Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp


Uma dica do leitor Fábio pergunta se é verdadeira esta inacreditável história onde um garoto de 11 anos, na Geórgia do Sul, USA, deu cabo da existência de um javali gigante, várias vezes maior que ele com apenas 8 tiros de uma pistola.
Não sei. Mas parece ser. É uma notícia curiosa, e podemos dizer que a foto também.
Pessoalmente, eu acho a maior jumentice da paróquia matar um bichão desta magnitude para fazer lingüiça. Aliás, matar animais selvagens por si só já é uma tremenda jumentice.
Em vista da aberração genética do bicho, eu acho que eles deviam tentar obter e isolar os genes de gigante desse porco-monstro para tentar criar uma espécie transgênica de porco doméstico que fosse mais rentável comercialmente. Isso seria vantajoso porque com porcos maiores, haveria mais carne e menos animais seriam sacrificados, além do que mais pessoas poderiam comer carne. Bastava capturar o bichão com uma armadilha pra obter pelo cruzamento (método natural) um tipo de porco gigante.
Ele deitadão assim me lembrou até o Mamute, mastodonte e bichos que nós humanos, mandamos para o saco, como aconteceu com o dodô, entre outros. Hoax ou não, é triste.

Pode ser uma coisa que nem é fato nem é fraude. O moleque pode ter matado o porco ali da foto mesmo, só que ele pode ser beeeem menor do que parece. Existe uma maneira simples de fazer com que o bicho pareça maior que é usando um truque de lente chamado “perspectiva forçada”, onde o moleque que aparece atrás do bicho está na verdade beeeem atrás. Isso deixa a relação de proporção entre ambos muito diferente. O truque é super eficiente, e é usado em efeitos visuais em Hollywood até hoje. (Como com o Frodo, em Lord of the Rings)

Fonte

Moleque "bão" de mira mata porcão gigante

Comments

comments

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram

17 ideias sobre “Moleque "bão" de mira mata porcão gigante

  • 5 de junho de 2007 em 15:17
    Permalink

    Como bom design da pra ver claramente que não é nenhuma técnica de fotografia… nem nada parecido… perceba olhando entre o braço do moleque e o porco… isso é obra da computação gráfica hoje já é possível fazer de tudo… já vi 3d’s que poderiam me matar, e eu continuaria dizendo que é real.

    Resposta
  • 5 de junho de 2007 em 15:24
    Permalink

    tá tá tá analizando melhor pode ser sim uma técnica fotografica =]

    mas da pra recortar esse porco easy, easy

    Esse porco não é grande assim nem a PAU

    Resposta
  • 5 de junho de 2007 em 15:32
    Permalink

    vi num blog que não lembro uns calculos de um fisico americano “provando” ser farça, não tenho a fonte guardada

    Resposta
  • 5 de junho de 2007 em 16:48
    Permalink

    Cara, eu postei essa notícia no meu blog tem um tempinho, e a achei no portal G1, tava na primeira página, até então eu achava que era verdade…
    Mas foi estupidez mesmo matar o porcão, tinha que fazer o fdp do muleque comer ele toda de uma vez só, se é que é verdade a notícia mesmo.

    Resposta
  • 5 de junho de 2007 em 16:55
    Permalink

    Caras, quanto ao tamanho do porco, aqui na minha cidade tinha um “doente mental” que tinha um porco de estimação e ia com ele pra rua Sábado a noite como se fosse um cachorro, na corrente.
    O porco era grande bagarai… pelo menos uns 70% desse… coisas de Itaperuna.
    Notem que o muleque tem 11 anos, pode ser pequeno ou baixinho.

    Resposta
  • 8 de junho de 2007 em 21:44
    Permalink

    pow esse porco não é tão grande assim

    Resposta
  • 8 de junho de 2007 em 22:06
    Permalink

    Parabellum, aí em Itaperuna, tudo é possível.

    Pedro – Valeu.

    Koveiro – Deve ser fake. Se bem que não existe nenhuma restrição de tamanho a um porco gigante. Se ele tiver alguma mutação genética ele pode ficar gigantão mesmo.

    Resposta
  • 4 de novembro de 2007 em 23:15
    Permalink

    A foto é real, mas é perspectiva forçada mesmo, só isso. Mesmo assim é enorme.
    Mas esses animais não são raros, são cruzas de porcos domésticos com selvagens, são na verdade uma praga no sul dos EUA, o pessoal tem ordem de atirar pra matar sempre que um aparece. Quando um porco doméstico foge pro mato ele pode ficar assim também, ganha presas e pelo em pouco tempo…

    Resposta
  • 5 de novembro de 2007 em 10:17
    Permalink

    Muito louco essa adaptabilidade do suíno a um ambiente hostil, né? Com o ser humano demora mais, mas também acontece. Falando nisso, sabe aquela menina do camboja que vivia na selva até ser capturada e reintroduzida na socidedade? POis é. Fugiu para a floresta numa madrugada.

    È a história do Tarzã que se repete.

    Resposta
  • 15 de abril de 2008 em 9:28
    Permalink

    Esse ai é falso com certeza eu já vi um porco domêstico nestas + ou – nestas proporções mas o coitado não aguentava nem andar…, porcos domêsticos selvagens existem, aqui no Brasil existe isso assim como existiam os bois marruá (que eram bois que iam pra mata e ficavam selvagens) existiam ou existem porcos assim também lá em mato grosso chamam de “porco brabeza” tive a oportunidade de ver, eles desenvolvem bem os musculos mas não ficam peludos não, ficam apenas mais troncudos e se forem velhos as presas são grandes também…

    Resposta
  • 10 de novembro de 2008 em 17:37
    Permalink

    este porcão e emcomendado de uma fazenda especializada para essa finalidade a caça
    numa area regulamentada foi o q eu li em outro site

    Resposta
  • 22 de abril de 2009 em 13:02
    Permalink

    se é louco isso ñ é um porco é um rinoceronte

    Resposta
  • 2 de abril de 2010 em 23:18
    Permalink

    ta voce fala que não devia matar para fins comerciais e etc
    mas que porca ia aguentar um bicho deste tamanho

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Alerta: Conteúdo protegido !!