Clathrus archeri, o Fungo-polvo que mais parece um alienígena

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Categorias
Night mode

Aqui mesmo na nossa querida Terra existem muitos seres, plantas, formas de vida microbianas e macroscópicas tão fantásticos que parecem saídos da mente fértil de um escritor de Sci-fi pensando a vida em outros planetas. Numa possível lista dessas formas de vida que mais parecem aliens, acho que você vai concordar comigo que o Clathrus archeri certamente estaria incluído.

O fungo é tão estranho que lembra o cruzamento entre um cogumelo e um polvo. Essa forma que você vê aqui é uma parte importante, mas de curta duração de seu ciclo de vida.

Embora tenha sido introduzido na América do Norte, Ásia e Europa, o Stinkhorn Octopus é nativo da Austrália. O fungo emerge de um ovo, que é chamado superumpent – isto significa que ao invés de incubação ou germinação, ele efetivamente, irrompe do ovo no melhor estilo alien.

 

O fungo geralmente solta seis tentáculos avermelhados no ar, que gradualmente, irão se curvar, formando uma gaiola. Então, as pessoas antigamente viam essas coisas vermelhas brotando da terra e pensavam que poderia ser os dedos do diabo. Por isso no Rino Unido, o fungo ganhou também o apelido de “dedos do diabo”. Apenas algumas horas após a eclosão dos tentáculos, os esporos são expostos e o fungo começa a se desintegrar.

Acho que os esporos ficam num caldo pegajoso escuro na parte interna dos tentáculos. Uma coisa estranha que lembra o Simbionte do Homem Aranha.

 

O nome do fungo advém do fato que ele lembra chifres e fede bastante quando apodrece. Na natureza nada é por acaso, e o fungo exala cheiro de carne podre quando morre porque assim ele atrai moscas varejeiras. As moscas pousam neles pensando que estão diante de um suculento defunto para por seus ovos. Mas ao provar o sabor do fungo, elas descobrem que caíram numa “pegadinha” e decolam em busca de carnes podres de verdade. Só que nisso de pousar no fungo e voar, elas se encheram com milhões de esporos do fungo e sem nem mesmo imaginar, elas vão levar os esporos por toda a floresta.

 

O fungo é comestível, apesar de sua aparência e cheiro. As pessoas costumam comê-lo somente na fase do ovo. Dizem que ele parece um rabanete com gosto muito rançoso. Huuummm! Dlícia!
Acredite se puder, os aborígenes australianos comem essa joça, mas só em caso de extrema necessidade.

Não se sabe ao certo como esta espécie de fungo se espalhou pelo mundo. As melhores hipóteses são que ele foi levado na forma de esporos, em carregamentos militares de lã para fabricação de fardas. O fungo também deve ter se beneficiado da exportação de plantas exóticas, pois seus esporos podem ter ido ocultas no solo. Em todo caso, ele não é uma espécie agressiva e não causa dano algum. (pelo menos não em quem não tem fobia de polvo)

Há variações desse fungo que conseguem fazer gaiolas incríveis.

Outras parecem anêmonas. Mas todas elas fedem a bicho morto.

Não deixe de ver este post bem legal sobre fungos aqui do blog.

fonte

Comments

comments

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram

8 respostas

  1. Já viu aquele filme, Beetlejuice (acho que, em português, é “Os Fantasmas se Divertem”)?? Tem uma cena em que eles dançam e tem essa coisa aí, no prato!

  2. Muito interessante! O último vídeo parece ser uma flor de um tipo de Rhizanthes e não um fungo. Para quem gostou do post, sugiro uma busca sobre os gêneros Rafflesia, Rhizanthes, Sapria e Rhizanthella, são plantas parasitas exóticas e grotescas.

  3. Tem uma espécie que eu só vi até agora no estado de Mato Grosso, Ele tem a forma de campanula ou guarda-chuvas em forma de rede, é muito melindroso de 10 a 15 cm e vida útil muito curta, depois que abre a rede-guarda-chuva. Geralmente é de cor branca, que se ve de longe, porque se destaca da maioria da vejetação.bem interessante.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

© MUNDO GUMP – Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução sem autorização.