22 Comentários

  1. Nefertitihist

    Que país lamentável é o nosso. Destruir essa jóia por causa de politicagem! Bom, eu apóio totalmente uma campanha de reconstrução desse lindo edifício 😉

    Responder
  2. Catu

    O Eike está modernizando o Hotel Glória e foi muito criticado por ter descaracterizado uma parte do Hotel (se não me engano, a Suite presidencial)…
    Mas segundo esta matéria (olha a ironia, do O Globo) ele está empenhado mesmo em investir uma grana no Rio de Janeiro:
    http://oglobo.globo.com/rio/mat/2010/12/27/rio-sera-inacreditavel-em-15-anos-diz-eike-batista-ao-the-guardian-923360127.asp

    Alguém aí passe o link desse post pra ele via twitter! 🙂

    Responder
  3. Renato Bosco

    A estupidez de alguns atos e “phod4”, mas realmente essa demolição tem a cara do Brasil.

    Responder
  4. Max

    Vi esses leões no Brennand, ia por as fotos aqui mas estão no PC. Não sabia que eram desse palácio. Ótimo post Felipe.

    Responder
    1. Aecinho_rc

      Tb vi os leões no Brennand 😀
      Bem que o Ricardo Brennand poderia ter trazido o palácio todo pra lá haha… dinheiro é o q n falta

      Responder
    2. Philipe3d

      São os originais que estão lá. Fora eles, existem outras replicas espalhadas pelo Brasil.

      Responder
  5. Guilherme

    muito bom saber disso, nada mais do que o esperado da política brasileira, outro caso, não tão grave, e Philipe sabe certamente, é o prédio dos correios aqui de Niterói.
    Um dos mais incríveis da cidade, o principal do centro, largado daquele jeito.
    Descaso que acredito vir da sua natureza federal, pois os sob cuidado municipal estão já sendo reformados muito bem.

    Responder
  6. Walter Ice

    Eu tambem nao tenho motivos para falar bem nem do general Geisel nem da epoca dele. Na escola primaria eram 48 alunos numa classe, tinhamos que fazer ordem unida e ouvir hino todo dia, NAO TINHA MERENDA p. nehuma, apanhavamos dos maiores, e o ensino era uma m#$%&* completa. E chato que meia duzia de autoridades idiotas achem que podem tratar um pais e seu povo como se fossem empregados de um sitio. Se os comunistas da russia eram pessoas ruins, os militares do Brasil tambem. Uns caras sem nocao, que f#$%@ com esse pais ate o suvaco.

    Responder
  7. Valmiquesvieira10

    Caríssimo colega, confesso-lhe que quando tinha 10 anos e cursava a quinta série do ginásio pude me deparar com a foto do palácio Monroe fiquei apaixonado pela belíssima edificação e logo que vi a nota sobre a sua demolição fiquei com o coração cheio de tristeza, era uma criança de só 10 anos de idade e que já percebera a judiação de se demolir algo tão majestoso, não sou carioca, mas amo este prédio, não sei explicar por que tal facínio, se tivesse muito dinheiro também o reconstruiria, torço para  que um dia possa ver a notícia de sua reconstrução, como vai ficar o Rio ainda mais belo com a volta do Monroe.

    Responder
  8. Sergio da Costa Velho

    Tenho 62 anos e muito orgulho de ter conhecido o Palácio Monroe (ficava numa extremidade da Cinelândia, na outra fica o Theatro Municipal, ambas edificações, imponentes).
    Em outro site, escrevi:
    ‘O que podemos fazer para que as novas gerações o conheçam, para que a nação brasileira o dignifique, e para que não seja apagado da história do Brasil?
    E por que não tombá-lo agora? A Praça da República, em Niterói, foi destruída e em seu lugar foi construído um monstrengo inacabado. Mesmo assim foi tombada. Hoje a temos reconstruída no formato original.
    E por que não reconstruí-lo agora? Muitas edificações que foram destruídas na 2a. Grande Guerra foram reconstruídas.
    E por que não resgatar a sua memória agora, em Audiência Pública?
    Colocaríamos o déspota louco e vingativo Ernesto Geisel e seus asseclas, Lúcio Costa, O Globo e o IPHAN, no banco dos réus’.
    O Monroe foi/é um patrimônio nacional. A sua derrubada constitui um crime de lesa-patrimônio, de lesa-Pátria.
    Anos atrás, uma Comissão do Senado visitou o Crea-RJ para colher informações sobre a época em que o Senado funcionou no Rio de Janeiro (eu era Conselheiro representando o Senge-RJ). Quando sugeri a reconstrução do Monroe, os membros da Comissão negaram com veemência, como se fosse uma ameaça. Estou convicto que ainda há muitos fatos para serem apurados sobre o Monroe.
    Para mim, o Monroe é mais bonito que todas as edificações de Brasília, juntas.

    Responder
  9. Jorge de Figueiredo

    Eu sou de 1949. Meu pai trabalhava como Oficial da Justiça. E quando me levava, para a cidade eu ia sempre com ele ao Palácio Monroe, pois afinal era Funcionário do Governo. Eu brincava nas escadas com o meu irmão. Tempos bons,  que nunca mais teremos. O interior do Palácio Monroe era  maravilhoso. As escadarias eram feitas de mármore Carrara, os corrimãos muito bem limpos chegava a brilhar de tanto brilho. As janelas eram lindas e tinha um funcionário que as abria de manhã e as fechava as 5 horas. Umas das minhas ideias seria fazer o Eike Batista, recuperar o Palácio Monroe e ergue-lo novamente no mesmo lugar e entregar a cidade novamente. Ali seria um espaço cultural como por exemplo o  Guggenheim Museum !    Um sonho, que pode ser realizado. Vamos nos mobilizar ?    Amigos do Palácio Monroe  (APM). Vamos colocar no papel ? Vamos agir. Entre em contato. Contate arquitetos, engenheiro e a própria família do Engenheiro Souza Aguiar.    Entre en contato (Figueiredo.jorge@hotmail.com)

    Responder
  10. Jurocal@terra.com.br

    Olhem ta na hora do povo acordar…eu acho,que uma campanha daria tranquilo para reconstruir o palacio Monroe – patrimônio do povo brasileiro. Quem puxa? O Eike poderia liderar isto.

    Responder
  11. Lourivals

    É uma vergonha para um país o motivo da demolição desta obra de arte. Os responsáveis por isto não honram a Nação em que nasceram.

    Responder
  12. David Ribeiro

    Não podemos deixar esse sentimento morrer!!! A primeira vez que vi uma foto do palácio monroe  fiquei estupefácto com sua belaza! como podemos viver numa nação que permite uma gratuita depedração de um patrimônio histórico tão importante e imponente como esse por uma simples dor de cotovelo de um governante descabido! o prédio era a representação de uma época e sua história não pode morrer! Eu mesmo não conhecia essa história que ao meu ver deve ser reconstruída com  as partes do palácio original que ainda restam.
    Temos que mudar isso e provar que o povo unido pode corrigir um erro histórico que até  hoje mancha a história do Brasil e do Rio de Janeiro.Quem nunca sentiu um sentimento de vazio ao passar no local onde era localizado o palácio que agora abriga um chafariz que em 99% do tempo não funciona.
    Que perda para nossa história….que perda para as gerações vindouras

    Responder
  13. Marçal

    O Palacio Moroe era a liberdade de expressão graciosa do carioca, quando cheguei ao Rio no inicio dos anos 70 meu irmão me levou para vê-lo, que lindo. Como descreveu Vitruvio uma edificação classica: solida, funcional e bela, o Monroe tinha todos os atributos adicionados a eles o significado histórico do País, pois serviu a nação brasileira. Em Moscou, na Russia os catolicos ortodoxos reconstruiram umas das mais antigas Igrejas ortodoxas destruida criminosamente pelos comunistas em 1933, estes que tanto O Globo combatia, que ironia!, pois ela está de pé novamente se o povo carioca quiser o Monroe volta ao mesmo lugar, tecnologia existe é só mobilizar.

    Responder
  14. BEZALEL

    PRA VOCES VEREM QUE POR TRAZ DAS DECISÕES POLÍTICAS, NEM SEMPRE SE ESCONDE UM MOTIVO JUSTO E HONESTO, E OU NECESSARIO PARA A POPULAÇAO. MUITAS VEZES É PURO INTERESSE PESSOAL, OU COMO NESSE CASO, COMO FOI VINCULADO,APENAS VINGANÇA! UMA VERGONHA..TEMOS QUE PASSAR O BRASIL A LIMPO, COMO JÁ DIZIA O NOSSO QUERIDO E SAUDOSO JOELMIR BETING!

    Responder
  15. mario

    Que beleza, o general presidente mais nefasto da safra, o que mais matou e perseguiu opositores do regime e o jornalista calhorda testa de ferro da Time-Life e notório viado enrustido.

    Só podia dar nisso mesmo…

    Responder
  16. Léa

    AS ORGANIZAÇÕES GLOBO TÊM A OBRIGAÇÃO MORAL DE RECONSTRUIR ESTE PATRIMÔNIO QUE O SR. ROBERTO MARINHO CONTRIBUIU TANTO PARA SUA DESTRUIÇÃO. DEVERIA HAVER UMA GRANDE CAMPANHA (IGUAL A QUE ELE E A GLOBO FEZ PARA SUA DEMOLIÇÃO) PARA QUE A GLOBO RECONSTRUA O PALÁCIO MONROE!!!!!!!!!!!!

    Responder

  17. Isso foi um verdadeiro assassinato com a nossa cultura, nossa memória, demolir o Palácio Monroe !
    É isso aí, brasileiro não tem memória e muito menos senso de conservação.
    Entram governantes e saem governantes, e cada qual resolve destruir o que temos, para que assim possam dizer que fizeram algo em prol da cidade. (como se a destruição do patrimônio público fosse algo bom e beneficente para a população, para o estado, para a cidade).
    Esses FDPs do ex-presidente Ernesto Geisel, juntamente com o Lúcio Costa e o infeliz do Roberto Marinho, devem estar agora no inferno, reconstruindo o Palácio Monroe ! E que levem centenas de anos por lá !!!
    O que a política não faz, cara ! VERDADEIRAS ATROCIDADES !!!!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.