Glow fur – Muito doido isso

Eu tenho raiva de quem usa casaco de pele de animal. Acho uma puta sacanagem matar bichos como o arminho, a chinchila e outros só para tirar a pele. Quando é um esquimó, que mata um urso polar ou um lobo para sobreviver no frio eu entendo. Quando os índios matam um búfalo para usar a pele durante o inverno frio, eu aceito.
Mas não me venha querer justificar que estes estilistas abicholados precisam usar as peles animais.
Se ao menos eles servissem de alimento, que sob certas circunstâncias até que é uma causa nobre, vá lá. Eu entenderia.

Mas os animais são mortos pela fútil razão de que patetas idiotas como a Gisele Bundchen e a (prima da minha esposa) Íris Bruzzi, acham legal, bonito, chique, glamouroso, usar casacos de pele animal.
Eu não sou um desses defensores ferrenhos dos direitos dos animais. Eu como carne. Eu gosto de churrasco. Mas eu não gosto de ver os pobres animais sofrerem. Eu não gosto de saber que eles sofrem. Eu não acho certo que uma criatura morra pela vaidade de uma modelo ou pelo pseudoglamour de um estilista.
Essa parada fica bem mais ridícula, quando pensamos sobre como o desenvolvimento de materiais permitiu a criação de casacos de pele sintéticos que são exatamente iguais aos casacos de pele animal. E mesmo que não fosse. Quando olhamos para isso:
Glow fur - Muito doido isso
Não temos a consciência de que foi gerada com a morte de vários bebês de foca como este:
Glow fur - Muito doido issoda pior maneira, sem anestesia e à base de porretadas, muitas vezes retirandoa pele com o pobre animal ainda vivo, agonizando na neve.

Glow fur - Muito doido isso

Este post era originalmente dedicado a falar de um novo tipo de pele sintética que tem características interessantes. Ela emite luz.

Glow fur - Muito doido isso
O nome do produto é GloFur, e eu (espero) que seja de pelo sintético.

Related Post

11 comentários em “Glow fur – Muito doido isso”

  1. Philipe, concordo com tudo o que vc disse, e se vc nao conhece vai ai uma dica de um documentario muito bom sobre a proteção dos animais e relação do consumo de carne com a destruição do meio ambiente feita por uma ONG lá do Sul.
    O nome é “A Carne é fraca”, é facil encontrar na net, vou upar ele para o easy-share depois te passo o link, tenho guardado aqui, e quando assisti, fiquei meio bolado.
    Obs.: Show o post sobre os motores magnéticos, trem e etc.

  2. fala Philipe…
    isso me fez lembras um PPS q eu recebi sobre um lugar q eles matam esses bebes focar por ESPORTE e com certeza a pele tbm… se quiser eu t passo.

    graças a deus nao como carne 😛

  3. Felipe, não é incrível como a mesma espécie que produz um Donatello, um Davinti, um Renoir, um Machado de Assis é a mesma espécie que dá origem a estes filhos da puta, que matam os animais por simples prazer?
    Manda a parada, por favor.

  4. Philipe, upei (ainda falta uma parte) do documentário pro easy share. Fiz um post no meu blog para o vídeo, o link é http://tubaraosemdente.blogspot.com/2007/05/documentrio-carne-fraca.html

    O download dos arquivos diretamente podem ser feitos nos endereços:
    http://w13.easy-share.com/1124247 – Parte 1
    http://w13.easy-share.com/1123910 – Parte 2
    http://w13.easy-share.com/1123912 – Parte 3
    http://w13.easy-share.com/1124249 – Parte 4
    Parte 5 sendo upada…atualizo
    http://w13.easy-share.com/1124131 – Parte 6

  5. Um amigo meu já disse: “A espécie humana é essencialmente ordinária”. O Parabellum tá falando de caras (Da Vinci e outros), que desenvolveram um canal direto com o criador. Aí não tem graça! Outro dia ví um bando de gente se levantar no restaurante p´ra admirar com ar compungido uma reportagem sobre uns bichos de estimação órfãos, ou abandonados. Perguntei sobre o quê era. Todos responderam em uníssono: “Animais abandonados, pobrezinhos”! Então perguntei: E aí na porta do restaurante, crianças abandonadas, mendigos, gente abandonada, não causa tanta sensação, não é? Ficou todo mundo me olhando como se eu fosse um E.T..

  6. está apoiado, gostei muito de suas palavras só tenho 11 anos mais sou seu fã pois participei da 3 conferência ambiental do pará se eu visse isso não deixaria de jeito nenhum abraços

  7. Eu nunca parei para passar. Realmente é muita crueldade,o caso dos cachorros beagles por exemplo,não foi comprovado nenhum ato de maus tratos ,eu aceito casos assim,pois são para o bem humano,a lei da sobrevivência,cada um por si não é? Mas eu acho totalmete cruel matar um animal para criar um casaco,um sapato,é ridiculo ! Nós humanos podemos comprar casacos carissimos sem ter que ser de algum animal ! Se fosse os indios como você citou eu até aceitaria pois como eu disse é para a sobreviência,mas isso ja é ignorancia ! O ser humano não tem cosciencia do que faz com os animais.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

shares