Como estudar no exterior de graça


Aí pessoal, recebi uma dica legal hoje e vou repassar pra vocês. A dica é como estudar no exterior de graça!

O segredo da parada é que já estão abertas as inscrições para as bolsas de estudo do ciclo acadêmico de 2009-2010 da OEA (Organização dos Estados Americanos). A iniciativa, desenvolvida pela AICD (Agência Interamericana de Cooperação e Desenvolvimento), oferece auxílios para estudantes interessados em fazer cursos de graduação e pós-graduação no exterior. Há oportunidades de estudos em países de língua inglesa, espanhola e holandesa. Brasileiros podem se candidatar até o próximo dia 30 de maio.

O benefício pode ser utilizado em programas presenciais e a distância, além da combinação entre ambos. A escolha pelo curso esta limitada às instituições de ensino dos países que pertencem a OEA.

Sendo assim você poderá:

Estudar em Antígua e Barbuda

Estudar na Argentina

Estudar nas Bahamas

Estudar em Barbados

Estudar em Belize

Estudar na Bolívia

Estudar no Canadá

Estudar no Chile

Estudar na Colômbia

Estudar na Costa Rica

Estudar na Dominica

Estudar no Equador

Estudar em El Salvador

Estudar em Grenada

Estudar na Guatemala

Estudar na Guiana

Estudar no Haiti

Estudar em Honduras

Estudar na Jamaica

Estudar no México

Estudar na Nicarágua

Estudar no Panamá

Estudar no Paraguai

Estudar no Peru

Estudar na República Dominicana

Estudar em São Cristóvão e Nevis

Estudar em Santa Lúcia

Estudar em São Vicente

Estudar nas Granadinas

Estudar no Suriname

Estudar em Trinidad e Tobago

Estudar nos Estados Unidos

Estudar no Uruguai

Estudar na Venezuela.

Para participar, é preciso ser residente de um dos países membros da Organização dos Estados Americanos. Ou seja, se você mora aqui em “terris Brasilis”, tá garantido.

O candidato deve ainda ter o nível de ensino necessário para ser admitido no programa acadêmico desejado e fluência no idioma do país de destino. A solicitação da bolsa deve estar vinculada às áreas prioritárias da entidade:

- Cultura
- Diversificação e Integração Econômica, Liberalização Comercial e Acesso a Mercados
- Educação
- Desenvolvimento Científico e Intercâmbio e Transferência de Tecnologia
- Desenvolvimento Social e Criação de Emprego Produtivo
- Fortalecimento de Instituições Democráticas
- Desenvolvimento Sustentável do Turismo
- Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente

O programa de bolsas de estudos acadêmicos da OEA divide-se em duas modalidades: as com pré-requisito de admissão e as bolsas ofertadas por meio de agência. Na primeira delas, o candidato assume a responsabilidade para sua admissão na instituição de Ensino Superior na qual deseja estudar. Na outra, o interessado indica três universidades nas quais gostaria de cursar a habilitação desejada e a agência executora da organização ficará responsável em conseguir a admissão e também o auxílio financeiro necessário.

Em ambas as modalidades, a duração do programa é de um ano. É possível estender esse prazo por mais 12 meses. Para os programas de pós-graduação, os estudos estão marcados para o período que vai de janeiro de 2009 a março de 2010.

Os benefícios incluem recursos para o transporte aéreo, fundos para a matrícula e as mensalidades, seguro-saúde e aquisição de material. O auxílio oferecido pela OEA cobre aproximadamente 60% dos gastos dos estudos. Portanto, é recomendável que o bolsista busque outras fontes de financiamento para cobrir as demais despesas.

Além dos programas acadêmicos, a OEA também oferece bolsas de estudo para cursos de curta duração nas áreas de treinamento especializado. (essa é pra quem quer estudar animação, efeitos, computação gráfica e etc)

Há oportunidade nas diversas áreas do conhecimento, exceto nas áreas médicas. Os benefícios deste programa são iguais as demais modalidades de bolsas da organização.

Inscrições

Para se candidatar às bolsas da Organização dos Estados Americanos os estudantes devem preencher os formulários de inscrição disponíveis no Portal Educacional das Américas, no endereço www.educoas.org. Os interessados devem encaminhar as propostas de candidatura para os ONE´s (Órgãos Nacionais de Enlace) de seus respectivos países.

No Brasil, os formulários, bem como os documentos comprobatórios, devem ser enviados para a Divisão de Temas Educacionais do Ministério das Relações Exteriores, no seguinte endereço:

Ministério das Relações Exteriores – MRE
Divisão de Temas Educacionais – DCE
Esplanada dos Ministérios, Bloco H, Anexo I, Sala 432
70170-900, Brasília-DF

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone cb transparent l Como estudar no exterior de graça   Curiosidadesbr Como estudar no exterior de graça   Curiosidadesspace Como estudar no exterior de graça   Curiosidadesspace Como estudar no exterior de graça   Curiosidadesarrow Como estudar no exterior de graça   Curiosidadesspace Como estudar no exterior de graça   Curiosidadesspace Como estudar no exterior de graça   Curiosidadesspace Como estudar no exterior de graça   Curiosidadesspace Como estudar no exterior de graça   Curiosidadesspace Como estudar no exterior de graça   Curiosidadesspace Como estudar no exterior de graça   Curiosidadesspace Como estudar no exterior de graça   Curiosidades61-3411-8561cb transparent r Como estudar no exterior de graça   Curiosidades, pelo fax 61-3411-8560, pelo e-mail dce@mre.gov.br ou pelo site www.dce.mre.gov.br.

É a sua chance de se mandar do Brasil e ir estudar fora, para voltar com um canudo mais respeitável e conseguir um bom emprego digno de orgulhar a sua vó. Manda bala. E quando chegar lá no exterior, manda um presentinho pra mim pela dica.

O que? Hã?

Ah, então você queria estudar é na Europa, né? Não tá afim de perder seu tempo no novo mundo. Então, amiguinho, eu tenho uma bela dica pra você:

Para estudar na ALEMANHA (clique aqui para saber mais)

Para estudar no reino Unido (clique aqui para saber mais)

Para estudar na França (doutorado) 

Não quer na Europa? Que tal um lugar mais longe?

Para estudar na Austrália (clique aqui para saber mais)

Dicas de ouro para estudar no exterior na faixa:

- Informe-se sobre a área de estudos que quer cursar: a melhor universidade, o país mais especializado.
- Antene-se com o contexto mundial e regional.
- Mostre-se alguém esforçado, persistente e ambicioso.
- Não demonstre que seu intuito principal é sair do país e morar fora por uns tempos.
- Demonstre paixão pelo tema que pretende estudar.
- Comece a pesquisar sobre bolsas pelo menos um ano antes de se candidatar a uma.
- Entre em contato com as entidades de classe da sua área para ter conhecimento de todas as bolsas existentes.
- Entre em contato com ex-bolsistas e observe suas principais virtudes.
- Peça para o autor da carta de recomendação ser bastante enfático sobre você e suas qualidades específicas e experiência profissional.
- Peça ajuda a um profissional para fazer sua cover letter (carta descritiva), tal como um professor de inglês.
- Escolhe a instituição de fomento que privilegia a sua área de estudo.
- Não deixe o nervosismo tomar conta na hora da entrevista.
- Mostre a contribuição que o seu estudo pode trazer para o Brasil e para a relação deste com o país para onde vai.

Fonte



Escreva o que achou deste post. (Apreciaremos sua educação)
  1. Ana disse:

    BairesCampus é uma empresa com sede em Buenos Aires fundada
    e dirigida por argentinos. Nossa especialidade é orientar o estudante estrangeiro para que possa realizar os trâmites que lhe permitirão estudar na Argentina.

    http://www.bairescampus.com.ar/portugues/index.htm

    Responder
  2. quero muito estudar no exterior,moro no amazonas tenho 18 anos já conclui o ensino medio por favor me de uma chance meu telefone 9233181519, sandro

    Responder
    • Sandro Marques disse:

      Pela distância, Amazonas já é exterior.

      Responder
    • Rivenzio disse:

      Você está aí bem perto da Guiana Francesa e mais perto do Caribe também, o Amazonas deve ter alguma parceria educacional com a Guiana Francesa, o que chamamos nas Relações Internacionais de Cooperação internacional na educação entre o Amazonas e o país Guiana Francesa.
      Tente os países de língua Portuguesa também, a ilha de Cabo verde na África já bem mais próximo da Europa está virando a queridinha da China e Brasil também, a China está investindo bastante lá, além dos Portuguese como sempre.

      Abraço!

      Responder
    • Eduard Walt disse:

      querido colega as coisas não são assim para conquistar o seu objetivo a de correr atrás de seus sonhos nada vem na mão!!!

      Responder
  3. bruno de oliveira lins disse:

    Olá sou bruno e gostaria de saber se tem bolsa de medicina, gosto muito de medicina é o meu sonho fazer medicina. Por favor me encaminhe algo relativo a medicina, se tem bolsa? Como faço para conseguir estudar medicina? Como faço a inscrição? Qual o melhor país para brasileiro? Muito obrigado.

    Responder
    • Sandro Marques disse:

      Com certeza que existem bolsas de medicina e de outros cursos acadêmicos. Caso isso te interesse, compareça na loja da universidade para ver os preços das bolsas, e de lambuja, ganhe um lindo estojo da grande queima de estoque.

      Responder
    • Annapolly Gaia disse:

      Bruno, medicina na Argentina é cada vez mais facil, ainda que voce n consiga uma bolsa já pensou em estudar na UNIVERSIDADE DE BUENOS AIRES, totalmente gratuita e sem vestibular com legalizacao de diplomas facilitado pelo MERCOSUL, seus gasto so seria com o servico de assessoria, alimentacao e moradia.
      Me procura no e-mail. annapolly.gaia@gmail.com, para qualquer dúvida ou mais informacao, eu sou estudante do 3 ano de medicina da UBA.

      Responder
  4. Patricia disse:

    Olá, trabalho na area da saude e gostaria muito de fazer Medicina. Gostaria de sabe como concorrer a uma bolsa na Argentinaou na Bolivia. Grata

    Responder
  5. matheus disse:

    como faço para estudar medicina na russia

    Responder
  6. Breno disse:

    Sandro, acho que uma boa dica de Website para bolsas no exterior é o portal Universia:
    http://www.universia.com.br

    Eles sempre divulgam oportunidades para diversos países.

    Responder
    • Sandro Marques disse:

      Isso é verdade. Eu recomendo o Universia.
      O problema é que o pessoal tem preguiça de pesquisar qualquer dado sobre bolsa de estudo.

      Responder
  7. antonio marcos pereira lisboa disse:

    gostaria muito de saber como fazer para estudar…em costa rica peço que me inviee explicações de como eu poderie entra legalmente e fazer um curso de gradução! Antonio Marcos!

    Responder
  8. Ketlen disse:

    Galera pra quem quer estudar Medicina na Argentina sem problemas e por um preço bacana que nem casas Bahia..é só me mandar um e-mail que eu ajudo…ketlendicastro@hotmail.com

    Responder
  9. claudioseverinorodrigues disse:

    eae

    Responder
  10. Ana-paula Chagas disse:

    oi gostaria de estudar arquitetura em buenos aires
    quanto sai mais ou menos para mim fazer a facul la??
    ou sera que consigo de graça??
    bju
    me envie respostas pelo email
    ana-paula.chagas@hotmail.com
    bju

    Responder
  11. Cintia Silvano disse:

    Gostaria de saber se eu indo para o Chile casando com um chileno, formada em Hotelaria teria de fazer alguma coisa diferente para fazer a pós-graduação e m gestão ambiental lá no chile? E Preciso tanta documentação como para quem só vai para estudar? tem algum beneficio para extranjeiros?
    Se alguem souber por favor informe aqui. Desde já agradeço!!

    Responder
    • Anônimo disse:

      Cintia, creio que casando com um chileno, você poderá dar entrada no pedido de cidadania no consulado do chile. Uma vez feito isso, você passa a ter dupla cidadania e não terá nenhum problema.

      Responder
  12. joyce disse:

    Oii Philip, tudo bem?

    Fiquei sabendo da OEA ontem e navegando na net achei seu blog.
    Vou me formar em adm/ negócios em dez, falo francês e espanhol tenho diplomas de ambos, e pretendo me inscrever para cursar pós graduação na Argentina ou Chile, será que tenho chances de ser chamada no processo seletivo de jan de 2012? E vc comentou que a OEA só financia 60% dos estudos, isso é verdade? Soube por meio de uma reportagem que quem é escolhido ganha: passagem de ida e volta, isenção de mensalidades e matricula, seguro-saúde, auxílio moradia ( o valor varia de país para país) e ajuda financeira para compra de livros. Bom, gostaria das suas dicas porque me pareceu bem antenado com esse assunto.
    Obrigada. Joyce

    Responder
  13. Joycinhalinda5 disse:

    Oi Adalberson!

    Eu entrei em contato com a OEA via e-mail, mas a resposta foi muito “básica”.
    Estou com problemas para carregar o formulário online.
    Pensei que o dono do blog entraria em contato…
    Encaminharei alguns links que conheço para o seu e-amail

    Abraço

    Responder
  14. Pjonasvint disse:

    Olá Philipe3d!

    Vc disse para a Joyce que se descobrisse mais notícias postiria, e aí tens alguma??

    Att,

    Pablo.

    Responder
    • Philipe3d disse:

      Tive com um amigo na semana passada que conhece um cara que tem todos os canais de fundações que oferecem bolsas de estudo no exterior aos alunos. Ele ficou de falar com o amigo dele e me passar o contato do cara.

      Responder
      • Annapolly Gaia disse:

        Nao é sobre bolsa, mas sobre medicina na Argentina as facilidades sao inúmeras e os gastos cada vez mais reduzidos, hoje um estudante brasileiro de medicina na Argentina tem gasto mesal de 700 reais pela vantagem do dinheiro brasileiro sobre o argentino e pela facilidade de ingresso na UBA, universidade federal de Buenos Aires, totalmente gratuita.
        Trabalho com assessoria, cobro o necessario para as legalizacoes e um pouco de lucro, meu trabalho vai desde a matrícula ate os documentos de radicacao no país, tem valor total de 1500 reais. Quem tiver interesse procurar no

        email: annapolly.gaia@gmail.com

        Responder
  15. cleidiciana disse:

    ainda estou terminando o 3 ano o que faço

    Responder
    • Annapolly Gaia disse:

      Anna, você já divulgou seu trabalho aqui uma vez. Tá virando flood. Eu vou moderar suas mensagens a partir de agora. Se tiver interesse, entre no link anuncie aqui e faça uma propaganda aqui com a gente.

      -O editor

      Responder
  16. Cardosol disse:

    Gostaria de saber sobre bolsas de estudos, na Guiana Francesa.
    Obrigado!

    Responder
  17. Joana fernandes disse:

    Gostaria de saber se há como fazer o curso de ciencias biologicas, sem bolsa, no Peru? Quais os procedimentos? Obrigada

    Responder
  18. Raafac5 disse:

    Oi gostaria de estudar economia nos EUA, gostaria que vc me desse algumas dicas sobre como conseguir uma bolsa ? Obrigado

    Responder
  19. Ellen disse:

    Esse negocio de bolsa no esterior funciona mesmo, alguem ja foi? Gostaria muito de fazer um mestrado em meio ambiente. To me formando em Biologia.

    Responder
  20. Jully_oliveira20 disse:

    olá, sou formada em veterinaria queria muito tentar um emprego na Argentina e iniciar faculdade de medicina lá…Será que é dificil, conseguir ambos?? alguem conheço uma vaga de veterinarinario?, qual a melhor faculdade para se estudar lá?? qual o gasto mensal que eu teria por lá??
    meu e-mail é jully_oliveira20@hotmail.com
    @hotmail:disqus Valeu

    Responder
  21. CLAUDETE disse:

    rapaz é uma pena que as pessoas gastem seu tempo pra receber dicas de alguem que pelo visto se acha….e tambem vive dando patada nos outros,……

    Responder
  22. Joyce Aragão disse:

    Phillipe gostaria de algumas dicas sobre Eng no Exterior, pretendo iniciar o curso agora em 2013.

    Responder
  23. kyob disse:

    Finalmente algum programa que parece funcionar, muito obrigado. Já estava ficando louco com aquela porcaria do do CsF.

    Responder
  24. Shelsio Rachid disse:

    Olá pessoal! Sou moçambicano e estou para concluir o ensino secundário, tenho 15 anos e quero estudar numa universidade nos estados unidos ou Europa. Preciso de ajuda

    Responder

Responder.