Os games que eu amei

Compartilhe

Volta e meia surge um meme maneiro. Nesse, que eu vi na Papo de Homem, eu perdi a vergonha na cara e descaradamente pedi para entrar. Afinal, é uma coisa muito boa poder falar sobre jogos.

Desde os cinco anos, eu já jogava o clássico “Telejogo da Philco” na casa da Claudinha,uma namoradinha que eu tinha e que era filha da vizinha da minha vó. Mas a minha vida com os jogos começou de verdade mesmo quando meu tio Zé Carlos me deu um Atari 2600. Era meu aniversário de sete anos, e naquele tempo, (1983) ganhar um Atari não era coisa pra qualquer um. Era presente de rico. (como o robô Artur)

No Atari, eu joguei uma penca de jogos. Quando o videogame se popularizou de verdade, surgiram várias locadoras de fitas de Atari. Foi uma época muito boa. Apesar de ser “pato” eu jogava bastante. E gostava de ver meu pai jogar Míssil Comando. Acredito que os dez jogos de Atari que eu mais joguei foram:

  1. Jungle Hunt
  2. River Raid
  3. Missil Comando
  4. Boxe
  5. Star Wars
  6. tennis
  7. Rally Enduro
  8. Chopper
  9. Pitfall

E o melhor jogo de Atari de todos os tempos: HERO.

No tempo do Atari, os computadores pessoais eram um sonho distante da massa. Acreditávamos que os computadores eram máquinas super inteligentes, que sabiam tudo. Afinal, o computador da batcaverna emitia uma espécie de extrato de banco, todo perfurado, dizendo quem foi o criminoso que havia roubado as “fabulosas jóias da Coroa”. Santa antiguidade, Batman!

Quando pela primeira vez na vida eu vi um jogo de computador, (1984) foi no escritório de processamento de dados da central do Brasil. Era uma área restrita, mas meu pai era chefe lá e eu podia entrar. Um amigo do meu pai que era programador criou um joguinho que chamávamos de “nave amiga” escrevendo o programa em alguma linguagem tosca, tipo um assembler, fortran, sei lá.
Sei que o maluco era um cabeçudo para criar um jogo daqueles.
O jogo era até bem simples, quase como um jogo de Atari. Mas este tinha um diferencial de ser um jogo feito pelo cara que eu conhecia, numa máquina cheia de botões e com uma bela tela verde. Eu me sentia super poderoso mexendo num computador aos sete anos. Talvez eu até tenha sido a primeira criança a jogar um jogo de PC em Juiz de Fora.
Um dia na escola eu falei que mexia num computador e todos riram de mim. De fato, eles tinham razão.

solution16 Os games que eu ameiFoi em 1986 que meu pai comprou nosso primeiro computador. Era uma inovação tão dramática alguém ter um computador em casa que meus amigos fizeram tipo uma procissão para ir até a máquina, olhar pra ela e dar lugar ao próximo na fila.

E não era qualquer máquina. Era um supercomputador da Prológica, o Solution 16, que tinha o monitor com 16 tons de verde embutido na CPU e o teclado servia de tampa. Ao lado do monitor DOIS drives! Era uma tremenda máquina com 256kb de memória!

Neste computador eu joguei varios joguinhos que meu tio Cazé pirateava com os amigos.
Não existia Windows e a gente jogava via DOS.
O que mais marcou foi o Decathlon, da Microsoft.
Em seguida surgiu o Test Drive, no qual meu pai ficou viciado. Eu gostava de jogar um que não lembro o nome, mas que era um tipo de passarinho que ia comendo um caminho como se fosse uma toupeira e umas cobras iam tentando comer ele.
Também tinha um que era o Montezuma. Tipo um pitfall onde um boneco procurava chaves e subia escadas em busca da saída de um templo maia. Tinha também a primeira versão de esportes radicais. (california games)

  1. decathlon
  2. California games
  3. test drive
  4. Montezuma
  5. Passarinho doido ( inventei o nome pq não lembro o nome certo)
  6. Ping pong
  7. Strip poker – Nesse eu consegui ver os primeiros peitinhos virtuais da vida
  8. Tetris
  9. Jogo da minhoca – (esse mesmo que tem em celular)

Esses foram os que mais marcaram a era do Solution. Nessa época os jogos eram meio toscos e cansavam rápido. Foi quando eu comecei a desenhar no computador, através de coordenadas em Basic. Eu cheguei a programar uns dois ou três joguinhos em basic, mas dava tanto pau, que eu nunca mais programei na vida.

Mas paralelo ao despertar da era PC, os consoles estavam ali à mão. O primeiro foi o meu Atari, mas depois vieram o Master System, que meu pai ganhou numa rifa, e o Phantom que ele comprou pro meu irmão.
O master system a gente vendeu rápido. O que eu mais joguei foi Altered Beast, esportes radicais, out run, alex kid.
Mas o Phantom durou muito. E nele joguei muitos jogos legais. O que eu me lembro com mais carinho foi o Predador e Gautlet. E também tinha um que a gente usava uma pistola preta e atirava na tela matando os bandidos. Esse era super legal.

Naquele tempo, a gente viajava todo ano para Cabo Frio. E uma vez que chegávamos e tomávamos o primeiro banho naquela água fria cheia de algas, corríamos a pedir dinheiro para ir para os fliperamas. Os fliperamas eram o grande motivador de viajar para Cabo Frio. (até hoje)
Nos flippers nós jogávamos uma série de jogos. Mas alguns eram tão bons que não posso deixar de fazer a lista dos dez mais jogados de fliper:

  1. Gladiator
  2. Green Beret – Jogo isso até hoje.
  3. Golden Tyger -Golden Dragon (tinha o mesmo jogo com dois nomes e eu jogo até hoje)
  4. Moon Patrol
  5. Afterburner – Esse era desperdício de dinheiro. Eu SEMPRE morria na primeira batalha. Mas a máquina mexia, vibrava e girava, e apenas por isso eu morria na grana pra jogar ali.
  6. Double dragon – Eu jogava bem esse. Formava até platéia.
  7. Operation Wolf – O jogo era bobinho, num flipper quente pra caramba, mas eu gostava porque a gente jogava com uma metralhadora igual a de verdade que atirava na tela.
  8. Cadillac Dinossaurs e também todos os de porrada, como Street Fighter, King of the fighters, Samurai Shadow. Eu adoro jogo de porrada.
  9. F1 – Clássico com volante e pedal.
  10. 1942 – Um clássico. Eu adorava a manobra de loop onde o aviãozinho chegava perto da “câmera”. Jogo até hoje.

A maioria (todos) esse jogos tem para download em RoMs (rom é o jogo) que rodam no emulador MAME. Baixe o emulador M.A.M.E. aqui. Baixe roms aqui.

Dá pra transformar seu velho Pc num flipper com este troço.

Quando o meu irmão André ganhou de aniversário (ou seria natal?) um Super Nintendo, os jogos estavam se sofisticando bastante. Naquele tempo, uma fita de Super Nintendo era cara pra dedéu. Coisa pra ganhar de natal. mas sempre tinha a locadora de fitas, que ao longo do tempo foi se mantendo com a clientela fiel e só começou a morrer quando os gravadores de DVD ficaram ao alcance dos moleques. Mas muitas delas estão ainda por aí. Umas agonizando outras diversificando para não sucumbir.
Então nós jogávamos e zerávamos compulsivamente o Super Mario.
Das locadoras vinham jogos curiosos como Robocop… E vários de corrida. Rally, kart, Golden Axe, etc.

Eu acabei aproveitando pouco a fase do Super Nintendo, porque nesta época os pc estavam se desenvolvendo rápido.
Surgira o windows e a popularização do Pc avançava rapidamente. Muitos amigos meus já puirateavam jogos em varios disquetes.
Desse tempo, a lista dos dez melhores foram:

hors concours- Wolfenstein 3d. É o que eu chamo de quebra de paradigma.

  1. DOOM (clássico. Sabia que teve uma época em que havia mais doom vendido do que computador com o Windows?)
  2. DOOM II ( o clássico nunca morre)
  3. Flashback ( um dos melhores jogos da minha vida. Da do meu amigo Brunno também)
  4. Prince of Persia ( um clássico)
  5. Out of this World (tão bom quanto Flashback)
  6. Indiana Jones
  7. Alone in the dark ( mais uma quebra de paradigma. Um game podia ser divertido e dar medo)
  8. Test drive ( a franquia imortal)
  9. Duke Nukem ( bem legal. Foi quando o humor conheceu o FPS)
  10. Stunts ( eu gostava de poder criar pistas e zoar com os perdedores)

Os jogos começavam sua transição do mundo 2d para o 3d. Mas isso não impediu que jogos 2d bons fossem criados. Algum tempo depois surgia uma nova safra de games. desta, com o windos já em sua versão 98, destaco:

  1. Age of Empires
  2. Quake
  3. Unreal I e Half Life
  4. Dungeons & Dragons
  5. Soul Reaver
  6. Heretic 2
  7. X-wing
  8. Wing Commander ( este é da era anterior, mas só fui jogar nesta fase, por causa do filme – que é tosco)
  9. Sim City
  10. Alien versus Predador ( como não tinha o filme, a gente realizava o desejo jogando)

Em paralelo, o console do mercado era o playstation. Todo mundo queria ter um.
Nele, os jogos eram sensacionais. 3d rápido, uma taxa boa de frames por segundo, e o melhor, jogos á vontade. O grande diferencial do Playstation sempre foi o manancial de jogos disponíveis.
No Play 1 eu joguei bastante. A minha lista do Play 1 é:

  1. Gta 1
  2. Turok
  3. Spider Man
  4. Medal of Honor
  5. Driver
  6. tekken 3
  7. resident evil
  8. Tony hawk e a fase demo de Mattt Hoffman, onde eu fazia miséria com a bicicleta
  9. Gran turismo 2
  10. Star wars knights of the old republic

E aí veio o play2 com jogos ainda mais incríveis.

  1. Burn out
  2. GTA San Andreas – Este último eu joguei tanto que acabei vomitando devido aos movimentos e acrobacias que eu fiz com os carros e motos.
  3. Prince of Persia
  4. God of War I
  5. God of War II – Na minha opinião um dos melhores jogos de todos os tempos
  6. Silent Hill
  7. Gran Turismo 3
  8. Virtual Fighter 4
  9. Tekken 5
  10. Shadow of the colossus – Um dos mais bonitos jogos que eu vi na vida

Eu joguei pouco o Xbox. Então não vou listar os melhores jogos nele.

Em paralelo os computadores domésticos ficaram mais potentes, com placas aceleradoras de video que permitiram aos games atingir um padrão incrível de realismo. No Pc atual a minha lista é modesta, uma vez que o trabalho e este blog agora me atrapalham a jogar.

  1. Max Paine (todos)
  2. Age of Empires III
  3. Farcry – um dos melhores jogos de tiro que eu joguei. Engine sensacional!
  4. Half Life – Engine sensacional também
  5. Unreal Turnament
  6. PainKiller
  7. Tom clancy -Ghost Recon
  8. Prince of Persia II
  9. GTA San Andreas – PC version
  10. World of Warcraft – O único em que eu não joguei mais do que uma hora. Mas o pouco que joguei já deu pra ver que ia virar dependente daquela merda e saí fora – com medo.

Uma coisa também legal foi trabalhar com jogos. Eu trabalhei fazendo parte da equipe de arte do jogo ERINIA, que era um game tipo massive multiplayer. Este tipo de jogo funciona em rede e você ganha dinheiro pelo acesso à rede e não pela venda do jogo emm si, que em muitos casos, é até dado de graça. (foi o nosso caso)
O problema é que eu era proibido contratualmente de jogar o Erinia, afinal eu sabia onde estava cada monstro, cada item. Eu conhecia cada metro da ilha de Tuorhense e até as catacumbas.
Mais legal que jogar, era fazer. Ficávamos imaginando que tipo de monstro doido poderíamos criar, como ele se comportaria, e tal…
Foi uma experiência maneira, mas que deu muito trabalho.
depois, a Ignis que fazia o Erinia resolveu começar a fazer jogos de console. Era um sonho de todo mundo ali, até porque todo mundo da área sabe que console é o que realmente dá grana.
Fizemos um contato com a empresa Cinemaware e começamos a fazer games para PS2 e Xbox. Foi uma fase ótima, apesar da janela curta de tempo para aprendermos a mexer na engine renderware.

O trabalho de criar jogos é um dos mais legais que existem, mas as pessoas romantizam um pouco também. Não é tããããããão divertido como jogar.
Hoje vejo muitos dos meus alunos querendo ir trabalhar com games pensando que só terão prazer.
Infelizmente, existem prazos, existem cobranças, existem problemas técnicos de todos os níveis. E problemas políticos internos. Nem tudo são flores no mundo dos jogos. É um trabalho. Claro que não é como ser caixa de supermercado, garçom ou gerente de banco.
Trabalhar criando jogos é de fato um trabalho criativo e super legal. Mas é e sempre será um trabalho.

Bem, considerando tudo isso que eu já falei, a minha lista dos dez melhores jogos de todos os tempos é a seguinte:

  1. HERO
  2. FLASHBACK
  3. DOUBLE DRAGON
  4. SUPER MARIO
  5. DOOM (original)
  6. GTA – San adreas
  7. GOD OF WARI
  8. GOD OF WAR II
  9. HALF LIFE
  10. UNREAL

20 comentários em “Os games que eu amei”

  1. Cadillac & Dinosaurs na verdade não é no estilo Street Fighter ou King of Fighters ele é estilo Side-scrolling beat them all (também chamado de beat them up) ou seja igual a série Final Fight ou aquele jogo do Teenage Mutant Ninja Turtles nos arcades e o clássico do Megadrive Streets of Rage.

  2. Eu sei. Por isso que eu falei Cadillac & Dinossaurs E todos os de porrada.
    Eu não falei que ele é no estilo dos de porrada. Se bem que side scrolling também pode ser um estilo de porrada, não sendo o estilo clássico de combate por enfrentamento, como Street Fighter, Mortal Kombat, etc.

  3. Interessante, seu pai até jogava também! O meu tem verdadeira aversão a jogos, até hoje me “enche o saco” por causa disso, inclusive minha família inteira… Eu sempre fui fissurado por games, já joguei em quase todos os consoles! O melhor jogo que já joguei até hoje foi Zelda – Ocarina of Time. Hoje em dia passo o tempo que estou em casa em jogos on-line, mais precisamente o Ragnarok… E se depender de mim, vou jogar até quando eu tiver meus cento “e vai saber lá quantos” anos… Abraços XD

  4. O dia em que eu consegui chegar no final do Max Paine, sem manual, sem ajuda de ninguem e sozinho em casa, me senti a criança, de 32 anos de idade, mais feliz do mundo!!!!!!!

  5. Fernando, seu pai foi o primeiro pirata de jogo que eu conheci na vida. Ele que arrumou o test drive, o decathlon e outras preciosidades na época em que trabalhou na Rede.

    Outra coisa, ele que me arrumou o primeiro filme de sacanagem de computador que eu vi. (acho que o prmeiro que foi feito)
    O filme se chamava FILME1 e durava precisamente três segundos.
    No filme, um close de uma bunda de mulher cavalgava o membro de um sujeito. Era feito de pontos. Acho que foi a primeira indexação de imagens, uma coisa anterior ao padrão Gif. OOOOOOOOOLD!
    Foi a parada mais maneira que ele arrumou. Ele deve lembrar. Pergunta ele.
    Ele também arrumou a JOLT
    Jolt era uma animação mil vezes mais bem feita de uma lata de ferigerante chamado JOLT que rodava na tela. Esse era dez, pq era colorido. Na época, num monitor de 16 cores era inacreditável.
    Foi antes de vc nascer.

  6. sensacional rsrs…
    vo fazer ele ler esse post e esses coments aqui ahahaha
    q comedia, cara, to imaginando a dupla aqui rsrs, vc e ele…ele bem mais novo e na epoca mto mais pervertido e etc hahahaha

  7. Velho, você nem citou o Enduro?! Que Heresia!
    heheh

    Legal o panorama que você escreveu dos jogos e de sua evolução por aqui no Brasil. Eu tive um experiência parecida com a sua, talvez tendo iniciado com um ou dois anos de atraso em relação a você. Se não me engano ganhei meu atari em 84-85, já que meu irmão iria nascer e meus pais tinham que me entreter de alguma forma. Deu certo, acho…e ainda hoje funciona.

  8. Adorei este post… relembrei os bons tempos… TK95 (era na fita), CP500/200 (disco e cartucho), MSX 200, TK3000IIe (com o bom e velho Karateka)… Realmente o H.E.R.O. era o lelhor do Atari. Doom e Duke Nuke também são clássicos. A turma juntava para jogar!
    Está de parabéns…

  9. muito bom…lembrei de cada um desses jogos…flashback…esse jogo era irado mermo… atari eu tive ,que o meu irmao mais velho tinha ganhado de presente…jogava tele jogo(tosko) na casa de um amigo do meu irmao tb… de computador o primeiro q tive foi tk85…aff…depois msx e 286 …386…486…video games eu fui da familia da sega uhahua , o maneiro era dizer q o phantom era uma merda…que o master q era o bom…e seguiu o combate qd fui pro mega…q detonava o snes haha… eh…lendo isso a gente ve q ta ficando velho mermo uhahua to com 28 anos anos… falando q nem velho…ahh…velhos tempos uahua parei minha vida de jogatina nao tem muito tempo…a uns 2 anos atras… no counter strike…q sugou minha vida um bom tempo hehe… mas eh isso, gostei do teu relato. abs!

  10. Ae Philipe, já ouviu falar sobre Metal Gear Solid? Não sei se já conhece ou já jogou, mas axo que seja um grande jogo, o Metal Gear 3: Snake eater para Playstation 2 foi um dos grandes títulos que já joguei, e tbm acho extremamente necessário pra quem possui um PS2 hehehe
    A história é incrível, mas não fica só nesse jogo, tem toda a série para se descobrir, a trilha sonora é maravilhosa, os gráficos lindos, etc…
    Eu recomendo!
    Se conhece ou já jogou me fala qq vc axa! xD

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.