Prato bizarro: polvo dançarino

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Categorias
Night mode

Você teria coragem de comer um prato cujo nome significa “polvo dançarino”?

Eu adoro comer polvo, mas eu confesso que não sei se conseguiria comer este. No início, parece só um prato normal com o bicho cru decorando o centro da tigela, mas quando você coloca o molho shoyu, olha só que abominação:

Fujam para as montanhas que ele está vivo!!!

É muito estranho comer alguma coisa que se debate em completa agonia ali no seu prato. Não sei o que é pior, se é comer ou se é dizer que o bicho está “dançando”. Seja como for, aqui está alguém comendo a parada:

Talvez ainda mais traumático seja ver o PREPARO dessa iguaria:

Comer polvo vivo é uma tradição na China, no Japão e também na Coréia. Eles acham que comer o polvo vivo transmite força para a pessoa.

Você deve estar curioso sobre o estranho fenômeno do bicho estar aparentemente morto ali no prato e ganhar vida quando derramam o shoyo nele. Eu também fiquei e pesquisei para entender o que de fato acontece com este prato que ganha vida.
Obviamente que o polvo ali não está dançando. E a propósito, não é um polvo, e sim um tipo de lula (eu acho).

O nome deste prato japonês é odori-don (algo como polvo que dança no arroz). O prato é famoso porque o polvo pode causar reações imprevisíveis e até sustos num comensal distraído.
O segredo que faz um polvo morto ficar frenético quando o molho de soja é derramado nele, é que o alto grau de sódio contido no shoyu reage com as células da criatura marinhas, liberando como resultado íons livres que estimulam as terminações nervosas dos tentáculos, causando a “dancinha” do polvo.

Há um outro aspecto em comer o polvo se mexendo, que é dar a chance a ele de matar você. Sim, há alguns casos de pessoas que morreram comendo isso, porque o polvo, mesmo se mexendo por efeito de estimulação elétrica nos neurônios, pode grudar fortemente em qualquer parte do seu corpo. Ele pode agarrar na entrada do esôfago e se agarrar na sua traquéia, entrar pelo lugar errado. Ao fazer isso ele faz o comensal sufocar.

Comments

comments

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram

11 respostas

    1. KKKKK…

      Os caras não respeitam nada… Tem um outro prato que corta a rã sem tirar o coração nem o cérebro, só pra coitada ser fatiada viva no prato…

      No youtube tem… barbárie.

      Detalhe que eu vi alguns japoneses criticando nos comentários, falando que é uma minoria que come esses pratos.

  1. Jogue o bumerangue no meio dos olhos e ataque quando ele estiver atordoado. Quando começar a brilhar vermelho, foge! Repita todo o processo mais duas vezes, e a triforce da coragem será sua.

  2. Asiáticos e suas comidas bizarras… Na boa, Philipe, acho que não demora muito para eles apresentarem algum prato com… partes humanas. Se é que já não existe algo assim por lá. Hannibal level asia!!! 🙂

Deixe um comentário para Leandro263 Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

© MUNDO GUMP – Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução sem autorização.