A cadeira obscura – Parte 6

Renato quase engasgou-se quando ouviu aquilo. Seria mesmo possível que ele e Dodó tivessem tido um mesmo sonho? Renato poupou o rapaz. Preferiu não dizer nada a ele, de que também tinha sonhado com o mesmo bode preto enorme, parado, em

Leia mais »

A cadeira obscura – Parte 5

Renato foi até a porta. Já havia se passado pelo menos dois minutos sem nenhum som. O riso de criança havia sumido, e as batidas haviam cessado. Ele encostou o ouvido na porta para se certificar. Fosse quem fosse que

Leia mais »

Artigos recentes