Surge uma esperança para a cura do Mal de Alzhimer

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Categorias
Night mode

Poucas coisas no mundo podem ser pior do que você testemunhar o lento e sofrido mal de Alzhimer tomar conta de alguém a quem você ama. Uma das piores doenças que atacam os idosos, o Mal de Alzhimer provoca a morte de neurônios , gerando comprometimentos diversos que surgem inicialmente no campo da memória, e depois se alastram, até destruir completamente a vida do portador.

A boa notícia é que cientistas ingleses descobriram um medicamento que começa a dar resultados surpreendentes no combate a demência. Os primeiros resultados surgem impressionantemente após dez minutos do uso do remédio.
A novidade surgiu no renomado Journal of Neuroinflammation, que reportou o caso de um homem idoso de 81 anos que teve uma curiosa melhora nos procesos de memória logo após o medicamento ser injetado em sua espinha.

Sua esposa descreveu o efeito do remédio como “tendo colocado o marido de volta no lugar onde ele estava”.

Embora promissores, os experts do Reino Unido avisam que este sucesso não prova que a droga funcionará para todo mundo que sofre de demência.
O remédio, chamado Etanercept  inicialmente era usado para tratar Atrite Reumatóide, mas começou a apresentar pequenos, porém significativos sinais de que melhorava as condições dos portadores do mal de Alzhimer.

Antes da droga, os cientistas mediram a capacidade cognitiva do idoso, que se mostrou dramáticamente baixo em todos os (mais simples) testes, incapaz de lembrar o nome do medico dele e até do estado em que vivia. Ele também  não conseguia fazer nenhuma conta, por mais simples que fosse, ou mesmo dizer o nome de mais de dois animais.

Então, apenas dez minutos após ser injetado na espinha com uma dose de etanecept, ele começou a parecer mais calmo, visívelmente com mais atenção e menos frustrado.

Ele então lembrou-se que vivia na California, sabia o dia da semana e o mês. Ele pôde se lembrar sozinho de cinco animais e conseguiu fazer cálculos mentais.

Após ver o progresso quase milagroso, a esposa apenas se limitava a dizer, emocionada, que “aquilo era algum tipo de ficção científica”.

Neil Hunt, da Alzheimer’s Society, pronunciou-se esperançoso, porém cético  sobre o uso do medicamento: “É crucial mais pesquisas antes de qualquer conclusão sobre o NTF alpha e o desenvolvimento do mal de Alzhimer”

Fonte: BBc News 

Comments

comments

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram

6 respostas

  1. [quote comment=””]Acho que não ajuda muito quem vive aqui no Brasil. O preço do remédio é de mais de U$1000,00 por embalagem com 4 ampolas.[/quote]

    VErdade, até porque ainda não é para isso, e até o princípio ativo se tornar um remédio específico para alzhimer levará algum tempo. Mas é óbvio que a escala de produção fará o medicamento reduzir de preço. Imagina o quanto não custava o primeiro comprimido do viagra?

  2. VErdade, até porque ainda não é para isso, e até o princípio ativo se tornar um remédio específico para alzhimer levará algum tempo. Mas é óbvio que a escala de produção fará o medicamento reduzir de preço. Imagina o quanto não custava o primeiro comprimido do viagra?[/quote]

    só daki a 10 anos poderá ser patentiado… e aliás não é culpa do laboratório [Wyeth] q deve estar investindo [qnts?!] 10, 15 anos em estudos até q primeiramente seja exibida uma pequena e frágil tentantiva de solucionar o problema d quem tem Alzhimer.. se raciocinármos um pouko o medicamento não eh caro…

  3. Boa tarde,

    Achei interessante o facto destas ampolas resultarem no caso da doença de Alzhimer pois, ainda esta semana me foi diagnosticada uma Psoríase Gutata e este é um dos medicamentos subscrito nos casos mais avançados desta doença…será que ao curar a psoríase administrando Etanercept estou também a prevenir que um dia mais tarde venha a sofrer de Alzhimer???

    Fica a questão…

    Cumprimentos,
    Paula

Deixe um comentário para Philipe Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

© MUNDO GUMP – Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução sem autorização.