Aqua Rex – Parte 1 – Esqueleto

Aqui est√° o concept do monstro.

Bom, a primeira coisa que eu fa√ßo antes de come√ßar a esculpir √© imprimir o desenho e catar refer√™ncias diversas de dinossauros, lagartos, cobras, etc. Muitas dessas refer√™ncias eu nem uso, mas funcionam me colocando no “clima” da pe√ßa.

O primeiro passo na escultura propriamente dita, √© escolher uma base. Neste caso foi f√°cil, porque eu tinha um monte de base de mdf aqui em casa. √ďbvio que a base deve ter um tamanho apropriado para a escultura, de modo que firme bem. Esta base que eu uso para esculpir n√£o √© a base final, que ser√° escolhida l√° no fim do trabalho.

Eu uso dois tipos de arame diferentes. Um fino, e outro mais grosso. Não uso nada grossão, porque dá mais trabalho, tudo fica mais difícil e a maioria das minhas esculturas não são grandes, porque eu tenho amor ao dinheiro e falta de espaço físico. O que eu faço é torcer o arame deste jeito aqui.

Ao torcer, o arame fica mais r√≠gido e tenso. √Č fundamental torcer nas √°reas estruturais da pe√ßa, que s√£o as pernas, porque elas concentrar√£o todo no peso n√£o somente do esqueleto, como tamb√©m das camadas de massa.

Leia maisAqua Rex – Parte 1 – Esqueleto