Lei seca?

Lei seca?

Eu não quero me alongar muito sobre isso, até porque estou com sono e quero dormir. Mas eu gostaria de compartilhar com vocês uma rápida reflexão sobre a lei seca.

Antes dela, era proibido dirigir bêbado. Mas era permitida a ingestão de até 6 decigramas de álcool por litro de sangue (o equivalente a dois copos de cerveja). Agora, com a nova lei 11.705 , é terminantemente, absolutamente, completamente, superlativamente, proibido dirigir com uma ridícula quantidade de álcool no sangue. Com a “lei seca” a suspensão por um ano do direito de dirigir é feita a partir de 0,1 mg de álcool por litro de ar expelido no exame do bafômetro ou 2 decigramas de álcool por litro de sangue. O infeliz ainda recebe uma multa de R$ 955.

Ok. Bonito.

Então, agora vamos aos fatos:

1-A lei foi proposta e canetada sem levar em conta aspectos fundamentais como: Fiscalização.

Sem bafômetros disponíveis a aplicação da mesma fica bem difícil. Então o que vai acontecer?

2-Compra desesperada de milhares de bafômetros. Ótimo. O dinheiro é público mesmo, né?

3-Os políticos após comprarem pilhas de bafômetros a mais ou menos mil reais a unidade, vão rediscutir o teor da lei e alguns políticos pensam que ela é excessivamente rígida.

Até a data do “cumpra-se” praticamente não haviam bafômetros modernos, sendo disponíveis apenas os modelos simples, alguns não homologados pelo INMETRO, para as unidades de fiscalização.

Do jeito que está a lei, o uso do bafômetro já serve porque ele dá um resultado tipo “sim ou não”. Mas com a mudança e relaxamento que vem sendo proposta na Câmara, será necessário definir o quanto de “sim”que o cidadão tem no sangue.

Ocorre que o bafômetro antigo, em função disso, não será suficiente para atestar o teor alcoólico no sangue do cidadão, sendo necessário o uso de outro aparelho, chamado de etilômetro. Como o etilômetro é mais sofisticado, isso significa, mais caro. Como resultado, os bafômetros que já estão sendo comprados com o seu e o meu dinheiro rapidamente serão obsoletos e os policiais vão passar a usar só etilômetros. Cada etilômetro custa de 6 a 11 mil reais, chegando a 13 mil por unidade em certos casos.

Entenderam a jogada? Hein?

Só a Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo, por exemplo, anunciou um investimento de R$ 2,6 milhões na compra de 400 novos aparelhos para o estado. O governo federal também informou que deve comprar pelo menos 2 mil equipamentos para deixar a disposição de cada uma das viaturas da Polícia Rodoviária Federal.

Some-se a isso uma cascata tributária SAFADA:

Segundo Armando Pacello, diretor da APS Sinalizações, conta que há uma taxa de R$ 440 para cada etilômetro auferido pelo Inmetro.

Não é atôa que os fabricantes destes aparelhos estão rindo de orelha a orelha esperando um aumento de 160% nas compras de bafômetros e etilômetros.

Você acha que a lei seca vai conseguir sobreviver ao verão? Eu acho que não. Infelizmente, pois seria bom se ninguém bebesse e saísse dirigindo feito maluco. O problema não é só de trânsito, mas de saúde pública e educação. Basta ir em qualquer posto de gasolina que é parada de caminhão nas rodovias péssimamente conservadas do país para ver: Eles bebem cachaça com café. Isso quando não enchem a cara de bolinha.

Eu vivi isso pessoalmente, porque já fui pesquisador para a Confederação Brasileira de Transportes na rodovia Presidente Dutra, a principal artéria rodoviária econômica no país. E onde num dos lances mais malucos da minha vida, passei madrugadas em claro entrevistando mais de dois mil caminhoneiros. Graças a isso, fui ameaçado com porretes, revolver, marreta e até facão. Eu sei o que estou falando.Tirando uma pequena parcela de motoristas de caminhão inteligentes, tem muito maluco nas estradas!

Além disso, a história pregressa dessas leis escalafobéticas do Denatran mostram seu poder de marola inutil. Quem não lembra daquele mico para os políticos e para nosso sofrido bolso onde todos os carros tínham que andar com um kit de primeiros socorros? Vinte pratas cada kit. Neguinho ficou rico com isso. Lembra? Depois de alguns encherem a bucha de grana, nossa grana, aí caiu a exigência do kit…

Então, por tudo isso só posso concluir inconformado que a função da lei seca é: Pegar dinheiro dos playboys mamados e desperdiçar nosso dinheiro público.

Os políticos comemoram mostrando estatísticas que apontam um decréscimo no numero de acidentes. Ora, não me faça de idiota, meus amigos. Qualquer Zé Ruela sabe que é óbvio que as estatisticas tem que mudar na virada da lei. Todo mundo em cima, todo mundo só fala nisso… Quero ver como vai estar daqui a um ano. Menos, talvez daqui a seis meses, quando fizer 40 graus!

Se houvesse alguma sequela para o mercado de bebidas você acha que a Ambev, principal atingida não iria chiar? Pois é. Eles apoiam a lei.

Quem seria contra uma lei que diz o óbvio, que uma pessoa não pode dirigir sovb efeito de álcool no sangue? Ninguém, lógico. Mas não era de se esperar que uma empresa que vende cerveja reagisse preocupada? Pois eu ouvi no rádio que os caras acham até que o consumo vai é aumentar! Suspeito…

Se apóiam é porque sabem o óbvio. E o óbvio é que esta lei trata-se de mais uma lei inócua e impressionante que vai gerar um cataplasma de notícias no início, vai gerar uma fábula de contratos e licitações, para depois ir esfriando, esfriando até tudo voltar a mesma merda de sempre. Quer dizer, mesma merda não, porque aí os meganhas pega-grana vão estar com mais um equipamento para usar na arrecadação do churrasco de fim de ano do batalhão.

Related Post

26 comentários em “Lei seca?”

  1. Só lembrando que o bafômetro não é obrigatório. Se vc sabe que bebeu mais de um copo de cerveja e que vai acusar, vc pode negar o bafômetro e pedir o teste clínico, ou seja, o policial é obrigado a te levar para um hospital, pegar um médico qualquer e ele deve olhar pra sua cara e dizer se vc tá ou não bêbado. Se ele disser q não, bleza, vc pode ir embora. Se ele disser que sim, mesmo vc tando mamadão, vc não vai preso, pois para ir preso precisa dos 0,6 no bafômetro, e como não é obrigatório… Essa lei vai furar.

  2. Ei Philipe! é triste e desolador ver a que ponto chega nosso país. Toda reforma que ocorre tem como principal objetivo render lucro para alguém. o cidadão que depende disso tudo, que se foda! também acho que isso vai acontecer, é duro não ter esperança nesse país, onde as regras só valem para os pobres.

    um super abraço

    p.s: adoro o blog, tem um tempão que passo por aqui todos os dias para me inteirar das bizarrices, dos seus textos fantásticos, do prazer de ver surgir suas esculturas. Parabéns pelos seus talentos!

  3. Acho estranho a InBev não reclamar da lei seca.O consumo caiu 30%( http://www.detran.rs.gov.br/clipping/20080706/11.htm) e a empresa fala em aumento do consumo?estranho isso…
    Sobre a lei seca continuar por alguns anos, vi uma entrevista na folha que falava que dirigir sem beber é questao de costume.a lei pode vir a ajudar, lembram do caso do cinto de segurança?No começo ninguem queria usar,todo mundo criticava, hoje em dia vemos que o uso do cinto de segurança foi adquirido por muitos.
    Mas será que vai acontecer o mesmo com a lei seca?não sei
    ahh,e para completar o texto, não esqueçam que é ano de eleiçao.

  4. Cara… eu pensava igual a vc… ateh mesmo com a frescura do KIT FIRST AID aHUAhuA…

    Ps… o philipe… quando acesso o blog aqui… os acentos naum aparecem … s?o mudados para simbolos… o que pode ser isso???

  5. Philipe, concordo em genero, numero e grau!!!

    Escrevi sem acento por que, como disse Quinha, estao realmente aparecendo simbolos no lugar deles.

    Um grande abra?o.

  6. [quote comment="25031"]
    Ps… o philipe… quando acesso o blog aqui… os acentos naum aparecem … s?o mudados para simbolos… o que pode ser isso???[/quote]

    Antes aparecia normal?

  7. [quote comment="25033"]
    Escrevi sem acento por que, como disse Quinha, estao realmente aparecendo simbolos no lugar deles.

    Um grande abra?o.[/quote]

    Parece que e so no IE que ta dando isso. Vou ver o que pode ser e resolvo ja

  8. Esse texto é tão ridiculamente escrito que eu não sinto nem vontade de comentar. É de um simplismo quase pueril. Se vc realmente que se outorgar o direito de escrever alguma coisa além de textículos acerca de animais estranhos pelo menos procure fundamentar as suas opiniões. “a função da lei seca é: Pegar dinheiro dos playboys mamados e desperdiçar nosso dinheiro público.” ASHAUSHAUSHUAHSU. Vai me desculpando a franqueza, mas só mesmo um cataplasma pra escreve assim tão À TOA.

  9. Ninguém é obrigado a passar pelo teste:
    – Se não quiser o bafômetro, sugerem teste clínico.
    – Se não quiser, sugerem alguma outra coisa que não lembro.
    – Se não quiser, multa.

    O número de acidentes de trânsito caiu vertiginosamente (para quem acredita em teoria da conspiração, números que não foram criados pela própria mãe podem não valer nada).

    Sempre há um jeito de ganhar dinheiro com leis. A existência de roubo não anula uma boa idéia nem justifica o prejuízo de ignorá-las. Se o Lula rouba, então podemos encher a cara e sair por aí se achando o ser mais politizado e sóbrio do mundo. Estranho isso, não?

    É infantil procurar defeito em toda lei que contraria os próprios maus hábitos (ah! esqueci, todo mundo tem perfeito controle sobre o corpo sempre, e é sempre honesto e sempre pensa no bem coletivo… tá…).

    O fato é que com roubo ou sem roubo, diminuíram as mortes e acidentes provocados por irresponsáveis que sempre dizem coisa como: “O álcool me deixa até mais alerta”. Entre pagar o roubo do Governador ou pagar para ter um parente vivo novamente, acho que todo mundo sabe o que é melhor.

  10. O resto é caso de polícia. É outro assunto. Que merece atenção. Mas não anula o benefício da lei (que não é seca. Ninguém está proibido de beber. Inclusive mais gente bebe. Proibido está beber e dirigir, o que parece óbvio – mas para um monte de mula, não).

  11. [quote comment="25119"]Esse texto é tão ridiculamente escrito que eu não sinto nem vontade de comentar. É de um simplismo quase pueril. Se vc realmente que se outorgar o direito de escrever alguma coisa além de textículos acerca de animais estranhos pelo menos procure fundamentar as suas opiniões. “a função da lei seca é: Pegar dinheiro dos playboys mamados e desperdiçar nosso dinheiro público.” ASHAUSHAUSHUAHSU. Vai me desculpando a franqueza, mas só mesmo um cataplasma pra escreve assim tão À TOA.[/quote]

    Sim, claro. Pelo nivel sensacional do seu comentário dá pra ver que você é um cara realmente inteligente e que sabe argumentar seu ponto de vista. Até pelo seu risinho emo. Beleza.
    Não estou à sua altura.

  12. [quote comment="25151"]Ninguém é obrigado a passar pelo teste:
    – Se não quiser o bafômetro, sugerem teste clínico.
    – Se não quiser, sugerem alguma outra coisa que não lembro.
    – Se não quiser, multa.

    O número de acidentes de trânsito caiu vertiginosamente (para quem acredita em teoria da conspiração, números que não foram criados pela própria mãe podem não valer nada).

    Sempre há um jeito de ganhar dinheiro com leis. A existência de roubo não anula uma boa idéia nem justifica o prejuízo de ignorá-las. Se o Lula rouba, então podemos encher a cara e sair por aí se achando o ser mais politizado e sóbrio do mundo. Estranho isso, não?

    É infantil procurar defeito em toda lei que contraria os próprios maus hábitos (ah! esqueci, todo mundo tem perfeito controle sobre o corpo sempre, e é sempre honesto e sempre pensa no bem coletivo… tá…).

    O fato é que com roubo ou sem roubo, diminuíram as mortes e acidentes provocados por irresponsáveis que sempre dizem coisa como: “O álcool me deixa até mais alerta”. Entre pagar o roubo do Governador ou pagar para ter um parente vivo novamente, acho que todo mundo sabe o que é melhor.[/quote]

    Eu acho que você não entendeu a questão central do texto. A lei não é uma boa idéia. A “lei seca que não é seca” é uma patetice sem tamanho que vai sumir tão rapidamente quanto apareceu. Ela será amplamente desrespeitada e resultará apenas em desperdício de dinheiro público. São as típicas manobras que envolvem licitações absurdamente superfaturadas e que não resultarão em grande benefício para a população. É claro que falar isso pode incomodar muita gente, afinal, é triste nos sentirmos feitos de idiota pelos caras que controlam nosso país e que chegam lá por malandragens pérfidas como currais eleitorais, compra de votos, votos de cabresto e etc.
    Eu acredito até em disco voador e Ets, mas se tratando de política nacional, tenho que admitir que eu sou totalmente cético a medidas e leis milagrosas que apelam para a boa fé do povo que inocentemente pensa que num passe de mágica tudo se resolverá.
    Não vai resolver. Vê se o Brasil tem condições de segurar por muito tempo uma lei mais severa que os EUA, um país tradicionalmente severo em suas leis. Ridículo.
    O problema do Brasil não é fazer lei. É fazer a lei ser cumprida. É aí que está o problema.
    Eu praticamente não bebo, então não estou defendendo o álcool nem os interesses da indústria do álcool, mas isso não significa que tenho que me calar para uma putaria governamental disfarçada de lei salvadora da pátria.
    Com esta grana desperdiçada com esta lei idiota, dava para agilizar a fila do transplante, que com certeza absoluta salvaria centenas de vezes mais vidas do que os efeitos -meramente psicológicos- desta lei “seca que não é seca”.

  13. Acho a lei boa no que diz respeito a diminuição de acidentes, mas existem algumas coisas que talvez você não tenha percebido sobre a nova lei de tolerância zero no álcool/direção Vejamos por exemplo:
    1 – Os bares vão vender menos, pois menos gente irá aos bares. = Vai ter desemprego.
    2 – Quem vai comer as mulheres feias??????
    3 – Os bares vão aumentar o preço do refrigerante = chope vai custar 1 real
    4 – Quem tomar mais de 4 refrigerantes, terá de brinde 2 chopes.
    5 – O cara que comprou o terreno em frente ao bar para explorar estacionamento vai falir = Novamente vai ter desemprego.
    6 – O que dizer para a patroa todas as quartas-feiras??? = Querida, vou sair com os amigos para uma rodada de Coca-Cola!!!!!!!!
    7 – Futebol já anda sem graça, e agora sem beber, vamos acabar vendo que os caras são perna-de-pau mesmo = Olha o desemprego aí outra vez.
    8 – Daqui a seis meses, terá tanto processo por ser autuado na bebida que vão congestionar o judiciário.
    9 – Com a falta de consumo de cachaça os alambiques vão falir = E dá-lhe desemprego.
    10- Com que cara vamos pedir uma saideira no bar??= Garçom, por favor, aquela Coca para ir embora e a conta.
    11 – (censurado)
    12 – Vão aumentar os problemas domésticos e a separação de casais = Como certas pessoas agüentarão ficar em casa sóbrios?
    13 – Com o risco de ser multado e perder a carteira, ninguém mais vai andar de carro = As fábricas vão falir (que puta desemprego).
    14 – Por outro lado, com tanta gente desempregada, só vai ter nego bebendo para esquecer as contas = Baita problema social.
    15 – E quem vai faturar com essa lei???? = O governo!!!
    UMA IDÉIA PARA UM EMPREENDIMENTO = CARRO-BOY
    O cara bebe todas e chama o Carro-Boy que dirige teu carro e te leva em casa.
    UMA SOLUÇÃO PARA AS BARREIRAS
    1 – Andar com um baseado no bolso. Quando o policial te parar, já desce fumando.
    Vais receber no mínimo uma advertência por usuário de droga, mas o cara nem vai se ligar em te pedir para soprar o bafômetro.
    VANTAGENS DA LEI
    1 – Podemos chegar em casa às 4 da manhã. É só dizer para a amada, que estávamos
    esperando passar o efeito etílico para não ser pego em uma barreira. :B

  14. na verdade, a lei nem mudou..
    antes podia beber 2 copos, agora nenhum..
    eu não me lembro de ter bebido2 copos na minha vida..
    ou eh 8 ou 80..
    uhauahuahuAHuA
    soh q agora q mudou a lei.. o povo tá atento..
    mas certeza, é por pouco tempo..
    tanto no MS qnto no MT nem existem radares, o povo aqui é muito loco, uma época atraz, uns anos antes de cristo.. até chegou a funcionar, qndos eles compraram, mas 2 meses depois pifa tudo já..
    uhauHUAHAUh
    eu soh penso o seguinte.. agora q a policia tá pegando pesado, vo parah de beber e parar de fazer caridade pras mulheres feias.. tadinha..por enquanto

  15. A Lei Seca é uma piada, feita de maneira totalmente equivocada pra ser aplaudida por gente que não gosta de ler e pensar.

    O que ninguém parece se dar conta é que SEMPRE foi proibido dirigir bêbado. A lei não mudou uma vírgula nesse sentido. Pessoas que enchem a cara e pegam o carro hoje são tão criminosas quanto as que faziam isso há 1 mês ou há um 1 ano. E como o simples fato de abaixar a tolerância de 0,6 pra 0,1 vai mudar alguma coisa, se todos os bêbados irresponsáveis consomem e sempre consumiram muito mais que isso?

    Os principais prejudicados são as pessoas responsáveis, que bebem socialmente, por prazer, e tem o cuidado de não exagerar na dose pra poder dirigir depois. Por causa deles o consumo de bebidas caiu. Mas quem sempre bebeu vai continuar bebendo, pegando estrada e causando mortes. Por quê? Por causa da impunidade.

    De que adianta baixar teor alcoólico e aumentar a multa se não existe fiscalização? Por que um alguém teria medo de ir pra cadeia por dirigir bêbado se não tem ninguém pra ver que ele está dirigindo bêbado? Claro, agora que a lei ainda é nova, cria polêmica e está na mídia as pessoas tem se cuidado, os policiais apertam o certo. Mas e daqui a um ano?

    No mais, a lei é elitista. Quantos brasileiros podem ficar pagando 40, 50 reais de táxi pra sair pra beber com os amigos, pra levar a mulher pra jantar? Bom, ninguém mandou ser pobre…

    Mas fazer o que, aqui no Brasil é assim. As leis são criadas por causa dos desonestos, mas fodem mesmo é com a vida dos honestos. O próximo alvo é a publicidade. Querem proibir propaganda pra crianças – uso de animações, excesso de cores (!) e atores-mirins. Agora nosso País vai pra frente. Vão finalmente tirar o Dollynho do ar!

  16. Cara, perfeito o seu texto e o seu ponto de vista sobre a lei 11.705!
    eu postei algo referente a isso também no meu blog, mas você explorou um ponto de vista crítico e diferente sobre o tema!
    Ficou ótimo cara, Parabéns!
    Espero ver mais textos assim por aqui!
    Abraços!
    http://filosofosbebados.blogspot.com/

  17. já tem gente conseguindo liminar pra BEBER e DIRIGIR sim …
    pra não ser obrigado a fazer o teste do bafometro, mesmo o teste sendo obrigatório pela “jogada” de fazer que digirir se torne uma “conscessão do estado” e não um direito do cidadão, sendo portanto excluido o caso da outra lei de que “não é obrigado a dar prova que o incrimine” …

    e agora essa com relação ao equipamento e toda a jogada politica $$$ em cima disso tudo…. puta merda de pais fudido esse …. tinha q sair matando essas pragas desses safados….

  18. Bom!! o negocio é o seguinte!!! e se o cara entornou todas e vai saindo do bar e atropelar um parente seu???? com certeza vc vai pra frente de algum programa sensacionalista ou da delegacia gritar por justiça ou querer matar o cara ali mesmo!!! se foi vc o cidadão que atropelou, vai dizer que não tinha tomado nada!!! se vc tiver for o atropelado??? acho que a lei anterior ou essa nova estão + ou – certas!!! o que ta errado é a punição!!! se o cara bebe e mata, deveria ser julgado por crime doloso (sabia o que podia acontecer e assumiu o risco)!!
    Pra esses juizes que concederam liminares, acho que eles deveriam ter um parente atropelado (de preferência um parente bem próximo – pais, filhos, irmãos etc), aí aconteceria o que aconteceu em SP (depois que um ladrão tentou roubar duas mulheres, acabou matando a filha e a esposa) e justamente de um advogado que defendia esses vagabundos (um adivogado de porta de cadeia), bem, ele disse que apartir daquele dia nunca mais iria defender vagabundo, não sei se ele cumpriu o que disse, se procurou outro emprego ou algo parecido, mais sei que essas coisas devem acontecer com quem tem dinheiro e nome!!! pra ver o que acontece depois, sim, pq, com o cara liso, so vai sobrar pra ele!!!

  19. Neto, a questão do meu post é o uso de uma lei que é uma adaptação de uma lei que já havia e que não funcionava para uma lei mais rigida, que está servindo de pano de fundo para um monte de licitações milionárias. A minha questão é: Esta lei será seguida ou estamos vendo só mais um fogo de palha como já ocorreu com o kit de primeiros socorros?
    Já havia uma legislação que proibia a direção sob efeitos de álcool. Eu acho que ninguém em sã consciência é contra uma lei que diz que pessoas sob efeito de entorpecentes não podem dirigir.
    O brasil tem uma coisa de “lei pegar”. Tem “lei que pega” e “lei que não pega”. Eu acho isso um absurdo, porque lei é lei. Lei não pode ser opcional. Mas por outro lado o estado é um belo de um gastador que cria leis que obrigam a compra de equipamentos caríssimos em vespera de eleições. Suspeito? Pois é. Eu só quero ver quanto tempo vai durar isso.
    Agora eu concordo com você. Bebeu e fez merda, crime doloso nele. E se for medico, juiz, advogado ou policial, crime doloso duplamente qualificado.

  20. Quanto a isso concordo com vc, porém existem pessoas que essa lei só vai trazer desgraça pra ele (acho que deve trabalhar em uma fabrica de bebida ou em um restaurante de beira de estrada), antigamente (como vc mesmo postou aqui), um certo cidadão viu que as pessoas compravam pouca mercadoria no seu estabelecimento, ele inventou o carrinho de compras, como ninguem usava, ele fez marketing, pq os donos de bares também não fazem o mesmo, contratam mais motoristas justamente pra levar o bebum pra casa juntamente com seu carro, lógico que esse empregado vai ter que voltar pro trabalho, então ele tem que contratar um motociclista pra trazer ele de volta (só aí já são 2 (DOIS) EMPREGOS)!!!! onde esse cara ta vendo desemprego?????
    aqui em Manaus – AM, isso já tá funcionando em alguns bares mais badalados, quanto a lei, tem que ta pegando no pé direto pra não ficar uma lei esquecida, experimenta ler o Código Penal (tem tanta coisa esquecida que parece livro de piada)

  21. Os acidentes provocados pelo tão noticiado vilão o alcool representam menos de 14% do total e olhem que julho foi mes de ferias. Os outros 86% são devido as estradas em pessimo estado de conservação, carros sem a minima condição de uso, motoristas imprudentes, incompetentes e drogados com remedios para dormir, ansioliticos, antidepressivos, para emagrecer(contem anfetamina) ou pior as drogas ilicitas cocaina, maconha , crack, e o que mais vier. Por que o governo não acaba com esta palhaçada e aplica integralmente o codigo que tem mais de 10 anos, ao invés de perseguir quem tomou apenas um copo de chopp ? Já existem metodos mais baratos e eficazes para detectar qualquer tipo de droga enão apenas alcool, por que não usa-los ? Por que não apreender os veiculos sem condições de uso ? os 30% de carros que sequer pagam IPVA ? Os irresponsáveis estão rindo a toa com toda esta incompetência.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

shares