O menor sapo venenoso do mundo

Compartilhe

O menor sapo venenoso do mundo é este minúsculo serzinho, do tamanho da ponta de um lápis. A despeito de seu tamanho diminuto (apenas um centímetro quando adulto) ele é um primor em termos de veneno. Sua toxidade é suficiente para matar várias pessoas.

smallest poisonous frog O menor sapo venenoso do mundo

A pele dele é cerca de 200 vezes mais tóxica que uma dose de morfina.

Este sapo está entre os anfíbios mais venenosas do planeta, e só é encontrado em estado selvagem nas encostas ocidentais dos Andes, no Equador, na América do Sul. Atualmente, dezenas de espécies raras foram criados no Blue Reef Aquarium, em Portsmouth, Hampshire. Quando adultos, os sapinhos se tornam vermelho brilhante, com três listras fluorescentes normalmente esverdeadas em suas laterais, mas mesmo na fase adulta o animal atinge apenas um centímetro de comprimento. O porta-voz do aquário Jenna MacFarlane disse: “Estes sapos bonitos estão sob ameaça crescente no estado selvagem devido à perda de habitat e à poluição, e estamos satisfeitos por ter sido capaz de criá-los com sucesso aqui.”

O veneno poderoso do Epipedrobates tricolor, está sendo pesquisado para desenvolver drogas contra a dor que sejam mais baratas e mais eficientes que a morfina atual. Um sapo tão pequeno poderá trazer grandes benefícios para a saúde humana, sobretudo para o aplacamento das dores terríveis de pacientes terminais de doenças graves como câncer e Aids.

O menor sapo do mundo é este sapinho cubano, de 8,5mm chamado “Monte Iberia Eleuth”. Este não é venenoso.

frog O menor sapo venenoso do mundo
fonte

Fonte

Artigos relacionados

11 comentários em “O menor sapo venenoso do mundo”

  1. Credo, fique pensando….como receber tratamento para o envenenamento se você não sabe o que te atacou? Imagino que não dá pra ver que o sapinho minúsuclo soltou veneno em cima de você…ou melhor, dá tempo de pedir ajuda?

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.