Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp

Durante a primeira Guerra Mundial, pipas foram usadas como equipamento bélico. Mais incrível ainda, elas usavam um piloto, que literalmente decolava do solo usando pipas, pipas enormes.

(Fotos da SSPL/Getty Images)

 

A ideia parece meio esdrúxula, e é. Mas era a Primeira guerra e essas experimentações foram levadas à cabo nos EUA e até na Europa. Os europeus ficaram na frente, com pipas mais controláveis e com aplicações mais bem sucedidas que os norte-americanos que tinham grande dificuldade de controle.

Algumas pipas eram bem sofisticadas com intrincadas armações.

O equipamento acabou não dando certo, porque seu objetivo inicial era suspender um observador que poderia visualizar as manobras do inimigo no front. A razão do fracasso parece muito obvia: O piloto de cafifa era um alvo fácil, fora que controlar o aparato precisava de um time de soldados em campo, ocupados em controlar o aparato contra o vento, ao mesmo tempo que levavam bala dos inimigos. O projeto logo foi aposentado e toda a parte de fotografia aérea e varredura ficou à cargo dos aeroplanos que eram uma novidade da época.

As pipas acabaram esquecidas como um fracasso de guerra, como aquela ideia abilolada de usar cães para explodir tanques. 

 

Profissão: Piloto de cafifa – Pipas foram pilotadas na primeira Guerra Mundial

Comments

comments

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Alerta: Conteúdo protegido !!