• Durva Simão

    hehehe essa hisória do Zoologico me lembrou uma tira que eu fiz um tempo atrás.

    http://durvas.zip.net/arch2006-02-01_2006-02-28.html

  • Philipe

    Hahaha. Eu vi lá. Muito boa essa Durva. Gostei do seu trabalho.

  • PenDRaGoN

    Dos colocados, pra mim o mais interessante é o 6, Baependi
    nele há comunicação direta e amistosa, uma pena que o “felizardo” não entendeu nada que lhe foi dito.
    e uma coisa interessante, a grande maioria data dos anos 80, quando o mundo estava num rebuliço social tremendo, há também inúmeros avistamentos por tropas que participaram da segunda guerra.
    será que esses seres vêm no ver nos momentos de tensão? ou pararam por terem alguma espécie de acordo?
    Uma teoria bastante interessante e que acho bastante plausível é que estamos no meio de um fogo cruzado entre duas civilizações.
    Infelizmente as “autoridades” não desejam que nada sobre esses casos seja revelado, talvez para evitar pânico ou, pelo já dito, pacto. Só nos resta torcer para fazermos contato logo com os “semeadores” para salvar nosso planeta que está à beira do abismo (ao meu ver).
    (agora tentar dormir sem ter pesadelos depois de ler isso tudo à noite)
    um abraço.

  • Anonymous

    para ficar completo dava para fazer um post de raças alieniginas

  • Walder

    Não acredito e nem desacredito.
    Mas a fantasia sexual do Villas Boas é demais pra mim hehehehe

  • Willer

    O Universo é muito vasto, por isso sempre acreditei na existência de vida (inclusive inteligente) em outros planetas. Queria ter acesso aos materiais que o Governo mantém em segredo (ou que diz manter, vai saber). Aposto que se isso vai a público, iria gerar pânico generalizado. Como o Philipe disse, somos xenófobos… Mas o Villas Boas teve foi muita sorte, hein! XD

    Abraços.

  • Anonymous

    Eu realmente acredito em vida extraterrestre. E que eles tentam manter contato/ nos visitar/ afins. Mas alguns casos citados, eu achei banais. O Caso 3 é extremamente clichê com filmes, eu honestamente não consegui acreditar. O caso 6 também foi difícil de acreditar pelo fato de terem dado a referência de Deus. Eu não acredito que ele exista. Mas, se os alienígenas tivessem feito um estudo das crenças da raça humana isso seria plausível. Senão, acredito ser história mesmo.
    O meu sonho é ser astrônoma/ ufóloga, então este post me agradou muito…

  • Gustavo

    Eu acredito em outras espécies sim, até porque eu mesmo já vi várias vezes essas luzes estranhas no céu, em velocidades e movimentos dos mais variados. Fica uma dica de leitura aqui: Quem gosta do tema deve ler “Eram os Deuses Astronautas?” (Erinnerungen an die Zukunft) de Erich Von Däniken. Um livro de 1968 que procura provar, por meio de descobertas arqueológicas e textos sagrados, que todos os deuses das antigas civilizações eram, na verdade, visitantes cósmicos ou em outras palavras, extraterrestres. É um puta livro, repleto de mistérios. Legal é ver como algumas civilizações puderam tirar proveito de contatos pacíficos-com incríveis realizações técnicas que só agora e parcialmente estão sendo descobertas… Ah! E pra quem tem preguiça de ler, tem o DVD também…

  • Mario

    Fala ae Philipe, to comentando aki para o Projeto Boneco do John Locke – Parte 10 – é que ele ta cheio de comentario e eu náo sei c vc vai ler o meu, é que gostei muito do seu trabalho e venho acopanhando esse trabalho desde o começo, mas dexa de papo furado… EU QUERO UM BONECO JOHN LOCKE!!!!
    queria saber como participar, e tambem saber sobre essa massa que voce usa, onde posso conseguir.

  • negentropia

    muito bom MESMO, eu estava quase te pedindo indicações de bons sites ou fontes sobre casos ufológicos, e esse post acabou sendo válido como tal. de qqr modo, se vc ainda tiver algum site interessante pra indicar, fora os links do post, eu agradeço.

    foda vai ser dormir em paz hj à noite..

  • Philipe

    Oi Pessoal, vamos lá. Um a um:

    Pendragon, o caso Baependi é um dos meus favoritos por dois motivos. Um é que eu vi pessoalmente ao vivo e a cores o embornal com as escrituras e as marcas das sapatas da nave. ( foi feito um negativo em gesso das marcas no local. Quando estive em Varginha conversei com o investigador Ubirajara Rodirigues e ele me mostrtou o material.
    Este caso pra mim é muito bom e emblemático pelo questionamento pacífico que foi feito pelos alienígenas ao Sr. Arlindo.
    Eles tentaram ensiná-lo um monte de coisas. Isso é bem interessante. Uma coisa que eu reparei é que ele descreve os aliens com uma tecnologia parecida com o que temos hoje. ( aliens batendo a maquina e olhando em televisores me parece uma referência a computadores. O frio no interior da nave seria um ar condicionado, e o aparelho na orelha da extraterrestre… Vemos pessoas com coisinhas estranhas na orelha hoje pelas ruas. O cara assiste o video numa espécie de mainframe.)Na maioria dos casos ufológicos envolvendo contatos imediatos de 3 grau, os humanos são tratados como uma mera curiosidade ou com total indiferença. ( como tratamos os animais da Terra)
    Outra coisa, os alienígenas parecem ter um bom conhecimento dos humanos para tranquilizar a pessoa usando uma estrutura de crenças baseada no conhecimento dele. Creio que se a testemunha fosse um índio, eles usariam outro tipo de diálogo para acalmá-lo.
    Por que escrever em hebraico no embornal? Teriam eles deixado uma espécie de prova para alguém que “não tem inteligência” mostrar para quem de fato tem?

    Walder, o caso Villas Boas é um caso clássico de uma época em que os ets eram bichos verdes de marte com anteninhas na cabeça. è bom lembrar que o irmão dele testemunhou duas aparioções do ufo que depois veio a abduzir Antônio. Mas não só isso, aquele foi o primeiro e mais dramático caso de abdução do país. Uma coisa ineteressante de observar é uma evolução na metodologia da pesquisa genética extraterrestre. Se no início das abduções ocorreu uma tentativa de cruzamento genético via intercurso sexual, nos dias de hoje a ação alienígena é mais direta e prática. Através de agulhas e catéteres eles extraem óvulos e esperma dos humanos.

    Gustavo, valeu pela dica cara.

    Mario, nas postagens antigas do boneco eu explico a massa como usa e como compra.

    Negentropia, valeu.

  • Antero Coelho

    Acho que ficou faltando o caso do UFO avistado e fotografado por um navio da marinha Brasileira, na ilha (se não me engano)de Fernando de Noronha…é importante por ser um caso reconhecido pelos militares…

  • Anonymous

    UFOS ? Isso non ecsiste! :)

  • Philipe

    Acho que o caso a que você se refere é o caso Trindade.
    É um caso legal, mas as fotos são bem fraquinhas. Considerando as circunstâncias em que foram feitas e o equipamento, é um caso bem legal. eu acredito nele.

    Aproveitando, estou orgulho de saber que o Padre Quededo esteve no meu blog.

  • Arthur

    Eu sempre tive muito interesse sobre ovnis e acredito piamente que eles existem, por esse mesmo motivo o caso que eu mais gostei e cheguei a me emocionar foi o caso 5. é um relato muito legal e eu fico imaginando como as pessoas que participaram disso devem ter se sentido.
    Vlw gente !! :B

  • http://www.mundogump.com.br/ Space

    O Caso 5 é bem Legal!
    Existem tbm pekenos casos que indicam 100%vida extraterrestre…
    Vlw pelos 10 casos de ufos! x_x

  • Ricardo ayala

    ola pessoal,olha só eu tbm ja vi algo estranho.
    uma especie de abóboda creme e brilhante e muito grande
    estava em um vale proximo a uma serra,e havia acabado de pousar.
    eu pensei que fosse um balão que havia caido,aí fui até lá p/ver
    quando cheguei perto comecei a perceber que nao era uma balão e sim
    um enorme ovni e que fiquei com muito medo só de ver o quantto era grande este objeto,p/vcs terem ideia eu conheço e ja fui varias vezes ao maracana e este objeto era duas vezes maior que o maracana.nao quero falar nisso,sei que ninguem vai acreditar
    mais sei o que vi e sei o que passei tbm,jamais vou dizer p/ninguem.mais posso lhes adiantar uma coisa,creiam somente em DEUS só ele é quem criou os ceus e a terra,as estrelas e tudo que ha no universo,nao adianta idolatrar esses tipos de coisas vão perder tempo!do msm jeito que o homen vai ao espaço e tenta explorar o universo em busca de vida extra terrestre.eles tbm vão ao espaço e tentam descobrir vida em outros planetas.obs:as nossas lutas são contras as potestades celestias!!!quem tem ouvido ouçam.fuiiiii.

  • FERNANDO

    BOM PARA MIM O CASO + FAMOSO NÃO FOI FALADO QUE FOI O DE VARGINHA=MG

  • adauto

    o mais imprescionante foi a operaçao prato.que a ilha de colares foi atacada por ovnis para seus testes de pesquisas e causou panico em toda ilha e provavelmente no mundo.moro na cidade de bezerros interior de pernambuco e minha cidade tambem rica em apariçoes de ufos pontualmente.

  • fabrizio

    Caso 5,

    UOWWWW!

  • Carlos

    Eu não acreditava nisso não.até que numa noite eu fui pra laje de casa ouvir musica no meu mp3 eu estava deitado na laje,fazia horas já quando eu vi 5 bolas vermelhas meio laranjadas com rabinho parecia mais era girinos,porém era vermelho meio laranjados.pensei q era meteoro ou algo do genero,mais logo vi q não se tratava de meteoro nem avião nem nada desse mundo.logo percebi q era naves ou algo do genero eu fiquei taum inprecionado q naum deu tempo nem de filma tava paralizado com a beleza das bolas elas estavam muito alta acima das nuvens dai elas entraram em outras nuvens mais á frente.dai naum deu nem 1 minuto passa um avião aqueles preto acho q era f16 indo na mesma direção q as bolas.concidencia ? eu não acho q seja concidencia o exercito sabia mais uma coisa é certa se o exercito sab da existencia eu não sei pq eles não falam pra nois.

    • http://www.mundogump.com.br Philipe

      Cara acho que vc se referia a Força Aérea. E eles sabem sim, ( muitas coisas catalogadas pela Força estão em Brasília, guardados nos arquivos do CONDABRA) mas eles pouco podem fazer.

  • Ana

    Em meados de 86, minha mãe testemunhou um OVNI cheio de luzes coloridas passando pela minha cidade (Januária-MG). Ela não se lembra exatamente quando foi, mas como disse que no dia seguinte se falava desses ovnis em todos os jornais, deduzi que ela viu na Noite Oficial dos UFOS.

    MORRO DE MEDO de et’s, ovnis, etc. Meu pesadelo de vida é ser abduzida. Mas estranhamente esse assunto me fascina. =S

  • Jarucezar
  • ALEXSANDRA RODRIGUES

    sou evangélica e acredito em DEUS, hoje tenho 38 anos e aos 10 anos + ou- morava em Aruja num lugar bem afastado da cidade, e numa noite quente era quase meia noite, nós não tinhamos ventilador e ficamos todos la fora um pouco conversando com um vizinho do lado esquerdo, quando vimos luzes no céu na cor vermelha, azul e verde as luzes se movimentava rapidamente e ficamos ali olhando maravilhados quando as luzes foram se aproximando e deu para ver algo enorme redondo com luzes piscaNDO MUITO RAPIDO VIMOS COMO SE FOSSE UMA NAVE MÃE E DEPOIS NUM SEGUNDO SUMIU, FICAMOS COM MEDO E ENTRAMOS,FIQUEI COM MEDO E AO MESMO TEMPO ATÉ HOJE QUERIA QUE ESSA COISA TIVESSE DESCIDO E VER DE PERTO, SEI O QUE VI.

    • Larissa Msa

      Oi eu tenho 12anos e gosto muito desse tipo de assunto e nao tem uma noite que eu deixe de sonhar com aliens eu tenho um livro chamado deus alienigenas e tem varias coisas interecantes foi meu pai que me deu meu pai e um ufologo famoso ele trabalha pro governo americano e por isso eu conheci o presidente foi bem legal

      mais eu nao tenho nada pra falar sobre o site eu fiquei com priguica de ler.

      • Hipnox

        e eu entao, eu comprovei que existe um império em nossa galáxia, inclusive fui apresentado ao emperador. Foi bem legal… Santa ignorancia

  • Larissa Msa

    Nao tenho nada pra falar giquei com preguica de ler
    So tenho12 anos
    E vcs sao uns chatos

    Mais eu ganhei um livro chamado deus alienigena
    Eu amei,eu pedi de aniverssario

    La la la la la eu tenho e vcs nao

  • Wcout

    Pensar que no universo, de tamanho que não podemos imaginar,  onde sabemos existe sistemas solares maiores que o nosso, numero incalculável de planetas, com toda certeza, a terra, seria comparada na melhor das hipóteses com um grão de areia, de uma imensa praia. Existem pessoas que acreditam, umas por ignorância, que Deus privilegiou somente a Terra com vida; Animal, Vegetal, Mineral, e claro, ele o sr.  ser humano,  outros  sabem e tem provas de que não estamos só na imensidão do espaço sideral, mas por algum motivo, querem manter o povo desenformado. Na Bíblia diz: Na Casa de Meu Pai Há Muitas Moradas.

    • Philipe3d

      Ao que parece, na parte conhecida e mapeada do cosmos por nossos satélites, já temos um calculo preliminar de cerca de seis sextilhões de estrelas. Um sextilhão equivale a mais ou menos a quantidade de grãs de areia que cabem numa piscina olímpica.

  • Fabio Calilo

    Pra mim… O prêmio vai para a comunicação matemática do Cosmonauta russo!!! rs

  • CarlosRodrigues

    Boa noite. Eu sou estudioso do fenômeno UFO , desde que aos 10 anos vi um ser da mesma altura da minha na época.Logo depois da Operação Prato, no Pará.Meu pai era militar e participou em algumas tentativas de perseguição ao “aparelho /chupa-chupa’ como era chamado pela população, sem lograr êxito , claro.Eu morava no Pará nessa época e logo depois disso vi um ser pequeno de cerca de 1,40 metro de altura.Tentarei ser breve , conciso e objetivo.
    Eu e outros coleguinhas fomos nadar em um lago , o que fazíamos quase todods os dais,Jogávamos futebol na areia e em seguida mergulhávamos nas águas escuras do laguinho .Eu gostava de dar cambalhotas na água, corria dava cambalhotas bem no extremo entre a areia e o inicio do lago para cair na água e não me machucar.As outras crianças queriam ir embora e eu fiqeui para trás , praticando minhas cabalhotas logo depois da ‘pelada”.Aí depois de uma cambalhota “ouvi’ uma voz do outro lado da margem , me chamando , eu ‘ouvia na mente aquela voz, não era físico, audível, mas hoje sei que era telepatia.A voz dizia ” Ei pequeno ser venha para mim”.Olhei e vi um ser pequeno, de ,1,40 metro mais ou menos o meu tamanho na época, eu contava 10 para 11 anos.Eu estava a uns 20 metros ,foi possível uma boa visualização do ser.Cabeça em forma de pêra, sem orelhas, boca pequena , nariz fino pequeno e reto e os olhos grandes ,meio parecido com os nossos , mas muito grandes e negros.Os braços eram finos e longos iam até quase o tornozelo, vestia uma roupa colada meio escura e tinha em uma das mãos uma espécie de caneta brilhante, da grosssura de uma corda.Como minha mãe era religosa demais e vivia me falando que os marese, rios e lagos tinha donos, seu protetores eu pensei ter visto uma assombração, um ser mitológico.Mas aquele ser continuo me chamando e vindo na minha direção , caminhando sobre a água normalmente.Então eu senti uma espécie de arrepio e uma dormência nos braços e no peito , a dormência foi baixando para a cintura e eu pensei se não correr agora esse “bicho” vai me pegar e me matar e me comer.Então corri.Eu ainda “ouvi” o ser dizer ” não tenha medo só quero estudar você “.Contei para meu pai e foi aí que ele me falou sobre a operação PRATO DE FORMA SUPERFICIAL, proibiu-me de ir ao lago e me disse :meu filho exsitem seres de outros planetas que nos estudam , observam e interagem.Nunca esqueça disso.Meu pai vive até hoje no Pará.TEM 72 anos e ele conta esse relato a todos e os da operação Prato.

  • CarlosRodrigues

    Boa noite. Eu sou estudioso do fenômeno UFO , desde que aos 10 anos vi um ser da mesma altura da minha na época.Logo depois da Operação Prato, no Pará.Meu pai era militar e participou em algumas tentativas de perseguição ao “aparelho /chupa-chupa’ como era chamado pela população, sem lograr êxito , claro.Eu morava no Pará nessa época e logo depois disso vi um ser pequeno de cerca de 1,40 metro de altura.Tentarei ser breve , conciso e objetivo.
    Eu e outros coleguinhas fomos nadar em um lago , o que fazíamos quase todods os dais,Jogávamos futebol na areia e em seguida mergulhávamos nas águas escuras do laguinho .Eu gostava de dar cambalhotas na água, corria dava cambalhotas bem no extremo entre a areia e o inicio do lago para cair na água e não me machucar.As outras crianças queriam ir embora e eu fiqeui para trás , praticando minhas cabalhotas logo depois da ‘pelada”.Aí depois de uma cambalhota “ouvi’ uma voz do outro lado da margem , me chamando , eu ‘ouvia na mente aquela voz, não era físico, audível, mas hoje sei que era telepatia.A voz dizia ” Ei pequeno ser venha para mim”.Olhei e vi um ser pequeno, de ,1,40 metro mais ou menos o meu tamanho na época, eu contava 10 para 11 anos.Eu estava a uns 20 metros ,foi possível uma boa visualização do ser.Cabeça em forma de pêra, sem orelhas, boca pequena , nariz fino pequeno e reto e os olhos grandes ,meio parecido com os nossos , mas muito grandes e negros.Os braços eram finos e longos iam até quase o tornozelo, vestia uma roupa colada meio escura e tinha em uma das mãos uma espécie de caneta brilhante, da grosssura de uma corda.Como minha mãe era religosa demais e vivia me falando que os marese, rios e lagos tinha donos, seu protetores eu pensei ter visto uma assombração, um ser mitológico.Mas aquele ser continuo me chamando e vindo na minha direção , caminhando sobre a água normalmente.Então eu senti uma espécie de arrepio e uma dormência nos braços e no peito , a dormência foi baixando para a cintura e eu pensei se não correr agora esse “bicho” vai me pegar e me matar e me comer.Então corri.Eu ainda “ouvi” o ser dizer ” não tenha medo só quero estudar você “.Contei para meu pai e foi aí que ele me falou sobre a operação PRATO DE FORMA SUPERFICIAL, proibiu-me de ir ao lago e me disse :meu filho exsitem seres de outros planetas que nos estudam , observam e interagem.Nunca esqueça disso.Meu pai vive até hoje no Pará.TEM 72 anos e ele conta esse relato a todos e os da operação Prato.

  • BEZALEL

    Evidenetemente, não é de se admirar que em algumas situaço?s os “ets” se tornem hostis e revidem ataques sofridos com a mesma ou até maior intensidade!
    Imagine essa situação invertida onde nós humanos terráqueos estivessemos desembarcado em um outro planeta e estivessemos tentando um contacto com os seres de lá.
    Provavelmente estariamos bem armados, tememdo, alguma atitude hostil, e preparados para revidar tão rápido quanto possível, do contrário estariamos colocando em risco todo o nosso investimento (de qualquer natureza, cientifico, tecnologico, de tempo, de pessoal treinado e mesmo de valores financeiros) por uma bobeira de fração de segundos! ENTÃO TEMOS QUE DAR TODA E COMPLETA RAZÃO AOS ETS. È claro que tambem não podemos esquecer que aqui eles são visita e tambem tem que saber onde pisasm e respeitar os habitantes locais, assim como seríamos prudentes se estivessemos no lugar deles! ÉCOMPLICADINHOISSO TUDO!

  • BEZALEL

    Agora tambem estou me lembrando que certa vez, quando estava no quartel, tirando uma guarda à noite (nosso quartel ficava proximo de uma cidade à esqueda e havia um aeroporto, para pequenos aviões à direita. a cidade uns 10 km e o aeroporto ums 5km do lugar onde eu estava). De onde estava podia avistar toda a extensão da cidade, tanto que sua claridade nas noites escuras fazia reflexo nas paredes caiadas de uma edificação que havia atras de mim onde eram guardadas (paoil) munições, que minha sombra aí se projetava. Uma dessas noites, contemplando a cidade e suas luzez, notei acima da cidade uma luz bem maior que as que poderiam ser de lampadas, muito acima, pela distancia devereiam ser da ordem de mil ou 2 mil metros acima. fiquei observando aquela luz por algum tempo e de repente uma outra luz menor saiu da luz maior, desenhou um grande circulo, contornou a luz maior e retornou pela mesma direção em que havia saído, entrando dentro da luz maior. Feito isso a luz maior começou a se mover e traçou uma rota da esquerda para direita como se fosse um avião indo para o aeroporto. só que a luz, ao contrário da dos avões que eu via constantemente, não NÃO ERA intermitente. e tambem não houvi nenhum barulho de motor como era de se esperar se fosse um avião!

  • BEZALEL

    DEI ENTER SEM QUERER…. continuando: fiquei sem saber o que era, porque também não aterrisou no aeroporto como era de se espera se fosse alguma aeronave doméstica. Uma luz, algum tempo pairando? outra luz, sai, volta, luz continua, nada de som…?

  • Charles Killuminati

    Sobre o “Caso Baependi”. O Senhor Arlindo NÃO É da cidade de Três Corações, mas sim de BAEPENDI obviamente! Que mania é essa que a mídia tem de mentir, mudar nomes de pessoas e locais, alterar fatos…Lamentável!
    Corrijam isso por gentileza.

    Abraço

  • hiago

    eu moro na tejuçuoca ceará e meus amigos chamam os óvnis de aparelho mas gosto muito de mistérios eu assisto todo dia o balanço geral mais eu queria fazer uma pergunta os óvnis existem

    • http://www.philipekling.com Philipe

      Os ovnis existem sim. Agora a segunda pergunta que vem depois dessa ninguém sabe explicar com toda certeza: “o que eles são?”

  • junior

    Quanto à noite oficial dos UFOs eu tinha 10 anos na época, moro próximo a base aérea do galeão, e presenciei junto com vizinhos e meu falecido irmão naquela noite vários ovnis sobrevoando a cidade do rio de janeiro, lembro muito bem de ficar bestificado com os objetos que vi no céu.

  • Hernane Alencar

    Moro em BAEPENDI e tenho orgulho que alguém daqui tenha presenciado algo tão fascinante.