Terremoto do Chile, mortos e tsunami

Acabei de saber da notícia do Terremoto no Chile. Ao que parece o número de mortos ultrapassa os 80.
Segundo especialistas, este foi um dos terremotos mais poderosos da história, e seu ápice ocorreu na madrugada. O terremoto do chile deu origem a um tsunami e provocou o desmoronamento de residências em várias cidades, o que levou o governo a declarar parte do país zona de catástrofe.441909.su_terremoto_280_350

O terremoto, que teve magnitude 8,8 segundo o Serviço Geológico dos Estados Unidos e epicentro no sul do país, estremeceu a capital Santiago, onde arrancou varandas de edifícios, derrubou pontes, deixou fábricas em chamas e moradores sem eletricidade e sistema telefônico.
Os oito graus na escala Richter é considerado um valor perigosíssimo para as pessoas, animais e construções nas proximidades do epicentro. Para se ter uma idéia da escala holocaustica do terremoto, a escala Richter que vai apenas até 10 é logarítimica. Isso significa por exemplo que um terremoto de escala 10 nunca foi registrado pela humanidade e alguns acreditam que este tipo de fenômeno possa se dar com o choque de um asteróide com a Terra. Neste caso os dez graus da escala Richter poderiam significar o fim da raça humana.

O Chile está localizado sobre a intersecção de duas placas geológicas que constituem uma das maiores zonas sísmicas do mundo. O país sofreu o maior terremoto já registrado na história, com uma magnitude de 9,6.

Sabe-se que o movimento sísmico que provocou o cataclisma no Chile foi muito mais poderoso que o mortífero terremoto que devastou o Haiti em janeiro, também causou pânico no popular balneário de Viña del Mar. O terremoto interrompeu estradas por causa do deslizamento de rochas e causou a interrupção dos serviços telefônicos e elétricos em algumas cidades do norte do país.

Apesar de o sismo ter tido epicentro no sul chileno, perto da localidade de Maule, 321 quilômetros a sudoeste de Santiago e a 104 quilômetros de Talca, também foi sentido na vizinha Argentina.

Vem o TSUNAMI ái!

Apesar de ainda não se saber com exatidão o impacto do tsunami sobre o território insular do Chile, o governo enviou uma fragata à ilha de Juan Fernández. A onda gigante também atingiu o litoral em Iloca, onde não havia relatos imediatos de vítimas. Segundo o Centro de Advertência de Tsunamis do Pacífico o terremoto também coloca em perigo outras regiões. As cidades da costa do Pacífico foram avisadas para entrar em estado de alerta.
O governo chileno ordenou o esvaziamento de algumas regiões da Ilha de Páscoa, onde se esperava o tsunami de maneira iminente.
As autoridades norte-americanas advertiram que as ilhas do Havaí corriam perigo e que era preciso tomar medidas urgentes. A Austrália também emitiu um alerta de tsunami.
O maior medo de terremotos ao que se sabe fica na California. Os moradores locais esperam há anos pelo BIG ONE. O temor do “Big One”, um lendário terremoto com grande capacidade de destruição, que poderia causar um prejuízo de até 150 bilhões de dólares à Califórnia.
Os californianos são alvo de cerca de 15.000 abalos sísmicos por ano, a maioria muito fraca. Contudo, São Francisco sempre está a espera do “Big One”, que de acordo com certos geólogos, tem 70% de possibilidades de acontecer nos 30 próximos anos.

Os peritos acreditam que, a cada 150 anos, acontecem importantes movimentos na parte do sul da falha de “San Andreas”, que atravessa todo o Estado. Dessa maneira, os dois últimos grandes tremores de terra na Califórnia aconteceram exatamente há 150 anos (El Tejon, 1857) e 101 anos (São Francisco, 1906), com grau 8 na escala Richter.

A região de São Francisco, no norte do Estado, se encontra entre a grande fossa oceânica da zona de subducção que contorna a costa ocidental americana, e o sistema de flhas “San Andreas” e “Howard”, que passa ao leste de Oakland.

Em janeiro de 2007, sismólogos que se reuniram na Universidade da Califórnia do Sul (USC) de Los Angeles, Deram o alerta de que o “Big One” é uma ameaça iminente. “Pode-se dizer que o segmento sudeste da falha de San Andreas está grávida de nove meses”, explicou Thomas Jordan, diretor do Centro Sismológico da Califórnia do Sul.
Entretanto, se o “Big One” é uma certeza para todos os especialistas que estudam a evolução da falha de San Andreas, a data em que ele acontecerá permanece um mistério.
Sabe-se que vai acontecer, mas não se sabe quando.
A cada nova onda de tremores de terra, os cidadãos norte-americanos temem por suas vidas. Ainda a pouco soube pela Tv que na Califórnia muitas pessoas começaram a estocar comida. Eles temem que o abalo que atingiu o Chile seja apenas o prenúncio da chegada do Big one.

No Brasil registram-se poucos abalos sísmicos. Em média ocorrem a cada ano um sismo de magnitude 1 a 3 na Escala Richter e a cada cinco anos podem ocorrer abalos de magnitude 4 ou mais. Os locais onde mais acontecem tremores são a Região Nordeste, seguido do estado do Acre. No entanto, outras regiões do Brasil também são sucetivéis aos tremores de terra. O local onde frequentemente são registrados tremores é na cidade de Bebedouro em São Paulo, ocorrendo tremores de magnitude 2 a 3 quase todos os anos. Esses tremores, segundo o grupo de sismologia do IAG/USP, tem suas origens nas fracturas do basalto da Formação Serra Geral e provavelmente são induzidos por poços de extração de água subterrânea na região.

O maior tremor registrado no Brasil atingindo magnitude 6,6 na Escala Richter foi na Serra do Tombador no Mato Grosso em 31 de Janeiro de 1955.

fonte
fonte

Related Post

8 comentários em “Terremoto do Chile, mortos e tsunami”

  1. Nós, os paulistas, também tememos o BIG ONE… o imenso congestionamento que paralisará completamente a cidade…. pode acontecer a qualquer momento!

  2. mas alias, a tsunami chegou no hawaii ou nao????

    As noticias estão confusas, fiquei sem poder ver tv um tempo, e agora estou tentando procurar noticias….
    nao encontro referencias se a Tsunami ja aconteceu, se ainda vai acontecer, ou se nao vai mais acontecer….

    vc sabe, Philipe? alguem sabe?

    abraços

  3. Cara eu escapei dessa 🙂

    Eu ia pro Chile no fds a trabalho, mas os vôos estavam lotados e só consegui vaga na segunda a noite… Mas como os vôos estão cancelados não vou nem tão cedo.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

shares