Algumas das criaturas mais venenosas da Terra

Esta simples rãzinha é uma das criaturas mais venenosas que existem neste planeta. Segundo a Wikipedia ele é o mais venenoso. O nome da espécie é Phyllobates Terribilis – O “Teribilis” tem um certo sentido de ser, porque o veneno alcalóide desta rã, causa parada respiratória imediata e um único adulto do P.Terribilis tem homobatracotoxina suficiente para matar 20.000 cobaias ou 100 pessoas!

Para se ter uma idéia do veneno, galinhas e cães que entraram em contato com um papel toalha onde o sapo andou morreram. Fonte

O veneno P. Terribilis, a homobatracotoxina é extremamente rara na natureza, só sendo encontrada em outros três sapos da Colômbia e dois pássaros venenosos de Papua, na Nova Guiné.

Embora mate tudo que eventualmente o coma, o sapo tem como predador principal uma cobra Liophis epinephelus que é bem resistente ao veneno do sapo, mas não totalmente imune.

O veneno alcalóide provém de insetos venenosos que fazem parte de sua dieta. Isso explica porque ao longo do tempo em cativeiro, o P. terribilis perde lentamente seu veneno. A criatura que transmite os alcalóides assassinos para a rã é um besouro da família Melyridae.Para se ter uma idéia do poder letal do veneno deste treco, dois décimos de micrograma desta toxina pode matar um humano em poucos minutos. Cada adulto contém 200 microgramas em sua pele.

Os índios pegam estas rãs com muito medo e passam as pontas das flexas nas costas delas. Depois de esfregadas, as flexas ficam letais por mais de dois anos. Assim, os índios pegam macacos e outros animais com mais facilidade. Para capturar a bizarra rãzinha, o índio tem que ser muito macho e usar uma folha de bananeira como luva de proteção.

Os médicos e laboratórios farmacêuticos estão estudando as moléculas da homobatracotoxina para encontrar um caminho para remédios mais potentes, como relaxantes musculares e anestésicos, uma vez que o veneno da rã teria potencial para dar origem a um anestésico bem mais potente que a morfina.

O P.Terribilis pode ter outras cores, como verde, branco e creme, além da versão amarelo-dourado aí da foto. Ele é encontrado na Colômbia, Bolívia, Equador, Brasil e por toda a área tropical da América do Sul, sobretudo na Amazônia, pois a rã vive em lugares úmidos e com muita chuva e calor.

Fonte

Outro animal terrivelmente venenoso é a Sea Wasp, também conhecida como água-viva caixa ou vespa do mar. Comum nos mares da Austrália, este é um animal totalmente não agressivo. Ela não precisa ser agressiva. Apenas nada seguindo a corrente, e seus tentáculos invisíveis se espalhando ao redor até que um desavisado peixinho (ou humano) encoste neles.

Quando isso ocorre, os nematócitos – as microscópicas cápsulas de veneno espalhadas nos tentáculos entram em ação.

As glândulas segregadoras do veneno funcionam por contato com os produtos químicos da pele, então se você usar algo tão fino quanto uma meia-calça, já está protegido da picada! É por isso que os sufristas e  salva-vidas australianos usam meia-calça nos braços e pernas, já que a mera superfície da meia previne o contato da pele com o tentáculo, evitando a liberação do veneno.

Mas se você não souber desse macete e entrar em contato com o tentáculo, sentirá a dor imediata, o que pode levar a uma tentativa desesperada de nadar para longe. O problema é que os longos tentáculos dessa água viva são praticamente invisíveis e podem se espalhar facilmente. A pessoa em agitação pode eventualmente se embolar nos tentáculos, provocando uma reação que levaria a morte. A ação do veneno é tão rápida (mata um adulto em 45 segundos)  e potente que a vítima não tem tempo de nadar para a praia e morre ali mesmo. O veneno deste animal age rapidamente porque a água viva não pode se dar ao luxo de perseguir sua presa. E a natureza frágil do seu corpo poderia correr serio risco se o veneno não paralisar imediatamente seu “almoço”.

Embora seja possível, mortes associadas a vespa do mar são raras. O mais comum é que pessoas tenham partes do corpo severamente “queimadas” pelo contato com os tentáculos.  Para isso, há um anti-veneno elaborado a partir do próprio veneno das águas-vivas. O mais difícil é o cara conseguir nadar até a praia para poder tomar o anti-veneno.

Fonte

Fonte

O polvo de anéis azuis é um dos bichos mais venenosos que habitam os oceanos. Pequeno, com o tamanho de uma bola de golfe, esta criatura bonita com anéis azuis quase luminosos em seu corpo mata um humano adulto com extrema facilidade e rapidez.

Primeiro você sente náusea. Sua visão fica borrada. Em poucos segundos você já está cego. Em seguida perde o tato. Você já não pode falar ou mesmo engolir. Em três minutos você está paralisado e incapaz de respirar.

A mordida do polvo de anéis azuis pode ocorrer até mesmo quando o mergulhador usa roupas de proteção. A última coisa que você vê são os belos anéis azuis que só ficam visíveis quando o bicho vai atacar. Não há nenhum antídoto conhecido para o veneno deste polvinho. O único tratamento são horas de massagem cardíaca e respiração artificial até o veneno sair da corrente sanguínea. O veneno não é injetado, mas está presente na saliva do animal, que vem de duas glândulas tão grandes quanto o cérebro dele. O veneno da glândula 1 é relativamente fraco e é usado para matar peixinhos, caranguejos e outros animais marinhos de pequeno porte e é relativamente sem risco para o ser humano. Mas em compensação, o veneno da glândula 2, é a defesa do animal contra predadores e é terrivelmente mortal.
Existem duas espécies desse animal. O Hapalochlaena lunulata, que é o maior chegando até a 20cm. E tem o Hapalochlaena maculosa, menor e mais comum, que pesa apenas 28 gramas. Os dois tipos habitam os recifes de coral da Austrália.

Fonte

Outro bichim do Evil and Twisted, é um tal de Afrur. Trata-se de um inseto que só é encontrado no deserto do Sinai, no Oriente médio. Afrur em hebraico significa terra, sujeira, e o bicho tem este nome porque ele se recobre com a terra do deserto para se camuflar. Por isso é praticamente invisível.

Parente do nosso “Barbeiro”, que transmite a doença de Chagas, o holotrichius innesi realmente é um inseto venenoso, que habita o deserto de Sinai e Negev em Israel. De acordo com este PDf e outras referências especializada sem insetos raros, o Afrur tem um veneno neurotóxico e hemotóxico. Ele se alimenta de sangue como parte do seu processo de amadurecimento.

A criatura é mortal e só foi descoberta pela ciência em 1967 quando um grupo se soldados do exército israelense foi dizimado pelo inseto. Foram encontrados mortos em suas tendas de campanha. Os testes feitos pela Universidade de de Jerusalém determinaram que o veneno de uma víbora local mata um rato em um minuto e alguns segundos. Uma cobaia exposta ao veneno do Arfur, morre em três segundos! Especialistas em toxinas e venenos diversos, afirmam que a mordida de uma serpente é como a mera picada de um mosquito comparada com a potência da toxina deste inseto. O veneno é injetado através de um rostrum usado para perfurar e drenar o sangue que mede um terço do tamanho do bicho. Holotrichius innesi é o nome científico da criatura. Eu custei para achar a foto do puto, mas neste forum um cara diz que é este bicho aí, embora o nome na foto seja Holotrichius Rotundatus, trata-se do holotrichius innesi.

Fonte

Não há um consenso sobre qual seria a serpente mais venenosa que existe. Mas muitos pesquisadores e biólogos apostam suas fichas na Fiercy Snake, que é uma cobra da Austrália que se alimenta quase exclusivamente de sapos e ratos. Ela não é agressiva contra humanos a menos que se sinta ameaçada. Uma mordida  com as enormes presas da Fiercy Snake é suficiente para matar mais de 100 humanos adultos ou 250.000 cobaias. Trata-se de um veneno neurotóxico que leva o adulto para o caixão em menos de 45 minutos.

Ela libera uma quantidade enorme de veneno numa boa mordida, podendo atingir 110mg. O veneno da Fiercy é 50 vezes mais tóxico que o veneno da Cobra Indiana (esta cobra chama-se “cobra” mesmo) e 850 vezes mais potente que o da Estern Diamondblack. A Fiercy muda de cor de acordo com a estação do ano, ficando amarela no verão e marrom  no inverno. É uma cobra enorme que pode alcançar 2,20 metros quando adulta.

Fonte

Entre os aracnídeos, em específico as aranhas, uma das mais perigosas aranhas é a “aranha da teia em funil”, a mais venenosa da família Hexatelidae. Morfologicamente, esta aranha lembra a tarântula, que é praticamente inofensiva, embora seu corpo seja um pouco menor. Suas presas (Quelíceras) são absurdamente grandes, podendo penetrar facilmente na pele e até em sapatos macios, o que pode resultar em morte. Uma curiosidade desta aranha é que seu veneno, uma atracotoxina ACTX, é potencialmente letal em primatas (como nós) mas quase não surte efeito em ratos, cavalos, coelhos, porquinhos da índia e também em cães.  Acredita-se que o veneno da fêmea seja seis vezes mais letal para os humanos que o veneno dos machos da mesma espécie.  A morte pode ocorrer entre 15 minutos e dois dias, dependendo do organismo da vítima.

Fonte

E a planta mais venenosa do mundo?

A mais poderosa das toxinas vegetais é a abrina, encontrada no jequiriti ou jequirité, trepadeira brasileira conhecida também como arvoeiro e jefingo. A abrina provoca a aglutinação das células vermelhas do sangue, formando coágulos e impedindo a circulação corpórea. Ela leva a morte e se você puxar pela memória, vai lembrar que ela é a “planta proibida” que matou o casal de amantes no filme lagoa Azul.

Além dessa, outras plantas mortais no Brasil são a “Comigo ninguém pode”, “pinhão de purga”,  a mamona e a mandioca brava. Existem muitos animais super venenosos no mundo. Além de plantas venenosas. O maior antídoto para animais e plantas venenosas é o conhecimento.

204 Comentários

  1. Atila 15 de março de 2008
    • Kamila 24 de março de 2011
      • Mauricio_cursino 14 de junho de 2012
  2. Philipe 15 de março de 2008
  3. Stuart (Marcelo) 15 de março de 2008
  4. Philipe 15 de março de 2008
    • camiele 22 de novembro de 2010
  5. Patola 15 de março de 2008
    • Camila 18 de maio de 2011
      • Bernardo-brabo 21 de maio de 2011
    • Stefaniecardozo12@hotmail.com 16 de dezembro de 2011
  6. Patola 15 de março de 2008
    • Daniel Cerutti 26 de julho de 2011
  7. Fredh 15 de março de 2008
  8. Tito 16 de março de 2008
  9. Philipe 16 de março de 2008
  10. Philipe 16 de março de 2008
  11. Luis Brudna 16 de março de 2008
  12. Philipe 16 de março de 2008
  13. Cético! 17 de março de 2008
  14. Philipe 17 de março de 2008
    • Marcelo= 15 de maio de 2011
      • Marcelo 15 de maio de 2011
      • Rocco 19 de março de 2012
  15. luiz inacio lula da silva 19 de março de 2008
  16. Philipe 19 de março de 2008
    • Noobs 30 de dezembro de 2010
  17. noca 2 de abril de 2008
  18. Hellen 8 de abril de 2008
  19. Philipe 8 de abril de 2008
    • gabriel 25 de dezembro de 2010
  20. Eliza Müller 10 de abril de 2008
  21. Eliza Müller 10 de abril de 2008
  22. Philipe 11 de abril de 2008
  23. Morgana 3 de maio de 2008
  24. cientista maluco 20 de maio de 2008
  25. quincas rodrigues 23 de maio de 2008
  26. lilico 26 de junho de 2008
  27. Mateus 2 de julho de 2008
  28. luis 21 de julho de 2008
  29. leticia 21 de julho de 2008
  30. Philipe 22 de julho de 2008
  31. Renatinha 23 de julho de 2008
  32. Ciro 3 de outubro de 2008
  33. vitoria 8 de outubro de 2008
  34. Philipe 8 de outubro de 2008
  35. ricardo zika dos animais ! 13 de outubro de 2008
  36. ricardo zika dos animais ! 13 de outubro de 2008
  37. ricardo zika dos animais ! 13 de outubro de 2008
  38. lp 30 de outubro de 2008
  39. juninho 22 de novembro de 2008
  40. voodoounix 23 de dezembro de 2008
  41. vitor 3 de março de 2009
  42. lucas vinicios p.rocha 8 de março de 2009
  43. Anônimo 13 de março de 2009
  44. Anônimo 14 de março de 2009
  45. Anônimo 19 de março de 2009
  46. UmPonto 19 de março de 2009
  47. ricardo 24 de março de 2009
  48. Lucas 30 de março de 2009
  49. Anônimo 30 de março de 2009
  50. Uronim 30 de março de 2009
  51. Anônimo 2 de abril de 2009
  52. Anônimo 6 de abril de 2009
  53. Marta de Cássia 7 de abril de 2009
  54. Rennan 11 de abril de 2009
  55. yasmin silva 13 de abril de 2009
  56. jayson 14 de abril de 2009
  57. jayson 14 de abril de 2009
  58. Ayalla Estephane 16 de abril de 2009
  59. Bruno 22 de abril de 2009
  60. Anônimo 4 de maio de 2009
  61. elizabete 9 de maio de 2009
  62. david 18 de maio de 2009
  63. fernando 6 de junho de 2009
  64. cayu 10 de junho de 2009
  65. Anonymous 12 de julho de 2009
  66. Anonymous 12 de julho de 2009
  67. dafini 16 de julho de 2009
  68. julia 5 de dezembro de 2009
  69. julia 5 de dezembro de 2009
  70. robotimente bonita @ 5 de dezembro de 2009
  71. Marcelle 14 de dezembro de 2009
  72. Oi 6 de janeiro de 2010
  73. beverly ribeiro 6 de janeiro de 2010
  74. Alan 19 de janeiro de 2010
  75. biologodasflorestas 1 de fevereiro de 2010
  76. gabriel 9 de fevereiro de 2010
  77. Wilson Wagner 22 de fevereiro de 2010
  78. geovana 28 de fevereiro de 2010
    • Philipe 1 de março de 2010
  79. Tali 8 de março de 2010
  80. Everson 27 de março de 2010
  81. sabrina 14 de abril de 2010
  82. Aline 15 de abril de 2010
  83. carol 18 de abril de 2010
  84. livia 18 de abril de 2010
  85. Elvis 19 de abril de 2010
  86. victor 25 de abril de 2010
  87. Carla 28 de abril de 2010
    • Philipe 28 de abril de 2010
  88. Leandro SChuenck 28 de abril de 2010
    • igor 28 de abril de 2010
  89. Araujo 1 de maio de 2010
  90. yountd 8 de maio de 2010
  91. vivi 18 de maio de 2010
  92. bruna placotnik 26 de maio de 2010
  93. bruno 2 de junho de 2010
  94. juliana 9 de junho de 2010
  95. aaron 17 de junho de 2010
  96. Tim 27 de junho de 2010
  97. gabriel siqueira 3 de julho de 2010
  98. isaac 14 de julho de 2010
  99. rafaela 18 de julho de 2010
  100. anne 2 de agosto de 2010
  101. luana 5 de agosto de 2010
  102. miriã 8 de agosto de 2010
  103. marcio 15 de agosto de 2010
  104. Marco Túlio 24 de agosto de 2010
  105. rodrigão 24 de agosto de 2010
  106. Tiago 29 de agosto de 2010
  107. Thomas Klein 30 de agosto de 2010
  108. Thomas Klein 30 de agosto de 2010
  109. PartPt 2 de setembro de 2010
  110. rosane 12 de setembro de 2010
  111. Cleverson Fraga Lima 27 de setembro de 2010
  112. KISEY 28 de setembro de 2010
  113. matheus 30 de setembro de 2010
  114. Patrick Sanders 8 de novembro de 2010
    • Philipe 8 de novembro de 2010
  115. Erikasavian 7 de dezembro de 2010
  116. Laos37 9 de janeiro de 2011
    • Philipe3d 10 de janeiro de 2011
  117. Bernardo-foda 20 de janeiro de 2011
  118. Stephany sanches 26 de fevereiro de 2011
  119. Camillasgrassi@hotmail.com 8 de março de 2011
  120. PHILIP 11 de março de 2011
  121. victor 19 de março de 2011
  122. Rodrigo Mickael 20 de março de 2011
    • Philipe3d 21 de março de 2011
  123. Cristiana-igor 24 de março de 2011
  124. Priscila 31 de março de 2011
  125. Fabiocinoue 1 de abril de 2011
  126. Miller 5 de abril de 2011
    • Philipe3d 5 de abril de 2011
  127. Raoni_4 7 de abril de 2011
  128. Jhonata_7 14 de abril de 2011
    • Philipe3d 14 de abril de 2011
  129. edson carvalho 18 de abril de 2011
    • Philipe3d 18 de abril de 2011
  130. Yann faria Vasconcelos 19 de abril de 2011
  131. lara kelly 19 de abril de 2011
  132. Gabrielbritocarmona 22 de abril de 2011
  133. Gabrielbritocarmona 22 de abril de 2011
  134. patricia 17 de maio de 2011
  135. claudio de souza 24 de maio de 2011
  136. Johnny Oliveira 25 de maio de 2011
    • Philipe3d 26 de maio de 2011
  137. mario vieira barbosa 3 de junho de 2011
  138. AndersonDallazen 18 de junho de 2011
  139. Ericavitoriabragadias 28 de junho de 2011
  140. '-' 2 de julho de 2011
  141. Daniel 26 de julho de 2011
    • Philipe3d 26 de julho de 2011
  142. Sarah Cardim 18 de agosto de 2011
  143. Samaraluchetti 19 de agosto de 2011
  144. Luciano Masterese 21 de setembro de 2011
  145. Rafael 14 de novembro de 2011
  146. Defederico 17 de novembro de 2011
  147. Altairmfonseca 1 de dezembro de 2011
  148. ALTAIR 1 de dezembro de 2011
  149. MINEIRO 4 de dezembro de 2011
  150. victória 5 de dezembro de 2011
  151. Rita-99 6 de dezembro de 2011
  152. juninho móro em teresópolis 15 de dezembro de 2011
  153. Antonio 16 de dezembro de 2011
  154. Stefaniecardozo12@hotmail.com 16 de dezembro de 2011
  155. Junenen 18 de dezembro de 2011
  156. karen de carvalho silva vianna 25 de dezembro de 2011
  157. jgdantas 25 de dezembro de 2011
  158. rodrigo 25 de dezembro de 2011
  159. Sinara M S C F 26 de janeiro de 2012
  160. Daniel 26 de janeiro de 2012
    • Philipe3d 26 de janeiro de 2012
  161. matheus 10 de fevereiro de 2012
  162. Brunoccchagas 10 de fevereiro de 2012
  163. Regiane 19 de fevereiro de 2012
  164. maykon 15 de abril de 2012
  165. Ian Forte Furlan 20 de abril de 2012
  166. Ian Forte 20 de abril de 2012
  167. Gdecamargo 20 de junho de 2012
  168. Philipe3d 21 de junho de 2012
  169. Hyolano 25 de junho de 2012
  170. Renato 7 de outubro de 2012
  171. caua 23 de abril de 2013
  172. kilsonrj 27 de abril de 2013
  173. pedro henrique 19 de julho de 2013
  174. Natã Rampazio 20 de maio de 2014
  175. Leonardo Victor FG 26 de julho de 2014
  176. Cleison Tavares 31 de agosto de 2014


Deixe seu comnetário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *