Meu passeio em Arraial do Cabo

Sharing is caring!

Então você resolve passar um fim de semana sensacional num lugar igualmente sensacional. Tipo eu e a primeira dama, em um fim de semana inesquecível em Arraial do Cabo, aqui no estado do Rio.

Pra quem não sabe, Arraial do Cabo é um dos melhores pontos de mergulho do Brasil, e talvez até do mundo, dada a absurda transparência de suas águas. Saca só algumas fotos do nosso fim de semana:

Tínhamos ido para conhecer e mal chegamos soubemos por uma moça da secretaria de turismo que iria rolar um passeio de barco. Nós estávamos meio sem grana mas ela garantiu que o barco aceitava cartão. Como estava faltando poucos minutos para o barco sair, corremos para o porto.

Lá em Arraial do Cabo, você logo chega na cidade e escolhe um dos vários barcos que fazem o “passeio”.

Meu passeio em Arraial do Cabo

O capitão Lenício foi super gente-boa e nos informou que o cartão até rola, mas justo neste dia a moça que faz isso não tinha ido. Então não ia rolar. Mas vendo nossa cara de cachorros olhando para a lingüiça, ele falou que dava pra levar a gente e só pagaríamos no final. Topamos na hora e pulamos dentro do barco, que se chamava Catavento II.

Este passeio em geral é barato (25 reais por cabeça com refri e lanchinho) começa as dez da manhã e termina as 5 da tarde, passando por um monte de praias paradisíacas.

Meu passeio em Arraial do Cabo

Geralmente a galera do barco é um pessoal super bacana, que orienta sobre os melhores lugares de mergulho e as melhores praias para aproveitar o dia.

Meu passeio em Arraial do Cabo

Uma delas é onde gravaram o comercial da pasta de dentes Sorriso. Até ir nesta praia, eu achava que aquela água era de uma piscina misturada com computação gráfica. É um tom azulado de piscina de hotel caro que vai ao verde esmeralda num golpe de vista.

Meu passeio em Arraial do Cabo

Mas a água é de verdade. Absurdamente transparente, como vidro.

Meu passeio em Arraial do Cabo

No barco mesmo, você aluga uma máscara e snorkel por dez reais pelo dia todo e pode se jogar na água.

Meu passeio em Arraial do Cabo

Após entrar na água, você já dá de cara com centenas de peixinhos coloridos. Uma experiência sensacional.

Meu passeio em Arraial do Cabo

Senti muita falta de uma câmera à prova d´água.

Como era de se imaginar, eu vivi uma pequena, porém inesquecível mini-aventura gump. Me empolguei mergulhando e nem notei que eu fui me afastando, afastando, afastando e quando eu vi, putaquipariu, mané! Eu tava longe pra dedéu.

Você fica inebriado com a vida submarina, o movimento das algas, os corais e os peixinhos que nadam em volta de você e nem vê a hora passar. Quando eu me dei conta, já estava lá dentro dágua, no maior fundão, e há um tempão. Aí resolvi voltar e… Cadê que eu saía do lugar? As praias formam uma mini-baía, e a água que saia tava mais forte que a água que entrava. Resultado, eu não conseguia voltar para a praia. Parece engraçado agora mas foi um pequeno aperto que passei. A água tava gelada e eu tive medo de ter uma câimbra ou algo do tipo. Nessas horas, a gente olha pro fundo azul escuro e só lembra dos acordes da musiquinha do Tubarão. Não sei porque mas meu cérebro desgraçado gosta de me boicotar assim. Até em piscina, basta eu mergulhar um pouco mais fundo para a trilha musical do John Willhams vir à minha mente. É como ocorre com o miojo, que sempre que como, penso em convulsão de lombrigas.

Voltando ao mini-flashback, lá estou eu, no fundo, tentando inútilmente nadar para a praia. Mas usando uma rocha como referência, percebo que nado em vão. Imediatamente chego a conclusão óbvia que a maior burrice que eu poderia fazer seria o que manda o instinto de sobrevivência. Nadar feito louco na direção da praia. Isso esgotaria meu físico-atlético-de-nerd-blogueiro rapidamente e eu viraria lanche de tubarão de verdade. Como eu não estava afim de encontrar Ulysses guimarães nem o padre balonista, fiz o oposto. Nadei na direção da correnteza para o mar aberto.

Com o passar do tempo, notei que a correnteza estava ficando mais fraca, porque eu chegava numa espécie de “meio de campo”, me afastando das rochas e corais que formavam a entrada da área das praias. Com isso, eu descobri que era mais fácil voltar por ali. Então nadei facilmente de volta a praia. Chegando lá, eu vejo a primeira dama correndo românticamente com os braços abertos em minha direção.

-Nossa, igual final de novela, pensei eu. Que romântico.

Este pensamento durou só até ela me esculhambar umas vinte vezes, uma vez que estávamos pagando o maior mico do universo que é atrasar o passeio de todo mundo. E  aquela era só a primeira de uma lista de praias que ainda teríamos para conhecer. Justamete o casal de pela-sacos que não pagaram estavam atravancando o passeio dos pagantes, hehehe. Quase vaiados pelos demais turistas do barco, nós entramos meio envergonhados e partimos para as demais praias. Todos satisfeitos por visitarem outro paraíso. Eu, satisfeito por ter escapado da morte mais uma vez.

Meu passeio em Arraial do Cabo

O barco passa por paredões de rocha nua sensacionais e até entra num tipo de caverna. Uma manobra corajosa (eu diria até “de maluco”, já que o buraco cabe apenas um barco, em alguns momentos ficando menos de um metro dos rochedos pontiagudos e a onda batendo direto…) Não tenho foto disso no nosso barco porque nesta hora eu achei que ia dar merda e corri para perto dos coletes salva-vidas.

Meu passeio em Arraial do Cabo

Mas o comandante é fera mesmo e coloca o barco no buraco com a facilidade de um manobrista de restaurante caro da Zona Sul. Felizmente, eu registrei a entrada de outro barco na Gruta azul.

Meu passeio em Arraial do Cabo

Dali o barco segue para outras praias. Uma das mais bonitas é a praia do farol, uma praia da Marinha que os barcos não cadastrados não podem ter acesso. O nosso tinha autorização e eu pude mergulhar de novo lá. (sem antes ouvir meia hora sermão sobre cometer maluquices)

Meu passeio em Arraial do Cabo

Uma coisa legal que tem nesta praia é uma árvore antiga, uma figueira centenária com troncos enormes e retorcidos. Uma bela textura que fica legal em preto e branco.

Meu passeio em Arraial do Cabo

Aqui uma imagem da figueira com melhor definição:

Meu passeio em Arraial do Cabo

Após esta praia o pessoal já está morrendo de fome e as empadinhas que são vendidas a 1 real no barco não dão vazão. Então o barco zarpa em direção a outra praia, conhecida como praia do forno. Nesta praia tem vendendores ambulantes e restaurantes. Antes de chegar na praia do forno, o barco oferece a possibilidade dos passageiros almoçarem num restaurante flutuante.

Meu passeio em Arraial do Cabo

Infelizmente, isso significa sacrificar outra praia, ótima para o mergulho para almoçar com todo o conforto frutos do mar diversos à la carte. Como o serviço à la carte demora (os caras estão dando mole de não colocar um self service de qualidade ali) quase ninguém topa ficar no restaurante flutuante e todo mundo vai para o píer da praia do forno.

Segundo o marinheiro, a praia do forno é uma das melhores para o mergulho, porque ela tem uma conformação geológica que permitiu muitos corais e pouca troca de água, o que fez com que a água ali ficasse um pouco mais quente que nas demais praias.

Meu passeio em Arraial do Cabo

Nós fomos almoçar (demos mole de levar pouca grana em dinheiro vivo, acreditando que tudo funcionasse com cartão de credito, afinal, o Brasil é um país de alta vocação turística, né? Não. Nenhum quiosque nem restaurante do lugar aceitava cartão. Nos ferramos de verde e amarelo com esta idéia. Leve grana em cash! Em todo caso, os nossos parcos caraminguás davam para alguns bolinhos de aipim e de camarão. Muito gostoso!

No final do dia, o barco surge no píer e voltamos para o portinho no centro da cidade. O nosso camarada lá do barco se dispôs a ir até a agência do banco comigo ou com a primeira dama e sacar a grana.

Dali pegamos o carro e fomos para o pontal assistir a um dos mais maravilhosos espetáculos da natureza. O pôr do sol do pontal.

Meu passeio em Arraial do Cabo

O pontal è um ambiente maneiro no alto de um pehascão que lentamente vai enchendo de turistas de todos os lugares do mundo esperando a Terra girar. Chegamos cedo e pegamos um bom lugar.

Meu passeio em Arraial do Cabo

Quando o sol some, todo mundo aplaude. De tão bonito que é, algumas pessoas até choram.

Meu passeio em Arraial do Cabo

Ao ver o pôr do sol, você acaba invariavelmente refletindo sobre o lado maravilhoso e fantástico da vida. Pensa no mundo e renova as esperanças para o futuro. Bem legal.

26 comentários em “Meu passeio em Arraial do Cabo”

  1. ah, ja visitei arraial do cabo e é simplismente espetacular

    tive o prazer de fazer mergulho e quase morri de frio

    la eh bom mesmo
    belas fotos…

    tchau o/ =D

    Responder
  2. lindíssimo o lugar, mesmo.

    vou muito para búzios e sempre pratico snorkeling, mas nunca tinha pensado em mergulhar em arraial (que é pertinho).. agora quero muito conhecer essa baia de águas transparentes 😉

    ah, essa praia do forno por acaso não é em búzios? lá tem uma praia linda com esse nome, ótima pra mergulhar..

    Responder
  3. Cara, eu acompanho o mundogump há algum tempo, sempre leio todos os posts, inclusive os mais antigos. O único problema é que onde trabalho é beeem silencioso, e acabo chamando a atenção de tanto rir.

    Eu sou de SP, mas sempre gosto de conhecer lugares novos, e achei esse lugar fantástico, já pesquisei no Google Maps para ver a distancia e em outros sites para ver mais fotos. Acredito que este será meu próximo destino, pois minha namoroda também adorou.

    Parabéns pelo blog de ótimo conteúdo e pelas fotos tiradas no seu passeio, ficaram ótimas.

    Abraços.

    Responder
  4. [quote comment="24950"]lindíssimo o lugar, mesmo.

    vou muito para búzios e sempre pratico snorkeling, mas nunca tinha pensado em mergulhar em arraial (que é pertinho).. agora quero muito conhecer essa baia de águas transparentes 😉

    ah, essa praia do forno por acaso não é em búzios? lá tem uma praia linda com esse nome, ótima pra mergulhar..[/quote]

    Em Arraial também tem uma praia do forno. A de Buzios tb é legal.

    Responder
  5. Meu só uma pergunta na quinta foto como você conseguiu colocar a mascara ao contrário?
    E a primeira dama é mais bonita que a juma mesmo, a vantagem da juma é que vira onça e nada mais… :B

    Responder
  6. [quote comment="25220"]Meu só uma pergunta na quinta foto como você conseguiu colocar a mascara ao contrário?
    E a primeira dama é mais bonita que a juma mesmo, a vantagem da juma é que vira onça e nada mais… :B[/quote]

    pois é, eu coloquei ela na cabeça e nem me liguei que estava de cabeça pra baixo, hehehe.

    Responder
  7. Opa Philipe!
    acompanho o mundogump diariamente desde o ano passado, curto mto este blog…

    sobre a sua viagem, achei animal cara! e tava procurando algum lugar assim pra visitar com a patroa talvez! teria como você me mandar o contato da operadora de turismo e o esquema que você fez pra chegar lá?? Brigadão!

    Só um comentário. O history channel tah com um programa de criptozoologia que eu acho q é novo, chama monsterquest… é muito interessante, vi 2 episódios só mas eles sempre descobrem algo “concreto” sobre algum dos mitos mais famosos de monstro, como a lula gigante e o sasquatch!

    vale a pena dar uma conferida!
    Abraços

    Responder
  8. [quote comment="26619"]Opa Philipe!
    acompanho o mundogump diariamente desde o ano passado, curto mto este blog…

    sobre a sua viagem, achei animal cara! e tava procurando algum lugar assim pra visitar com a patroa talvez! teria como você me mandar o contato da operadora de turismo e o esquema que você fez pra chegar lá?? Brigadão!

    Só um comentário. O history channel tah com um programa de criptozoologia que eu acho q é novo, chama monsterquest… é muito interessante, vi 2 episódios só mas eles sempre descobrem algo “concreto” sobre algum dos mitos mais famosos de monstro, como a lula gigante e o sasquatch!

    vale a pena dar uma conferida!
    Abraços[/quote]

    Cara não foi com operadora não. Eu apenas cheguei lá e logo que você entra, ali depois do portal da cidade está a secretaria de turismo. Basta chegar lá que eles te dão toda as dicas, os melhores hotéis, o melhor passeio. Os caras são super legais e o passeio sai super barato.
    Sobre a dica do HC valeu mesmo.

    Responder
  9. Ah, como eu cheguei lá: è facil. Eu moro em Niterói, então fica a menos de 2h de carro da minha casa. Mas não tem mistério. Pega na direção de cabo frio. Fica um pouco depois. A estrada é boa, mas tem um pedagio caro nos finais de semana.

    Responder
  10. As fotos e os comentarios foram perfeitos só fiquei chateado porque vc ñ ter divulgado o nome do barco em que fez o passeio que foi o Catavento ll,um abraço meu camarada aqui é o comandante da embarcação…(22) 9932-2112.

    Responder
  11. Ah, show de bola. Ainda bem que você me lembrou. Nem me liguei disso. Vou colocar o nome. Abração Lenicio. Assim que abrir um sol e a água esquentar, estaremos aí de novo!

    Responder
  12. Po cara mt bom msmo viu! Meu primo já tinha feito um passeio desse e eu fiquei fascinada, doida p ir. Poxa vc forneceu as informações q eu precisava. Vou ver se no Carnaval da p rolar esse passeio! Abçs

    Responder
  13. Cara, show de bola suas fotos. Estarei indo pra lá com meu marido meio de Abril e espero curtir bastante tb. Mas conta aí: auele bar flutuante é muito caro? ou dá pra tirar uma onda?
    Abç.

    Responder
      • nossa adorei a historia estou indo para este paraiso no proximo mes no qual estarei de ferias, ficarei na pousada tanto mar sou de minas to meio perdida em relaçao a alimentaçao,quero uma coisa com um bom custo e que seja avontade. a primeira coisa que pretendo fazer e este passeio que vc e a sua primeira dama fizeram e maravilhoso, fiquei iper empolgada com as fotos ficarei la 6 dias e na pousada onde estarei nao serve refeiçao so cafe da manha por isso se vc tiver alguma dica de alimentaçao bacana pra me passar fico agradecida fica meu email depois te mando algumas fotos do passeio para seu blog, no final das ferias irei para ilheus se quiser te dou umas dicas de la.
        abraços
        fernanda

        Responder
  14. Realmente o lugar é lindo , Eu tenho uma casa em Figueira um dos municípios de Arraial do Cabo e sempre vou para a Praia do Pontal , do Forno , dos Anjos e grande. Além das praias existentes como a do Farol etc. só de barco mesmo.

    Quem vai para Arraial não se arrepende, porque é um lugar paradisíaco , mais não recomendo para ninguém ,só para mim , porque esse lugar fica cheios de turistas e é muito difícil de achar estacionamentos em algumas praias ou vc tem que chegar bem cedo e as praias são todas badaladas. POr isso não vão , 😆 :lol2: deixem que eu vou por vcs !!!

    Responder
  15. Olá Philipe aqui é o comandante do catavento IIe agora tambem estamos com o catavento I, veja lá no orkut varias fotos do passeio de barco aqui em Arraial do cabo o orkut é lenicio catavento2 um abraço e apareça pois continuamos aqui para servi-los…

    Responder
  16. OI,PHIlipe, gostei muito de percorrer teu blog, lindas fotos e relato interessante.
    Quando citas  o Lenicio e seu barco catavento , lembrei-me  de um barqueiro de turismo e 
    mergulho chamado  Gilmar ele é casado com Alzira e também faz passeios  pelos
    encantos de praias  destas bandas de Cabo Frio e Buzios e conhece como ninguem  points
    magnificos.  

    Responder

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.