1 mês, na contagem oficial ele tem só 14 dias de maturação, mas está fazendo coisas esperadas para crianças de dois meses e meio. EU não sei ainda se este desenvolvimento cognitivo ira se acelerar ou estabilizará. Tem horas que eu fico estudando ele, hehehe. Nem o Piaget fez tanto experimento com neném quanto eu nesse mês, hahaha.

      Responder
  12. Hakim disse:

    Imaginem a dor dessa mulher, sabendo que o diagnostico final será uma morte lenta e dolorosa o suicídio é um alivio para ela assim para a família que sofre com ela, pois prolongar a vida nesse estado só serve para alimentar a industria farmacêutica.

    Responder
  13. corvo disse:

    tem uma pessoa do lado da mulher sem medo algum de pegar a doença.se fosse eu ja tinha abandonado a cidade.

    Responder
  14. Pedrao disse:

    Phillip… voce ta de parabéns cara
    não apenas por ser um pai agora nem por manter esse blog maravilhoso e interessante
    Mas sim por aguentar tanto nego chato reclamando aqui nos posts!
    abraço e não desanima de postar por causa de meia dúzias de chatos

    Responder
  15. Adriana Lisboa disse:

    Sou médica há 20 anos. De fato, a fasceíte necrotizante existe e faz isso mesmo. Já vi dois casos e foram a óbito. Os dois por Clostridium perfringens. Nada de inverídico no seu post.

    Responder
  16. Mary disse:

    Oi Philipe!

    Vi que você mencionou que um dos motivos para essas super-bactérias poderia ser o despejo irregular de lixo. Eu concordo com você, mas tem um outro motivo que me deixa ainda mais preocupada.

    Já pensou na quantidade de antibióticos que um ser humano utiliza durante a sua vida? Inclua nessa lista aqueles sabonetinhos bactericidas que muito se usa na atualidade, o leite que tomamos e os remédios por causa de uma ou outra infecção. Acredito que estamos selecionando as bactérias mais resistentes, fazendo com que essas monstruosidades aconteçam com cada vez mais frequência. Acho que é o excesso de assepsia que está colocando a nossa vida em risco.

    Em tempo: Parabéns pelo filhão! (e vê se não esquece de colocar ele pra brincar na areia e fortalecer o sistema imunológico! =] )

    Abraço!

    Responder
    • Adriana Lisboa disse:

      Ponto pra vc. Uma das preocupações atuais da infectologia é justamente as superbactérias, selecionadas
      pelo uso excessivo e indiscriminado de antibióticos.

      Responder
    • Charles Alexandre disse:

      É verdade Mary,hoje as pessoas se drogam com remédios em uma proporção absurda,nosso sistema imunológico tem poder de nos defender de qualquer doença,,e não precisa ser esotérico para acreditar nisso,basta ser realista, e ver essa poderosa indústria da doença,que fatura trilhões com remédios inócuos….

      Responder
  17. Wesley disse:

    Não quero deixar ninguém em panico mas, sabiam que a Estreptococos vive na nossa pele? é isso ai, todo mundo tem essa bacteria mortal ai coladinha na sua pele, o problema é que ela está ficando muito resistente por causa do uso abusivo de antibioticos. Então omelhor jeito de previnir é limpando e higienizando qualquer ferimento que vc tiver.

    Ei Philipe, eu vi um outro caso, de uma ameba “zumbi” não tem imagens fortes como esse ai, mas é igualmente bizarro. É uma ameba que vive em rios e lagos, e que é praticamente letal porque ela come o seu cerebro aos poucos. O contagio ocorre quando as pessoas vão nadar em rios e lagos e a ameba acaba entrando no nariz dapessoa junto com a agua contaminada, dai a ameba começa a devorar os nervos olfativos até chegar no cerebro, a aprtir dai é quase morte certa

    http://www.super-interessante.com/2011/08/ameba-devoradora-de-cerebros.html

    Responder
  18. André Luis disse:

    Rs rs. Eu sei como é e acredito nessa evolução do Davi. Essa molecada so falta nascer falando. Meu neto Matheus com 2 meses queria levantar. Sentou sozinho com 4, engatinhou com 6 e ja anda aos 9. O Davi pelo visto vai esculpir com 1 ano. Kkkk

    Responder
  19. Philipe,
    Sou fâ do Mundo Gump e leitora assídua. Mas como médica vou ter que dizer que esse seu artigo tem uma série de informações erradas e inclusive muita desinformação.
    O que essa paciente (http://www.helpkarunawathi.org/index.php) teve foi Fasciíte Necrotizante que é uma infecção causada por bactérias relativamente COMUNS, mas que em pacientes que tem comprometimento do sistema IMUNOLÓGICO, pode evoluir com a fasciíte.
    Lavar feridas com álcool é um erro, além de muito doloroso. Basta água e sabão.
    O álcool pode causar: Dor. Irritação e agressão dos tecidos. Atraso da cicatrização. Produz pouco efeito em tecidos vivos diminuindo a sua eficácia perante germes. Desidrata a ferida e coagula proteínas podendo criar uma película isolante na ferida que favoreça o crescimento de microorganismos que crescem na ausência de oxigênio.

    E mais nada. Abandone-se desde já a ideia de aplicar água oxigenada/álcool sobre uma ferida viva. Ver estrelas não é sinal de uma limpeza efetiva e se arder, não significa que cure.
    E no caso de sinais de inflamação de qualquer ferida, procurar um médico.

    Responder
    • Philipe disse:

      Obrigado Leandra. Sobre o caso ser de FAsciite esta escrito isso no post, inclusive com um artigo científico linkado. Quanto ao uso do sabão no lugar do álcool vou alterar no post. Obrigado.

      Responder
      • Charles disse:

        Pelo jeito, é um assunto meio controverso:
        “- Passada em ferimentos evita infecções e ajuda na cicatrização
        R: A água oxigenada é um desinfetante muito usado em ferimentos. Quando corretamente aplicada evita infecções.”
        http://migre.me/aKJ3k

        Responder
        • Charles disse:

          Controverso mesmo:

          ÁGUA E SABÃO PARA OS CORTES

          Drauzio – Geralmente em todas as casas existem soluções (merthiolate, água oxigenada, álcool, mercurocromo) para serem usadas quando alguém se corta. Isso está certo?

          Fernando Bueno Leitão – Não se deve usar nenhuma das soluções citadas. O ferimento deve ser limpo apenas com água e sabão. Se estiver sangrando, o sangue deve ser estancado por compressão, nunca por garrote. Se a área ferida for comprimida durante três minutos contínuos, a hemorragia cessa porque esse é o tempo necessário para a coagulação do sangue. Se o ferimento for grande e as bordas estiverem abertas, o acidentado precisará de atendimento hospitalar, mas o socorro estará facilitado porque a lesão estará limpa e protegida convenientemente.

          http://migre.me/aKJlo

          Responder
  20. Krause disse:

    Já vi um caso parecido num programa sobre um pronto-socorro na Inglaterra. Ao que parece, é absolutamente impossível de se prever uma infecção dessa. Teoricamente, todas as bactérias patogênicas podem ser consideradas “comedoras”, mas muitas vezes elas tem tropismo (preferência) por um tecido específico. No caso dessa, o “cardápio” parece ser bastante variado.

    Responder
  21. Andre Luiz disse:

    Olá Philipe! Infecções desse tipo podem ser causadas por bactérias comuns, inclusive bactérias presentes na pele, que externamente são inofensivas. Neste artigo existe um caso parecido:

    http://www.mdsaude.com/2009/01/tratamento-de-feridas-e-machucados.html

    []´s

    Responder
  22. raquelanubis disse:

    já tinha ouvido falar dessa tal bactéria… e fiquei muito, muito assustada! até hoje fico assustada com isso, e com tantas outras doenças absurdas, que parecem aquelas de filmes de ficção cientifica… vi as fotos, e realmente, se eu fosse a pessoa que está cuidando da mulher, dava um jeito dela morrer sem sentir tanta dor, por que imagina só, ficar deitada esperando morrer? isso pode demorar mais ou menos, dependendo da quantidade de toxinas que a bactéria for despejar… tenso mesmo! adendo que eu não sou médica, e tudo o que estou escrevendo é por conta de várias pesquisas que eu fiz a respeito dessas coisas mosntruosas dessas bactérias. e o pior que são várias bactérias que podem causar a fascite necrotizante, o que aumenta mesmo o terror de se infectar com um troço desse! eu me matava ²!!!!!!!

    Responder
  23. Kassen Khechen disse:

    Triste ver isso!

    Responder
  24. Nuno disse:

    Só para completar a informação: a senhora não está mais deste jeito. O site da internet pedindo dinheiro para ela (a Leandra colocou o link) conseguiu dinheiro para uma cirurgia. A parte do rosto que ela perdeu foi coberta com pedaço de pele e gordura retirada da própria mulher.

    Não há nenhum objetivo estético, é claro. A ideia foi apenas tapar a parte exposta do rosto. E, pelo que o cara que gerencia o site afirma, ela não sente mais dor.

    Não é exatamente um final feliz, mas é um menos horrível.

    Ah, sim: ela e a família ganharam uma casa nova.

    Responder
  25. Kassen Khechen disse:

    que maravilha Nuno !

    bom saber que a morte não consumiu essa mulher!

    Responder
  26. Ricardo disse:

    Só vou deixar essa notícia aqui…

    http://noticias.terra.com.br/ciencia/noticias/0,,OI6179479-EI238,00-Infectada+por+bacteria+que+come+carne+volta+a+regiao+do+acidente.html

    Responder
  27. marcelo disse:

    já vi muita coisa estranha na net, mas essa supera qualquer coisa. dizem que o apocalipse zumbi vai chegar…e vendo coisas como essas acho que já temos que fazer estoque de comida e água. seguramente foram as fotos que mais me chocaram até hoje, além de não entender como uma pessoa assim pode continuar viva…mesmo que por pouco tempo.

    Responder
  28. Schell disse:

    Desculpem a intromissão, mas a mulher da primeira foto não é a mesma da fotos seguintes, observe a diferença na orelha.

    Responder
  29. Rafael disse:

    Bom, pelo meu palpite, acho que isso nao é fasceite necrotizante (ou necrozante). a fasceite leva ao óbito em um periodo de tempo curto pois é uma infecção agressiva que afeta a fáscia superficial dos tecidos, com progressão rápida e envolvimento do mediastino. leva rapidamente a septicemia, hemolise e depleção vascular.. consequentemente, ao óbito. parece-me mais com um quadro de NOMA. também causada por uma bacteria, normais da nossa flora bacteriana e ambas acometem pessoas com alguma deficiencia imunologica, como desnutrição, diabetes, etc.

    Responder

Responder.