Transformando baratas em zumbis

Olha só que bichinho mais bonitinho.

jewel-wasp-550x366

Olhando para esta vespa, chamada “vespa jóia” por suas incríveis cores, você nunca imaginaria o quão GUMP este bicho é.

A vespa jóia é realmente capaz de controlar a mente de sua vítima, a barata, injetando veneno diretamente em seu cérebro.

O segredo as incríveis habilidades dessa vespa está em um neurotransmissor chamado octopamina no cérebro da barata que controla seus movimentos.

O veneno da vespa bloqueia a octopamina, e literalmente converte a barata em um zumbi. Esta barata zumbi é completamente incapaz de lutar ou fugir, e uma vez zumbizada, ela fica tão abobalhada que é arrastada pela vespa, para sua toca subterrânea.

Então é nessa hora que nós nos perguntamos o que diabos uma vespa vai fazer com uma barata zumbi num buraco, afinal arrastar a barata para lá dá um trabalho enorme. Claro que não poderia ser para comer, já que se fosse, a vespa faria como todos os demais animais, comeria a barata e seguiria em frente. Aqui é que entra a parte realmente estranha – a barata se destina a um compulsório papel de mãe de aluguel.

jewel-wasp-cockroach-550x297

Uma vez que a barata zumbi esta no “lar” da vespa, esta põe um ovo no abdômen da barata, e mais tarde a larva come a barata viva de dentro para fora. Demora 3 ou 4 dias para a larva chocar, e assim que a larva choca, ela começa a lentamente se alimentar dos órgãos internos da barata, que é mantida viva o tempo todo! Este processo leva cerca de 7 a 8 dias, durante o qual a carne da barata precisa estar fresca para a larva.

A vespa mantém a barata viva, porque uma barata morta apodrece em cerca de 24 horas. É por este motivo que a vespa precisa zumbificar a barata, pois uma vez viva, ela pode ir sendo comida sem dar trabalho. Uma vez que a barata é consumido por completo pela larva, ela morre. Então, quando isso acontece, a larva já chegou ao ponto de formar um casulo dentro da casca oca da barata.

Um mês depois, uma vespa totalmente adulta emerge da carcaça da barata, e decola para fazer mais um zumbi.

A vespa jóia é bastante eficiente e precisa em sua injeção do veneno. Ela tem uma técnica que foi aperfeiçoada em milhões de anos de evolução. Este processo começa com picadas na barata em torno de sua cintura. Ao fazer isso, as pernas da frente da barata acabam ficando paralisadas. Em seguida, a vespa se prepara para fazer uma picada mais precisa, injetando o veneno diretamente no cérebro da barata, para bloquear a octopamina. Neste ponto, a barata ainda é capaz de se movimentar e pode fugir se quiser. Mas esse é o problema, o veneno funciona atuando no livre arbítrio da barata fazendo-a perder toda a motivação para fugir do perigo potencial e da dor. A barata se torna uma completa idiota, sem vontade nem medo. Agora a vespa é bastante livre para carregar a barata para onde bem entender.

Aqui tem o video:

 

fonte

Related Post

7 comentários em “Transformando baratas em zumbis”

  1. Só uma correção, o neurotransmissor é a Dopamina, um neurotransmissor comum a diversos outros animais, inclusive nós mesmos. A dopamina é uma catecolamina e serve também como forma precursora de outras catecolaminas importantes.

  2. Philipe, lembrei de um video q vi a umas semanas, isso pode dar um post bacana, porq até onde eu sei, isso é MUITO gump hehehe. Abraç.

    http://www.youtube.com/watch?v=5Rp4V3Sj5jE

  3. Será que é destas vespas que na antiguidade se faziam jóias com a casca, tipo revestimentos? A vespa que ataca será que são somente as fêmeas ou os machos fazem tipo à toa como atavismo? E outra, insetos sentem dor?

  4. Já esou vendo “neguinho’ usando este veneno.
    Gostaria de saber, quem é o pacencioso que fica estudando os hábitos desses bichos assim, para dar informações tão pormenorizadas.
    Me lembrou do caso das formigas. O cara que era “ninja’ no assunto, era brasileiro e já falecido (foi até reportagem na época). Ele fazia cultivo de formigueiro em aquarios (duas paredes de vidro) para estudar o comportamento dos bichinhos e sua engenharia.Outras vezes ele fazia cortes nos formigueiros naturais quando fazia documentários televisionados.
    Tinha também um que fazia isso com os cupins comedores de madeira e tudo que é material, até couros e concreto?
    MAGINÔ? Muito GUMP, também!

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

shares