Protegido: O último Balão – Parte 1

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Categorias
Night mode

Este conteúdo está protegido por senha. Para vê-lo, digite sua senha abaixo:

30 respostas

    1. Sério isso? Limitar o principal conteúdo do seu blog apenas para quem paga? Por muito tempo te considerei um cara diferenciado. Eu até tinha o pensamento de me tornar um “Patrão” mas depois de 7 anos acompanhando o blog só tenho a dizer: Adeus Mundo Gump!

        1. 1. Obrigado por editar sua mensagem anterior, não havia motivo para descer o nível daquela maneira;
          2. O seu FAQ não está exibindo os textos, pelo menos no Safari;
          3. Viva o modelo de negócio Freemium!

          1. Pra mim está. MAs eu colo aqui pra vc:

            11- Estou decepcionado com o blog e não quero mais acessar. E agora?

            Agora nada. Basta não entrar mais aqui.
            Algumas pessoas tem o péssimo hábito – narcisista – de só ler o que está de acordo com suas convicções prévias. Essas pessoas entram aqui e podem eventualmente dar de cara com algum texto ou conteúdo com o qual não concordam. Ao invés de expor com argumentos seus pontos de vista como faz 99,9% dos leitores do Mundo Gump, essas pessoas simplesmente resolvem abandonar o blog. Este é um direito incontestável delas.
            Não é necessário comunicar para todo mundo que está indo embora para nunca mais voltar lá nos comentários. Ninguém liga para isso.
            Este blog tem uma grande taxa de acessos e por conta disso, existem pessoas entrando e saindo todos os dias, sendo que uma massa gigantesca delas, está realmente indo para nunca mais voltar, partindo como chegam, em silêncio. Não sabemos porque alguns mais afoitos gostam de anunciar sua saída com pompa e circunstância. O acesso ao site é gratuito, não exige contrato nem nada do tipo. Se aconteceu com você, até logo. Não se dê ao trabalho de anunciar sua saída, até porque, a maioria das pessoas que dizem estar indo embora para nunca mais voltar, acabam voltando. Aí pega mal.

          2. O cara tem dinheiro pra comprar um Mac (Navegador Safari), mas não tem pra pagar algo que ele acompanha a 7 anos. Gabriel, se você não quer pagar para ler, problema seu. Agora, ser um Hater e esculhambar o autor por querer ter mais lucro com seus trabalhos é estupido. Você que é o ignorante aqui.

          3. A questão que quis levantar não é sobre pagar ou deixar de pagar, como comentei acima eu tinha a intenção de colaborar, inclusive sou “patrão” de um outro blog, nem sei porquê não tinha feito ainda, talvez falta de tempo.
            Agora, este espaço está aberto para discussões mesmo, cheguei neste blog por causa dos contos, pra mim sempre foi o principal conteúdo e o que mais gosto. O problema é a forma que foi feita, do nada um conto com título PROTEGIDO e pedindo senha.
            Ao contrário da maioria, eu leio as coisas e na página de descrição do do patreon não achei nenhuma referência a este tipo de conteúdo, que fosse colocado no tal do “grupo secreto”.
            Ps.: Em nenhum momento esculhambei ninguém, acho que Hater aqui é você.

  1. Cara, você está certissimo de cobrar pelo conteudo que levou tempo, criatividade e dedicação para fazer, mas poderia ao menos ter avisado que o blog seguiria essa linha mais “comercial”…
    Quem está pagando pelo serviço vai achar excelente, mas os patrões ainda são minoria, =,(

    1. Não bloqueei todos os posts só para os patrões (como eu poderia fazer e até já me recomendaram que fizesse).
      É uma forma que tenho de retribuir o apoio deles para mim. Não só isso, eu estou CUMPRINDO MINHA PALAVRA. Eu prometi aos patrões que faria isso.

    1. Thiago, eu sou um dos que paga, e, mesmo os posts sobre as casas, são incríveis! Não há decepção! Quem acompanha o blog a mais tempo sabe da qualidade dos textos. Eu prefiro pagar para o Philipe do que pagar a assinatura da revista da Super Interessante, por exemplo. Enfim, paga quem quer, efetivamente. E mesmo não pagando, olhe a infinidade de postagens sobre os mais variados assuntos que estão aqui! Você ficará meses lendo o conteúdo e, tenho certeza, achará temas relevantes e interessantes em publicações passadas. Gratuitamente! Eu não pago para ler o conteúdo exclusivo! Eu pago para ter a esperança de que esse blog nunca acabe e que ele possa continuar a publicar textos de qualidade e se possível sempre gratuitamente! Como você mesmo diz, Patrões, pensem bem, e sejam livres para ajudar um projeto tão bacana!

  2. Concordo plenamente e ainda te elogio por essa decisão: meus parabéns! Os Patrões realmente merecem conteúdos exclusivos e brindes, os quais não são novidade pois você já os havia mencionado. Sei que não estou em posição de solicitar nada; contudo, os artigos de “Casas Espetaculares” tornaram-se cansativos desde a Parte 3, volte aos artigos variados e sem monotonia que fizeram o nome deste site! Entrementes, ainda não sou patrão devido à minha menoridade e falta de independência financeira, mas assim que possível tenho o intuito de me torná-lo. Ademais, uma dúvida: alguém que se torne patrão futuramente terá acesso a conteúdos privados publicados antes disso? Por exemplo, se eu me tornar patrão ano que vem, poderei ler o início deste conto ou apenas o que for publicado posteriormente à minha patronagem?

    1. Pior que eu fiz os posts das casas antes de sair de férias, e está tudo programado. Mas pelo menos vai ser só este mês e estou colocando outros posts e tal. Acredite, tem uma galera gostando. Um cara me escreveu dizendo que está juntando todas numa pasta de referências.

      1. Entendi, mas em relação à minha dúvida, como funcionaria a visualização dos posts privados publicados previamente a minha patronagem?

        1. Quando você se torna patrão, vai poder ter acesso ao grupo fechando do facebook. Lá tem um post com as senhas.
          Lembrando a todos que este é o PRIMEIRO post restrito a patrões do blog. (evidentemente não será o último, eu espero)

          1. Concordo com essa questão da patronagem, sites de qualidade como esse, são meio difíceis de achar hoje.
            só uma duvida Philipe, os contos, (que por sinal é o que mais gosto aqui.) só vai sair para patroes? ou você vai fazer alguns abertos?

  3. Boas venho só deixar o apoio e dizer que concordo com o uso exclusivo.
    Não sendo eu Patron, não deixo de reconhecer que o seu trabalho merece recompensa tal como os que lhe apoiam sendo Patrons.

  4. Philipe, faz o seguinte, quando fizer esses contos, coloca os primeiras partes gratuitas, e a partir daí coloca pago. Assim o pessoal vai ficar com mais vontade de pagar para saber o resto da história.

    Outra coisa, se colocar a segunda temporada do Zumbi, eu viro patrão! hahaha

    1. Eu gostaria, mas o sistema não me permite fazer isso. Uma pena. Ou ele trava o post todo ou não trava.
      Meu editor esta me pressionando para eu fazer o Zumbi 2. Tá tudo na cabeça,mas ainda não botei no papel. Neste exato minuto estou planejado o Ganzu 2.

  5. Boa! PHILIPE. Aí,Gabriel, quem foi que disse que contos eram o principal conteúdo do blog? Só se for pra você. Eu, à propósito considero todos os conteúdos interessantes, se não particularmente pra mim, serve bem para outros leitores. Além do mais, como diz o FAQ, lê quem quer, acompanha quem quer. Você é livre pra fazer o que quiser e o “dono” do blog também. Ademais, quem foi que disse que só porque é leitura de internet tem que ser gratuíta? Vá te c……

Deixe um comentário para henry Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Eu dei duro aqui

Com 15 anos de sangue suor e lágrimas, eu me esforcei para fazer um dos blogs mais antigos e legais do Brasil. Mis de 5000 artigos, mais de 100.000 comentários, mais de 20 livros, canal, programa de rádio, esculturas... Manter isso, você pode imaginar, não é barato. Talvez você considere me apoiar no Patreon e ajudar o Mundo Gump a não sair do ar.
Ajuda aí?

Conheça meus livros

© MUNDO GUMP – Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução sem autorização.