Gerador de estado sólido. Já ouviu falar?

Eu estava feliz e contente navegando pela internet em busca de novidades quando me deparei com algo que me chamou a atenção e francamente, parecia tão gump, mas tão gump, que pensei se devia mesmo colocar aqui ou não.

Há um preceito básico da Física que diz algo como “não existe almoço grátis na natureza”.

Ok, acho que não é bem isso que a lei da Física diz, mas é similar no que concerne ao fato de que energia não surge do nada. É baseado nisso que todas as pessoas que alegam conseguir fazer moto-contínuos ( máquinas capazes de gerar energia espontâneamente) dão com os burros n´água.

Porém,  pelo que eu li, uma empresa chamada Magnetic power Inc. dos EUA não só descobriu uma maneira de construir um gerador capaz de retirar energia do vácuo como alega que já tem protótipos totalmente funcionais dessa tecnologia, que foi patenteada. A empresa espera lançar seu primeiro gerador de 1 kw (um kilowatt!) sem fios, sem painel solar, sem manivela, sem partes móveis ou combustível. Algo como uma caixa mágica que gera energia, limpa e sem fim, para toda a eternidade.

%name Gerador de estado sólido. Já ouviu falar?
Naturalmente que você, assim como eu, está pensando bem agora: “isso é bom demais para ser verdade”. E talvez esteja certo. Vamos nos desligar da questão do possível/impossível por um instante e imaginar o que aconteceria se caso isso se confirmasse.

Me parece claro demais que algo assim jamais entraria no mercado pois o que aconteceria a partir daí poderia ter resultados imprevisíveis. O custo energético é o maior custo da humanidade. Quando pegamos um lápis e pacientemente contabilizamos todos os custos de um bem, por exemplo, um carro, chegaremos em um valor absurdo decorrente do uso energético em todas as etapas do processo de construção do mesmo.De uma certa forma o custo humano também está ligado ao custo energético, pois a comida que consumimos tem como finalidade básica alimentar de energia nossas células. Daí que um dos maiores problemas do planeta Terra se resume a apenas uma palavra: Energia.

Por causa da energia a guerra do petróleo, quer dizer, do Golfo, foi travada, por causa de energia estamos com o problema do aquecimento global, por causa da energia poluímos demais nosso planeta com baterias velhas, motores ineficientes, combustíveis e emissões tóxicas.

Uma vez que a energia é um dos grandes problemas da humanidade hoje, dá pra imaginar o volume de pessoas interessadas em manter o “status quo”, não é mesmo senhor Burns?

%name Gerador de estado sólido. Já ouviu falar?

Daí que esta empresa alega conseguir fazer este milagre que dará um nó na cabeça dos incrédulos cientistas. Vamos dizer que isso seja verdade mesmo, seria maravilhoso poder andar de carro por aí sem se preocupar com a emissão de gases tóxicos na atmosfera. Seria sensacional ver o preço de muitos produtos caindo pela metade em função da redução dos custos de produção graças a energia grátis.

Seria legal saber que Nikola Tesla estava certo o tempo todo e que mesmo não vendo seu sonho se realizar, ele se realizou quase cem anos após sua morte (considerando que isso fosse viável até 2017).

Mas, sei lá. Minha porção cética me diz que devemos ter muita cautela com essas alegações extraordinárias. E que alegações extraordinárias exigem provas extraordinárias… Como este vídeo aqui:

Minha porção cética não sabe o que dizer quanto a isso. Será que é um truque de mágica barato?

Pelo que eu dei uma olhada, os caras envolvidos nisso são pessoas bem infuentes no Vale do Silício. Um deles é Lee Felsenstein:

Lee Felsenstein – Electrical Engineering Consultant – Earned his BSEE at UC Berkeley. His first employment was with Ampex. Lee was the Moderator for the Homebrew Computer Club in Silicon Valley, for more than a decade. Twenty three companies were begun by members. They included Steve Wozniak and Steve Jobs, who co-founded Apple. From 1992 to 2000, he was a Senior Associate with Interval Research, a Palo Alto, California, computer lab funded by Paul Allen, designed to help create and support future computing technologies. Lee earlier designed two computers that now reside in the Smithsonian Institution. He received the Electronic Frontier Foundation Pioneer Award in 1994 and was inducted into the Computer Museum of America Hall of Fame in 1998. On April 3rd, 2007, Lee received the Editor’s Choice ACE Award by Electronic Engineering Times magazine. In this short video interview, he talks about our breakthrough.

fonte

Claro que pessoas fodonas premiadas pela Times Magazine por sua contribuição na eletrônica e que fazem computadores que vão parar no Smithsonian Institute podem se enganar e cair em furadas, mas é inegável que o cara dá um certo peso de credibilidade ao projeto da MPI.

Artigos relacionados

Comments

comments

27 comentários em “Gerador de estado sólido. Já ouviu falar?”

  1. Acho que o termo certo é Moto contínuo ou Moto Perpétuo. De qualquer forma ótimo post e decidiu bem colocar aqui no Mundo Gump.
    Independentemente da possibilidade ou não de se desenvolver moto contínuos, eles sempre serão conceitos extraordinários no mundo da ciência, utópicos ou não…

  2. Vendo pelo desenho, esse gerador parece ser feito a partir do eletromagnetismo em uma espira…

    Os blocos N e S seriam os ímãs que, ao passar pela espira, geram corrente induzida nela (por diferença de fluxo magnético), seguindo a fórmula:

    Fluxo Magnético = B . A . cos x

    Agora como eles fizeram para fazer esses ímãs ultrapassarem essas espiras constantemente sem gasto de energia, num faço idéia…

  3. Não ligo que não acreditem em mim, mas quando eu era criança, eu pensei em fazer algo muito próximo a isso. Um gerador de energia que usa ímãs no vácuo.

    Na minha cabeça, sempre achei possível fazer isso, mas como meu pai e todo o resto da comunidade científica dizia ser impossível, nunca pensei em tentar isso de verdade.

    Além do que, nunca entendi praticamente nada de eletro-eletrônica, e de física eu só sei o que se ensina na escola.
    Que ódio! :*( Eu podia ser um futuro milionário… :/

  4. pessoal coicidencia d+ eu estava ontem pesquisando sobre esses assuntos e tenho um excelente link aqui para que aprimorem seus conhecimentos:

    http://ciencia.hsw.uol.com.br/propulsao-eletromagnetica3.htm

  5. Quando eu era criança eu tinha a idéia louca de construir um “moto contínuo”, mesmo sem nunca sequer ter ouvido falar neste termo. Tive este estalo quando vi pela primeira vez na vida um dínamo de bicicleta (aqueles que servem para acender um farol).

    O “plano” seria ligar um motor elétrico convencional à energia gerada pelo dínamo e a energia mecânica gerada pelo motor, alimentaria o dínamo e assim sucessivamente.

    Para começar o processo, seria necessário só um “empurrãozinho” no dínamo, que geraria energia elétrica para fazer funcionar o motor, que por sua vez, faria girar a o dínamo para gerar energia elétrica “ad aeternum”.

    Quando cresci verifiquei, pelas aulas de física, que isso seria impossível por causa da perda de energia entre as duas máquinas, ou seja, o dínamo não geraria corrente elétrica suficiente para mover o motor e o motor não geraria corrente elétrica suficiente para mover o dínamo e assim por diante.

    De qualquer forma, nunca tive meios práticos para fazer o teste na prática, mas… Fica aí o registro desta idéia, em primeira mão, já que JAMAIS havia contado isto para alguém.

    😉

  6. será o próximo tema de filme de Hollywood, um cientista cria uma energia limpa e sem gasto, surge então uma rede conspiratória de quem precisa vender energia e contratam ninjas para dar cabo da equipe, no final os ninjas falham, mas os países exportadores de petróleos, que não pode ver o seu bem precioso perder valor, orquestra um atentado suicida com poodles bombas que destroi todo o laboratório e mata a equipe. E a pesquisa cai no esquecimento, até outro pesquisador ter a mesma idéia e termos uma sequencia.

    Gostaria que fôsse verdade, mas depois de estudar tanta física na universidade, acho mais viável acreditar em redes conspiratórias.

  7. Já ouviu falar do motor movido a AR?

    Então veja a reportagem que a globo fez na época: http://das-divergencias-e-convergencias.blogspot.com/2008/09/carro-movido-ar.html

    Se existe um carro movido a ar, voi lá, existe então um motor movido a ar, e se existe tal motor, poderiamos atraves dele girar turbinas para produzir eletricidade a principio a partir do ar!

    Mas onde ele está?????

    Ninguém sabe…

    A humanidade possui uma tecnologia que a maioria das pessoas desconhecem. Possuimos tecnologias que poderiam transformar esse mundo totalmente, mas algumas pessoas não querem…..

  8. [quote comment="60987"]Já ouviu falar do motor movido a AR?

    Então veja a reportagem que a globo fez na época: http://das-divergencias-e-convergencias.blogspot.com/2008/09/carro-movido-ar.html

    Se existe um carro movido a ar, voi lá, existe então um motor movido a ar, e se existe tal motor, poderiamos atraves dele girar turbinas para produzir eletricidade a principio a partir do ar!

    Mas onde ele está?????

    Ninguém sabe…

    A humanidade possui uma tecnologia que a maioria das pessoas desconhecem. Possuimos tecnologias que poderiam transformar esse mundo totalmente, mas algumas pessoas não querem…..[/quote]

    Esqueça uma grande teoria conspiratória dos xeiques do petróleo que caçam aqueles que tentam construir motores que não são movidos a combustível fóssil. E principalmente: Cuidado com reportagens, o repórter é pago para falar o seu próprio ponto de vista. Eles distorcem a informação para poder vender mais “jornal”. Ele pode transformar uma notícia de negativa para positiva e vice-versa.
    A era do petróleo vai acabar antes do fim do petróleo, exatamente como ocorreu com a era do vapor (que não acabou com o carvão, a tecnologia que se superou). No fim da era do carvão aconteceram várias tentativas de mudar a fonte energética, e a com melhor custo/benefício foi o motor a combustão. Hoje em dia temos exatamente o mesmo processo acontecendo.
    Na verdade existem vários (muitos mesmo) projetos e algumas patentes de carro movido a ar (desde o ano 2000 +-). Mas um problema constante desse tipo de motor é que para cada 100-400 km o motor acaba perdendo a pressão. E não, não é problema que é resolvido colocando mais ar comprimido, o principal problema é que o motor perde a calibração fina do motor, precisando ser “remontado”. Ou seja, para cada 200 (+- 50%) Km você precisa visitar um mecânico.
    Mas claro que existem muitas pessoas (e pessoas competentes, diga-se de passagem) que estão tentando resolver esse e outros problemas.

    Abraço

  9. [quote comment="61008"][quote comment="60987"]Já ouviu falar do motor movido a AR?

    Então veja a reportagem que a globo fez na época:

    Se existe um carro movido a ar, voi lá, existe então um motor movido a ar, e se existe tal motor, poderiamos atraves dele girar turbinas para produzir eletricidade a principio a partir do ar!

    Mas onde ele está?????

    Ninguém sabe…

    A humanidade possui uma tecnologia que a maioria das pessoas desconhecem. Possuimos tecnologias que poderiam transformar esse mundo totalmente, mas algumas pessoas não querem…..[/quote]

    Esqueça uma grande teoria conspiratória dos xeiques do petróleo que caçam aqueles que tentam construir motores que não são movidos a combustível fóssil. E principalmente: Cuidado com reportagens, o repórter é pago para falar o seu próprio ponto de vista. Eles distorcem a informação para poder vender mais “jornal”. Ele pode transformar uma notícia de negativa para positiva e vice-versa.
    A era do petróleo vai acabar antes do fim do petróleo, exatamente como ocorreu com a era do vapor (que não acabou com o carvão, a tecnologia que se superou). No fim da era do carvão aconteceram várias tentativas de mudar a fonte energética, e a com melhor custo/benefício foi o motor a combustão. Hoje em dia temos exatamente o mesmo processo acontecendo.
    Na verdade existem vários (muitos mesmo) projetos e algumas patentes de carro movido a ar (desde o ano 2000 +-). Mas um problema constante desse tipo de motor é que para cada 100-400 km o motor acaba perdendo a pressão. E não, não é problema que é resolvido colocando mais ar comprimido, o principal problema é que o motor perde a calibração fina do motor, precisando ser “remontado”. Ou seja, para cada 200 (+- 50%) Km você precisa visitar um mecânico.
    Mas claro que existem muitas pessoas (e pessoas competentes, diga-se de passagem) que estão tentando resolver esse e outros problemas.

    Abraço[/quote]

    Eu tinha publicado aqui sobre o carro da MDI faz tempo. Eles estavam querendo colocar uma fábrica no Brasil. Não sei em que pé está a coisa. O que eu sei é que tem uma fila de espera gigantesca aguardando o lançamento do MDI popular.
    Até você comentar, eu ainda não tinha lido nada sobre problemas de ajustes no motor da MDI. Mussa, você teria como me passar a fonte onde leu isso? Fiquei interessado em saber mais.

    Eu conheço umas pessoas (entre eles meu progenitor) que estão começando o desenvolvimento de um carro elétrico que não usa baterias (nem painel solar) e sim um volante de inércia.
    Tomara que dê certo. =D

  10. Eu acho que esse tipo de coisa (assim como os carros ‘autosustentaveis’ )só não viraram ‘realidade’ ainda, pq tem muita gente que perde o sone em imaginar uma socidade sem se preocupar com energia.

    acho que foi por isso que deixaram o Tesla louco…
    eu acho que ele tava certo o tempo todo.

  11. Rolava um boato (veja bem!) de que cientistas brasileiros haviam conseguido criar uma bateria a partir de uma cultura de vírus. Estes cientistas estavam no voo da Gol que caiu qdo o aviãozinho americano bateu nele.Outro dia, no programa Eco-Tech da Discovery Channel uma cientista americana mostrou o protótipo da mesma coisa, uma bateria de energia proveniente de vírus.

    =D

  12. Kling, foi mal, mas eu não possuo mais a fonte não. (hoje em dia eu faço um arquivo com todas as notícias que acho interessante, mas na época que li sobre isso ainda não tinha este arquivo. A notícia mais próxima que achei foi:
    http://br.invertia.com/noticias/noticia.aspx?idNoticia=200802201739_RED_67427364

    )

    O meu arquivo começou em 18/11/07. Então o que eu sei sobre isso é que a notícia era anterior a essa data.

    Abraço

  13. Kling, foi mal, mas eu não possuo mais a fonte não. (hoje em dia eu faço um arquivo com todas as notícias que acho interessante, mas na época que li sobre isso ainda não tinha este arquivo)

    O meu arquivo começou em 18/11/07. Então o que eu sei sobre isso é que a notícia era anterior a essa data.

    Abraço

  14. Bug. E por alguma razão estranha ficou aperecendo no “Nome” o do Rafael.
    Estou usando o firefox, e não aparecia a minha postagem. Só vi que elas estavam aparecendo quando abri o tópico pelo explorer.

    Desculpa o incômodo

  15. [quote comment="61089"]Kling, foi mal, mas eu não possuo mais a fonte não. (hoje em dia eu faço um arquivo com todas as notícias que acho interessante, mas na época que li sobre isso ainda não tinha este arquivo)

    O meu arquivo começou em 18/11/07. Então o que eu sei sobre isso é que a notícia era anterior a essa data.

    Abraço[/quote]

    Ah, beleza. Isso já ajuda, pois situa o problema numa janela de tempo. Eu suponho que a esta altura alguns problemas inerentes a tecnologia da MDI já tenham sido solucionados.
    Por exemplo, no tempo do video que mostrara vo tal taxi, ele era abastecido diretamente com ar. Pelo que eu li no site deles, o projeto atual não é assim. O carro vem com um compressor de ar embutido e a alimentação do mesmo é meramente elétrica. Assim podemos dizer que apesar do carro se mover com ar, ele é um carro elétrico.
    O que eu acho que é fraco no esquema da MDI é o design do veículo. Seria mais inteligente se a MDI adaptasse o carro dela em duas estruturas distintas. A carroceria e o chassi. O chassi poderia ser o mesmo sempre, mas a MDI deveria criar concusos para a criação de projetos de carroceria diferentes. Se eu fosse da MDI eu licenciaria empresas para a criação de carrocerias para o meu chassi único.
    Imagina que legal poder ter um MDI Pinifarina?
    Digo isso porque grande parte do apelo de compra de um carro está no design. E o forte da MDi é o motor inovador dela. Ela deveria se concentrar só nisso. Todos se dariam super bem se ela fizesse isso.

  16. Philipe, você conhece isso http://www.youtube.com/watch?v=PFGiWiXMHn0

    Seria um bom post para seu blog! Tem diversos artigos na internet e até uma moto japonêsa movida 100% pelo magnetismo.

    Abraço

  17. [quote comment="61134"]Philipe, você conhece isso http://www.youtube.com/watch?v=PFGiWiXMHn0

    Seria um bom post para seu blog! Tem diversos artigos na internet e até uma moto japonêsa movida 100% pelo magnetismo.

    Abraço[/quote]

    È muito maneiro mesmo. Eu acho que já postei este video aqui, no primeiro post dobre o maglev cobra.

  18. Eu estava montando um pc, e o hd estava funcionando fora da máquina,de repente o hd flutuou por alguns instantes.tomei um susto e fiquei perplexo buscando uma explicação,depois de muito buscar descobri que, alguem abriu o forno de microondas,na cozinha. e possivel que tenha havido uma interação qualquer. alguem pod me ajudar ai.

  19. segundo einstein durante seu trabalho com patentes e verificando diversas fraudes desse tipo e as proprias leis da termodinamica que sao imutaveis , prova que um moto perpetuo de qualquer tipo magnetico ou de outra energia fica impossivel gerar sem perder , em resumo levando em percentual maximo de rendimento 60% da fonte.

  20. Admiro muito motores magnéticos, faço Engenharia Elétrica e vislumbro isso, mais só que para mim mesmo. Se caso fosse feito em larga escala, criariamos um colapso no mundo, hoje em dia, quase um terço dos empregos do mundo giram em torno do diamante negro. VOCÊS JÁ IMAGINARAM 1/3 DO MUNDO DESEMPREGADO?
    A Terra viraria um inferno.
    Agora entendo que a poluição é um mal necessário.
    Da criação, o homem é a criação maior de Deus.
    Se eu tiver que derrubar 10 arvores para salvar uma vida farei.
    A vida humana esta acima de tudo e abaixo de Deus.
    Enquanto nao tivermos um controle da populaçao, nao teremos novidades tecnologicas tipo estas.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.