Em 3 minutos e com com apenas 1 deputado em plenário, CCJ aprova 118 projetos

Eu confesso à vocês que estou começando a chegar a conclusão de que nós todos estamos participando de uma pesquisa psicológica. Certamente, existe algum tipo de entidade superior que está usando o povo brasileiro para verificar em qual grau as pessoas podem ser ridicularizadas e escarnecidas sem que se revoltem e reajam violentamente como ocorreu na Revolução da França em 1789.

Não me parece haver outra explicação logica para certas atitudes dos políticos: Eles querem morrer.

Eles estão pedindo, implorando para uma revolta popular em larga escala, que uma vez desencadeada não irá deixar sobreviventes nessa classe miserável de gente abjeta que se locupletam com o dinheiro retirado do bolso do povo que trabalha. Não sou eu quem diz. É a História da humanidade. Ela está repleta de revoltas violentas que ocorrem quando o povo é pressionado por governantes déspotas. Para que isso ocorra no Brasil, só é necessário que eliminem o futebol e o samba.

Veja só este artigo:

BRASÍLIA – A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, numa sessão meteórica de pouco mais de três minutos, aprovou, na manhã de quinta-feira, 118 projetos. O deputado Luiz Couto (PT-PB), o único presente, foi chamado com urgência na comissão para ter pelo menos um parlamentar no plenário da CCJ. Quem presidiu a sessão foi o deputado Cesar Colnago (PSDB-ES), terceiro vice-presidente. Quando Couto chegou, Colnago declarou: “havendo número regimental, declaro aberta a reunião”. Para abrir uma sessão na CCJ, a mais numerosa e mais importante da Câmara, são necessárias assinaturas de 31 deputados. Esse quórum existia, mas todos assinaram e foram embora, como ocorre em todas quintas-feiras.

Os projetos foram votados em quatro blocos: de 38 (concessão de radiodifusão), de 09 (projetos de lei), de 65 (renovação de concessão de radiodifusão) e de 06 (acordos internacionais). A cada rodada de votação, Colnago consultava o plenário, como se estivesse lotado.

Os deputados que forem pela aprovação, a favor da votação, permaneçam como se encontram.

– Os deputados que forem pela aprovação, a favor da votação, permaneçam como se encontram.

Sentado na primeira fileira, Luiz Couto nem se mexia.

Em outro momento, Colnago fez outra consulta ao plenário:

– Em discussão. Não havendo quem queira discutir, em votação. Aprovado!

Declarada encerrada a sessão, Colnago dirigiu-se a Couto:

– Um coroinha com um padre, podia dar o quê?!.

Couto é padre e Colnago revelou ter sido coroinha na infância.

A secretária da CCJ, Rejane Salete Marques, também fez um comentário:

– Votamos 118 projetos! – disse para logo depois dar risadas.

E Colnago continuou, falando com Couto:

– Depois diz que a oposição não ajuda…

Além das centenas de concessões e renovações de radiodifusão, a CCJ aprovou, neste pacote, acordos bilaterais do Brasil com a Índia, Libéria, Congo, Belize, Guiana e República Dominicana. Entre os projetos de lei, há um que trata de carteira de habilitação especial para portadores de diabetes e até a regulamentação da profissão de cabeleireiro, manicure, pedicure e “profissionais de beleza em geral”.

fonte

A finalidade básica da “Comissão de Constituição e Justiça”  é examinar cada projeto para verificar se esta de acordo com os preceitos da Constituição Brasileira e da legislação aplicável. Logo, quando dois deputados se arroubam ao direito de decidir acerca de todos os itens da pauta, eles estão escarrando na ética profissional, na Constituição Federal e na cara do povo brasileiro.

Onde está a reflexão? Os estudos, as discussões, a análise do mérito de cada um dos projetos? Você acredita que em 3 minutos seja factível examinar 118 proposições? Nem eu. Isso não seria possível nem se eles fossem clones do Chuck Norris. Dá MENOS DE DOIS SEGUNDOS POR PROJETO.

É óbvio que se fosse em qualquer país um pouco mais sério que esta esculhambação geral chamado Brasil, os dois seriam exonerados e expulsos AD ETERNUM da política. Igualmente, deveriam ser expulsos os demais que assinaram o ponto (obviamente para receber o dinheiro que não deveria lhes ser pago) e foram embora. CRIME!

Quer saber quem deu no pé? Aqui está a lista.

Este episódio em que apenas dois políticos colocam em votação e decidem sobre o futuro de nada menos que 118 projetos de importância nacional, decidindo o futuro de milhões de reais e por tabela, de milhões de pessoas envolvidas, revela duas coisas importantes:

  1. Se poucos políticos podem decidir coisas importantes, por que diabos nós temos que sustentar 513 vagabundos deputados e mais 81 filhos da puta senadores?
  2. Se tantos projetos podem ser decididos tão rapidamente, por que será que existem projetos importantíssimos para o país que estão empoeirando nas gavetas da Câmara?

Estou me referindo a projetos fundamentais na área de educação,  como a segunda versão do Plano Nacional de Educação e a Lei de Responsabilidade Educacional (uma versão educacional da Lei da Responsabilidade Fiscal). Estão emperradas também  projetos contra o trabalho escravo, abuso infantil, e mais 116 projetos de combate a corrupção, dos quais 17 já foram até arquivados e outros 99, estão na “fila”…
É possível não ficar puto? Eu não gosto de escrever sobre políticos ladrões, mas desde que este blog existe eu fico enchendo o saco com textos assim. Mas no universo da política brasileira, as coisas são tão ridículas, tão esquizofrênicas que é impossível não falar delas. É minha obrigação usar este espaço para te dizer como você (e eu) somos otários.
Veja, por exemplo, o custo total de um deputado.

QUANTO GANHA UM POLÍTICO NO BRASIL?

O Brasil é o país do mundo que mais oferece regalias, mordomias e vantagens diversas à sua classe política. Saca só:
  • VERBA DE GABINETE – CADA UM dos 513 deputados dispõe de uma verba política de R$ 60.000 para seu gabinete. Esta grana deveria se destinar a pagar material de escritório (embora seja muito mais do que a ampla maioria dos pequenos empresários brasileiros gasta para deixar o escritório funcionando) e mais uma equipe de até 25 assessores parlamentares.
  • VERBA INDENIZATÓRIA – Há também uma certa excrescência bizarra ao qual se chamou de verba indenizatória. Novamente, CADA UM dos 513 tem direito a 15.000 reais por mês de nosso suado dinheirinho para colocar gasolina, comer em bons restaurantes, se hospedar em hotéis, pagar consultorias e até alugar escritórios externos ao gabinete que eles já tem por direito.
  • SALÁRIO – Os  deputados consomem 26.700 reais POR CABEÇA (descontando os encargos) todo mês. E recebem esta grana em nada menos que 15 pagamentos anuais. O mesmo valor é pago para os senadores.
  • AUXÍLIO MORADIA – Pode parecer estranho (e é) que um deputado ganhe tão bem e ainda precise de uma verbinha extra, um plus, para pagar moradia. Mas é o que acontece. Para morar bem, eles destinam R$ 3.000 para CADA UM dos 513 deputados. Na ampla maioria das cidades brasileiras, isso dá pra pagar o aluguel mensal de uma casa espetacular com sauna, piscina, quadras e até heliporto. Não obstante a oferecer este auxílio até mesmo para os deputados que JÁ SÃO do Distrito Federal, ainda oferecemos outras vantagens, como apartamentos funcionais.
  • VERBA POSTAL – Fora a verba de gabinete, nós oferecemos a cada um dos ilustríssimos representantes do povo, uma verba mensal de ajuda de custo para telefonia e cartas no valor de R$ 4.000,00 o que significa que o político poderia mandar por mês nada menos que 5.333 cartas. Ou ele pode se pendurar no telefone falando (em DDD) por cerca de 80.000 minutos.
  • ASSINATURA DE JORNAIS – Qualquer pessoa minimamente consciente estranharia que uma pessoa que ganha mais de 26.000 reais ao mês precise de uma graninha extra para assinar jornais e revistas. E ainda mais estranho é saber que esta grana se renova a todo mês. Isso levado ao pé da letra faria o deputado finalizar o ano com literalmente uma banca de jornais à sua disposição. São R$ 1000,00 por mês apenas para comprar jornal e assinar revistas.
  • VERBA DE VIAGEM – Os deputados de outros estados NÃO PAGAM passagem para ir e voltar para seus respectivos estados. O governo banca a passagem deles. Mas paralelo a isso, eles tem CADA UM R$ 9.000 reais ao mês para gastar com viagens. Nove mil que não precisam de justificativa! – pode ser convenção partidária ou festa junina.
  • ASSISTÊNCIA MÉDICA – Diferente de todos os eleitores que alegam representar, os parlamentares brasileiros não precisam pagar do bolso o plano de saúde. E olha que bonito: Essa mordomia é extensiva a família!  CADA UM DOS 513 deputados e suas famílias podem pedir reembolso ilimitado de gastos com saúde. Só pra você ter uma ideia, em 2009, a Câmara gastou R$ 50 milhões com médicos e dentistas: deu R$ 8 mil para cada.
Não estou contabilizando o financiamento publico para campanhas políticas.
Logo, trocando em miúdos, em 2010, antes do auto-reajuste de 62% que eles se concederam, quando os salários dos políticos eram R$16.512,00 um único deputado equivalia a soma dos ganhos totais de 69 trabalhadores brasileiros!
Comparativamente, na França, um único deputado de lá se equipara a 12 trabalhadores franceses. Isso em 2010. Hoje esta diferença é extremamente maior. Para vergonha nossa.
Eu me pergunto como é possível que um país possa pleitear ser levado a sério com coisas assim acontecendo na cara-dura. Não entra na minha cabeça por que diabos temos que bancar tanto para 513 deputados quando só temos 26 estados e um Distrito Federal.

Por que eles ganham tanto?

O deputado Abelardo Camarinha (PSB) explica:

Em 3 minutos e com com apenas 1 deputado em plenário, CCJ aprova 118 projetos
O retrato do Brasil

Fecho este post com um pensamento de Ayn Rand:

“Quando você perceber que, para produzir, precisa obter a autorização de quem não produz nada; quando comprovar que o dinheiro flui para quem negocia não com bens, mas com favores; quando perceber que muitos ficam ricos pelo suborno e por influência, mais que pelo trabalho, e que as leis não nos protegem deles, mas, pelo contrário, são eles que estão protegidos de você; quando perceber que a corrupção é recompensada e a honestidade se converte em auto-sacrifício; então poderá afirmar, sem temor de errar, que sua sociedade está condenada”.

Ayn Rand – filósofa russo-americana, fugitiva da revolução russa, que chegou aos Estados Unidos na metade da década de 1920

Related Post

29 comentários em “Em 3 minutos e com com apenas 1 deputado em plenário, CCJ aprova 118 projetos”

  1. Se quiser fazer um apedrejamento à câmara dos deputados é só marcar a data. Juntamos uma galera, viajamos e vamos tacar pedra naquela merda. Chamar a imprensa, inventar uma nova UNE (que não esteja comprada com dinheiro do governo) e fazer barulho, pra ver se alguma coisa muda… pq tá f*da a situação…

  2. rapaz!!!! que bosta de país é esse? A cada segundo que se passa somos lesados,roubados e estuprados por esse corja,bando,quadrilha,filhos da puta de politicos, o pior é que foram colocados lá pelo senhor, pela senhora e por mim. Vc falou em revolta philipe, mas o povo brasileiro é manso, pra não dizer covarde, acho que isso nunca vai mudar, enquanto carnaval, novela, futebol,bbb,fazenda,ratinho,gugu,eliana,ana rickiman. hoje em dia, manhã maior, melhor da tarde e etc fizrem essa lavagem cerebral no povo. Faz uma lista aí das dez melhores formas de acabar com o Brasil. já dou a primeira: Chover gasolina por uma semana e 2hora de fosforo aceso.kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk. Lembra do lema de meu falecido tio? Nóis tamo é tudo fudido! Obrigado,Philipe por tentar abrir os olhos dessa massa, infelismente,acho que é em vão, mas não pare,agua mole em pedra dura tanto bate até que fura.Abraços

  3. Enquanto isso, em outras partes do mundo o povo toma as ruas para protestar:

    WALL STREET- NY:
    http://www.livestream.com/globalrevolution

    Praça Sintagma – Atenas:
    http://www.livestream.com/stopcarteltvgr

  4. aki no brasil não tem revolta pq existe cerveja, futebol, samba, novela, etc. se tirar essas coisinhas, vai ter revolta, mas enquanto não tirar, o povo vai reclamar, mas vai chegar o final de semana, o povo vai estar lá no centro nordestino bebendo e enchendo a pança. Vamos fazer o seguinte, vamos tacar fogo na câmara

      • Acho que o centro nordestino que ele disse é um lugar que tem aqui no Rio (deve ter em outros estados tb) onde rola um forró e muita comida tipica. A galera se acaba de beber cachaça e dançar lá todo fim de semana.

  5. Post interessante,
    Agora faz comigo a conta inversa. Ainda que essa grana daí seja bastante interessante o gasto do candidato durante a campanha é pelo menos 10 vezes maior que isso. Agora te pergunto: Quem , em sã conciencia gastaria 10 vezes (ou 100) mais do que poderia ganhar em 4 anos pela mera possibilidade de ganhar uma vaga na camara (no senado nem se fala) ?

    Se ta achando isso muito imagina os ¨ganhos não contabilizados¨

  6. Deprimente.  No entanto, quando o lobby ($$$$) é forte, veja só como os digníssimos deputados fazem que$tão de sua pre$ença na votação:
    http://www.novoeste.com/iicit/news_6_CCJ-aprova-legalizacao-de-bingos-e-casas-de-jogos.html
    Quanto isso custou para a máfia do jogo ilegal? R$ 1 milhão, R$ 5 milhões? 

  7. Acho difícil tudo mudar,o povo brasileiro ja e assim desde os tempos de Dom Pedro ,estou morando no Japão,aqui tem +- 270000 brasileiros.Tem cada tipo aqui que gosta de tirar vantagens em tudo,desde dono de comércio a igrejas evangélicas,tudo na base sou mais esperto,explorando na fragilidade da situação ou enganando seus
    compatriotas.A situação aqui chegou a tal ponto que os brasileiros são os que mais roubam som com navegador para carros e tambem carros.

  8. Reclamando contra uma centena de concessões automáticas(normalmente à políticos) de rádio e tv ? gostei de ver mas olha  a última “revolução’ por ocorreu aqui ha uns 30 anos foi a que garantiu suas concessões amigas até hoje. 

  9. Verdade seja dita Kling, o Brasil n precisa de nenhum herói, o que o Brasil precisa nesse momento é de um Coringa pra jogar o país no Caos, daí quem sabe, do Caos nós não construimos um pais melhor.

  10. cara na minha opinião o caos não muda porra nenhuma agente viveu no caos durante praticamente todo século XX não aconteceu porra  nenhuma tem de tacar fogo é na globo.

    • Verdade a Globo é a fonte de todos os problemas brasileiros, antes dela eram os portugueses (ops, ainda são culpados, sem dúvidas).

      E antes dos portugueses por aqui chegarem a culpa era dos índios, sim, tenho certeza!

      Mas dá nada, Deus é brasileiro e a gente não desiste nunca.

  11. Puta que pariu, desculpa pelo palavriado, mas não dá….A política, o poder público é nojento.
    As vezes penso que vou surtar com tanta corrupção, mas o pior de tudo é o próprio povo acomodado. Está bom como tá!!!
    O brasileiro aceita qualquer pé de chinelo em troca de voto. Constroi uma praçinha para as crianças da favela, está ótimo. Uma UPA sem profissionais de medicina, maravilhoso!
    Como disse meu colega acima, o povo brasileiro gosta mesmo de tomar no c….

  12. Hehe, sensacional a distopia da Ayn Rand, vou terminar o terceiro livro numa semana de folga.
    Mas de desculpa, os dois deputados disseram que os projetos já haviam sido estudados e havia consenso em sua aprovação.

  13. Cara, teu blog é muito massa! Desde que o conheci fiquei fã e leio sempre, parabéns. Esse post é foda tb. A gente ainda tem que aguentar toda essa sujeira na cara. País sem lei mesmo. Agora imagine vc como é a nossa situação, ainda mais degradante. Aqui no Maranhão a coisa se avoluma. Abraço.

  14. A gente fala de revolução… De revolta… Mas esquecemos de algo básico: Matemática.

    Quem está na política é o povo, representado pelo povo… Os políticos são a média. Eles representam bem o nosso país.

    Nós que estudamos mais e adquirimos valores morais que somos as minorias e estamos no país errado… No oriente médio não existem práticas medievais até hoje? Apedrejamento? Não somos diferentes.

    Você evoluiu? Mude-se para um país com população evoluída: Suécia, Finlandia, Suíça. Não vai resolver nada o #mimimi. A solução do Brasil é o tempo: Em 200 anos morrerão os velhos e suas más práticas e com sorte seus descendentes aprenderão com os erros de seus antepassados, ou não.

    As pessoas não mudam, mas sim as gerações mudam. Essa nossa geração já está condenada. Salve-se quem puder.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

shares