33 Comentários

  1. Pedro

    Olha, sem querer ser chato -afinal também detesto o mc’câncer -mas fui atrás do tal Dr. Omar Khayyam Ravenhurst no site da universidade estadual da pensilvânia (http://www.psu.edu/) e não achei xongas dele por lá.
    Seria essa mais alguma conspiração contra o professor que se insurgiu contra a mc’coorporação? Ou apenas um boato de internet?
    De qualquer forma, prefiro ser cético, afinal maconha no óleo é meio foda de acreditar… bom melhor parar de comer batatas e de acreditar em td que se lê

    Responder
  2. Pedro

    De fato, segundo a wikipedia:

    Omar Khayyam (Nishapur, Pérsia, 18 de maio de 1048 — 4 de dezembro de 1131), poeta, matemático e astrônomo iraniano. Seu nome completo era Ghiyath Al Din Abul Fateh Omar Ibn Ibrahim Al Khayyam.

    Ele foi famoso em vida como o matemático e astrônomo que calculou como corrigir o calendário persa. O seu calendário tinha uma margem de erro de um dia a cada 3770 anos. Contribuiu em álgebra com o método para resolver equações cúbicas pela intersecção de uma parábola por um círculo, que viria a ser retomada séculos depois por Descartes.

    A filosofia de Omar Khayyam era bastante diferente dos dogmas islâmicos oficiais. Concordou com a existência de Deus mas se opôs à noção que cada acontecimento e fenômeno particular era o resultado de intervenção divina. Em vez disso ele apoiou a visão que leis da natureza explicam todos fenômenos particulares da vida observada.

    Responder

  3. oi philipe, queria comentar o post sobre o God of War, mas não achei mais, quando sair o jogo novo pelo amor de Deus bota um post gigante aqui no mundo gump, pois meu filho André já matou o um e o dois e tá me deixando maluca por causa do 3. Só para informação, o pestinha só tem 7 anos…Não sei mais o que fazer!! O que vc recomenda???? :omg:

    Responder
  4. Patola

    Por que tinha de ser o tetraidrocanabinol? Não podia ser algo mais simples como o glutamato monossódico não?

    Responder
  5. Jordana

    Eca, tirando o Pizza McPuff n tive vontade de comer mais nada do que tá aí em cima. A batatinha deles é a melhor mesmo, deve ter algo viciante nela. O sanduba é bom, mas n tem nd de mto extraordinário. Agora as saladas e os sucos “naturais”, arghhhh!! Ngm merece!

    Responder
  6. Renato Mendes

    Não precisa nenhuma substância secreta pra deixar ninguem com fome depois de comer no mcdonald’s. Pelos sanduíches minúsculos que eles vendem eu comeria 5 fácil e ainda sairia com fome….

    Responder
  7. Patola

    Ei, Philipe, será que na Ásia tem Mac-Panopea-Abrupta, MacBaratas, MacPintos-de-Jumento ou MacNojeiras do tipo que eles tanto apreciam lá? 🙂

    Responder
  8. Rogério

    Vejam Super Size Me – A dieta do palhaço

    O cara fica um mês se alimentando apenas de Mac Donalds e faz ainda por cima uns testes para verificar a durabilidade dos lanches do Mac Donalds ao decorrer dos dias … o resultado é surpreendente ! x_x 🙁

    Responder
  9. guga baade

    Hummm de lagosta que me aguarde!!, eu comeria tudo ae sem bronca, sendo bom… quem é que não comeria, mas eu axo que deveria ter um “Mcregional” tipo aqui no nordeste, cm queijo de qualho, carne de sol ou carneiro e salada hehehehe, era uma né

    Responder

  10. [quote comment="26442"]Olha, sem querer ser chato -afinal também detesto o mc’câncer -mas fui atrás do tal Dr. Omar Khayyam Ravenhurst no site da universidade estadual da pensilvânia (http://www.psu.edu/) e não achei xongas dele por lá.
    Seria essa mais alguma conspiração contra o professor que se insurgiu contra a mc’coorporação? Ou apenas um boato de internet?
    De qualquer forma, prefiro ser cético, afinal maconha no óleo é meio foda de acreditar… bom melhor parar de comer batatas e de acreditar em td que se lê[/quote]

    Pedro, eu não sei se o troço foi inventado ou não, mas encontrei diversas referencias ao tal Omar Khayam Ravenhurst em alguns artigos como este de biologia: http://biosphere.biologydaily.com/biology/Discordianism
    Eu acho que pelo sobrenome deve ser o mesmo cara. Neste texto que eu coloquei o link, o cara diz que Omar khayyam é na verdade o pseudônimo de Kerry Tornley.
    É bem improvavel que o Mc Donalds use extrato de cannabis em gordura, porque isso envolveria grandes compras de maconha e fica difícil esconder este volume de compras para uma companhia do porte do Mc Donalds. Se eles fizessem isso o preço da maconha iria disparar, hehehe.

    Responder

  11. Cara, esse lance da maconha deve ser lenda mesmo, a mesma lenda da carne de minhoca nos lanches. Eu já trabalhei no mac, e eles prezam pela limpeza ao extremo de tudo la dentro, porque aqui no Brasil, qualquer coisinha é motivo da fiscalização fechar restaurante. Essa fome extra é causada pelo excesso de açúcar mesmo.

    Responder
  12. Icaro

    Hehe nada a ver mas eu sei fazer o molho especial do Mc’Donalds
    é só misturar em quantidades iguais Ketchup Maionese E Mostarda
    (apesar de eu num gostar de mostarda fik mto bom), sempre boto esse molho no meu hamburguer de lanchinho da tarde, ah bateu uma fome vo cumer um Mc’caseiro :B !

    Responder
  13. Patola

    Hahaha, a referência do Omar num verbete sobre discordianismo é boa.

    Pra quem não sabe, o Discordianismo é uma religião “de mentirinha” feita com propósitos satíricos nos anos 60/70. E bastante popular – com mais penetração na cultura underground do que as pessoas em geral imaginam.

    O profeta Omar Ravenhurst é um dos “personagens” dessa religião de mentirinha, portanto tão de mentirinha quanto a própria religião.

    Imagino que o Philipe percebeu isso mas colocou a nota como uma ironia. 🙂 De qualquer jeito, fica o recado pra quem não captou.

    Ah, e sobre a dieta do palhaço: eu assisti – e achei interessante. Mas algumas das conclusões do filme são sim precipitadas, quem souber inglês dê uma lida nisso: Super Sized Fast Food Phobia

    Responder
  14. Patola

    Perdão pelo erro de português. O certo é: “Imagino que o Philipe tenha percebido isso…”.

    Responder

  15. Patola a diate a do palhaço é maneiro pra caramba, mas eu tenho objeções contra o experimento com as batatas fritas. O cara alega que tem um tipo de toxina ali que não deixa nada nascer. Isso porque ele pega a batata direto do pacote, quentinha e joga num pote de vidro lacrado e guarda elas por mais de um mês. O mesmo ele faz com batatas da lanchonete pé de chinelo da esquina.
    Enquanto nas batatas pé de chinelo brota uma coisa com cara alienígena, nas batatas do Mc Donalds nada acontece.
    Pra mim aquilo ali só prova que as batatas do Mc donalds foram fritas em oleo quente, colocadas no saquinho, acondicionadas na embalagem de viagem e depois colocadas direto no vidro. Aí a taxa de contaminação é ridiculamente pequena. Já as da lanchonete não vieram em saquinho de viagem. O cara veio com elas pela rua.Pra mim este foi um erro metodológico que me parece forçado para fazer as batatas do mc Donalds parecerem isótopos de urânio enriquecido, hehehe. O que vc acha?

    Responder

  16. Philipe, faz tempo que não passo no seu Blog para opinar, mas como achei interessante esta sua matéria sobre o MC Donald´s, resolvi dar minha opinião sobre o assunto do “Mc Maconha”.

    De fato Philipe, as batatas fritas do MC Donald´s são um dos segredos do mesmo guardado à 7 chaves. Mas acredito eu que tenha descoberto por conta própria o dito segredo não só desse prato como de muitos desta e de outras empresas de produtos alimentícios.

    Acredito que as batatas fritas são normais, como qualquer uma, mas elas são fritas em um óleo que a dita empresa alega ser especial, certo? Pois é, o segredo é esse mesmo. O óleo. E o pior que você acha o dito óleo para venda em supermercados. Trata-se do óleo mais saudável deste planeta, o ÓLEO DE CANOLA, de origem canadense.

    Bom, o jeito mais prático de provar essa minha tese é fazer as batatas fritas no óleo de soja (comum, que todo mundo usa) e fazer as mesmas em óleo de canola. Gente, a diferença de sabor é imensa! Nem parece que foi você que fez mas o dito MC Donald´s.

    Outro exemplo é o peixe frito, tipo, a famigerada pescada. Faz em óleo de soja e em óleo de canola… a diferença é gritante… a feita com óleo de soja fica com gosto enjoativo e a feita com óleo de canola fica saborosa.

    Façam o experimento em casa e vejam se tenho ou não razão… o problema em tal experimento é que você VICIA no dito óleo, tipo, vai ficar com nojo do óleo de soja. O motivo? Não é porquê o mesmo tenha “alguma sobstância entorpecente” (maconha) é porquê o dito óleo é rico em ÔMEGA 3. Este tipo de óleo limpa as arterias e por causa disso, seu corpo vicia no mesmo. Pode não aprecer, mas nosso corpo sabe o que é bom para o mesmo, isso se você deixar esta chance para o mesmo, claro.

    Pode parecer um conceito piegas, mas o mesmo corpo humano que se vicia em substâncias tóxicas é o mesmo que pode se viciar em substâncias saudáveis.

    Resumindo meu ponto do vista sobre as batatas fritas do MC Donald´s serem tão gostosas para os mais preguiçosos: As mesmas são fritas em ÓLEO DE CANOLA, RICO EM ÔMEGA 3.

    Ademais, gostei de participar aqui com esta minha “experiência científica” (hehehehe).

    Responder

  17. Boa dica. Vou experimentar o oleo de canola.
    Outro dia eu experimentei batatas fritas feitas em banha de porco. E foram as batatas mais gostosas que eu comi na minha vida.

    Responder

  18. Experimenta sim Philipe. O processo de fritura é o mesmo que do óleo de soja, com a diferença de deixar o alimento muito mais gostoso e muito mais saudável.

    Responder

  19. Pô, gostei do site…

    O tal sanduíche de Hong Kong é bom mesmo, acreditem!
    O “pão” é tipo um bolinho de arroz com cogumelos, e pode ser recheado com carne ou frango.
    Além disso, no lugar da batata-frita, eles vendem milho cozido solto (tipo aqueles de lata), q vem no copinho parecido com o de sundae… É mt bom!

    Responder
  20. Digão

    Como é meu 1º, devo dizer que o blog é muito bom, visito todo dia. Bom, só pra acrescentar à lista, na Argentina vende-se vinho tinto no Mc Donald’s além das tradicionais “empanadas de carne” que são pasteizinhos de forno. É isso, grande abraço a todos

    Responder
  21. Daniela

    Achei bem interessante as adaptações que a empresa faz nos cardápios para atender as características dos diferentes países acho que é por essas e por outras que o Mc agrada a tantos, quanto à maconha, acredito ser apenas mais uma bobagem como quando dizia-se do sanduíche de minhocas, até que se prove contrário, não acredito nessas expeculações.

    Responder
  22. priscila

    a batata no brasil vem da argentina porque , condições surpreendentemente ideais para o cultivo da batata. Uma zona com alta
    radiação solar, bom período de exposição direta ao sol e disponibilidade de água, com
    um solo de textura predominante arenosa que facilita o manejo do cultivo em
    quantidade e qualidade adequada para o processamento industrial. reduz muito o uso de agro-químicos. a batata se origina do chile. e a gordura usada é uma especial sim, “cara”. para poder ser fritas mais de 180kg por dia. (sem trocar a gordura)

    Responder
  23. Carlão

    Na Índia a VACA é sagrada, e não o BOI. Ou seja, carne bovina come-se sim na Índia, e muito. Mas somente de gado macho. E o Mc Donalds tem carne bovina lá tbm.

    Responder
  24. latao chuquicamata

    trabalhei nesta coisa e fiz a experiencia da batata e ela é uma puta farsa,pois antes do sétimo dia a batata ja ta podre.essas batatas são uma das coisas mais ruim do mc!nem fria nem quente nem com catchup nem com molho a base de pickles!e essa batata pelo que li do rotulo são cozidas empanadas e congeladas.Não sei que farofa usam pra empana-la mas quem trabalhou na fritura sabe que as cubas ficam cheias de pó e q é um porre pra filtrar aquela merda.Agora uma experiencia que to fazendo é com um daqueles salgadinhos de milho,quero ver se aquilo apodrece ou não.ta desde o começo do mes num vidro e até agora nada mudou

    Responder
    1. Philipe3d

      Eu creio que o salgadinho de milho vai ficar ali até o dia da sua morte, cara. Porque ele não tem umidade, e vai ser bem difícil surgir uma cultura ali sem umidade. Isso também ira depender de uma serie de outros fatores, como o grau de limpeza do recipiente, o grau de inviolabilidade do mesmo e o local onde você armazena.

      Responder
  25. Nah

    bem qto aos lanches bizarros isso eu ja sabia, afinal a empresa se adapta a cultura local de cada país afim de abranger o gosto dos consumidores ex: Alemanha gosta de cerveja, então vende-se cerveja, Brasil um país tropical então há uma variedade de sucos, e assim por diante.
    Trabalhei por 2 anos no Mc Donald’s “WLZ” (Av. Washington Luíz, zona sul SP” e quanto ao fato das batatas faz-me rir. o Segredo é a forma como são armazenadas, o que as faz macias e suculentas. Ja ouvi de tudo, que o hambúrguer é feito de minhoca e etc.. isso é hilário. As pessoas fantasiam demais ;p

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.