Jurado de morte – parte 3

-Quem tá aí? -Zé Walter resolveu gritar. Não houve resposta. Apenas mais um soco na porta do quarto. Fosse quem fosse, não estava interessado em conversas. Zé se desesperou. Só podia ser o bigodudo do opala preto. Zé Walter voltou

Leia mais »

Artigos recentes

error: Alerta: Conteúdo protegido !!