23 Comentários

  1. kuruca

    óbvio que é o relogio de alguém que encolheu e depois foi petrificado às 10:10, tá tão na cara que foi exatamente isso que aconteceu 😛

    Responder

  2. Na minha opnião, alguém achou essa tumba antes e tentou abrir. A tampa deve ser pesada e o individuo ficou com a mão presa, que só não foi esmagada graças ao anel-relogio. Ele conseguiu salvar a mão, mas não o anel! Criou vergonha na cara e foi procurar um pé de cabra na aldeia mais proxima, mas quando voltou não encontrou mais a tumba (Você não imaginam como é a bebida na vida desses homens que dão duro escavando velharias).

    Responder
  3. Vitor Carvalho

    Relógio “suíço” feito na china…hehehe.
    Na minha opinião, é bem capaz que seja alguma jogada de marketing pra alguma marca de relógios.
    Se não, por que diabos tem que estar marcando justamente “10:10”???????
    Quem tem algum conhecimento de publicidade, marketing e similares, sabe que essa é a posição mais escolhida para os ponteiros aparecerem num material de divulgação de relógios analógicos, pois dirige o olhar do observador para a marca do objeto, quando esta se encontra logo abaixo das 12:00. Uma questão de estética, também.
    Ou foi algum hobbit playboy, que deixou o Rolex dele por lá….

    Responder
  4. Mindu

    Pode ser que algum peão que tava junto da expedição quis fazer uma acanagem com os caras e jogou esse troço na hora que abriram a tumba. Será que a equipe toda é confiável??

    Responder

  5. Se não, por que diabos tem que estar marcando justamente “10:10??
    Quem tem algum conhecimento de publicidade, marketing e similares, sabe que essa é a posição mais escolhida para os ponteiros aparecerem num material de divulgação de relógios analógicos, pois dirige o olhar do observador para a marca do objeto, quando esta se encontra logo abaixo das 12:00. Uma questão de estética, também. [2]

    Responder
  6. Mme. Danica

    Poxa, queria que fosse verdade… Seria o máximo! :ohhyeahh:
    Com certeza, alguém deixou o reloginho cair por lá. :worry:

    Responder
  7. Wellison

    Quem garante que essa é a parte superior, ele poderia estar de cabeca pra baixo e seria 5:40 e nao 10:10. Mas isso tb nao sei se muda alguma coisa. To é achando q isso é uma tiara de um micro alienigena e mais uma parte da historia do Philipe sobre os aliens. ahuahuahuahahuahu pqp Valeu Philipe, abracao.

    Responder

  8. Independente de se vai existir viagem no tempo ou não, vamos analisar:

    Pra que o relógio tenha sido deixado por alguém do futuro (e estamos falando de alguém muito futuro) ele deveria ter um modelo mais… futurístico!? Não é o que vemos. A não ser que tenha sido deixado por um viajante do tempo amante de moda retrô. Até porque anéis-relógio são bem deselegantes e já são demodê nos dias de hoje, quem dirá no futuro, mas vai saber, né …

    Outra questão seria analisar o material do qual o relógio está feito, já que uma viagem no tempo, ainda que possível, custaria caro e seria apenas para privilegiados e muito provavelmente apenas com fins científicos. Não acho que custaria 1 futuro real e fosse uma atração de parques infantis: “Venham! Venham! Por apenas um real você vê uma luta de gladiadores ou bate um papo com Aristóteles (tradutor não incluído)”

    Logo o relógio deve ser de material nobre. (ou algum cientista ricaço usa Timex?)

    Responder
  9. Felipe Quevedo

    [quote comment="63001"]Independente de se vai existir viagem no tempo ou não, vamos analisar:

    Pra que o relógio tenha sido deixado por alguém do futuro (e estamos falando de alguém muito futuro) ele deveria ter um modelo mais… futurístico!? Não é o que vemos. A não ser que tenha sido deixado por um viajante do tempo amante de moda retrô. Até porque anéis-relógio são bem deselegantes e já são demodê nos dias de hoje, quem dirá no futuro, mas vai saber, né …

    Outra questão seria analisar o material do qual o relógio está feito, já que uma viagem no tempo, ainda que possível, custaria caro e seria apenas para privilegiados e muito provavelmente apenas com fins científicos. Não acho que custaria 1 futuro real e fosse uma atração de parques infantis: “Venham! Venham! Por apenas um real você vê uma luta de gladiadores ou bate um papo com Aristóteles (tradutor não incluído)”

    Logo o relógio deve ser de material nobre. (ou algum cientista ricaço usa Timex?)[/quote]

    Realmente anéis relógios são brega hoje em dia, mas muita coisa da moda antiga está voltando. Vide cabelos Black Power, vestidos, sapatos, etc.

    Responder
  10. Felipe Quevedo

    Interessante… Na foto dá pra ver oque parece realmente um relógio anel, mas… Nada impede que seja uma jóia esculpida em um formato “original” para a época.

    Agora vamos supor que realmente se trata de um relógio anel e que realmente tem 400 anos de idade.

    Oque dizer?

    Hum… Sei lá. Algum maluco conseguiu ou conseguirá inventar uma máquina do tempo realmente e deu uma mancada deixando o anelzinho por lá.

    Provavelmente o inventor é chinês, já que a parada foi encontrada na China. Não me adimira, pois a ciência por aqueles lados está evoluindo a passos largos.

    Stepheng Halking (sei lá se é assim que se escreve, mas vcs entenderam) e Einstein disseram que era “possível” a viagem no tempo, não é? Então.

    Responder
  11. kabrobro

    Não parece uma jogada de marketing? pois o relogio encontrado assim como a maioria (se não todas) propagandas de relógio, sempre tá lá 10:10hs podem ver. acredito que é pra aparecer a marca do relogio que normalmente esta embaixo ou acima do ponteiro.

    Responder
  12. Daniel

    Viagem no tempo?

    Se alguem realmente esqueceu esse obejto numa possivel viagem , isso afetaria o futuro e o passado de forma drástica, que já leu aquele conto onde alguem pisa numa borboleta no passado e transforma o mundo futuro num caos, Filipe???

    Responder

  13. Li sim, este conto saiu publicado na revista Azimov Magazine, que era muito boa… Mas tenho duvidas que isso realmente funcione assim. Não entendo por que um objeto esquecido num lugar remoto iria afetar o espaço-tempo. Para afetar a ordem do espaço-tempo seria necessário matar alguém que afetasse diretamente a construção da maquina do tempo (até com seus descendentes), porque então realmente teríamos um paradoxo.
    Um objeto esquecido assim, iria apenas oxidar e acabar sumindo, sem afetar nada.

    Responder
  14. Deco666

    Os primeiros relógios suíços começaram a aparecer depois de 1541… Ou seja, dava até tempo de um relógio ir parar na China a 400 anos atrás. Mas duvido nessa época já fizessem relógios desse tamanho, e nesse design. E ainda com SWISS (em inglês, né?) na parte de trás. rsss

    Me lembrei do video das coisas fora de lugar no google earth:
    http://www.youtube.com/watch?v=N3bn4Se-fbs

    Responder
  15. Lorena hauer

    [quote comment="62798"]Na minha opnião, alguém achou essa tumba antes e tentou abrir. A tampa deve ser pesada e o individuo ficou com a mão presa, que só não foi esmagada graças ao anel-relogio. Ele conseguiu salvar a mão, mas não o anel! Criou vergonha na cara e foi procurar um pé de cabra na aldeia mais proxima, mas quando voltou não encontrou mais a tumba (Você não imaginam como é a bebida na vida desses homens que dão duro escavando velharias).[/quote]

    HAhahahhAHhAHAHAHAHAAHahahahahahahahahah

    Chorei de rir!!!
    Muito maneiro seu comentário!!!

    Responder
  16. Maxwell

    Sim, é possível a viagem no tempo, o problema é que o relógio tem massa.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *