Explosão misteriosa no Mar Cáspio poderia ser a queda de um ufo?

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Categorias
Night mode

As versões iniciais incluíam uma explosão em uma plataforma de produção de gás no Azerbaijão, mas foram refutadas. O incêndio no local da explosão continuou na segunda-feira, mas de acordo com as equipes de resgate que assistiram do ar, não era mais perigoso.

Na noite de 4 de julho de 2021,  ocorreu uma explosão muito forte no Mar Cáspio, não muito longe da costa do Azerbaijão , cuja causa não foi fácil de determinar.

A primeira coisa que suspeitaram foi que a explosão estava ligada à plataforma de produção de gás azeri Umid, mas logo foi relatado que a explosão realmente ocorreu na lateral desta plataforma.

Além disso, jornalistas locais contataram a Companhia Petrolífera Estatal do Azerbaijão (SOCAR) e ali negaram categoricamente que a explosão pudesse ter ocorrido em uma de suas plataformas ou instalações industriais.

Também foi relatado que o trabalho nas plataformas continua dentro do cronograma. Enquanto isso, vídeos e fotos da explosão começaram a se espalhar nas redes sociais.

Testemunhas oculares contam que o9uviram uma explosão absurda e uma língua de fogo gigantesca subiu aos céus.

Em seguida, houve relatos de que uma explosão misteriosa danificou os depósitos subaquáticos de petróleo e gás na plataforma do Cáspio e que um incêndio estourou lá, mas essas palavras foram rapidamente negadas pelo governo do Azerbaijão.

Não tardou para que as negações governamentais lançassem forte desconfiança de que estavam “encobrindo algo grande”. Pessoas começaram a teorizar que um ufo poderia ter caído e explodido no mar.

Posteriormente o mistério se esclareceu, quando descobriram que foi mesmo um vulcão. É o chamado “vulcão de lama”.

A erupção realmente ocorreu em uma área onde o Azerbaijão possui muitos campos de petróleo e gás. O incêndio no local da explosão continuou na segunda-feira, mas de acordo com as equipes de resgate que assistiram do ar, já não era mais perigoso.

O vulcão que causou a emergência está localizado em uma ilha desabitada de Dashly a cerca de 30 km da costa, 75 km de Baku e 6 km da plataforma de gás offshore de Umid. O centro da erupção fica a uma profundidade de cerca de um quilômetro e meio.

A versão do vulcão de lama realmente parece lógica, já que o território do Azerbaijão está literalmente abarrotado deles. Existem cerca de mil vulcões de lama do mundo, e desses todos, cerca de 400 estão lá no Azerbaijão. Por causa deles, depósitos de petróleo e gás foram regularmente passam por fortes incêndios.

Há uma teoria de que foi por causa desses incêndios que o famoso viajante veneziano Marco Polo, no século 13, chamou esta área de “Terra do Fogo”.

 

Os vulcões de lama se distinguem pelo fato de que, além de gases, pedras e cinzas, fazem erupção uma grande quantidade de lama quente, ao invés da lava.

“Os vulcões de lama no Azerbaijão são um dos maiores e mais ativos do mundo. Em média, ocorrem várias erupções todos os anos, e muitas delas são capazes de causar um grande incêndio”, tuitou o geofísico australiano Mark Tingey, da Universidade de Adelaide .

fonte

Comments

comments

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

© MUNDO GUMP – Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução sem autorização.