10 incríveis pedras preciosas vermelhas

Alguém (desculpe não lembrar quem foi, estou ficando gagá) sugeriu que eu desse continuidade ao post sobre pedras preciosas com a cor vermelha. Se você não viu o último post, com as pedras preciosas azuis de pirar o cabeção, aqui está o link.

Então, dito isso, vamos ver,

10 incríveis pedras vermelhas de pirar o cabeção!

A cor vermelha é uma das mais importantes na natureza. O mundo está repleto dela e até você está. Duvida? Enfie uma faca na sua  barriga e veja que cor ela vai sair! hahahaha.

Ok, tô brincando, pode largar essa faca!

O vermelho é uma cor que fala diretamente à mente humana desde que aparecemos neste mundo, e talvez por isso somos fortemente atraídos por ela. A lava do vulcão que sangra da Terra é vermelha, o sol quando se põe tinge de vermelho-alaranjado todo o espaço. A natureza nos oferece deliciosas frutas vermelhas como maçãs, morangos, cerejas… Talvez por tudo isso, as pedras preciosas  e gemas vermelhas traiam tanto nossa atenção, capturando nossos corações com um arrebatamento digno dos maiores romances. É impossível fazer uma lista com pedras preciosas vermelhas sem esbarrar na traição. Sim, porque invariavelmente muitas edras lindíssimas ficarão de fora dessa lista. Tal qual na lista de pedras azuis, é imperdoável certos esquecimentos, mas eles são sempre inerentes aos meus posts de listas. Assim, ja opeço desculpas por esta falha antecipadamente. Conte as que eu esqueci nos comentários e ajude os outros leitores a conhecer as gemas que você conhece.

Pegue seu babador! Vamos a elas:

 1- Berilo vermelho

%name 10 incríveis pedras preciosas vermelhas

Esta pedra que você está vendo acima é uma das pedras preciosas mais valiosas e raras da face da Terra. Ela simplesmente custa 1000 vezes mais que o ouro por peso.
O Berilo vermelho (também conhecido como “esmeralda vermelha” ou “esmeralda escarlate”) é uma variedade de berilo, que existem em uma ampla gama de cores. Essa rocha foi descrita pela primeira vez em 1904.

%name 10 incríveis pedras preciosas vermelhas

O Berilo vermelho é muito raro (tão raro que é considerado por muitos especialistas o mineral mais raro da Terra!) e só foi encontrado em quantidades minúsculas em poucos lugares, todos nos EUA.  A maior concentração da gema berilo vermelho vem das minas nas montanhas Wah Wah da cordilheira Thomas, no centro-oeste de Utah. O material foi descoberto lá por acaso, quando escavavam as minas em busca de urânio.  Os preços para a qualidade superior berilo vermelho natural pode ser tão elevado quanto $ 10.000 por quilate de pedras acabadas. 

2-Vanadinita

Se o sangue se cristalizasse um dia ele viraria vanadinita. Olha que linda cristalização:
%name 10 incríveis pedras preciosas vermelhas

A Vanadinita é um mineral que tem cristais hexagonais, geralmente prismáticos. É frágil e tem uma fratura desigual. A dureza na escala de Mohs é de 2.75-3 e sua densidade relativa é de 6.7-7.2. Tem um brilho vítreo a resinoso, que vai da coloração amarela ao vermelho. É encontrada em formas translúcidas ou opacas.

%name 10 incríveis pedras preciosas vermelhas

A vanadita não é um mineral comum, ocorre como um produto de alteração em jazidas de chumbo. É encontrado nos Montes Urais (Rússia), Áustria, Espanha, Escócia, Marrocos, Argentina, México e nos Estados Unidos (Arizona, Novo México e Dakota do Sul). É usado como fonte de obtenção do vanádio e, em menor extensão, para a obtenção do chumbo.

Este mineral foi descrito primeiramente como um cromato quando descoberto no México em 1801, por Andrés Manuel del Río, pois o vanádio só seria descoberto em 1830.

3-Diamante vermelho

%name 10 incríveis pedras preciosas vermelhas

Diamante é diamante, né veio? Além de ser duro feito o catiço, ele é caro e raro. Só se conhece 29 dessas pedras naturais até hoje. A cor pode ser um vermelho arroxeado, carmesim, vermelhão, ou escarlate. De acordo com o tamanho da pedra, ele pode se tornar um dos diamantes mais caros do mundo. A mina Argyle, na Austrália produz um pequeno número de diamantes vermelhos. Os maiores e melhores destas pedras são leiloadas a cada um ano ou dois, e vendem por milhões de dólares para ávidos compradores cheios de dólares nos bolsos.
Vende por 2-2.500.000 / quilate USD e o valor final para as pedras atingem cifras incalculáveis.

4- O Coríndon do rubi e da safira

O rubi é uma pedra linda, um clássico das gemas vermelhas e indispensável em qualquer lista de pedras vermelhas. Seu nome significa “vermelho”. %name 10 incríveis pedras preciosas vermelhas
O nome rubi vem do latim ruber, que significa “vermelho”. O povo antigo acreditava que o vermelho brilhante do rubi sugeria uma chama inextinguível dentro da pedra, mesmo que brilha através da roupa e capaz até de ferver a água. O Rubi tem sido chamado de “a mais preciosa das 12 pedras criadas por Deus”.
Os rubis naturais são excepcionalmente raros, mas produzem-se rubis artificialmente, que são comparativamente baratos.
O rubi é minerado na África, Ásia e na Austrália. Eles são mais comuns em Myanmar, no Sri Lanka e na Tailândia, porém também são encontrados em Montana e na Carolina do Sul nos Estados Unidos. Algumas vezes ocorrem juntamente com espinelas nas mesmas formações geológicas ocorrendo confusão entre as duas espécies: no entanto, bons exemplares de espinelas vermelhas têm um valor próximo do rubi.

O rubi tem dureza 9 na escala de Mohs, e entre as gemas naturais somente é ultrapassado pelo diamante em termos de dureza. As variedades de corindon não vermelhas são conhecidas como “safiras”.

As gemas de rubi são valorizadas de acordo com várias características incluindo tamanho, cor, claridade e corte. Todos os rubis naturais contêm imperfeições. Por outro lado, rubis artificiais podem não conter imperfeições.

%name 10 incríveis pedras preciosas vermelhas

Quanto menor o número e menos óbvias as imperfeições, mais caro é o rubi – a menos que não tenha imperfeições (i.e., um rubi “perfeito”) – então ele é suspeito de ser fabricado artificialmente e seu status de gema sem preço não é garantido. Alguns rubis manufaturados têm substâncias adicionadas a eles para que possam ser identificados como artificiais, mas a maioria requer testes gemológicos para determinar a sua origem.
Foi usado um rubi sintético para criar o primeiro raio laser. Rubi e safira custam bem caro – até US$ 12.000 por quilate. O Rubi e a safira são diferentes variedades de um mesmo mineral, o coríndon. O rubi é vermelho e a safira pode ter qualquer outra cor, sendo mais valiosa a azul.

%name 10 incríveis pedras preciosas vermelhas

5- Topázio Imperial vermelho

%name 10 incríveis pedras preciosas vermelhas

Topázio-imperial pode custar até US$ 2.000. Ele é encontrado apenas no Brasil. O topázio-imperial tem cor laranja, rosa, salmão ou avermelhada. Delas, a mais valorizada é a vermelha.
“Topázio Imperial” é o exemplo perfeito do que uma gema imperial deve ser. Esta pedra tem uma combinação de vermelho-fogo, misturado com um laranja brilhante e dependendo do ângulo um pouco de tom de pêssego. O imperial é de longe um dos topázios mais desejados, perdendo apenas para um verdadeiro topázio vermelho, que provou ser o mais raro de encontrar.

%name 10 incríveis pedras preciosas vermelhas

6-Cuprita

%name 10 incríveis pedras preciosas vermelhas
A cuprita é um mineral do grupo dos óxidos. Quimicamente é um óxido cuproso de cor vermelha que pode se apresentar alterado superficialmente em malaquita verde. A variedade calcotriquita toma aspecto de agregado de cristais capilares largos, semelhante a uma cabeleira. Uma curiosidade dessa pedra é que se você jogá-la no fogo, o fogo fica verde! Maior “Harry Potter feelings” no bagulho!

Ela tem uma variedade bem ampla de cristalizações:
%name 10 incríveis pedras preciosas vermelhas

%name 10 incríveis pedras preciosas vermelhas

%name 10 incríveis pedras preciosas vermelhas

7-Rodocrosita

Sem fazer este post, eu nunca imaginaria que esta pedra existe. Fui longe pra achar a maldita. Mas valeu a pena. Olha a beleza da cristalização dela, que dava para estar numa galeria de arte!

%name 10 incríveis pedras preciosas vermelhas
Rodocrosita e Quartzo

A verdade é que a Rodocrosita vermelha é bem rara. A pedra é quase sempre cor de rosa. Ela é usada para fazer joias, principalmente na Argentina e tem uma variada cristalização. Seu uso principal é como fonte para extrair o Manganês. As melhores rochas são de uma mina na Argentina e de outra na África do sul, de onde vem as mais vermelhas.

%name 10 incríveis pedras preciosas vermelhas

%name 10 incríveis pedras preciosas vermelhas

8-Uvite vermelho

Outra pedra típica do Brasil (e que eu nem fazia ideia que existia até começar este post). O uvite é uma turmalina vermelha, dotada de um tom vermelho vivo, uma pedra muito bonita com uma cristalização interessante.
%name 10 incríveis pedras preciosas vermelhas

%name 10 incríveis pedras preciosas vermelhas

9-Villiaumite

%name 10 incríveis pedras preciosas vermelhas

Villiaumite / Koashva, oriundo da península de Kola, na Rússia. Esse tal Villiaumite é um mineral raro, composto haleto de fluoreto de sódio. Ele é muito solúvel em água e em alguns espécimes acendem sob luz ultravioleta. Ele é geralmente vermelho, rosa ou alaranjado. É curioso que esta pedra seja venenosa! É tóxico para os seres humanos e deve ser manuseada com cuidado. A cor vermelha é um resultado de danos da radiação para o cristal.

10-Cetineite

Com uma incrível cristalização vermelha que lembra um ouriço ou chumaços de agulhas, o cetineite desponta em diferentes substratos.

%name 10 incríveis pedras preciosas vermelhas

%name 10 incríveis pedras preciosas vermelhas

As agulhas são pequenas, com comprimento maximo de 3mm. A forma, cor e cristalizações também podem variar. Foi descoberto pela primeira vez em 1986. Em geral, até agora o Cetineite (a partir de 2011) foi descoberto em cerca de 10 locais na Terra. As maiores minas estão na China e em Luxemburgo.
É possível fazê-la em laboratório,mas a um custo altíssimo que gera pequenas quantidades apenas. O mineral tem grande potencial de aplicação técnica, e devido à sua composição diferente, ainda estão sendo investigadas novas aplicações, principalmente o seu uso em microeletrônica, micro-sensores e catálise, mas sua aplicação largamente difundida não parece estar muito longe.

Artigos relacionados

Comments

comments

10 comentários em “10 incríveis pedras preciosas vermelhas”

  1. Philipe, muito bom o post! Vou começar a olhar pra baixo com mais atenção e cavocar a calçada agora. Vou indicar você se a prefeitura me encher o saco, ok? =D

    CONTRIBUTIO: Essa aqui (pesquisando de varde, um dia achei na wiki) também é legal, a formação dele de vez em quando parece que vem toda amarrotada:

    Segundo o achável na internet, o jaspe (<a href=" http://www.mindat.org/min-2082.html&quot; title=" pelo MINDAT – base de dados de mineralogia," (achei, depois de um monte de site esotérico), <a href=" http://www.gemdat.org/gem-2082.html&quot; title="GEMDAT – Base de dados de gemas", então, se quiser, vale a <a href=" http://www.gemdat.org/gallery.php?colr=1&quot; title="pesquisa por lá") é uma das formas duma cristalização especial do quartzo chamada de calcedônia (porque provavelmente o nome saiu de lá: é um dos minerais descritos na bíblia, embora traçar a etimologia seja meio sacana porque não dá pra recuperar exatamente do que se falava quando se mencionava essa qualidade de pedra, sabendo da importância de determinadas variantes, cores e formas – contando que algumas foram descobertas (vale dizer descritas) durante os séculos seguintes), denominada criptocristalina (cuja estrutura não se revela tão fácil assim, nem na base da ampliação (<a href=" http://es.wikipedia.org/wiki/Textura_%28petrolog%C3%ADa%29&quot; title="Textura (esp)", , <a href="http://www.dicio.com.br/criptocristalino/&quot; title="Criptocristalino (termo)" embora também se defina como <a href=" http://www.minerals.net/mineral/chalcedony.aspx&quot; title="microcristalina", porque, afinal, <a href=" http://www.minerals.net/mineral_glossary/microcrystalline.aspx&quot; title="é ruim de ver e se forma pequenininho"), ganhando o tom vermelho por causa do acúmulo de óxido de ferro na mistura, mas também sendo encontrado em outras cores.

    O ônix também faz parte dessa "família", digamos.

    Além dessa tem outras pedras de formação semelhante (variantes) de tom avermelhado ou chegando lá, como a Cornalina e o Sárdio ( , <a href="http://www.gemdat.org/gem-9333.html&quot; title="Cornalina (GEMDAT), <a href=" http://www.gemdat.org/gem-7607.html&quot; title="Sárdio (GEMDAT)" e uma das mais loucas que eu achei (inclusive, falando em achar, se acha no Brasil): o <a href=" http://pt.wikipedia.org/wiki/Heliotropo&quot; title="heliotropo", que na verdade é uma gema entre verde e preta, formada de maneira semelhante, mas que pode ter intrusões de óxido de ferro ou jaspe mesmo, fazendo da pedra uma coisa muito da bonita. Não é a toa que em inglês é chamada de bloodstone: https://www.google.com.br/search?q=heliotropo&client=firefox-a&hs=d0p&rls=org.mozilla:pt-BR:official&channel=sb&source=lnms&tbm=isch&sa=X&ei=5gwNVMStLZStyATGjIHwCQ&ved=0CAgQ_AUoAQ&biw=1366&bih=633#rls=org.mozilla:pt-BR:official&channel=sb&tbm=isch&q=bloodstone.

    Abraço!

  2. Uma das coisas que me faz gostar e odiar a geologia; petrologia, imagina ter q saber milhares de nomes estranhos saber todas as características macro e microscópicas! !! É tenso. .

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.